,

Maria, podemos marcar a consulta de nutrição para depois das férias?!

É muito o que acontece nesta época, e como não percebo qual é a relação, escrevo sobre este tema. Vou fica à espera que comentem e que partilhem as vossas opiniões comigo.

Então, para mim, ir de férias significa sair da correria do dia-a-dia, ir relaxar e descansar. Aproveitar o tempo livre para ir para a praia, ler, estar com amigos e família… e claro, estar à volta da mesa, a aproveitar o que o local para onde vamos, tem de bom. MAS, não significa deixar de lado a alimentação saudável e pensar ´como vou de férias, tenho direito a tudo´. Até porque sinceramente, isso a mim não me faz qualquer sentido, porque se eu quiser, eu ´tenho direito a tudo´ sempre que eu quiser. Ou seja, aquela questão de ir de férias e pensar ´estou de férias´, não me entra na cabeça. Uma coisa é ir de férias e, como tal, escolher os horários para acordar, ir comer fora porque não querem cozinhar… entre outras cosias… se bem que, para mim, admito que prefiro na maioria das vezes comer em casa porque para mim sabe-me melhor.

Nas férias existe sempre a ingestão de alguns alimentos que não fazem parte do dia-a-dia. Por exemplo, eu vou de férias para os açores, e normalmente existem coisas que eu não deixo de lado… moreia frita, massa sovada… são alguns alimentos que como durante as férias, mas com conta peso e medida… não é por ir de férias que tenho de começar a comer massa sovada ao pequeno-almoço, lanche e ceia… percebem?! Concordam?!

Qual será a razão para deixar a alimentação saudável de lado nas férias? Será que não dá para conjugar os erros alimentares com adaptações? Ou seja, se querem comer um gelado à tarde, é preciso comer as batatas-fritas ao jantar? Ou será que pode ficar para outro dia? E será que o exercício também não pode ser mantido? Se o exercício for visto como parte integrante da vossa vida, como um benefício para vocês, de certeza que não é deixado de lado. Eu se for de férias tenho de continuar a correr, senão começo a ficar irritada … ahah porquê? Porque é uma forma de me relaxar e de gastar energia. Ou seja, isto que estou a falar só fará sentido se virem tudo isto como um estilo de vida.

Sendo assim, passos essenciais para umas férias saudáveis:

  • LEVAR LANCHES PARA A VIAGEM: Se não o fizer, não tem nada para comer durante a sua viagem e vai dar mau resultado! Normalmente ando sempre com frutos secos, ovos cozidos , iogurtes líquidos, queijinhos… Se não levarem nada, vão ter de acabar por comprar na estação de serviço, num café ou pastelaria e aí a opção não será a mais saudável… ou seja, são estes pequenos erros alimentares que temos de controlar, para depois aproveitar os que realmente valem a pena. Acham que custa assim tanto? Não, não custa. É só uma questão de organização e de vos fazer sentido!
  • COMPRAS ASSIM QUE CHEGAR: Assim que chego vou logo às compras, para comprar os alimentos que estou habituada. Por exemplo, o fim-de-semana que passou fui de fim-de-semana (não fui eu que fui às compras), mas pedi logo para me comprarem ovos e fruta para comer durante o dia. Ou seja, não interferi na ´vida´de ninguém e tive os meus alimentos… e é isto que é fundamental fazer! Nas férias grandes, tenho sempre flocos de aveia, ovos, fruta, frutos secos…
  • PEQUENO-ALMOÇO: Não é difícil manter os nossos hábitos ao pequeno-almoço mesmo fora de casa, é só querer! Os meus pequenos-almoços variam entre ovos mexidos , papas de aveia, iogurte com flocos de aveia, queijo fresco e fruta… ou seja, igual a quando não estou de férias. Lá porque vamos de férias temos de começar a comer croassaint ou pão de deus?! Por favor…  Por isso mesmo, não arranjem desculpas para quando vão de férias terem de alterar estes hábitos. Além disso, ir de férias, para mim, é ter uma alimentação saudável (com algumas excepções), porque é o estilo de vida que eu quero para mim, hoje e sempre!
  • Almoços:  O normal… Se vão para a praia podem levar saladas frias e se vão a um restaurante ou a casa, é como não estar de férias… são refeições normais. Este fim-de-semana que passou, não houve sopa, mas as refeições foram bifanas na grelha, sardinhas… com salada e pão para quem queria, ou seja, nada muito fora do normal. Quando estou nas férias grandes faço sempre sopa para comer durante o verão. Não ter refeições saudáveis é uma escolha, de cada um, mas não é ir de férias que é a desculpa para não o ter. Só não fazemos senão quisermos.
  • ERROS ALIMENTARES: Faz parte e toda a gente os faz, e quem disser que não, eu não acredito. Além disso, e tendo a consciência que tenho uma alimentação saudável diariamente, não é por fazer um ou outro erro alimentar que me faz mal. Ou seja, quando os faço, é de forma consciente e porque quero mesmo!!
  • EXERCÍCIO FÍSICO: Essencial manter, até porque é quando se tem mais tempo…! Podem ser caminhadas, corridas, saltar à corda… seja o que for é importante para nos deixar ativos. E garanto que não é o exercício físico que vos faz não estar com a família e modificar os horários, porque só têm de adaptar os horários com o exercício. Se eu tiver um jantar fora, como é óbvio que não vou deixar de ir ao jantar, mas organizo o dia para ir correr logo de manhã ou antes do jantar… Ou seja, é descomplicar! Por isso mesmo, deixo aqui alguns artigos em desconto que podem gostar (é só carregar).

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook e Instagram 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

0 respostas

Deixe uma resposta

Deixe o seu comentário ou partilhe as suas ideias ou experiências.
Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *