8 Truques para cozinhar com menos gordura

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Já não há dúvidas de que o consumo excessivo de alimentos ricos em gordura pode ter consequências na nossa saúde:  doenças cardiovasculares, obesidade, alterações do metabolismo das gorduras (ex.: colesterol elevado), pelo que devemos, por isso, moderar o consumo de gorduras.

  1. Carnes e Peixe: Quando for ao talho ou à peixaria, escolha sempre as peças ou as partes que têm menos gordura. Posteriormente, em casa, retire também todas as peles visíveis das carnes.

  2. Marinadas: Se por exemplo a carne for bem temperada (com especiarias/ervas aromáticas) acaba por ficar mais apurada e com mais molho sem a necessidade de adicionar tanta gordura na sua confeção. Experimente porque vai gostar. Normalmente nesta receita, nem costumo usar adição de gordura, e fica super bom.

  3. Panelas e frigideiras antiaderentes: Uma boa opção são os utensílios antiaderentes uma vez que dispensam a utilização de gordura. Caso seja necessário utilizar, a gordura de eleição deve ser o azeite, numa quantidade moderada.

  4. Cozinhar a vapor: Às vezes algumas receitas podem ser feitas a vapor ou até cozinhados apenas em água, preservando na mesma o sabor e a textura do alimento. Mas caso seja necessário acrescentar alguma gordura utilize o azeite de forma moderada ou verifique se a receita não pode ser feita a vapor ou com água.

  5. Assar: Opte por assar, seja carne ou peixe, retire previamente todas a gorduras visíveis do alimento e utilize bastante cebola, uma vez que esta deita muita água e diminui assim a necessidade de adicionar gordura ao preparado.

  6. Alimentos em conserva: Prefira o atum em água, ou no caso de utilizar a conserva em azeite ou óleo, é importante que com a ajuda de um coador passe o atum por água corrente, retirando toda a gordura e só depois então utilizá-lo.

  7. Não tempere as saladas com molhos ricos em gordura: Utilizar por exemplo sumo de um limão com uma colher de chá azeite é suficiente. Os iogurtes naturais também são uma boa opção para temperar saladas, mas atenção a algumas opções de iogurtes que podem ter um elevado teor de gordura (optar por versões mais light).

  8. Rejeite os molhos dos preparados: Mesmo que tenha sido preparado cuidadosamente com pouca ou quase nenhuma gordura, a carne ou o peixe acaba sempre por soltar um pouco de gordura, portanto transfira sempre que possível o preparado para outro recipiente e sirva-o sem o molho.


 Qual destas técnicas é que costuma utilizar aí em casa? 

Para marcação de consultas comigo ou com alguma nutricionista da equipa podem fazê-lo diretamente no site, aqui neste menu. Caso não haja vaga um horário ou dia que dê para si, pode enviar mensagem privada para ajustarmos :) 

Convido a subscrever a newsletter em baixo para receber uma ementa gratuita e para ter acesso a conteúdos exclusivos :) 

Subscreva o Blog via Email

Introduza o seu email para subscrever o blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

.

Os mais vistos

Ebooks

Newsletter

.

Segue-me

Instagram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *