,

13 truques ESSENCIAIS a aplicar nos seus jantares de Natal

Nesta época de Natal contam-se os almoços e jantares de natal, são resmas deles!

Comer fora de casa muitas vezes é um impedimento para começar uma perda de peso ou não ter uma alimentação saudável e equilibrada. Principalmente nesta época de Natal, em que há jantares a torto e a direito! Neste sentido, é fundamental que cada um de nós se consciencialize para escolhas alimentares saudáveis quando as refeições não são em casa.

Fora de casa É possível fazer escolhas alimentares saudáveis. Temos de ter em atenção o local escolhido (restaurantes/cafés/pastelarias), bem como os pratos que constam no menu. Já escrevi sobre a minha opinião sobre o dia da asneira, se quiserem leiam a publicação, aqui.

Lá porque temos jantares de Natal, e ainda bem que os temos, não temos de ter uma alimentação completamente desregulada e comer ´este mundo e o outro´! Desculpem lá, mas entre todas as opções que temos, dá sempre para fazermos uma escolha melhor! É como eu digo, vamos supor que os menu é bacalhau com natas, lasanha e arroz de pato… Na minha opinião devem escolher o arroz de pato! Claro que normalmente é sempre mais arroz que pato e que a quantidade que comemos é maior (mas ficam a saber que o arroz de pato não engorda desde que consumido na quantidade certa). Mas, perante o bacalhau com natas e a lasanha, torna-se uma melhor opção! E é só isto, nada mais!

 

No Restaurante:

  • Assim que chegar, peça uma sopa!
  • Recuse o pão, as azeitonas e os queijos da entrada. Aproveite para comer a sopa enquanto espera pela refeição. No máximo, peça um queijo fresco e pode até temperar com pimenta;
  • Se a refeição não lhe parecer a mais adequada, pode optar por pedir uma sopa para comer antes do prato principal e uma salada ou hortícolas para acompanhar;
  • Peça para lhe colocarem maior quantidade de horticolas ou salada, e reduzirem um pouco no arroz/massa/batata. Normalmente tenho sempre de pedir uma salada à parte porque a quantidade que servem acaba por ser pouca.
  • Faça escolhas: Se lhe apetece mesmo mesmo as entradas, tente optar por um prato mais saudável. Caso lhe apeteçam umas batatas-fritas, deixe as entradas de lado e a sobremesa. Caso lhe apeteça a sobremesa, já sabe, não abuse no resto.

Alterações ao prato:

  • Quando o prato que pediu não for dos mais adequados, peça para cozinharem o prato de uma forma diferente (Ex: Se o bife for frito, peça para grelhar, ou em cebolada);
  • Se o prato escolhido vier acompanhado com molhos, peça para estes serem servidos à parte. Opte por uma quantidade mais reduzida ou então por não utilizar;
  • Se o prato escolhido vier acompanhado, por exemplo com batatas fritas, peça para lhe substituírem por arroz ou outro tipo de hidratos de carbono. Se lhe apetecer mesmo as batatas-fritas, não acompanhe também com arroz.
  • Peça sempre legumes: Eu peço sempre legumes e nunca ninguém mos negou.

[Isto não significa que vão comer um prato sem sabor ou que não vos agrade. Significa sim algumas alterações que não custam nada e que mantêm a vossa refeição igualmente saborosa]

Escolhas saudáveis:

  • Tente optar sempre por pratos que sejam grelhados, cozidos ou estufados, em detrimento de fritos;
  • Não adicione molho ao seu prato (Não ponha a hipótese “É só um bocadinho”);
  • Comece sempre por uma sopa e termine a refeição com uma peça de fruta;
  • Não tenha pressa. Coma devagar, mastigue bem os alimentos, o que o permitirá perceber quando se encontra satisfeito.

Ficam aqui algumas publicações que vos pode ajudar no fim-de-semana:

Em casa, tenha uma alimentação SEMPRE saudável nesta época! Não tenha chocolates, rabanadas, sonhos… nada disso!!

E como os olhos também comem, uma das coisas que costumo ter em casa para as minhas refeições são pratos, tigelas, copos… ao meu gosto! Porque depois os pratos ficam logo com outro aspecto! Podem ver aqui alguns exemplos que seleccionei, que são mesmo a minha cara!

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

Beringela recheada com queijo e tomate

Aqui fica a receita de beringela recheada que tenho feito nos últimos tempos! Tão, mas tão fácil de fazer!

Ingredientes:

  • Beringela (1)
  • Tomate (1)
  • Queijo ralado q.b

Modo de preparação e confeção:

  • Comece por lavar a beringela e fazer cortes na vertical;
  • Corte um tomate às rodelas finas;
  • Coloque uma rodela de tomate em cada uma das aberturas da beringela;
  • Coloque o queijo ralado por cima (costumo colocar também dentro dos cortes com o tomate).

Podem servir da forma que quiserem. Apenas a beringela ou então com pão torrado. Até pode ser uma entrada para servir agora no Natal, e é só uma questão de pensarem em como podem ´enfeitar´ o prato onde colocam! Aposto que os vossos convidados vão adorar!

 

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

Rabanadas no forno

Aqui fica a receita das rabanadas no forno para experimentarem no Natal! Que vos parece? Vamos lá!

,

Arroz doce cremoso

Esta receita de arroz doce fiz na Kenwood, mas vocês podem fazer no tacho. Admito que dá muito jeito porque não tenho de estar sempre a mexer e acaba por facilitar. Aqui fica a receita para experimentarem.

 

Tempo de preparação: 10 minutos

Tempo de confeção: 45 minutos

Dose: Até 8 pessoas

 

Lista de ingredientes:

  • 200g de arroz (1 copo de arroz)
  • 1500 ml de água
  • 500 ml de leite quente
  • 1 pau de canela
  • Casca de limão q.b.
  • 65g de Stevia
  • 4 gemas de ovo
  • Canela em pó q.b.

 

Preparação:

  • Colocar o batedor na taça, juntar o arroz, água, casca de limão e pau de canela.
  • Programar a 100ºC, durante 30 minutos, na velocidade 4.
  • Coloque mais 10 minutos a uma temperatura de 100ºC e vá juntando o leite quente aos poucos, na velocidade 2 durante 10 minutos.
  • Colocar numa tigela as gemas e juntar 3 colheres de sopa de leite quente até envolver bem.
  • Juntar ao preparado anterior lentamente pelo orifício da tampa (o qual deve estar na velocidade 4 a 87ºC).

 

Pronto a servir.

 

, , ,

7 dicas para tornar as sobremesas de Natal mais saudáveis

Uma das grandes questões do Natal são então as sobremesas! Por isso mesmo, nada melhor que algumas dicas que nos permitam, sem desvirtuar a receita, torná-las mais saudáveis. E por isso mesmo, tem de começar a ter em atenção o tipo de ingredientes utilizados, a quantidade de gordura e o tipo de tipo de confecção culinária:

  • Utilizar metade da quantidade de farinha indicada na receita e metade de farinha do tipo integral (mais rica em minerais e fibra). Se for possível substituir na totalidade. Pode experimentar outros tipos de farinha, como de aveia, arroz ou coco.
  • Reduza no açúcar: Pode começar por passar para metade da quantidade indicada na receita e assim sucessivamente, reduzindo sempre (experimente utilizar açúcar amarelo, mel ou stevia). É importante também não esquecer que existem especiarias que ajudam a dar sabor, como a canela.. o que nos ajuda a diminuir a quantidade de açúcar. Além disso, não polvilhe com açúcar, muitas vezes é o hábito e não faz falta.
  • Utilizar o azeite em vez de óleo ou manteiga. Além disso, não coloque o azeite a “olhómetro”t e tente reduzir a sua quantidade.
  • Substituir as natas por iogurte natural ou até por queijo quark. Hoje em dia já existem imensas opções que nos permitem substituir as natas.
  • Experimente adicionar frutas ou legumes durante a confeção (Ex: Abóbora, Cenoura, Banana, Maçã… Já pensou que dão logo um sabor doce à sobremesa? Assim pode reduzir na quantidade de açúcar.
  • Opções magras: Substitua o leite gordo ou meio gordo por leite magro.
  • Chocolate: Tente optar por chocolate com maior % de cacau.

No entanto, e claro, estas modificações só fazem sentido em algumas receitas e não em todas. O importante nestes dias é mesmo termos controlo no que comemos, e não deixarmos de experimentar as iguarias tão típicas desta época. Deixo aqui alguns alimentos que transformam uma mesa de natal colorida e bastante chamativa, como os frutos secos e/ou frutas coloridas. Se carregarem na imagem têm acesso a toda a informação, bem como a mais produtos que vos podem fazer sentido.

Já tem aquelas formas de silicone? São uma ótima forma de tornar as sobremesas mais saudáveis, uma vez que não é necessário untar a forma antes de ir ao forno!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

,

Bolachas de Natal

Ingredientes:

  • Flocos de aveia (6 colheres de farinha de aveia)
  • Farelo de aveia (2 colheres de sopa)
  • Sementes de sésamo (1 colher de sopa)
  • bolachas de natal_poetenalinha.jpgSementes de chia (1 colher de sopa)
  • Ovos (2)
  • Stevia (2 colheres de sopa)
  • Fermento (1 colher de sopa)
  • Baunilha (1 colher de sopa)
  • Canela (a gosto)

 

Modo de Preparação e Confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC;
  • Adicione todos os ingredientes e mexa bem até ficar envolvido;
  • Adicione os dois ovos e mexa até ficar uma mistura homogénea;
  • Disponha num tabuleiro de forno o preparado anterior em forma de bolacha;
  • Leve ao forno durante cerca de 20/30 minutos

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, , ,

Rabanadas no forno

É Natal e existem os doces típicos e tradicionais desta época. Há receitas que são muito difíceis de alterar e que só ficam saborosas com os ingredientes tradicionais, mas no entanto, existem  outras em que é possível fazer pequenas alterações e que ficam na mesma, bastante saborosas. Esta é uma delas!

Ingredientes:

  • 4 fatias de Pão integral, de sementes, ou sem glúten
  • 150 ml de leite magro
  • 2 cascas de limão
  • Canela (ou pau de canela)
  • 2 ovos
  • 2 colheres de sopa de Stevia
  • 1 colher de sopa de azeite

Modo de Preparação e Confeção:

  • Retirem a códea do pão.
  • Coloquem o leite juntamente com as cascas de limão, o adoçante e a canela a ferver. Desliguem.
  • Passem as fatias de pão pelo preparado anterior.
  • Passem as fatias de pão pelos ovos.
  • Coloquem as fatias de pão por cima do papel vegetal (podem untar com um pouco de azeite)
  • Deixem-nas durante cerca de 30 minutos, de forma a que fiquem douradas dos dois lados.

Se gostarem pode passá-las por canela para dar ainda mais sabor 🙂 Ou então, quem sabe, colocar coco ralado por cima. Para os mais gulosos, uma colher de chá de mel por cima!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

,

7 dicas para controlar o seu peso no Natal

O Natal está mesmo a chegar e normalmente o aumento de peso nesta época é uma preocupação. Fazer dieta nesta época não faz sentido, mas sim ter atenção ao seu dia alimentar para que consiga então manter o peso. A não esquecer: o Natal são os dias 24 e 25! 🙂

  • Faça algumas alterações na confeção dos pratos e das sobremesas: diminua a quantidade de açúcar (prefira o adoçante), substitua o óleo pelo azeite, opte por lacticínios magros e diminua a quantidade de sal. Utilize canela e adoçante para dar sabor às sobremesas, bem como frutas doces (banana, manga …).
  • Faça todas as refeições no dia 24 e 25 (pequeno-almoço, meio da manhã, almoço, lanche e jantar): Pode crer que se passar o dia quase sem comer, vai comer em exagero na ceia de Natal!
  • Evite petiscar entre as refeições, principalmente quando prepara os pratos e as sobremesas para a ceia de natal. Para que isso não aconteça, não pode estar com fome! Dicas de como resistir aos doces durante o dia, aqui.
  • Mastigue devagar. É normal que com a mesa cheia, como normalmente acontece no Natal, esteja ansioso para provar de tudo, mas tem tempo, coma devagar.
  • Se quer provar todas as entradas, coloque um bocadinho de cada uma num prato de sobremesa e não repita.
  • Faça atividade física nesses dias, pode crer que se irá sentir muito melhor e consegue equilibrar com os exageros alimentares desta época.
  • No dia 26 tome logo uma atitude e volte à sua rotina! Não prolongue o Natal até ao fim do ano. E para isso: Distribua as sobras ou congele-as; beba bastante água e deixe as bebidas alcoólicas; comece sempre as refeições com um prato de sopa; exagere nas verduras e legumes às refeições; deixe as sobremesas e doces de lado (por vezes é difícil, mas apenas é preciso motivação e determinação!)

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

,

9 dicas para organizar e aplicar no seu dia de Natal

  •  Levantar e… Tomar o pequeno-almoço! Simples ou diferente, já que é Natal? Flocos de aveia, pão escuro, lacticínios magros ou fruta são algumas ideias. Pode ver várias ideias de pequenos-almoços, aqui.

 [Nem pense em ir para a cozinhar começar a preparar tudo para a noite de Natal sem o pequeno-almoço tomado. Resultado: Irá começar a provar tudo o que está a fazer].

 

  • Costuma beber água durante o dia? Não? Mas tem de ser! Prepare a sua garrafa e coloque ao pé de si para não passar despercebido. Se não aprecia água com o frio que se tem sentido nestes últimos dias, opte por chá. Pode sempre colocar como objetivo: 1 copo de água antes de cada refeição.
  • Não fique mais de 3h sem comer (vai evitar que ande a petiscar o dia todo e a provar todos os pratos e sobremesas que está a fazer. Se for preciso ponha um alarme para se lembrar) -> Não se esqueça de lanchar. Por vezes a família chega cedo a nossa casa e passamos essa refeição, começando logo a comer as entradas.
  • Quando for pôr a mesa, tape as entradas e as sobremesas. Se passar o dia a olhar para elas, a probabilidade de ir “roubar” um bocadinho é bem maior. Antes disso, não se esqueça de fazer algumas alterações quanto aos seus ingredientes, publicação aqui.
  • Sopa tanto ao almoço como ao jantar. Já está pronta? Toda a família deve ter esse hábito. Além disso, temos de dar o exemplo às crianças.
  • Tradição é tradição! Mas tem de haver legumes ou salada para acompanhar as refeições principais. Salada, legumes estufados, couves cozidas são alguns exemplos.
  • Cuidado com os temperos tanto das verduras como das saladas: 1 fio de azeite, vinagre e oregãos. Deixe de lado outro tipo de molhos. Se quiser dar mais sabor, aproveite para utilizar ervas aromáticas ou especiarias.
  • Se quer provar todas as sobremesas, tire apenas um bocadinho de cada uma para o seu prato de sobremesa.
  • Não se esqueça, distribua as sobras pela família toda.

 

 

 

E finalmente… UM FELIZ NATAL A TODOS! 🙂

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!