, , ,

6 truques que aplico quando me apetece um doce

Olá a todos! Se há publicações de que gosto de escrever é sobre os meus truques diários, e também sobre a pessoa ´normal´ que sou! Quantas vezes é que vos apetece trincar quando chegam a casa? Quantas vezes é que vos apetece um doce à noite? Quantas vezes é que depois do jantar, nos sentados no sofá e parece que a fome volta novamente? E só nos apetece comer? Sabem que também tenho dias assim? Já partilhei algumas vezes que sou muito mais de doces do que de salgados, e por isso mesmo, são esse tipo de coisas que às vezes me apetecem…

Acho que é importante percebermos as situações diferentes em que tais vontades nos apetecem… ou pelo menos, eu tento fazer isso para comigo mesma!

Só por que sim:

– Muitas vezes este tipo de vontade é só mesmo porque sim. Porque chegamos a casa (ao sítio onde queremos estar), com a nossa família, e queremos desfrutar do momento… ou então, porque depois de jantar queremos descansar em frente ao sofá, e ficamos ainda melhor acompanhados a comer alguma coisa que nos satisfaça. Nestes dias faço uma reflexão sobre se tenho mesmo fome ou não, e caso queira mesmo comer, optar por alguma coisa mais saudável. Iogurte natural com framboesas, fruta com manteiga de amendoim, panqueca com queijo fresco… são algumas opções do que eu costumo fazer.

Sabem que quando passo a tarde quase toda sem comer (sim, sei que não devia), fico completamente esganada de fomeeeee! E só me apetece este mundo e o outro…. mesmo! E o que é que eu faço? Se o meu namorado estiver em casa ligo-lhe logo e digo ´aquece tudo o que temos em casa´ … ahahah ele já sabe que é para aquecer um pratalhão de sopa (3 a 4 conchas de sopa), e aquecer o jantar 🙂 Eu tenho a plena noção de que não posso ficar muitas horas sem comer, mas quando estou em consultas seguidas às vezes acaba por acontecer… E depois quando saio do consultório, vou para o carro, até posso pensar no que é que me apetecia comer, mas faço um trabalho psicológico no sentido de pensar ´vai ser sopa, sopa, sopa´… 🙂

Hoje é o dia:

– Temos de assumir que por vezes, hoje é o dia! Ou seja, que não vale a pena irmos contra nós, porque na minha opinião, toda essa ansiedade até nos faz mal… porque na verdade, se for um dia, não é por isso que nos faz mal. O problema é quando é um dia, mais o dia seguinte e por aí em diante… Ou seja, eu tenho a plena noção que há dias e dias… e que se há um dia em que me apetece um gelado, eu saio de casa para ir comer o meu sunday, ou para ir jantar fora e ir comer uma pizza… qual é o problema? Nenhum, desde que eu saiba que É AQUELE DIA! Principalmente quando estou com a TPM, acontece-me muito… parece que estou sempre com fome e que só me apetecem doces.. ahah mas também sei que é só aquele dia… !

Por isto tudo que escrevi, quais são os meus truques para conseguir resistir aos doces (Assumindo que hoje não é o dia…, ou seja, que não faz sentido comer doces daqueles a sério… 🙂 )

  • Comer bem durante o dia:  Malta, parece que não, mas faz imensa diferença! Quando passamos o dia todo a fingir que comemos… um iogurte aqui, uma fruta acolá, uma sopinha ao almoço e uma bolacha ao lanche… não há corpo que resista, e nada que consigamos fazer para resistir (importante será dizer que tudo o que eu escrevo é a minha opinião, e que cada um de vocês aceita caso concorde). Por isso mesmo, temos de ter um dia alimentar equilibrado, sem fome e com saciedade, para não chegar o momento em que não aguentam mais e que vão ter de pisar o risco… Nas minhas consultas as pessoas que sigo acabam por me dizer que não é difícil cumprir o plano alimentar, e que não lhes dá vontade de comer, porque não passam fome… para mim é fundamental!
  • Imaginação:  Assumir que vamos comer um doce, mas que podemos é optar por um mais saudável… Banana com manteiga de amendoim, Panquecas (receitas aqui) com queijo fresco e manteiga de amendoim… são alguns snacks que eu utilizo para mim! Claro que não é suposto andar a comer banana com manteiga de amendoim em barda antes de ir para a cama, mas é bem melhor do que ir comer um geladinho ou um pastel de nata…
  • Sopa:  Lá vem a Maria com a história da sopa sopa sopa…. ahah e venho mesmo! Porque se consigo resistir a muitas das coisas ao fim-da-tarde, é por causa da sopa! Comer 3 conchas de sopa acalma-me logo e tem um efeito super saciante, que me acalma e que me deixa esperar até ao almoço.. ou até ao jantar… Ter sempre sopa feita em casa é fundamental tanto para esta questão dos doces, como para um estilo de vida saudável. Se fazem sopa, façam em grande quantidade, congelem e assim garantem todas as semanas a sua presença na mesa (depois de descongelarem, fervam para ficar boa).
  • Fruta:  Se estou naqueles dias, faço questão de comer sopa, prato (proteína, hidratos e legumes) e terminar com uma peça de fruta. Tenho a plena noção de que fico cheia, mas também estou a prevenir o que pode vir a seguir. Uma vez que a fruta é doce, pode ajudar-nos então a não ter de ir picar nada quando vamos para o sofá… Maçã cozida/assada com canela, marmelo cozido/assado, banana, pêra… frutas assim mais doces que nos ajudem então a controlar a vontade de doce.
  • Dizer que não:  A nossa alteração de hábitos alimentares tem de ser para sempre! Todo o nosso trabalho psicológico tem de ser feito para sempre… quero dizer com isto que, em eventos sociais, onde é mais provável a existência de doces (e eu sou muito de doces), temos de ter bem presente o que queremos, ou não, para nós e para a nossa vida. Ou seja, se vou jantar com amigos só porque quero estar com eles, não há razão para ter de comer um doce a uma terça-feira só porque sim. Até porque sei que, normalmente ao fim-de-semana dá mais aso há existência de almoços, jantares, petiscos… e vontade de coisas diferentes… porque estamos relaxados, a ver um filme, e com quem queremos estar… e aí sim, prefiro então comer o meu doce. Por isso mesmo, não é pelos outros comerem que nós temos de o fazer… nós temos de o fazer quando NÓS QUISERMOS, e quando nos fizer sentido… porque vos garanto, quando EU QUISER comer um doce, eu como um doce sozinha, só para mim e o que mais gostar!
  • Alternativas:  Manteiga de amendoim ou amêndoa (para mim é mesmo uma gulodice), tâmaras, fruta fresca, cozida ou assada, pepitas de cacau cru para juntar com frutos secos… são alguns exemplos do que podem ter em casa para vos ajudar. A manteiga de amendoim (e outros tipos e sabores), compro na loja online da prozis e se utilizarem o código poetenalinha têm 10% de desconto em todas as compras, pelo que fica mais barato do que comprar em loja física (6,99€ vs 6,30€).

Espero que tenham gostado, que comentem e que partilhem!

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Deixe o seu comentário ou partilhe as suas ideias ou experiências.
Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *