, , ,

As minhas sobremesas preferidas (e os truques que uso para me controlar)

Pois é malta, o meu ´calcanhar de aquiles´ são as SOBREMESAS! E quem diria, não é verdade?! Porque às vezes parece que o(a)s nutricionistas são diferentes e que não comem nada destas coisas… mas comem! Ou pelo menos, eu como! Não se enganem e não pensem que não gostamos deste tipo de alimentos, eu sempre gostei e sempre vou gostar… agora claro, com conta, peso e medida!

Como já vos disse, um dia conto-vos a minha história, mas também já passei por um processo de perda de peso em que me privava de tudo e mais alguma coisa. Não comia arroz, massa, batata…sobremesas… ou pelo menos, privava-me muito mais do que hoje em dia. E adivinhem, tinha mais 15 kg. Qual é a conclusão a que chego?! Que não sabia era comer! Hoje em dia como arroz, massa, batata e sobremesas… e tenho menos peso! O que mudou? Aprendi a comer!

Antigamente custava-me mesmo muito ir jantar fora e não pedir SEMPRE uma sobremesa. Além disso, sempre que o R. pedia para dividirmos uma sobremesa eu dizia que não, porque queria uma SÓ para mim. E hoje em dia, isso até pode acontecer, mas é muito menos frequente. Com o passar do tempo, fui tentando fazer um trabalho motivacional nesse sentido, de forma a comer uma sobremesa quando valer mesmo a pena. Ou seja, se houver mesmo aquela sobremesa de que tanto gosto! Porque, na maioria das vezes, sinto que todos nós acabamos por comer sobremesa apenas porque sim… apenas porque vamos jantar fora… apenas porque arranjamos uma razão o fazer. ´Já que vou jantar fora, tenho de aproveitar e comer uma sobremesa´… ERRADO! Acho que não podemos andar constantemente a arranjar uma razão para tal, uma vez que jantar fora hoje é dia é tão comum, e não faz sentido andar a comer sobremesas a torto e a direito.

As minhas sobremesas favoritas são das piores… ahah  🙂 Cheesecake, gelados e serradura! Normlmente a serradura faz parte das nossas festas de casa (até porque não há em muitos restaurantes), mas quando há cheesecake, tenho mesmo de pensar se vale ou não a pena… Há dias em que sim, há dias em que não. E vou deixar-vos alguns truques que utilizo hoje em dia para conseguir resistir e não comer sobremesa sempre que vou comer fora (importante: estas mudanças não acontecem de um dia para o outro, demoram muito tempo a fazer-nos sentido, a conseguirmos aplicar… se todos os dias fizerem um bocadinho melhor do que no dia anterior, garanto que vão começar a ver resultados, a ficar motivados, a querer continuar):

  • COMER BEM DURANTE O DIA: A maioria de nós vai jantar fora já com a ideia de que tem de ir com fome para aproveitar tudo a que tem direito. Não concordo. Por isso mesmo, o nosso dia alimentar deve ser equilibrado e devemos comer bem de forma a não chegarmos esfomeados à hora de jantar.
  • COMER BEM AO JANTAR: Ou seja, não vale não comer nada ao jantar a  pensar já na sobremesa. Muitas vezes eu fiz isso por querer mesmo a sobremesa. Hoje em dia faço o contrário: começo pela sopa e como um bom prato principal. Ou seja, fico muito satisfeita com o prato e assim é muito menos provável que queira comer a sobremesa!
  • SOPA: Faz-me todo o sentido pedir sopa nos restaurantes, e que o vosso problema não seja a sopa ter, ou não ter, batata! Porque sinceramente, melhor é comer sopa com batata do que rissóis, croquetes ou então a sobremesa. E aquele pensamento ´como vou comer fora, não vou comer sopa´, a mim não me faz sentido, de todo.
  • AVALIAR: Tento perceber se a sobremesa que existe é mesmo a minha ´praia´ou não e se vai valer a pena… porque muitas vezes é mesmo comer por comer, e isso não vale a pena! Além disso, tento também perceber como é que está a ser a minha semana ou como irá ser o meu fim-de-semana, ou seja, se vou ter jantares e/ou festas…. porque se vou ter, já vou comer coisas ´diferentes´nesses dias. E novamente… ir jantar fora não é razão para ter de comer tudo tudo tudo !

Hoje em dia tento também reinventar em casa de forma a optar por alimentos mais saudáveis quando me apetece o tal doce. Por exemplo, manteiga de amendoim ou de amêndoa com fruta, bolachas de arroz com manteiga de amendoim, trufas energéticas, granola adoçada com banana ou com passas… é só pensarmos de que forma é que o conseguimos fazer, e ajuda-nos imenso!

A manteiga de amendoim e de amêndoa, as pepitas de cacau cru, as lascas de coco compro na prozis e com o código poetenalinha têm 10% de desconto em qualquer compra. Podem fazê-las aqui.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Deixe o seu comentário ou partilhe as suas ideias ou experiências.
Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *