, , ,

3 truques para fazer panquecas

São uma ótima forma de começarmos o nosso dia, de fazermos um lanche diferente, ou quem sabe, apresentar aos nossos convidados num brunch…?! Super fáceis de fazer, não demora tempo nenhum e o importante é saberem que todas as receitas são versáteis.

Normalmente utilizo sempre farinha de aveia ou flocos de avei para a base, podendo claro, alterar consoante o seu gosto.
  • Consistência cremosa: É importante que a consistência não fique líquida, senão as panquecas vão colar à frigideira e não vai dar para virar. Normalmente digo, e por comparação, que o preparado tem de ficar como se fosse um iogurte depois de mexido.
  • Com sabor: Se juntar apenas os flocos ou farinha de aveia com água e ovo, o sabor das próprias panquecas não são nada de especial. Quando opto por fazer assim, acompanho normalmente com um iogurte e uma peça de fruta. E claro, polvilho com canela 🙂 Se pelo contrário, quero dar um sabor mais adocicado às panquecas, costumo colocar 1/2 banana, laranja ou maçã no próprio preparado.
  • Textura das próprias panquecas: Por vezes utilizo fermento para ficar com panquecas mais fofas, as quais aguentam mais tempo no frigorífico sem ficarem duras. No entanto, se não utilizar coloco um pouco mais da massa para ficarem mais altas.
Na realidade,  utilizo quase sempre a mesma base: Farinha de aveia/flocos de aveia (3 colheres de sopa) + 1 ovo + 100 ml de água/bebida vegetal/leite magro + sementes de girassol/linhaça. Depois adiciono fruta ao meu gosto ou até cacau ou farinha de alfarroba.
Façam panquecas em grande quantidade, que dá para imensos dias. O objetivo não será andarem a fazer panquecas todos os dias (têm mais que fazer:)), mas podem ficar no frigorífico e depois podem até aquecer no microondas e irem comendo ao longo da semana. Além disso, uma boa hipótese também para os pequenos-almoços e lanches das crianças.

Se quiserem ter acesso a várias receitas de panquecas, vejam aqui.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!
0 respostas

Deixe uma resposta

Deixe o seu comentário ou partilhe as suas ideias ou experiências.
Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *