6 estratégias que o vão fazer perder peso

5.11-4-Strategies-for-Successful-Weight-Loss.jpg

Hoje não tem tempo para almoçar, vai ao café e come só uma sopa e bebe sumo. Amanhã come bacalhau com natas ao almoço e não faz a merenda da tarde porque ficou muito cheio. Depois de amanhã, uma vez que comeu bacalhau com natas no dia anterior, almoça novamente uma sopa e um sumo, e como não ficou satisfeito, mais um rissol. Se a sua alimentação é assim, pode crer que não é de todo a mais correta e que está na hora de a alterar e de a levar pelo caminho correto.

Vamos lá:

    • Chega de adiar: Diga não ao bolo do pequeno-almoço! Diga não ao pastel de nata com o café! Diga não às entradas e doces na sobremesa! Diga não aos petiscos quando chega a casa! Não deixe o seu pensamento “hoje não me apetece, vou amanhã”, tomar conta de si, e saia de casa para praticar atividade física. Além disso, nada de restringir a sua alimentação ao máximo durante a semana para depois ao fim-de-semana deitar tudo a perder, essa não é de certeza a solução mais acertada. Lembre-se: Alimentação saudável diariamente.

    • Calma e persistência: Faça alterações diárias aos seus hábitos alimentares para se ir habituando. Pode definir objetivos para facilitar: Esta semana beber mais um copo de água por dia; Caminhar 3x por semana; Comer papas de aveia 4x ao pequeno-almoço. Muitas vezes queremos tanto mudar que fazemos as alterações todas de uma vez, mas não podeser! Se fizer as alterações todas de uma vez, consegue mantê-las por algum tempo, mas a tendência é que num futuro mais longo as deixe de lado.

    • Distraia-se: As mudanças no nosso dia-a-dia são capazes de nos criar algum stress e ansiedade. Por isso mesmo, arranje tempo para si mesmo e proponha-se a fazer algum tipo de atividade ao seu gosto, como dança, pilates, ginásio, caminhada ou corrida.

    • Pare, perceba, e tome a decisão: Será que quando lhe apetece comer, é fome, gula ou desejo? Ou será que está relacionado com o seu dia (que não lhe está a correr bem), com ansiedade ou tristeza? Nessas ocasiões, pense em alternativas para conseguir comer alguma coisa que a satisfaça (Que tal, banana ou maçã cozida aquecida com canela; gelatina com iogurte).

    • Planeie e facilite: A alimentação saudável deve ser uma rotina e um hábito diário. Por isso mesmo, facilite e inclua no seu dia-a-dia os alimentos que contribuem para os seus objetivos. Encha o frigorífico de alimentos saudáveis e deixe-os à vista; prepare as suas refeições com antecedência e não faça da sua confeção um sacrifício. Para comermosa saudavelmente não precisamos de gostar de cozinhar e passar horas a preparar refeições.

    • Reuna-se com a família: No processo de perda de peso é importante que familiares e amigos estejam envolvidos, de certeza que será muito mais fácil para si conseguir cumprir e ter uma rotina diária saudável. Se houver um esforço por parte de todos, será bem mais fácil: é essencial que a dispensa e o frigorífico estejam cheios de alimentos saudáveis e não o contrário. Explique aos seus familiares a importância que tem para si a perda de peso e faça-lhes perceber que com o auxílio de todos será muito mais fácil para si.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

LOGO_HORZ_P&V.png