Aletria sem açúcar, para bebés

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

A Aletria do Vasco, pois é, uma receita para o bonequinho cá de casa. Estamos a chegar a uma época muito especial do ano e vão começar a aparecer as iguarias tão típicas de dezembro. Fui desafiada pela @milanezapt para fazer uma receita de Aletria e pensei… porque não, fazer uma opção para que o Vasco também possa comer?! ☺️ A introdução do açúcar deve ser atrasada o máximo possível e por isso mesmo, resolvi experimentar fazer a receita, adoçada sim, mas com fruta 🍐

Claro que o meu objetivo não é de todo desvirtuar a receita original, mas sim, arranjar uma alternativa para o meu bonequinho de um ano e meio. Sendo este um mês tão especial, preparei um ebook com diversos truques e dicas para um natal mais saudável, incluindo diversas receitas da panelinha de sabores. Podem adquirir aqui. Além disso, no sábado passado fizemos um workshop com o tema Natal mais saudável e quem não pôde participar, pode agora adquirir a gravação do workshop para experimentar tudo aí em casa 🙂 É só enviarem email para mariagama@poetenalinha.pt que envio todas as informações.

Vamos à receita:

Ingredientes:

  • Aletria Milaneza
  • 200 ml de leite magro (podem usar água por exemplo, se não usarem leite)
  • 2 peras cozidas (+ 50ml água de cozer as peras)
  • 2 gemas
  • Pau de canela
  • Canela
  • Casca de limão

Modo de preparação e confeção:

  • Comecei por cozer a Aletria em água.
  • Num tacho à parte coloquei o leite, o pau de canela e a casca de limão a aquecer.
  • Triturei as peras com a varinha mágica numa tigela, e envolvi com a água de cozer as peras até ficar homogéneo. Juntei à mistura anterior (leite, pau de canela e limão), mexi e deixei até levantar fervura.
  • Depois, devagar, fui a aletria a esta mistura, mexendo sempre para ficar bem envolvido (coloquei a quantidade de aletria de forma a ficar uma mistura cremosa)
  • Bati as gemas e misturei um pouco de leite numa tigela.
  • Retirei o tacho da Aletria do lume e envolvi as gemas, mexendo bem para ficar homogéneo e bem envolvido.
  • Levei novamente ao lume, no mínimo, durante dois minutos.

O Vasco gostou e eu também. Vocês nem imaginam, teve imensa piada. Pus o prato à frente dele e quase que nem me deixou tirar a fotografia… atacou logo! Claro que é uma receita diferente, mas é uma alternativa. E é mesmo assim que me faz sentido, arranjar alternativas 😉

Espero que tenham gostado da ideia e que experimentem. Fico à espera dessas fotografias e partilhas 😙

Os mais vistos

Ebooks

Previous
Next

Newsletter

.

Sigam-me

Instagram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *