, ,

Omelete de salmão

Esta receita saiu de um almoço a correr em casa, com ´restos´que haviam no frigorífico! E assim é que tem de ser para nos facilitar a vida!

Bem simples e muito fácil de fazer, e que quando não há paciência para preparar um almoço ou um jantar, pode ser uma solução 🙂

Para quem quiser estar sempre a par de todas as minhas receitas e publicações, deve carregar na campainha do lado direito inferior e colocar ´subscrever notificações´. Ou então, deixar um comentário no fim da publicação e selecionar o quadrado que diz ´ser notificado por email´

Ingredientes:

  • Ovos inteiros (2)
  • Salmão grelhado (1/2 posta)

Modo de preparação e confeção:

  • Comece por desfiar o salmão para uma tigela e reserve;
  • Bata os dois ovos e de seguida junte o salmão e envolva;
  • Numa frigideira antiaderente bem quente, coloque a mistura anterior;
  • Coloque o lume baixo e deixe cozinhar até conseguir levantar as extremidades;
  • Use uma espátula para levantar dobrar a omelete até meio e vire do outro lado para cozinhar (normalmente costumo levantar uma das extremidades e levar até ao meio, e faço o mesmo do outro lado, e depois viro a omelete toda ao contrário)
  • Após 3 a 4 minutos, verifique se está firme.

Ou seja, super simples de fazer!

 

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

 

 

, , ,

Sopa de brócolos

Podem aproveitar e fazer dois em um: Legumes para o jantar e aproveitar para fazer sopa. A água (cheia de vitaminas e minerais) é um desperdício ir para o lixo, pois dá tanto para sopas como para purés. É mesmo assim, poupar tempo, eletricidade e gás na confeção das nossas refeições. Se quiserem saber como faço os legumes estufados, vejam aqui. Há quem não goste dos talos dos legumes para comer a acompanhar com as refeições, por isso mesmo, são ótimos para colocar na base de uma sopa.

Ingredientes:

  • Courgette (3)
  • Cebola (1)
  • Brócolos (1 molho)
  • Cenouras (3)
  • Azeite (1 colher de sopa)
  • Sal q.b

Modo de Preparação e Confeção:

  • Corte as courgettes, as cebolas e as cenouras e coloque a cozer numa panela ou num tacho. Coloque cerca de 500ml de água (claro que depende do gosto de casa um, se preferem mais líquido ou mais cremoso);
  • Quando o preparado anterior estiver cozido (cerca de 30/40minutos), passe tudo com a varinha mágica;
  • No final, adicione 1 colher de sopa de azeite e mexa a sopa.

Pronto a comer! 🙂 Façam sopa a contar com vários dias!

 

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

QUICHE DE COGUMELOS E CENOURA

Vamos a mais uma receita que acho que vão gostar! Mais uma quiche, ou tortilha, uma vez que não tem massa. Adoro fazer estas receitas porque dá para os meus almoços durante a semana, e até levo na marmita para comer no carro. Ou seja, podem fazer o mesmo. Já andava à imenso tempo para experimentar os Cogumelos Shitake da Origens Bio. Com o código ´poetenalinha´ têm 10% de desconto nas compras online.

Ingredientes:

  • Cogumelos (140g)
  • Tomate (1)
  • Beterraba (1/2)
  • Ovos (6)
  • Claras pasteurizadas (100ml) – não é obrigatório, utilizei porque tenho em casa, não precisam de colocar.
  • Cebola (1)
  • Cenouras (2)
  • Alho (2 dentes)
  • Pimenta q.b
  • Oregãos q.b
  • Salsa q.b

 

Modo de preparação e confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC.
  • Comece por demolhar os cogumelos (se forem dos frescos, é só laminar)
  • Comece por triturar o tomate e a beterraba e reserve (triturei para dar uma cor e um sabor diferente, mas podiam colocar partido aos bocadinhos se preferissem);
  • Numa tigela grande, misture o preparado anterior, os cogumelos, 4 ovos, as claras, as cenouras partidas aos bocadinhos, a cebola e alho picado até ficar homogéneo.
  • Junte os temperos e volte a misturar.
  • Disponha num pirex de forno e por cima, coloque os restantes 2 ovos batidos.
  • Leve ao forno cerca de 40 minutos até ficar pronto (pode utilizar um palito para ver quando está cozinhado)

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Deixem arrefecer e podem guardar em marmitas de vidro no frigorífico, é o que eu costumo fazer. Assim dá para vários dias da semana, e podem comer ao almoço/jantar ou quem sabe, aos lanches também 🙂

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook e Instagram 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

Salada de quinoa e húmus

Mais uma ideia de marmita para os vossos dias, que desta vez foi feita com o que havia em casa de dias passados. O truque é mesmo esse, descomplicar.

Ingredientes:

  • Quinoa cozida (3 colheres de sopa)
  • Espinafres (1 mão)
  • Cenoura ralada (1/2)
  • Pimento vermelho (1/2)
  • Ovo cozido (1)
  • Cebola (1/2)
  • Húmus de beterraba (2 colheres de sopa)

Modo de preparação e confeção:

  • Antes de mais é importante terem o húmus de beterraba, podem ver a receita aqui (esta receita é de húmus só de grão-de-bico, mas juntam 1/2 beterraba e voilá 🙂 É só triturar com o grão. Eu costumo fazer para entradas, e então se sobra, dá para juntar às refeições)
  • Numa tigela começar por colocar os espinafres, os pimentos cortados aos bocadinhos, a quinoa cozida, a cenoura, a cebola e o ovo cozido.
  • No meio, colocar o húmus de beterraba… e deliciar-se!

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook e Instagram 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

 

Temperado com azeite e com limão!

, , ,

5 dicas para preparar a sua marmita quando treina à hora de almoço

A hora de almoço é muitas vezes a única hora em que conseguimos treinar. Por isso mesmo, temos de orientar a nossa lancheira para que o almoço não fique de lado, e para que não haja razão para comermos uma sandes ou uns folhados à pressa porque não temos tempos para almoçar. O que é necessário é mesmo ter os alimentos em casa, e perceber de que forma é que conseguimos organizar a lancheira… porque vos garanto, não dá assim tanto trabalho.

É que se pensarmos, conseguimos fazer uma marmita dita ´normal´, mesmo que vamos treinar à hora de almoço. Não é razão para não o fazer, e pensar ´epa não vou comer comida fria…´. Por isso mesmo, vou-vos ajudar a construir a vossa marmita, que fica igualmente boa se for consumida fria.

  • Marmitas: Antes de mais é importante terem recipientes de vidro, que ajudem a conservar as refeições e que não deixem verter o líquido que muitas se forma, seja pelos legumes ou pelo tempero que utilizam. Podem ver aqui alguns exemplos, tenho sempre este género de marmitas:

 

  • Proteína: Claro que comer uma posta de salmão fria não é a coisa mais saborosa! Mas, faz toda a diferença quando essa posta é desfiada… o mesmo para o frango, peru, pescada ou dourada. Ou seja, o truque é mesmo esse, conseguir levar a proteína desfiada para fazer uma salada fria saborosa. Também podem utilizar atum ao natural ou ovos cozidos por exemplo, são alimentos que se comem bem frios. Por isso, a minha dica é que tenham sempre esse tipo de alimentos desfiados para vos ajudar. Normalmente quando eu faço salmão grelhado ou no forno, faço sempre a mais e depois o que sobra, desfio, e faço uma salada no dia seguinte.
  • Legumes: Vamos lá ver se me consigo explicar… brócolos cozidos e pescada cozida fria… por favor!!!! MAS, se desfiarem a pescada (como disse anteriormente), e juntarem brócolos cozidos partidos aos bocadinhos, garanto que fica logo diferente (e claro, depois temperar). Ou seja, novamente a dica de utilizarem os legumes que já têm confeccionados, mas em modo de salada fria. Ou então, alguns alimentos como pimento, cenoura, cebola roxa, agrião… que ficam muito bem crus e que criam uma salada ótima para acompanhamento.
  • Base: Quinoa, Couscous, Cotovelinhos, Batata-doce… e até arroz! Todos estes alimentos dá para comer frio, desde que o restante combine bem e haja um bom tempero.
  • Tempero: Muito simples… azeite, limão ou vinagre, ervas aromáticas a gosto (orégãos, pimenta preta, tomilho….). Normalmente ou tempero logo de manhã ou levo num frasquinho pequeno (ver aqui um exemplo) para juntar na altura.

 

E para terminar, deixo-vos aqui algumas ideias de refeições que podem perfeitamente dar para comerem na marmita, dentro do carro. É só carregarem:

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook Instagram 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Espero que tenham gostado, que comentem e que partilhem!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

Hambúrgueres de cenoura

HAMBÚRGUER DE CENOURA, a receita tão pedida e que vão ter de experimentar! São uma opção para quando têm um jantar em casa e querem variar o menu, e além disso, podem fazer em maior quantidade, congelar, e fica para mais dias! Pelo menos cá em casa, é assim que funciona 🙂 Já que se faz, faz-se a contar com mais dias!

Ingredientes:

  • Peito de peru (1500g)
  • Fiambre de peru (300g)
  • Cenouras (4 | 280g)
  • Pimento vermelho (1/2)
  • Cebola (1)
  • Sumo de limão (1/2 limão)
  • Vinho branco (5 colheres de sopa)
  • Pimenta preta q.b
  • Oregãos q.b
  • Alho (4 dentes)

Modo de preparação e confeção:

  • Colocar o peito de peru num processador de alimentos e triturar. Reservar.
  • Colocar as cenouras, o alho, o pimento e o fiambre de peru no processador e repetir o processo.
  • Numa taça (grande), juntar todos os ingredientes (carne triturada, cenouras, fiambre, sumo de limão, vinho…) e envolver, de forma a que fique tudo homogéneo.
  • Sobre papel vegetal, colocar cerca de uma colher de sopa do preparado e espalmar para ficar em forma redonda.
  • Aquecer bem a frigideira e grelhar os hambúrgueres.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Acompanhámos com batata-doce no forno e salada de alface, tomate e cebola. A sobremesa foi uma mousse de abacate.. Para mim fica doce e saborosa, mas claro que depende dos gostos pessoais de cada um. A dica que eu dou é, senão ficar doce para vocês, colocarem mais fruta 🙂

E como acho que os utensílios que utilizamos fazem muita diferença, aqui ficam várias ideias que são mesmo a minha cara (vários deles estão em desconto, é só carregarem para verem):

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook e Instagram 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

5 DIAS DA SEMANA, 5 MARMITAS SAUDÁVEIS PARA O ALMOÇO

 

É verdade, levar a marmita para o trabalho está na moda e ainda bem! Além de ajudar a manter uma alimentação saudável, ajuda também na nossa carteira. Pode fazer em grande quantidade e dividir logo pelas 5 marmitas para os seus almoços no trabalho. Mesmo assim, dou cinco ideias diferentes para quem se farta de comer sempre o mesmo. Mas se pensarem, cada um dos exemplos pode dar para mais que uma refeição se cozinhada em grande quantidade.

Inclua sempre:

  • Carnes brancas (frango, coelho, peru) ou peixe (espada, pargo, salmão, dourada, robalo).
  • Acompanhamento (arroz, massas, batata-doce). Pode optar por cereais integrais.
  • Verduras ou hortícolas (temperados com azeite, vinagre, ervas aromáticas).

 

QUICHE DE FRANGO COM BASE DE ABÓBORA

(Receita aqui)

 

STROGONOFF DE FRANGO

(Receita aqui)

 

ESPETADAS DE PERU (Receita aqui)

 

SALMÃO COM SUMO DE LARANJA E PAPRIKA (Receita aqui)

Podem acompanhar com batata-doce (receita aqui) e uma salada fria

 

HAMBÚRGUER DE PERU (Receita aqui)

Podem acompanhar com batata-doce (receita aqui), arroz e legumes estufados (receita aqui) ou uma salada fria

 

Espero que gostem, que comentem e que partilhem!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

SALADA FRIA DE MASSA, ATUM E ABACATE

Pois bem, uma das dificuldades são os almoços. Ainda por cima agora com o calor, começam a apetecer refeições mais frescas e leves. Apesar disso, e de também me apetecer a mim, faz parte sempre a sopa no início da refeição, e acho que também deve fazer desse lado! Esta salada é bem fácil de fazer e de preparar, e pode dar para várias refeições. Podem apenas alterar por exemplo a proteína que juntam, para variar um bocadinho. Atum, ovo, carne desfiada, peixe desfiado… é só ter imaginação 🙂 Ao verem esta receita, caso não tenham os ingredientes em casa, façam com o que tiverem… para vos facilitar a vida! 🙂

Já tinha a massa feita e os legumes também, pelo que foi só juntar! Deixo em baixo a receita de ambos.

Ingredientes:

  • Massa cotovelinhos
  • Cebola (1/2)
  • Tomate (1)
  • Abacate (2 fatias)
  • Atum ao natural (1 lata)
  • Pimento (1/3)
  • Legumes na wok (courgete, couve coração)

Modo de preparação e confeção:

  1. Massa: É só colocarem o tomate maduro partido dos bocadinho no tacho, com um bocadinho de azeite e cebola. Juntam a massa e colocam água para cozinhar. Reservam a massa.
  2. Legumes na wok: Na wok, colocam a courgete partida aos cubos e a couve coração às fatias. Juntam 1 colher de sopa de azeite e alho, e deixam cozinhar até estar pronto (eu não gosto que fique cozido, por isso não deixo muito tempo). Reservam os legumes.
  3. Numa tigela juntam 3 colheres de sopa da massa cozinhada, 1 lata de atum ao natural, o abacate e o pimento. Juntam os legumes na wok a gosto (colocar bastante quantidade). Depois podem temperar ao vosso gosto.

 

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

, ,

FRANGO ESTUFADO COM COURGETE

Há sempre maneira de aumentar o consumo de legumes às refeições, e esta é uma forma! Ou seja, em todas as receitas que experimentem, pensem de que forma é que podem introduzir mais alguns ingredientes que a tornem mais saudável. E até para as crianças pode ser uma ótima forma de aumentar a quantidade de egumes ingeridos, uma vez que fica misturado com a carne.

Ingredientes:

  • Bifes de peru (1 kg)
  • Courgete (1)
  • Cogumelos (150g)
  • Alho (3 dentes)
  • Sal q.b
  • Pimenta preta q.b
  • Paprika q.b
  • Vinho (1/2 copo)

Modo de preparação e confeção:

  • Comece por partir aos bocadinhos os bifes de peru, os cogumelos às fatias finas e a corugete aos bocadinhos.
  • Na wok, coloque os cogumelos, a courgete e o alho picado, com o vinho para saltear. Deixe cerca de 5 minutos.
  • De seguida, coloque o peru e tempere a gosto, deixando cozinhar cerca de 10 a 15 minutos. Mexa de forma a ficar bem cozinhado.

Fica pronto e depois é só acompanhar com o que gostar. Comi com arroz de couve coração e salada de agrião e tomate.

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha