, ,

QUICHE COM BASE DE BATATA-DOCE

Aqui está a receita da mega QUICHE com base de batata-doce, que vou querer que experimentem! Super fácil de fazer e que pode ser uma ideia para as vossas refeições principais!

Ingredientes:

  • Batata-doce cozida (260g)
  • Frango cozido (450g)
  • Ovo inteiro (1)
  • Claras (150ml)
  • Cebola (1)
  • Pimento (1/2)
  • Espinafres (1 mão)
  • Oregãos (1 colher de sopa)
  • Pimenta preta q.b
  • Sal q.b

Modo de preparação e confeção:

  • Comece por cozer a batata-doce e triturar num processador de alimentos.
  • Triture o frango, juntamente com os dentes de alho num processador de alimentos.
  • Corte aos pedaços a cebola e o pimento.
  • Numa tigela junte ao frango triturado, a cebola, o pimento, os espinafres, as ervas aromáticas, pimenta e sal. Misture bem até envolver.
  • Junte os ovos e as claras, envolvendo até ficar uma mistura homogénea.
  • Disponha numa tarteira de ir ao forno papel vegetal e coloque a batata-doce em puré, até cobrir a base a as laterais (como está na fotografia em baixo)
  • Disponha o preparado por cima e espalhe até ficar cobrir a tarteira.
  • Coloque no forno pré-aquecido durante cerca de 30 minutos, a uma temperatura de 180ºC até cozinhar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Depois é só deixar arrefecer e servir!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

CREPIOCA DE ESPINAFRES

A receita do meu jantar, CREPIOCA DE ESPINAFRES! Vão ter que experimentar, vão ficar fãs desta combinação!

Ingredientes:

  • Tapioca (20g)
  • Ovo (1)
  • Claras (50ml)
  • Espinafres (1 mão)

Modo de preparação e confeção:

  • Bata no liquidificador a farinha de tapioca, o ovo, as claras e os espinafres até ficar homogéneo.
  • Numa frigideira antiaderente bem quente, coloque o preparado anterior até que a massa fique tostada de ambos os lados.

Depois é só rechearem a gosto. Desta vez apeteceu-me rechear com tomate cherry, queijo feta, pimento e abacate. Temperei com azeite e vinagre balsâmico. Ficou uma maravilha, MESMO! Já sabem que ´emprato´ sempre as minhas refeições porque os ´olhos também comem´e por isso, aqui umas ideias para vocês! 🙂

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

, , ,

Queques de maçã com apenas 79Kcal

Esta receita é de Queques de maçã, e que ficaram bem saborosos. Pode ser uma opção para os seus snacks durante o dia. São fáceis de fazer, e práticos para transportar. Nada melhor que fazer estas receitas em casa e conseguir adoçar com fruta, de forma a evitar o açúcar! É o meu truque: tentar sempre adoçar com fruta. E esta receita

Ingredientes:

  • Trigo sarraceno (100g)
  • Linhaça moída (30g)
  • Bebida vegetal (150g)
  • Ovo (1)
  • Claras (100ml)
  • Maçã cozida com canela (2)
  • Fermento (1 colher de chá)
  • Raspas de laranja

Modo de preparação e confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 200ºC.
  • Comece por reduzir o trigo sarraceno a farinha.
  • Numa tigela, junte a farinha de trigo sarraceno, a linhaça moída e o fermento.
  • De seguida, misture a bebida vegetal envolvendo bem.
  • Numa taça esmague a maçã e junte a raspa de laranja, e junte o ovo, mexendo até ficar homogéneo e junte ao preparado anterior.
  • Bata as claras em castelo.
  • Devagar, envolver as claras em castelo.
  • Distribuir por formas de silicone e levar ao forno a 180ºC durante cerca de 25 minutos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Depois é só desenformar, deixar arrefecer e servir 🙂 E depois, guardar em marmitas de vidro para ficar no frigorífico bem acondicionado (deixo alguns exemplos dos meus exemplos de marmitas, alguns destes estão em promoção, é só carregar para ver). Ficam aqui em baixo com o valor nutricional dos muffins.

 

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

ESPETADAS DE ATUM E LEGUMES

Vejam só como é tão fácil, com os mesmos ingredientes, mas confeccionados de forma diferente, fazer refeições variadas! Comprámos bifes de atum para grelhar mas apeteceu-nos fazer alguma coisa de diferente, e pensámos em fazer então espetadas.

Ingredientes:

  • Bifes de atum (2 bifes | 250g)
  • Abacaxi q.b
  • Pimento (1/2)
  • Cebola roxa (1)
  • Sal q.b

Modo de preparação e confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC
  • Começar por cortar em cubos os bifes de atum, o abacaxi.
  • Lavar o pimento e a cebola e cortar de forma a conseguir distribuir pelos espetos.
  • Coloque alternadamente, atum, pimento, abacaxi e cebola, fazendo esse processo até terminar a espetada.
  • Leve ao forno cerca de 20 minutos e está pronto a servir 🙂

Este slideshow necessita de JavaScript.

E não se esqueçam, hoje é feriado e por isso mesmo nada melhor do que ir dar uma caminhada que hoje vai estar sol! Toca a aproveitar o dia 🙂 Aqui ficam alguns exemplos de produtos em promoção e que são mesmo a minha cara.

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

7 truques ESSENCIAS para o ajudar reduzir a quantidade de comida no prato

Quantas vezes comemos demasiado às refeições? Já pensaram nisso? Eu já, e refletindo sobre isso, existem vários truques que nos podem ajudar a diminuir a quantidade de comida no nosso prato. E que, muitas vezes, nem nos apercebemos… Quando falo em reduzir a quantidade de comida no nosso prato, não falo em comer pouco, mas sim, não comer em exagero!

Então vamos lá ver:

Não salte refeições: Se passar o dia a saltar refeições, irá ter muito mais fome às refeições principais e de certeza que irá comer mais quantidade de comida. Além disso, e passado o dia de trabalho, quando chega a casa e “relaxa”, a fome aperta.. o que pode resultar no consumo de diversos alimentos calóricos, ricos em açúcar e em gordura. E não diga que não, porque acontece!

Sopa: Antes das refeições tente comer sempre uma sopa de legumes, isso irá fazer com que diminua a quantidade de comida no prato principal. Além de ser estar cheia de vitaminas e minerais, ajuda a aumentar a saciedade. Já sei que me podem dizer que se comerem sopa antes da refeição não conseguem comer o prato principal, mas não é bem assim! Comem é menos… ! Agora que vos apeteça comer mais do prato principal do que sopa, isso já é outra conversa… 🙂

Nada de pão: Antes de mais, ninguém precisa de pão à refeição. E não vale a pena dizer que é para o marido ou para os filhos, porque se estiver uma refeição apetitosa em cima da mesa, já sei que acaba por ´roubar ´um bocadinho de pão e ir molhar no molho.

Pare e pense: Depois de comer espere um pouco até repetir a refeição. Muitas vezes acabamos por repetir a refeição mais por “vontade de comer” do que por fome. Atenção a isso, faça escolhas conscientes.

Evite os buffets: Se for almoçar fora (como muitas vezes acontece nos dias de trabalho), tente ir a um restaurante com pratos definidos. Se for a um buffet é mais provável que acabe por comer mais, uma vez que lhe apetece provar “quase tudo”. Apesar de também existir buffet de saladas e legumes, acaba por exagerar nos restantes alimentos.

Não deixe os tachos na mesa: Quando as panelas estão mesmo à nossa frente na mesa é muito mais fácil que comamos mais quantidade de comida mesmo sem fome. É sempre o “só mais um bocadinho”.

Legumes e hortícolas: Meio prato! Não há desculpas para não incluir legumes no seu prato. Se no restaurante não vem a acompanhar a refeição, peça à parte. Se vier em pouca quantidade, peça para colocarem mais. Se não comer legumes e/ou hortícolas vai comer mais do resto, e não vale a pena dizer que não.

 

Além disto tudo, eu costumo colocar as refeições em pratos, tigelas ou travessas ditas ´bonitas´ porque fica logo com outro efeito visual… que dá muito mais prazer! Aqui ficam alguns exemplos que escolhi para vocês verem. Estão em desconto e podem vê-los se carregarem na imagem:

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

2 dicas a aplicar quando vai ao restaurante com crianças

Dia de Põe-te na linha ´kids´:) Deixo-vos um desafio: Escrevam em comentário desta publicação que temas gostariam de ver abordados, o que acham?

É importante que existam alguns hábitos alimentares no dia-a-dia do seu filho/sobrinho/neto e tudo isso começa através de incentivarmos a família a fazer a mesma coisa!
Escolher o local das refeições:
  • Talvez mais ao fim-de-semana apeteça fazer uma refeição fora de casa e acabar por ir ao restaurante. No entanto, é fundamental fazer uma escolha acertada, ou seja, ir a um restaurante que tenha uma ementa que permita manter uma alimentação saudável.
  • Não faz sentido ir a uma pizzaria se não á a refeição mais adequada para as crianças. Não vamos a uma pizzaria para pedir uma salada para as crianças. O compromisso tem de ser familiar!
  • Mas claro que, desde que consciente, as crianças também comem alimentos ´menos bons´, mas o importante é que ajam escolhas. Se definem que a criança come batatas fritas, já não come sobremesa! O mesmo para os pais e para o resto da família.

Cuidado com as quantidades:
  • Antes de mais atenção ao tamanho dos pratos e dos copos que são colocados à mesa, pois influencia a quantidade de comida que ingerimos.
  • Começar as refeições sempre com sopa! Não há razão para as crianças não comerem sopa antes do prato principal, não necessitando de repetir o prato. Além disso, os lanches que as crianças realizam durante o dia influencia também a fome na hora das refeições, sendo por isso fundamental que estas refeições estejam definidas e controladas. Precisam de ideias para os lanches, vejam aqui.

Mais algumas dicas importantes:

  • Assim que chegar, peça uma sopa para todos;
  • Recuse o pão, as azeitonas e os queijos da entrada. Aproveitem para comer a sopa enquanto espera pela refeição. No máximo, um queijo fresco;
  • Peça para colocar uma maior quantidade de hortícolas ou salada, e reduzir um pouco no arroz/massa/batata. Normalmente tenho sempre de pedir uma salada à parte porque a quantidade que servem acaba por ser pouca.
  • Faça escolhas: Se apetece mesmo mesmo as entradas, tente optar por um prato mais saudável. Caso apeteçam umas batatas-fritas, deixem as entradas de lado e a sobremesa. Caso lhe apeteça a sobremesa, já sabe, não abuse no resto. Mas estas dicas é para toda a família e não apenas para as crianças!

<

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

,

WORKSHOP ´PEQUENOS CHEFS´ – 6 DE MAIO

 

Chegou a altura de um workshop para pais e filhos! Começamos com um workshop no dia 6 de Maio, na Roda Viva para comemorar o dia da mãe! O objetivo do workshop passa por demonstrar como é fácil preparar e fazer receitas saudáveis, e criar um ambiente divertido em que as crianças cozinham com a ajuda das mães! É fundamental envolver as crianças e dar-lhes a oportunidade de porem as ´mãos na massa´ 💚

A inscrição tem o valor de 25€ para mãe e filho e podem fazê-lo através de mariagama@poetenalinha.pt!

Estou à vossa espera, vai ser uma tarde de domingo divertida e com muita partilha de experiências!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

BOLACHAS DE AVEIA E BANANA

Bolachas de aveia e banana! Já experimentaram? É muito fácil de fazer e rápido! Pode ser uma ótima opção para os vossos lanches, para quando querem variar. Parece-vos bem? Que tal experimentarem e partilharem o resultado? Amanhã já as levo para o meu lanche 🙂

Ingredientes (9 bolachas):

  • Flocos de aveia (4 colheres de sopa);
  • Banana (1/2);
  • Canela q.b;
  • Sementes de Linhaça (1 colher de sopa)
  • Ovo (1)

Modo de Preparação e Confeção

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC;
  • Esmague a banana num prato ou tigela;
  • Adicione os flocos de aveia, as sementes de linhaça (triturada), a canela e o ovo. Mexa bem até ficar envolvido;
  • Faça pequenas bolinhas com a ajuda de uma colher e disponha num tabuleiro de forno;
  • Leve ao forno durante cerca de 20/30 minutos

Pronto!! Uma boa ideia para colocar na marmita do trabalho! Pode acompanhar com 1 iogurte magro ou queijo fresco por exemplo 🙂

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

7 truques que o vão ajudar a EMAGRECER

Pois bem, como calor começam a voltar as preocupações com o peso… é pena é ser assim, passageiro e dependendo da época do ano… Temos é de conseguir mantê-la e nunca desistir dos nossos  objetivos! Um dos objetivos de muitos de nós no inicio do ano relaciona-se com a perda de peso e por isso mesmo, nada melhor que falar sobre isso numa publicação para vos ajudar:

  • Escreva as suas refeições: Já pensou que se anotar as suas refeições pode ser uma ótima forma de o ajudar a perceber o seu dia a dia? Claro que é difícil e que nem todos os dias é fácil, mas pode definir: Escrever 3x por semana o meu dia alimentar. Além disso, escreva a vermelho as asneiras 🙂 Assim quando for escrever novamente vai percebendo o que tem feito ao longo da semana. Pode fazer com que se aperceba de que existem alguns hábitos alimentares que precisa de alterar. Quem diz escrever, diz fotografar, secalhar acaba por ser mais fácil 🙂
  • Não pense constantemente na balança: Não se pese todos os dias, isso acaba por lhe trazer ansiedade e uma pressão constante durante toda a sua semana. Defina um dia por semana para se pesar ou combine com o seu Nutricionista quando o fazer. Se estiver constantemente a pensar no seu peso e na balança é uma pressão horrível e não podemos viver assim!
  • Não pense no que não pode comer: Se o fizer, de certeza que ainda lhe apetece mais determinado tipo de alimentos. Já ouviu “O fruto proibido é o mais apetecido”? No entanto, arranje estratégias que o ajudem a comer o que mais gosta mas de forma saudável. E não se esqueça, os nossos hábitos alimentares criam-se, ou seja, não é de um dia para o outro que consegue deixar de se desabituar a determinado alimento. O que eu como hoje em dia não comia há uns anos atrás, e isso faz parte de toda a mudança que queremos fazer na nossa vida.
  • Não salte o pequeno-almoço: Não pode existir a desculpa de que não tem fome logo de manhã! Comece nem que seja por comer um iogurte e vá aumentando todos os dias. Um dia adiciona 1 colher de sopa de flocos de aveia e por aí em diante. Senão, o que acontece? Ao fim-da-tarde vai estar cheio de fome e acaba por comer alimentos que não deve.
  • Coma várias vezes ao dia: Percebo que muitas vezes seja difícil, mas se levar tudo preparado de casa é meio caminho andado. Ande sempre com snacks na lancheira para diminuir a probabilidade de ir ao café se tiver fome.
  • Utilize pratos mais pequenos: Que acha de experimentar? Sabia que a utilização de pratos mais pequenos se encontra associado a uma ingestão menor de alimentos?
  • Calma: Muitas vezes começa por ficar ansioso quando não vê os números da balança a baixar, mas calma! Defina os objetivos com o seu nutricionista para facilitar. E pense… As roupas estão mais largas? A minha aliança está mais lançante? O relógio fica mais largo? Tudo isto é importante!

Se quer ter acesso a mais publicações sobre perda de peso, veja aqui uma compilação de todas as publicações.

Além disso, não se esqueçam da prática de exercício físico! É tão, mas tão importante… comecem por uma caminhada, já é fundamental! Depois vão evoluindo ao longo dos tempos, consoante o vosso tempo e o que conseguem fazer. Deixo aqui alguns exemplos de roupa de desporto (que são a minha cara), e alguns deles estão em promoção (por exemplo, os calções estão a 45% de desconto):

 

Se têm dúvidas, questões ou apenas partilhar as vossas experiências, façam-no em comentário! Gosto muito de saber o vosso feedback.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha