, ,

3 dicas para escolher iogurtes no supermercado

E hoje é dia de…dia de… rótulos! Hoje sobre iogurtes, um tipo de alimento que é bastante consumido devido à sua praticabilidade e rapidez para transportar. Primeiro que tudo, e antes de vos falar sobre a sua composição, comecem a seguir as seguintes dicas:

  • Desconfiem sempre! Sabem bem que há bastantes alimentos na moda, e por isso mesmo, as marcas têm de se adaptar e produzir produtos que estejam adequados à época.
  • Escolham sempre os mais simples: Se quiserem adicionar fruta ou cereais, façam-no em casa.
  • Tenham em atenção os rótulos: Claro que não quero que percam um tempo infinito a olhar para os rótulos de todas as embalagens, mas hoje em dia os rótulos estão disponíveis na internet. Ou então, se já forem com os iogurtes que vão comprar definidos, não ponham em hipótese experimentar outros. Analisem primeiro e depois é que compram.
Agora vejamos a tabela seguinte:
Consoante o que disse anteriormente,e se repararem, quando vamos analisando os iogurtes, sempre que se adiciona algum ingrediente, a sua composição vai mudando. Ou seja, vai aumentando a quantidade de açúcar ou de gordura. Por isso meso, é fundamental que tenham atenção no momento de escolha. Podem crer que é muito mais saudável.
  • Reparem quando passamos de iogurte natural para natural açucarado, uma diferença muito grande de açúcar. Se não gostam de iogurte natural a minha dica é que coloquem fruta para adoçar (banana/maçã cozida/pera), ou então que optem por iogurte de aromas. Mas nunca o açucarado.
  • Não coloquei marcas nos iogurtes gregos, as quais representei por X e Y, mas vejam bem as diferenças que podem existir entre eles quanto à gordura e açúcar. É importante que estejam atentos a isso.  Eu normalmente consumo o iogurte grego ligeiro do lidl, gosto imenso dele.
  • Quanto a iogurtes vegetais, colocasse a mesma questão. Adicionando pedaços, o valor calórico, e o açúcar aumenta bastante.
Ou seja, e concluindo, são estes pormenores todos que influenciam bastante a nossa alimentação, a quantidade de açúcar e gordura ingerido e no final de tudo… a nossa saúde! Como eu digo sempre, ´tirando um bocadinho´de cada refeição/alimento não custa nada, e no final faz uma grande diferença!
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!
, ,

8 pequenos-almoços de verão

Com o calor apetece-nos começar o dia com um pequeno-almoço mais fresco… Muitas vezes surge essa dúvida, de que forma é que podemos começar o dia, e por isso mesmo, aqui vos deixo várias ideias para começar a manhã. Para quem precisar de mais ideias, fiz um ebook de 50 receitas de pequenos-almoços e snacks saudáveis para que possam experimentar receitas novas. Tem o valor de 2,5€ e podem adquirir aqui.

1 – BATIDO DE ABACATE E MORANGOS

Ingredientes:

  • Abacate (1/2)
  • Morangos (8)
  • Sementes de chia (1 colher de sopa)
  • Água q.b
  • Banana (1/2)
  • Amêndoa laminada
  • Manteiga de amendoim (1 colher de café)

Modo de preparação e confeção:

  • Juntar o abacate, os morangos, as sementes de chia e a água num recipiente e triturar com a varinha mágica e está pronto!! Normalmente coloco no liquidificador, é bem mais rápido!
  • Depois é só empratar a gosto (deixo aqui algumas tigelas que são mesmo mesmo a minha cara e que estão em promoção) Recheie a gosto. Coloquei banana, amêndoa laminada e manteiga de amendoim.

 

2 – PANQUECAS DE MAÇÃ E CACAU 

Ingredientes:

  • Flocos de aveia
  • Cacau em pó (25g | 4 a 5 colheres de sopa)
  • Ovo (1)
  • Bebida vegetal, água ou leite magro (50ml)
  • Maçã cozida com canela (1)

Modo de preparação e confeção: 

  • Comece por colocar os flocos de aveia no processador de alimentos e triturar até ficar em farinha. Reserve.
  • De seguida, junte a farinha de aveia aos restantes ingredientes numa taça grande e envolva até ficar uma mistura homogénea.
  • Numa frigideira anti-aderente bem quente e sem qualquer adição de gordura, coloque o preparado anterior. Normalmente uma colher de servir sopa é suficiente para cada panqueca, dependendo do seu gosto pessoal quanto à grossura da panqueca;
  • Quando começar a formar bolhas à superfície, vire do outro lado e é um instante até estar pronto ?

 

3 – BOLO DA TIGELA DE MAÇà

(podem acompanhar com um sumo de laranja natural por exemplo)

Ingredientes:

  • Farinha de espelta (4 colheres de sopa)
  • Ovo inteiro (2 ovos | 200 ml de ovo inteiro pasteurizado)
  • Maçã (1)

Modo de preparação e confeção: 

  • Comece por colocar a farinha de espelta numa tigela e misture os ovos (utilizei ovo inteiro pasteurizado, este).
  • De seguida parta a maçã aos bocadinhos pequenos e misture no preparado anterior.
  • Leve ao microondas cerca de 2 a 3 minutos.

 

4 – ENFRASCADO DE AVEIA E KIWI 

Ingredientes:

  • Flocos de Aveia (3 colheres de sopa)
  • Chá verde (até cobrir os flocos de aveia)
  • Iogurte natural (1)
  • Kiwi (1)

Modo de Confeção e Preparação:

  • Coloque as três colheres de flocos de aveia no frasco;
  • Coloque o chá verde suficiente para cobrir os flocos de aveia (6 colheres de sopa devem ser suficientes);
  • Feche o frasco e coloque no frigorífico durante a noite.

 

5 – GRANOLA DE MAÇÃ E CÔCO

(podem acompanhar com iogurte natural ou vegetal e fruta)

Ingredientes:

  • Flocos de aveia (1 chávena | 180g)
  • Arroz tufado (3 mãos cheias)
  • Coco ralado (2 colheres de sopa)
  • Frutos secos (1/2 chávena)
  • Sumo de laranja (1/2 laranja)
  • Raspa de uma laranja
  • Maçã (1)
  • Canela a gosto
  • Azeite (1 colher de sopa)

Modo de preparação e confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC .
  • Comece por partir os frutos oleoginosos grosseiramente (Nozes, avelãs, amêndoas).
  • Coloque numa taça os cereais, os frutos oleoginosos partidos, a raspa de laranja e a canela. Misture.
  • Parta a maçã em pedaços pequenos e envolva na taça.
  • Por fim, coloque o sumo de laranja e o azeite e misture bem.
  • Coloque no tabuleiro de forno papel vegetal e coloque de seguida o preparado, durante cerca de 20minutos. Mexa uma ou duas vezes.

 

6 – PUDIM DE CHIA 

Ingredientes:

  • Sementes de chia (3 colheres de sopa)
  • Bebida vegetal ou leite magro (200ml)
  • Manteiga de amendoim (1 colher de sobremesa)
  • Banana (1/2)
  • Frutos vermelhos (a gosto)

Modo de preparação:

  • Colocar o leite num frasco juntamente com as sementes de chia e mexer bem;
  • Colocar no frigorífico e deixar repousar algumas horas (pode fazer à noite para comer ao pequeno-almoço do dia seguinte)
  • Servir com frutas a gosto.

 

7 – TAÇA DE CEREAIS COM IOGURTE 

Ingredientes:

  • 60g de flocos de aveia;
  • 1 Colher de chá de mel;
  • 2 Colheres de sopa de água.

Modo de preparação e confeção:

  • Triture os cereais;
  • Numa tigela coloque os cereais triturados, adicione o mel e duas colheres de água;
  • Mexa bem até ficar uma mistura homogénea;
  • Distribua pelas formas e coloque no frigorífico durante a noite.
  • Sirva com iogurte e com fruta no dia seguinte.

 

8 – CREPIOCA DE ESPINAFRES

Ingredientes:

  • Tapioca (20g)
  • Ovo (1)
  • Claras (50ml)
  • Espinafres (1 mão)

Modo de preparação e confeção:

  • Bata no liquidificador a farinha de tapioca, o ovo, as claras e os espinafres até ficar homogéneo.
  • Numa frigideira anti-aderente bem quente, coloque o preparado anterior até que a massa fique tostada de ambos os lados.
  • Sirva com queijo fresco e fruta.

Já sabem que depois é empratar tudo a gosto!

Para quem não sabe, tenho vários e-books, que podem adquirir aqui

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal de refeições principais, com receitas (3,0€)

– Ementa mensal de pequenos-almoços e snacks, com receitas (3,0€)

– 80 receitas de panquecas (3,0€)

Não se esqueçam de me seguir no Facebook e Instagram ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

 

, ,

10 sugestões para cozinhar com menos gordura

Hoje vou falar-vos sobre cozinhar, uma das grandes dúvidas que por vezes há por aí… com pouca gordura, mas com sabor!! Muitas vezes em consulta apercebo-me que não entram em conta com a gordura utilizada na confeção das suas refeições, o que pode influenciar bastante o valor calórico das refeições, e por isso mesmo, estar relacionado com o aumento de peso. E não, não estamos a falar de comer apenas cozidos ou grelhados, ou comida sem sabor e sem qualquer tempero…

Para quem ainda não sabe, desenvolvi um ebook com 50 receitas de refeições principais para irem experimentando receitas novas e diferentes. Tem o valor de 3,5€ e podem adquirir aqui.

Dicas:

  • Antes de começar a cozinhar, não se esqueça de retirar todas as peles e gorduras visíveis do alimento a confecionar (Ex: Quantas vezes não retiram a pele do frango antes de ir ao forno para dar um saborzinho?!?!?).
  • Opte por fazer uma marinada, com vinho, alho, cebola, pimenta e ervas aromáticas. Muitas vezes não é necessário a adição de azeite. Experimente cozinhar frango sem qualquer adição de gordura e veja o resultado: ótimo! Acha que não é apreciado pela sua família? Estratégia… Diga só no fim da refeição que não utilizou gordura, foi como fiz da primeira vez 🙂
  • O molho que fica nos cozinhados não deverá ser consumido, nem para molhar apenas um bocadinho de pão. Se não colocar o pirex na mesa é muito mais fácil resistir. Deixe o pirex na bancada, sirva-se e sente-se na mesa 🙂
  • Ao refogar, opte por colocar o azeite com o alho e a cebola, mas vá acrescentando água ou vinho, para não sofrer fritura (Ex: Quando cozinha arroz).
  • Para gratinar, opte sempre por queijo magro. Mesmo assim, deixe de lado os gratinados e utilize apenas em dias especiais.
  • Para temperar legumes cozidos utilize sempre azeite como gordura de adição. Tenha em atenção os legumes salteados. Prefira os cozidos, a vapor ou estufados;
  • Para temperar saladas, utilize o azeite, adicionando também sumo de limão ou vinagre de vinho e ervas aromáticas ou especiarias. Compre um spray para o azeite, de certeza que a quantidade utilizada será menor;
  • Num dia de festa, caso opte por molhos, utilize por exemplo sumo de limão, especiarias ou ervas aromáticas e iogurte natural não açucarado;
  • As frigideiras anti-aderentes não necessitam de adição de gordura. Pode utilizá-las para confeccionar por exemplo ovos mexidos e/ou bifes, sem qualquer tipo de gordura (Não se esqueça, sempre que utilizar azeite, o alimento deixa de ser grelhado);
  • Quando consumir conservas, opte por conservas em água em detrimento das que vêm em óleo ou em azeite. Temperar? É no prato;
  • Fundamental: Fazer fritos em casa não é opção! Quando houver dias especiais ou festas, e que não consiga deixar de lado os ditos rissóis ou croquetes, faça-os no forno;

São pequenas alterações que resultam em grandes progressos… O objetivo não é que comece a ter refeições sem sabor ou sem prazer, mas sim mais saudáveis.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha
, ,

4 TRUQUES ESSENCIAIS PARA UMAS FÉRIAS SAUDÁVEIS

Já andam todos de férias?! ✌ Por aqui já estamos na Ilha Graciosa para aproveitar mais um ano ?

Primeiro que tudo é preciso organização e neste caso penso que o mais importante é planear com antecedência. Claro que é chato andar carregado com alimentos e com marmitas e snacks, mas.. é a vida ?

  1.  SNACKS: Deixar tudo pronto no dia anterior à viagem. Se deixar tudo para o dia da viagem, fica tudo por fazer! A nossa viagem foi na terça e eu aproveitei para fazer os muffins de maçã, granola e um bolo para levar na viagem. Cozi ovos, que deixei no frigorifico ?‍♀️ Acabou por dar para a viagem e para os primeiros dias, que agora a adaptação ainda é mais desafiante com o nosso pequeno Vasco ?Pode sempre levar a mais para dar pelo menos para o primeiro e segundo dia.
  2.  COMPRAS: Assim que chegar ao destino! No nosso caso, a mana Gama já tinha ido às compras para o jantar de terça e para quarta, o que nos ajudou bastante, ainda por cima porque o avião atrasou imenso ?‍♀️ No dia seguinte a chegarmos, fomos logo às compras para ficar com as coisas despachadas e conseguirmos ter os alimentos a que estamos habituados.
  3. COZINHAR: Claro que não apetece cozinhar muito nas férias e o melhor seria descansar… mas se não o fizermos, ninguém faz por nós. E eu não abdico dos meus hábitos saudáveis (apesar de alguns erros alimentares, claro). E como sabem, o melhor é mesmo despachar trabalho. Quando fazem uma coisa, façam logo duas ou três. Eu ontem fiz sopa, e aproveitei para saltear legumes. Hoje fiz uma segunds rodada de sopa, para congelar, e ao mesmo tempo legumes novamente. Já fiz panquecas, em que preparei a massa e deixei no frigorífico para ir apanhar sol e fazer depois.
  4. OPÇÕES: Nas férias há sempre espaço para comer iguarias típicas. Eu cá, adoro moreia frita, e vou comer claro! Mais alguém fã?!✌ Uma coisa é comer a moreia, entradas e saídas.. ? Outra, é comer a moreia, deixar os queijinhos e a sobremesa! Ou seja, aquela conversa ‘Como estou de férias vou comer tudo porque mereço’, a mim não me convence. Temos sempre opções mais saudáveis onde quer que vamos.. Podemos pedir sopa, ou não. Podemos pedir legumes, ou não. Podemos beber água, ou não…

Desejo-vos umas ótimas férias 🙂

Deixo-vos aqui os ebooks que tenho vindo a desenvolver e que podem ser um aliado nas vossas férias se quiserem experimentar receitas diferentes ou então, se quiserem ter uma ementa definida para não terem de pensar muito:

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal I e II de refeições principais, com receitas (3,0€)

– Ementa mensal I e II de pequenos-almoços e snacks, com receitas (3,0€)

– 80 receitas de panquecas (3,0€)

Para adquirir é através deste link.

, ,

5 HÁBITOS QUE NÃO PODEM FALTAR ÀS REFEIÇÕES

Há hábitos essenciais e que temos de manter sempre sempre sempre às nossas refeições! Claro que agora se torna um desafio, porque muitas vezes não temos os alimentos todos disponíveis e temos de gerir as compras… Mesmo assim, acho que podemos fazer um esforço para tentar manter alguns hábitos. Quais são os vossos hábitos diários? Contem-me tudo! Por isso mesmo, hoje partilho alguns hábitos que acho que são essenciais manter sempre, e para sempre!

FOME DESMEDIDA: Antes de mais, não podem chegar às refeições principais com uma fome gigante, senão vai correr mal! Acho que é muito importante que façam pequenos snacks entre as refeições para isso não acontecer, ou seja, deve ser um hábito diário que praticam, de forma a vos ajudar! Agora em casa, acabam por conseguir ter sempre disponíveis alimentos… é só uma questão de se organizarem e terem ao pé de vocês ou irem à cozinha! Deixo-vos aqui várias ideias de snacks que podem ter ao pé de vocês.

SOPA: Podem-me chamar a Nutricionista da sopa, mas é mesmo isso! Se há hábito que não pode faltar às vossas refeições é comer um prato de sopa de legumes antes do prato principal. E para mim, estando em casa, pode ser uma oportunidade para se habituarem a isso! Se tiverem este hábito, podem crer que ajuda imenso a controlar as quantidades de comida que acabam por comer, e é muito mais provável que não queiram um doces. E todos nós devíamos comer sopa, desde os mais pequenos aos mais graúdos, sem exceção! Se agora não temos tantos legumes disponíveis, quando os conseguirem comprar, aproveitem então para fazer uma sopa. Podem também optar por fazer uma sopa de legumes e leguminosas…. que fica ótimo! Deixo-vos aqui várias receitas que podem experimentar. No entanto, adaptem consoante o que têm em casa!

LEGUMES OU SALADA: Parece que pode haver tudo à refeição, mas que os legumes ou a salada podem passar o lado, não percebo bem porquê! Temos de fazer o arroz ou a batata, mas para os legumes já não temos tempo… ou seja, tempo para o resto arranjamos, para a sopa e para os legumes, nem por isso. Não concordo! Acho que se temos tempo para o resto, temos também de ter para estes alimentos que são fundamentais a uma vida saudável. Claro que por vezes a logística é difícil, mas por isso mesmo é que sou a favor de termos legumes congelados em casa para os dias em que o tempo é pouco… porque vos garanto, colocar a cozer uns brócolos congelados é bem mais rápido do que fazer um arroz ou batatas (com isto não quero dizer que o arroz ou as batatas não são igualmente importantes). Quando forem às compras ou fizerem compras online, aproveitem para encomendar legumes congelados para vos ajudar! Além disso, alimentos que não sejam perecíveis e que se aguentem algum tempo, como couve-coração, courgete, tomates, cenouras, abóbora… assim conseguem que aguente mais que dois ou três dias.

ÁGUA: Pois bem, água é o que devemos beber à refeição! Claro que se formos a uma festa e nos apetecer algo de diferente, também pode ser uma opção… mas em casa, seja durante a semana ou ao fim-de-semana, devemos sim, beber água! Até porque agora não saindo de casa, não temos esse tipo de convívios… Nada de refrigerantes ou sumos… Muitas vezes é a conversa de ´é só ao fim-de-semana´… e depois o problema é… é tudo ao fim-de-semana! E na verdade, os hábitos saudáveis devem fazer parte do dia-a-dia e não podem ser vistos como um sacrifício.

FRUTA: Há quem se preocupe em comer fruta depois da refeição… não sei bem porquê! Claro que não devemos andar a comer 10 peças de fruta por dia, mas quando as comemos, depende do dia alimentar de cada um de vocês. Deixar de comer fruta e depois ir ao gelado, à bolacha ou ao chocolate… parece-me que não é uma troca correta. Não é por comerem fruta ao jantar que vão engordar.. até porque muitas vezes acaba por nos acalmar e relaxar, ficando satisfeitos e não optando por outro tipo de alimentos.

O que acham? Concordam? Deixem os vossos comentários! ?

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

5 dicas para quem passa o dia na praia

PRAIA PRAIA PRAIA! EU adoro, e por aí? Adoro o verão e praia, os mergulhos e poder até correr na areia 🙂 Por isso mesmo, e já que nesta época é comum passar o dia todo na praia, vou deixar algumas dicas para uma alimentação saudável! Não é difícil, garanto, desde que percebamos de que forma o podemos fazer 🙂 

Dicas:

  • Prepare a sua lancheira tendo em conta as horas que vai lá ficar (mais vale levar comida a mais, bem acondicionada, do que lhe apetecer ficar mais horas na praia e depois ter de optar por ir ao café comprar comida);
  • Opte por levar fruta simples e fácil de comer, para que não seja um impedimento levar este tipo de alimento (maçã, nectarina, laranja, ameixas);
  • Quer levar uma salada mas não sabe como temperar? Fácil: Misture num frasquinho ou numa garrafa o azeite, vinagre e orégãos e coloque na altura de comer por cima da salada;
  • Leve sempre bolachas do tipo milho/arroz/sésamo/marinheiras. Assim, se tiver com fome não vai pensar “não tenho nada para comer e pode safar-se com esse tipo de alimentos.
  • Nozes, amêndoas, cajus… leve estes alimentos para quando lhe apetecer petiscar.
  • Não se esqueça de levar água! Leve já a contar com o dia todo. Se não o fizer, a ida ao café para comprar água pode acabar com escolhas erradas.

 

Quanto a ideias de refeições:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Que tal aproveitar para jogar raquetes, correr ou caminhar? 🙂 

Para quem não sabe, tenho vários e-books, que podem adquirir aqui

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal de refeições principais, com receitas (3,0€)

– Ementa mensal de pequenos-almoços e snacks, com receitas (3,0€)

– 70 receitas de panquecas (3,0€)

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! 

, ,

Os legumes cá de casa 👇


Como já sabem, os legumes fazem parte das refeições cá de casa… ora estufados, ora salteados, ora cozidos, ora salteados 👌

Quando às vezes em consulta sugiro variar a forma de confecção dos legumes há quem fique 🤷‍♀️🤷‍♀️ Eu gosto de legumes cozidos, mas calma lá… q.b 🤦‍♀️ Na minha opinião, há quem não goste muito de acompanhar as refeições com legumes por isso mesmo… porque só cozidos, ninguém merece 🤦‍♀️ É tão bom variar, é tão bom experimentar receitas diferentes… ✌

Por aqui vamos variando de acordo com a disponibilidade para os fazer ou de acordo com a refeição que iremos fazer 👌

Adoro legumes no forno, porque além de ser rápido de fazer, ficam super saborosos!

Neste tabuleiro que forno juntei cenoura, nabo, abóbora, beterraba, tomate cherry e cebola roxa. Temperei com azeite, sal e óregãos e levei ao forno cerca de 20 minutos a 180⁰C… prefiro os legumes meio ‘crocantes’ do que empapados 🤦‍♀️

Qual é a vossa receita preferida? De que forma é que os costumam fazer aí em casa?! 👇

Para quem não sabe, tenho vários e-books, que podem adquirir aqui

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal de refeições principais, com 40 receitas (3,0€)

– Ementa mensal II de refeições principais, com 35 receitas (3,0€)

– Ementa mensal de pequenos-almoços e snacks, com 34 receitas (3,0€)

– 80 receitas de panquecas (3,0€)

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

,

Os essenciais cá de casa 👇

Ontem o direto foi sobre as compras cá de casa, e para quem estiver interessado em ouvir, é só passar pelo meu IGTV, aqui

Hoje em dia temos optado muito por compras online para nos facilitar a vida, menos nas frutas e legumes 🍊🍉🍎 E por isso mesmo, aproveito para vos pedir recomendações de produtores que vendam diretamente ao consumidor, na zona de Lisboa 🤔

#1 Lista de compras: ter sempre uma lista geral que vos ajude sempre no momento da encomenda. Assim, nunca se esquecem de nada 👌

#2 Foco: Comprar apenas o que está definido e não se deixarem ir pelas promoções disto ou daquilo… Além de acabarem por gastar mais dinheiro, muitas vezes são aqueles alimentos que não interessam nada 😅

#3 Perecíveis, não perecíveis e congelados: perecíveis para o início da semana, não perecíveis para o fim da semana, congelados para quando não há nada 👌 Normalmente é assim que compro os legumes cá para casa, para garantir os acompanhamentos das refeições e as sopas 🍵

#4 Carne/peixe em doses individuais: Se num dia em que chegam tarde a casa ou não têm nada pronto, facilmente conseguem fazer um jantar… agora, se só tiverem uma perna de peru, que não deixaram a descongelar, por exemplo, fica mais difícil 😅

#5 Leguminosas: sempre! Ora para demolhar e cozer, ora em frasco na despensa, ora cozido no congelador… e rapidamente sai uma refeição! Foi o que fiz hoje… enquanto fazia o nosso jantar, fiz grão com legumes para o nosso almoço de amanhã 🥕 E agora com o calor, sabe super bem numa salada fresca 👌

#6 Práticos: frutos secos, ovos, iogurtes, queijo fresco, cenouras, tomate cherry, bolachas de arroz… coisas bem simples para vos safar os lanches e snacks num instante ✌

Quais são os vossos truques nas compras?! 👇

Para quem não sabe, tenho vários e-books, que podem adquirir aqui

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal de refeições principais, com 40 receitas (3,0€)

– Ementa mensal II de refeições principais, com 35 receitas (3,0€)

– Ementa mensal de pequenos-almoços e snacks, com 34 receitas (3,0€)

– 80 receitas de panquecas (3,0€)

Beijinhos,

Maria

, ,

4 dicas fundamentais para perder peso

Quanto mais pensamos em dietas, pior é. Perder peso não pode ser a todo o custo! Temos de pensar em reeducação alimentar, de forma a aprendermos que opções devemos fazer diariamente, de que forma e que combinações. Ou seja, saber que pode comer o que mais gosta, desde que seja com conta peso e medida.
  • Deixe as dietas restritivas de lado: Sim, eu sei que normalmente queremos perder o peso para ´ontem´. No entanto, e como devem perceber, se vêm aumentando de peso ao longo do tempo, não podem querer perder 10Kg num mês. Claro que, esse tipo de dietas pode correr super bem e chegar rapidamente ao seu objetivo, mas de que maneira é que isso será sustentável ao longo do tempo? Se voltar a ter os hábitos alimentares que tinha antigamente não há milagres e volta a aumentar novamente de peso.
  • Faça refeições de qualidade: Andar a petiscar o dia todo com ´medo´de aumentar de peso não é solução. É importante, isso sim, que tenha as suas refeições e quantidades definidas, de acordo com os seus gostos pessoais. Se tal não acontecer, passa o dia cheio de fome, sempre na ansia de voltar a comer, uma vez que não fica satisfeito com as refeições que faz.
  • Escreva as suas refeições: Já pensou que se anotar as suas refeições pode ser uma ótima forma de o ajudar a perceber o seu dia a dia? Claro que é difícil e que nem todos os dias é fácil, mas pode definir: Escrever 3x por semana o meu dia alimentar. Além disso, escreva a vermelho as asneiras 🙂 Assim quando for escrever novamente vai percebendo o que tem feito ao longo da semana. Pode fazer com que se aperceba de que existem alguns hábitos alimentares que precisa de alterar. Quem diz escrever, diz fotografar, secalhar acaba por ser mais fácil 🙂
  • Dedique-se: Por mais que o profissional que o acompanha o queira ajudar, depende de si! Comece quando se sentir preparado e tiver força de vontade! É fundamental que perceba que as escolhas alimentares são suas, e só suas. Se vai almoçar fora, se tem uma festa de anos ou um jantar com amigos, o menu que escolher depende apenas de si. É importante que lhe faça sentido começar com uma sopa (e não com rissóis ou croquetes), deixar a sobremesa de lado e optar por uma peça de fruta. Se todos os seus amigos optam por uma hambúrguer, não tem de o fazer só porque sim. Digo isto tanto para pessoas que querem perder peso como para pessoas que querem ter uma alimentação saudável.

Para quem não sabe, tenho vários e-books, que podem adquirir aqui

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal de refeições principais, com receitas (3,0€)

– Ementa mensal de pequenos-almoços e snacks, com receitas (3,0€)

– 70 receitas de panquecas (3,0€)

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

8 LANCHES SAUDÁVEIS PARA CRIANÇAS

Vamos lá pensar na lancheira dos mais pequeninos, um assunto muito importante e que às vezes não é muito falado.

É fundamental que tal como nós, os nossos filhos tenham um dia alimentar saudável e por isso mesmo, levarem snacks que os permitam ter um dia de escola cheios de energia para todas as atividades. Além de prevenir o excesso de peso e obesidade, permitem melhorar a sua concentração escolar, a sua boa disposição e o controlo do apetite ao longo do dia. Muitas vezes as dúvidas dos pais prendem-se com a facilidade em conseguir transportar esses lanches.

  • Tenha atenção ao tipo de lancheira para o seu filho: Arranje uma lancheira térmica para que consiga manter a temperatura dos alimentos e uma lancheira gira e ao gosto do seu filho.

Deixe de lado batatas-fritas, bolicaos, bolachas maria ou torradas, leite de chocolate, sumos e refrigerantes!! Esse tipo de alimentos são altamente calóricos e não trazem nada de benéfico à saúde do seu filho. São práticos? Não dão trabalho a preparar? Não há razão para este tipo de alimentos estar presente em vossa casa e fazer parte do dia-a-dia dos vossos filhos.

Há mais exemplos:

  • Fruta fresca (maçã, pêra, banana, laranja)
  • Snack Fruut (Fruta desidratada). Há vários sabores, é só saber qual o seu filho prefere.
  • Lacticíneos (leite simples, iogurtes naturais ou de aromas)
  • Pão escuro (centeio, integral, de sementes)
  • Flocos de aveia
  • Frutos secos: nozes, amêndoas (pode mandar dentro de uma marmita ou em papel de prata. Mas claro, opte sempre pelos frutos secos sem sal)
  • Bolachas de arroz ou milho
  • Palitos de cenoura ou tomate cherry

Alguns exemplos de combinações:

  • 1 iogurte líquido de aromas ou natural + 1 peça de fruta
  • Pão escuro com 1 fatia de fiambre de peru + 1 peça de fruta
  • 1 pacote de Fruut + 1 iogurte sólido de aromas
  • Amêndoas + 1 iogurte líquido de aromas
  • Tomates cherry + queijo fresco
  • Cenouras
  • Gelatina 0% açúcar + 1 iogurte natural
  • Papas de aveia
  • 1 pacote de bolachas de milho + 1 babybell

Tenha sempre em consideração a existência de:

  • Cereais (pão escuro, cereais)
  • Lactícinios (leite, iogurte, queijo)
  • Fruta

Pegar num pacote de bolachas e num sumo demora o mesmo que pegar num iogurte e colocar flocos de aveia dentro de uma marmita. Pode mandar os lanches em marmitas ou em frascos, tudo preparado de casa.

Claro que é importante ter em conta a faixa etária da criança e as suas necessidaes individuais, sendo as combinações indicadas meramente alguns exemplos. Se tiver dúvidas da constituição dos lanches que deve mandar, é importante que consulte um profissional de nutrição.

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!