, , ,

3 truques para pensar positivo quando começa a praticar exercício físico

Para muitos de nós a prática de exercício é uma barreira/limitação no nosso dia-a-dia. Ou porque não temos tempo, ou porque não gostamos, ou porque não nos sentimos bem em ir para o ginásio ou apenas porque não queremos. É uma verdade. Em consulta tento sempre transmitir a importância de praticar exercício físico, tanto para a perda de peso, como para nos sentirmos mais ativos e mais enérgicos. Falo por mim…

Quando queremos perder peso, ou sermos mais saudáveis, temos de perceber que alguma coisa tem de mudar, que temos (NÓS) de mudar, e que não há ´milagres´. Praticar exercício físico não significa ir 2h para o ginásio, ´puxar ferro´ e apanhar a maior seca da vida. Praticar exercício físico significa que precisa de se exercitar, de acordo com os seus gostos e de acordo com o que o profissional de desporto definir para si (nem todos podemos fazer o mesmo).

Para quem me segue, sabem que comecei a correr há dois anos. Como devem imaginar, comecei por correr 1Km…2Km…3Km… não foi de um dia para o outro. Além disso, muitas vezes me apeteceu ficar em casa e não ir correr, mas não! Obrigo-me, porque realmente depois sinto-me muito melhor. Vocês têm de fazer o mesmo e colocar o exercício como uma prioridade na vossa vida, ou seja, se é fim-de-semana, mais uma razão para darem uma caminhada (que temos mais tempo porque não estamos a trabalhar).

Por isso mesmo, pense positivo:

Eu, sou eu: Lá porque existem pessoas que conseguem levantar muito peso, que conseguem correr imenso na passadeira ou fazem três aulas seguidas, não tem de fazer o mesmo. Primeiro que tudo, não tem de pensar nisso. Só ter começado a praticar exercício físico já é um passo, que o/a levará à mudança. Também gostava de correr muito rápido, mas não consigo… Qual é a solução? Trabalhar para isso.

Não queira fazer tudo de uma vez: Começar a ir 7x semana ao ginásio ou a fazer outro desporto quando não se fazia nada não me parece o mais adequado. Comece devagar para que seja um hábito para ficar na sua vida e no seu dia-a-dia. Por vezes queremos tudo ´para ontem´e começamos a exagerar em certas coisas. Depois resulta em quê? Acontece um imprevisto, como é normal, deixa de ir e já não vai mais.

Insista e persista: Não é de um dia para o outro que começa a ver resultados. Tem de continuar para começar a ver as diferenças no seu corpo, e assim sim, até ganha mais motivação. É também importante que tenha um plano de treino adaptado a si e aos objetivos que quer alcançar (ir para o ginásio fazer o que nos apetece parece-me que não é o mais adequado). Quando comecei a correr, odiava, mesmo! E pronto… as coisas foram mudando, porque realmente a energia e o bem estar com que me sentia depois de correr era demais! 🙂

Mais uma dica, roupa que vos faça sentir bem: Claro que podemos utilizar qualquer tipo de roupa para praticar desporto, qualquer coisa que esteja lá por casa serve. Mas na realidade, ora para rapaz ora para rapariga, se tivermos uma calças confortáveis, ténis adequados ao exercício, camisolas e top´s (no caso das raparigas) de uma cor gira e que nos sintamos bem, faz diferença. Apesar de achar que temos de nos sentir bem de qualquer maneira, gosto de ter uma roupa que goste para correr. Deixo aqui algumas ideias que são a minha cara, e caso queiram ver mais, é só carregarem nas imagens em baixo.

2 respostas
  1. Sandra says:

    Olá maria, adoro o seu blog, as receitas são maravilhosas. Ainda hoje fiz panquecas de aveia, ficam muito boas. Neste artigo fala da motivação para treinar, desde maio que comecei a fazer treino com pt, mas não estou a perder peso, começo a desanimar. Alterei a alimentação, reduzi nos hidratos nas refeições principais, mas sem resultados. Identificei-me com o seu artigo, mas sinto me prestes a desistir. O que me aconselha?
    Obrigada 🙂

    Responder
  2. vania relvas says:

    Bom dia Maria,

    Gostaria de obter a sua ajuda, se possível, em relação a suplementação:
    Tenho quase 39 anos, faço exercício moderado 3 x por semana aprox. e não sei muito bem que suplementação devo fazer para a minha idade (já não só a ver com o exercício).
    Atualmente tomo 1 comp. de Vitacê dia sim dia não e 1 comp. de magnesium 300 da Bischoff no dia seguinte ao exercício. Adicionalmente tomo Viviscal (2 comp.) por dia para o cabelo.
    Para a minha idade torna-se necessário alguma vitamina em especial? Colagénio para os ossos ou outra? O que recomenda ao que anda a ser ingerido ou a ser?

    Obrigada pela sua ajuda!

    Responder

Deixe uma resposta

Deixe o seu comentário ou partilhe as suas ideias ou experiências.
Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *