MUDANÇA DE COMPORTAMENTO ALIMENTAR

Podia falar do super estilo que eu tinha nesta altura, mas acho que não vale a pena ? ahah

Nesta fotografia era mais nova, sim, mas ainda não sabia o que era ter um estilo de vida saudável. Tinha, nesta altura, mais 15kg. Para algumas pessoas 15kg pode parecer insignificante, mas para mim, considerando a minha estatura e o contexto (adolescência, entenda-se ??‍♀️), era uma grande diferença… E nessa altura não comia arroz, massa, batata ou pão… Mas ia comendo umas coisinhas aqui e ali…?

Engraçado é que hoje em dia tenho menos 15kg e como de TUDO!

E agora vocês perguntam…?! O que é que mudou?! Para além do exercício físico ??‍♀️, o meu comportamento alimentar! Comecei a fazer coisas bem simples como comer sopa a todas as refeições, incluir (muitos ?) hortícolas às refeições principais. Comecei a fazer um pequeno-almoço como deve ser. Sim, antes era daquelas que dizia que não tinha fome de manhã… Mas na volta ia ao pão com chouriço a meio da manhã. Comecei a jantar um prato principal, porque se fosse preciso comia uma sopinha e depois acabava a noite a comer bolachas ou torradas… quem nunca?! Muitas vezes, o objectivo principal que defino nas consulta de nutrição é a mudança do comportamento alimentar! Isso significa que o que peço às pessoas que sigo em consulta para começarem a fazer neste momento, é o que quero que façam daqui a 10 anos! Porque perder peso é ‘fácil’. O meu objetivo é que os hábitos que vão adquirindo fiquem PARA SEMPRE!

Como já partilhei imensas vezes, não é o arroz ou a massa que engordam. Não é o pão que engorda. Já para não falar da fruta ou da sopa. Não se deixem enganar.

DESAFIEM-SE, NÃO DESISTAM!

E por falar em mudança de comportamento alimentar… Que hábito alimentar já vos ajudei a alterar e qual ainda está difícil?!

E deixem-me partilhar um desabafo: hoje em dia com 32 anos (e já com um filho), sinto-me bem mais nova do que há 10 anos atrás.

0 respostas

Deixe uma resposta

Deixe o seu comentário ou partilhe as suas ideias ou experiências.
Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *