, ,

FRANGO ESTUFADO COM COURGETE

Há sempre maneira de aumentar o consumo de legumes às refeições, e esta é uma forma! Ou seja, em todas as receitas que experimentem, pensem de que forma é que podem introduzir mais alguns ingredientes que a tornem mais saudável. E até para as crianças pode ser uma ótima forma de aumentar a quantidade de egumes ingeridos, uma vez que fica misturado com a carne.

Ingredientes:

  • Bifes de peru (1 kg)
  • Courgete (1)
  • Cogumelos (150g)
  • Alho (3 dentes)
  • Sal q.b
  • Pimenta preta q.b
  • Paprika q.b
  • Vinho (1/2 copo)

Modo de preparação e confeção:

  • Comece por partir aos bocadinhos os bifes de peru, os cogumelos às fatias finas e a corugete aos bocadinhos.
  • Na wok, coloque os cogumelos, a courgete e o alho picado, com o vinho para saltear. Deixe cerca de 5 minutos.
  • De seguida, coloque o peru e tempere a gosto, deixando cozinhar cerca de 10 a 15 minutos. Mexa de forma a ficar bem cozinhado.

Fica pronto e depois é só acompanhar com o que gostar. Comi com arroz de couve coração e salada de agrião e tomate.

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

QUICHE DE COGUMELOS E QUEIJO FETA

Aqui fica a tão pedida receita da QUICHE DE COGUMELOS E QUEIJO FETA! Tão fácil de fazer, tão saborosa, e que pode servir para as vossas refeições semanais!

Ingredientes:

  • Cogumelos frescos laminados (300g)
  • Queijo feta (100g)
  • Ovo inteiro pasteurizado (250ml) – era o que tinha em casa, mas podiam utilizar por exemplo 4 ovos inteiros
  • Tomate (250g)
  • Courgete (1)
  • Queijo quark (200g)
  • Pimento (1/2)
  • Ervas aromáticas (1 colher de sopa)
  • Pimenta preta q.b
  • Sal q.b

Modo de preparação e confeção:

  • Numa forma de silicone de ir ao forno coloque os cogumelos laminados, os tomates cherry partidos ao meio, o pimento e a courgete partida aos bocadinhos. Misture bem e tempere com pimenta preta, sal e mais ervas aromáticas a gosto (orégãos por exemplo).
  • Junte o queijo feta partido aos cubos e misture.
  • Numa tigela junte os ovos com o queijo quark e misture até ficar uma homogéneo e cubra o preparado anterior.
  • Coloque no forno pré-aquecido durante cerca de 30 minutos, a uma temperatura de 180ºC até cozinhar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Espero que gostem, que experimentem, que comentem e que partilhem! Depois é só empratar a gosto, tal como eu gosto 🙂

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

EMPADÃO DE BATATA-DOCE

Esta receita ficou de comer e chorar por mais! Foi aprovado por todos cá em casa, e para quem quiser variar as suas refeições, aqui fica uma ideia! Par quem gosta de empadão, vão ter de experimentar! Agora, não se esqueçam de acompanhar com legumes, sempre sempre sempre!

Carne à bolonhesa

Ingredientes:

  • Carne de peru (650Kg)
  • Cogumelos frescos (150g)
  • Tomates maduros (4)
  • Alho (8 dentes)
  • Cebola grande (1)
  • Azeite (2 colheres de sopa)
  • Vinho q.b

Método de preparação e confeção:

  • Comece por partir os alhos e a cebola em pedaços e colocar na tacho com o azeite e o vinho, e deixe cozinhar durante cerca de 5 minutos.
  • Coloque os cogumelos e deixar cozinhar até ficarem alourados.
  • Coloque a carne de peru, o tomate maduro triturado e mais um pouco de vinho e deixe cozinhar até estar pronto.

 

Puré de batata-doce

Ingredientes:

  • Batata-doce cozida sem casca (650g)
  • Bebida vegetal (150ml)

Modo de preparação e confeção:

  • Coloque a batata-doce no processador de alimentos e triture até obter uma mistura homogénea.

 

Depois de tudo estar pronto, é só pegar num pirex, fazer uma camada da carne à bolonhesa e de seguida, colocarem o puré por cima até cobrir todo o pirex. Por fim, bater um ovo e pincelar todo o puré, levando ao forno cerca de 30 minutos a 180ºC (podem ver em baixo as fotografias com os passos todos)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para estas e muito mais receitas, quem estiver interessado em falar sobre o tema ´Como planear uma semana saudável´, vão haver mais dois workshops!

  • Dia 19 de junho das 18h30 às 22h00 na Cru Kitchen, em Lisboa (todas as informações aqui)
  • Da 23 de junho das 10h00 às 13h30 na Oficina Zen, no Porto (todas as informações aqui)

Para se inscreverem podem enviar email para mariagama@poetenalinha.pt ou preencher o formulário em baixo:

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

QUICHE DE ESPINAFRES E QUEIJO FETA

Aqui fica a tão pedida receita da QUICHE DE ESPINAFRES E QUEIJO FETA! Tão fácil de fazer, tão saborosa, e que pode servir para as vossas refeições semanais!

Ingredientes:

  • Peito de peru (300g)
  • Cogumelos (1 chávena | 26 cogumelos)
  • Queijo feta (100g)
  • Ovos (4)
  • Espinafres (1 mão)
  • Queijo quark (4 colheres de sopa)
  • Pimento (1/2)
  • Ervas aromáticas (1 colher de sopa)
  • Pimenta preta q.b
  • Sal q.b
  • Azeite (1 colher de sopa)

 

Modo de preparação e confeção:

  • Numa frigideira coloque os cogumelos, a pimenta, o sal e o pimento com uma colher de sopa de azeite e salteie (pode colocar ½ copo de água para não fritar. Reserve.
  • Junte o queijo feta partido aos cubos e os espinafres ao preparado anterior e disponha num pirex de ir ao forno.
  • Numa tigela bata os ovos e envolta o queijo quark até ficar com uma mistura homogénea, e cubra o preparado anterior.
  • Coloque no forno pré-aquecido durante cerca de 30 minutos, a uma temperatura de 180ºC até cozinhar.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , , ,

5 ideias de jantares para a sua semana

Mais ideias para as refeições aí de casa. Quantas vezes a questão ´jantar´ é uma preocupação?! Ou porque não temos ideias, ou porque não temos tempo ou apenas porque não temos cabeça para pensar nisso. No entanto, e apesar de saber que muitas vezes a vida é uma correria, é fundamental que esta refeição esteja sempre presente e que seja nutricionalmente adequada, não optanto (NUNCA), por uma sandes ou salgados. Por isso mesmo, deixo aqui algumas ideias de jantares que são fáceis de preparar e de fazer 🙂

Frango no forno com legumes estufados e batata-doce

[Cortei os bifes de frango e as batatas-doces aos pedaços e coloquei num tabuleiro para ir ao forno, em cima de papel de alumínio.

Os legumes estufados são os do Lidl, que já vêm prontos a utilizar]

PoeteNaLinha_Julho2_2017-24.jpg

Salmão grelhado com legumes na wok. 

[Os legumes são à mesma os do Lidl, mas acrescentei abóbora aos cubos para me render para mais refeições.

Costumo grelhar o salmão na grelha do forno]

IMG_5850.JPG

Strogonoff de frango com abóbora

[Foi só partir os bifes de frango e colocar na frigideira com azeite, alho e água. Adicionei abóbora e deixei cozinhar.

A acompanhar salada de tomate e cebola. Podem juntar batata-doce, arroz, um acompanhamento ao vosso gosto]

IMG_5727.JPG

Ovos mexidos simples, ou em omelete com legumes a gosto

[É só uma questão de variar. Acompanhar sempre com um prato de sopa]

IMG_5792.JPG

IMG_1051.JPG

Esparguete de courgette e cenoura com carne à bolonhesa

(Podem ver a receita aqui)

IMG_7677.JPGIMG_7651.JPG

Dica: Façam a mais para ficar para mais dias! Depois é só guardarem em marmitas de vidro 🙂

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, , ,

EMPADÃO FIT DE FRANGO

Malta, o truque é mesmo fazermos receitas com o que temos em casa. Este EMPADÃO FIT DE FRANGO, foi feito com alguns alimentos que já tinha em casa, preparados no frigorífico e de forma a confecionar alguma coisa diferente para o jantar. Isto porque, não me apetecer novamente comer frango simples com arroz. Assim, a ideia foi fazer esta receita! Vão ver como é fácil e como podemos adaptar as receitas com o que temos em casa, sem perdermos muito tempo e dar muito trabalho.

Neste caso, tinha cozido peitos de frango e tinha arroz no frigorífico porque tinah feito muito de uma vez… e assim foi só transformar em empadão! Claro que, adicionando alguns legumes.

 

Ingredientes:

  • Frango cozido (500g)
  • Pimento vermelho (1/2)
  • Pimento verde (1/2)
  • Tomate maduro (1)
  • Arroz cozido (400g)
  • Courgete (1/2)
  • Azeite q.b
  • Pimenta preta q.b
  • Cebola (1/2)
  • Alho (2 dentes)

Modo de preparação e confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC.
  • Comecei por desfiar o frango, cortar o pimento vermelho e verde, e refogar na frigideira com 1 colher de sopa de azeite, pimenta preta, cebola e alho.
  • De seguida, triture o tomate maduro até ficar em creme e envolva no preparado anterior, até que fique homogéneo. Reserve.
  • Num pirex comece por colocar o arroz, depois o preparado de frango e por fim a courgette cortada às rodelas, e assim sucessivamente. Eu fiz 2 camadas de arroz, frango, arroz, frango.
  • Leve ao forno cerca de 30 minutos a 180ºC.
  • Sirva com uma salada.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para quem ainda não sabe, no dia 26 de maio venham ter comigo para mais um workshop! Desta vez com o tema ´ Como planear uma semana saudável, de segunda-feira a sexta-feira, do pequeno-almoço ao jantar ´, das 10h00 às 13h30, na Cool Cook Lisboa, em Santos. Uma das grandes dificuldades é o planeamento semanal das nossas refeições e por isso mesmo, nada melhor que um workshop onde irei falar sobre esse tema. Para saberem todas as informações do workshop, vejam aqui.

Como podem ver, mais fácil não há! Por vezes nós é que pensamos que preparar as refeições é difícil. Este empadão fiz numa hora de almoço em que vim a casa almoçar e despachei logo o jantar 🙂 Melhor não há! Espero que gostem, que experimentem e que partilhem! Depois é só empratar e levar à mesa! Em baixo podem ver alguns pratos em desconto, e que tornam uma refeição toda bonita!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

Crepes de beterraba

Aqui fica a tão pedida receita dos crepes de beterraba! Pode ser uma ideia para quando vos apetecer um wrap recheado! É muito fácil de fazer e podem fazer em grandes quantidades para dar para vários dias.

Para quem ainda não sabe, no dia 26 de maio venham ter comigo para mais um workshop! Desta vez com o tema ´ Como planear uma semana saudável, de segunda-feira a sexta-feira, do pequeno-almoço ao jantar ´, das 10h00 às 13h30, na Cool Cook Lisboa, em Santos. Uma das grandes dificuldades é o planeamento semanal das nossas refeições e por isso mesmo, nada melhor que um workshop onde irei falar sobre esse tema. Para saberem todas as informações do workshop, vejam aqui.

 

Ingredientes:

  • Farinha de arroz (130g)
  • Beterraba cozida (100g)
  • Água (40ml)
  • Ovos (3)
  • Sal q.b

 

Modo de preparação e confeção:

  • Coloque todos os ingredientes no liquidificador e triture até obter uma mistura homogénea;
  • Aqueça a frigideira de panquecas ou dos crepes e quando estiver bem quente, verta 1 concha de sopa do preparado anterior, de forma a cobrir toda a frigideira;
  • Quando começar a formar bolhas à superfície, é só virar e é um instante!

 

Recheiem a gosto! Eu recheei com frango cozido, tomate aos cubos, pimento, queijo feta e salsa. Ficou maravilhoso e vou voltar a repetir!! E já sabem que eu gosto sempre de empratar os pratos de forma a que fiquem bonitos, e por isso mesmo deixo aqui uns pratos que são a minha cara (e que pode ser a vossa), e que estão em desconto. Podem carregar na fotografia para ver mais do género, só para terem ideias de como podem fazer 🙂

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

FRITTATA DE COGUMELOS E ESPINAFRES

Mais uma receita para porem em prática, mais uma ideia para as vossas refeições principais! Além de saborosa, não dá trabalho nenhum (tal como eu gostooooo). Apesar de considerar que para uma alimentação saudável é fundamental estarmos minimamente organizados, não é preciso termos muito trabalho e passarmos horas na cozinha… mas sim, ter imaginação e perceber que combinações é que podemos fazer entre os ingredientes para nos permitir isso mesmo… alimentação saudável, saborosa e sem muito trabalho! Este almoço foi feito no outro dia em que não tinha nada preparado para o almoço, e então foi só mesmo desenrascar com o que tinha no frigorífico.

Outras das coisas que acho essencial ter são também os utensílios para guardar o que vou fazendo. Por exemplo, uma das coisas que tenho feito, sempre que vou às compras, compro uma marmita de vidro para ir substituindo todas as que ainda tenho de plástico 🙂 Assim custa menos, que vou comprando uma de cada vez. Aqui em baixo têm um exemplo de frascos que também pode dar jeito para guardarem coisas mais pequenas.

 

Vamos lá passar à receita:

Ingredientes:

  • Ovos inteiros caseiros (3)
  • Cebola (1/2)
  • Espinafres (1 mão)
  • Cogumelos (1 chávena | 8)

Modo de preparação e confeção:

  • Numa frigideira, salteie os espinafres, os cogumelos e a cebola com 1 fio de azeite, cerca de 4 a 5 minutos.
  • Bata os ovos e adicione à frigideira, de forma a cobrir o preparado anterior.
  • Deixe cozinhar até ficar pronto (costumo colocar uma tampa por cima para ajudar a cozinhar).

Depois é só servir a gosto com uma salada por exemplo! Como podem ver, não custa nada. Para falar sobre o tema ´Como planear uma semana saudável´, muitas vezes uma das maiores dificuldades que temos semana após semana, no dia 26 de maio. De que forma é que podemos facilitar esta tarefa? Será que é possível, com a correria do dia-a-dia, mantermos uma alimentação saudável diariamente? Se passamos o dia todo fora, será que é possível levarmos a lancheira com todas as refeições? Depois de um dia de trabalho, e stressante, de que forma é que conseguimos chegar a casa e preparar um jantar saudável? É sobre tudo isto que vamos falar!

Irei partilhar convosco diversas dicas para que consigam levar um dia completo de refeições para o trabalho, bem como conseguirem ter o jantar pronto quando chegam a casa. Além disso, truques para que isso aconteça sem passarem horas a fio dentro da cozinha. Este workshop tem como objetivo ajudar-vos a planear e organizar a vossa semana, para toda a família aí de casa.

Assim, durante o workshop iremos colocar as ´mãos na massa´, elaborando diversas receitas para todo o dia, desde o Pequeno-almoço, aos Lanches, Almoço e Jantar. Além disso, ajudar-vos a perceber que ingredientes e alimentos são fundamentais ter sempre em casa para conseguirmos, facilmente, ter uma semana saudável. Para informações e inscrições façam-no através de  mariagama@poetenalinha.pt ou através do envio de mensagem em baixo. Estou à vossa espera 🙂

 

 

 

, , , ,

3 TRUQUES FUNDAMENTAIS PARA COMER BEM NO CENTRO COMERCIAL/RESTAURANTE

Comer fora de casa é cada vez mais frequente, o que muitas vezes é um impedimento para começar uma perda de peso ou não ter uma alimentação saudável e equilibrada. Neste sentido, é fundamental que cada um de nós se consciencialize para escolhas alimentares saudáveis quando as refeições não são em casa.

É possível fazer escolhas alimentares saudáveis. Temos de ter em atenção o local escolhido restaurantes/cafés/pastelarias), bem como os pratos que constam no menu. Malta, eu peço desculpa, mas nós só fazemos as escolhas que quisermos… porque em Portugal é super fácil ir a um sítio qualquer e ter uma sopa (mesmo que tenha batata), um peixe ou uma carne, acompanhamento e legumes ou salada… Para mim, sinceramente, isso não é desculpa! E no centro comercial a mesma coisa… podem existir opções não tão saudáveis, mas também existem saudáveis… Ou seja, só vão comer onde realmente quiserem.. isso é diferente de na REALIDADE não existirem opções. Não sou pessoa de almoçar muito fora, mas quando o faço, não me queixo. Já fui à Padaria Portuguesa (pedi sopa e uma salada), já fui ao Vitaminas (sopa e salada), Nova Peixaria (Salmão grelhado com arroz e legumes), H3 (Hambúrguer com arroz e legumes ou salada)…

Escolha bem o restaurante: Escusado será dizer que é o primeiro passo para conseguirmos ter um almoço/jantar saudável e equilibrado no shopping passa por escolhermos corretamente o local onde vamos comer. E, sinceramente, na minha opinião não é assim tão difícil encontrar um local onde exista uma refeição minimamente saudável, ou seja, carne/peixe, arroz/batata e legumes ou salada. Claro que, a forma como é cozinhado e os ingredientes que são utilizados são um fator importante, e que neste caso, não conseguimos controlar. Desde saladas a hambúrgueres grelhados, há uma panóplia imensa. O problema está nos croquetes como entrada, molhos que acompanham com o pão, nas batatas-fritas, no pão à refeição, no ovo estrelado, nas lasanhas ou nas massas com natas e nas sobremesas… O problema não é não comerem grelhados ou cozidos ao almoço/jantar. Admito que para conseguirmos encontrar um restaurante que se adecue é difícil, porque a maioria passam por pizzas e hambúrgueres no pão, mas há possibilidade.

Deixe os molhos de lado: Ora bem, até optamos por comer uma salada super mega saudável mas depois perguntam-nos qual é o molho que queremos por cima. Aí está o problema. A resposta é que temperam a vossa refeição. No fim do pagamento normalmente existe sempre azeite, vinagre, oregaõs… Optem por essa solução. As saladas ficam saborosas à mesma e é uma questão de hábito.

Entradas = Sopa: Todos os problemas fossem as sopas com batata quando comparado às entradas que muitas vezes nos servem. Mais vale comerem uma sopa do que optarem pelas entradas, mesmo que seja apenas um rissol ou um croquete. Além disso, ajuda-nos a manter a saciedade durante o dia e a diminuir a ´ansia´ para o prato principal. Muitas vezes quando vamos almoçar já vamos cheios de fome e colocam logo o cesto de pão à nossa frente. Mandem para trás e peça, uma sopa! Claro que também podem ter atenção ao tipo de sopa que existe, preferindo uma boa sopa de legumes.

Sem pão: Podem existir alguns pratos que vêm acompanhados por pão. Muitas vezes o problema não está na própria refeição, mas sim nos seus acompanhamentos. Se já acompanhamentos a refeição com arroz ou batata-doce, para quê ser necessário o pão? Mais uma vez, é uma questão de hábito e o primeiro passo é logo dizer que não ao balcão do restaurante. Pode crer que depois de o pão estar no tabuleiro é bem mais difícil resistir e por isso mesmo, ´proteja-se´, não o coloque ao pé do seu prato! Além disso, o consumo deste alimento também pode estar relacionado com a ´ansia´ de comer devido a estar com bastante fome. Assim sendo, como referido anteriormente, comece sempre pela sopa de legumes.

As fotografias em baixo são de almoços meus quando vou comer fora. Costumo sempre optar por sopa e depois normalmente uma salada (bem composta). Às vezes perguntam-se se como sopa porque normalmente tem batata. Sim, é verdade, mas todo o meu problema fosse a batata da sopa, quando comparado a sobremesas, doces e outros alimentos que por vezes fazem parte do vosso dia alimentar. A sopa controla-me muito a saciedade, o que significa que é minha ´amiga´e por isso como sempre!

Sabem como é que penso?! Se é para fazer uma ´asneira´ quero fazê-la a dar-me prazer: num dia em que estou relaxada, em que estou com amigos e família e que realmente valha a pena. Porque nos dias de trabalho, de correria, em que é almoçar e ir trabalhar, sinceramente acho que não dá prazer nenhum.

IMG_9082 (Editado).JPG

IMG_9080.JPGIMG_0426.JPG

 

Além disso, gosto muito mais de levar a marmita e saber o que vou comer, mas sei perfeitamente que por vezes o dia não corre como queremos e não é possível. Normalmente ando sempre de mochila por isso, para conseguir pôr tudo lá dentro antes de sair de casa, todos os snacks para durante o dia. Quando levo almoço, uso a marmita da KEAT (que tem uma malinha que dá muito jeito, podem ver aqui).

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha