, , , ,

ESGOTADO | Workshop ´Pequenos-almoços e snacks saudáveis´

E o próximo workshop é já no dia 9 de fevereiro com o tema ´Pequenos-almoços e snacks saudáveis´, na TEKA em Lisboa, na Alameda dos Oceanos nº 41 41I, 1990-203 Lisboa.

Quem é que tem dificuldades em saber o que comer de manhã? Em variar os pequenos-almoços? E que tipo de snacks ou lanches levar para o trabalho? Neste worshop vamos falar sobre como devem ser constituídas essas refeições, o que devemos ter em atenção e ver ainda vários exemplos! Além disso, iremos preparar várias receitas e irei partilhar com vocês como é fácil conseguir variar os pequenos-almoços e snacks sem dar trabalho e sem perder muito tempo! Por vezes andamos sempre a comer o mesmo, a comer apenas uma peça de fruta à tarde porque não sabemos por que tipo de alimentos devemos optar… e é disso tudo que vamos falar neste workshop!

O valor do workshop é de 40€ e inclui todo o material necessário para a realização do workshop, livro de receitas e degustação!

Em caso de desistência, o valor será reembolsado caso o cancelamento do workshop pelos participantes seja feito com 7 dias de antecedência da data do workshop a realizar. Caso não existam o número mínimo de inscrições, poderá existir a anulação do mesmo, com a devolução do valor pago na inscrição.

Para informações e inscrições façam-no através de mariagama@poetenalinha.pt ou através do envio de mensagem em baixo.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

BATIDO DE ABACATE E MAÇÃ ASSADA

Bom dia, bom dia ?
A melhor forma de começar um dia de trabalho, é com um pequeno-almoço que nos encha o coração e a barriga, não concordam?! ? Pelo menos para mim, é um dos hábitos que fui criando ao longo os anos e que agora não prescindo! Hoje apeteceu-nos um batido de abacate e fruta, com topping de manteiga de amendoim, framboesas, pepitas de cacau cru e nozes ? A fruta que utilizei foi maçã assada, que já tinha pronta e deu um toque bem docinho à minha manhã! Com este frio que tem estado, o que mais gostam pela manhã?! Eu sou sincera, tudo me cai bem ? E para quem ainda não sabe, dia 13 de janeiro vai haver um workshop com o tema ‘Guia para uma alimentação saudável’, onde vamos falar sobre os passos essenciais para hábitos alimentares saudáveis e fazer várias receitas! Quem quer começar a ter uma alimentação mais saudável neste ano de 2019 já sabe, fico à vossa espera!
Ingredientes:
  • Abacate (1)
  • Iogurte natural (3 collheres de sopa)
  • Maçã assada (1)
  • Água q.b
Modo de preparação:
  • Triturar tudo no liquidificador até obter uma mistura homogénea.
  • Servir com framboesas, manteiga de amendoim da marca prozis, nozes e pepitas de cacau cru.
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha
, , , ,

BOLO DE AMENDOIM NA TIGELA

Para quem gosta de variar a manhã, este pequeno-almoço demora 5 minutos a ficar pronto e não dá trabalho nenhum ?

Ingredientes:

  • 2 colheres de farinha de aveia instantânea @prozisportugal
  • 1 colher de chá de côco ralado
  • 1 ovo
  • 50ml de bebida vegetal e misturei tudo

Modo de preparação e confeção:

  • Misturar tudo até ficar uma mistura homogénea;
  • Por cima, colocar um pouco de manteiga de amendoim ?
  • Levar ao microondas 3 minutos e voilá ?

O ano das mudanças para sermos mais saudáveis! No dia 13 de janeiro vai haver um workshop com o tema ´Guia para uma alimentação saudável´e estou à vossa espera! Podem ver todas as informações aqui e inscrever-se através de mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

Workshop ´Guia para uma Alimentação Saudável´ | 13 de janeiro das 10h00 às 13h00

Vamos começar o ano de 2019 em grande, com um workshop já no dia 13 de janeiro. O workshop irá realizar-se na Lisbon Cooking Academy, com o tema ´Guia para uma Alimentação Saudável´, das 10h00 às 13h00. Neste workshop irei falar sobre como deve ser o nosso dia-a-dia, que escolhas devemos fazer diariamente, que opções devemos tomar perante uma panóplia de produtos, que cuidados devemos ter ao analisar rótulos alimentares e vamos terminar com a confeção de diversas receitas. No fim, temos a degustação de tudo o que preparámos!

Para quem muitas vezes tem dúvidas sobre como começar a ter uma alimentação saudável, quais os primeiros passos, quais as primeiras trocas a fazer no dia-a-dia, quais as escolhas corretas no supermercado e de que forma devemos cozinhar… é sobre isso tudo que vamos falar no workshop!

O valor do workshop é de 40€ e inclui todo o material necessário para a realização do workshop, livro de receitas e degustação!

Em caso de desistência, o valor será reembolsado caso o cancelamento do workshop pelos participantes seja feito com 7 dias de antecedência da data do workshop a realizar. Caso não existam o número mínimo de inscrições, poderá existir a anulação do mesmo, com a devolução do valor pago na inscrição.

Para informações e inscrições façam-no através de  mariagama@poetenalinha.pt ou através do envio de mensagem em baixo.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

PASSATEMPO KENWOOD | PODES GANHAR UM PROCESSADOR DE ALIMENTOS

?ALERTA PASSATEMPO DE NATAL no instagram ? Em conjunto com a @kenwoodportugal tenho para vos oferecer um processador de alimentos ?? Com uma taça com capacidade útil de 2,1 litros, um copo liquidificador com capacidade de 1,2 litros e acessórios de alta qualidade, o Multipro Compact facilita as tarefas de cortar, ralar, amassar, bater e moer ? Grande prenda de Natal, digam lá se não ?

Para se habilitarem a ganhar vão ao meu perfil no instagram, e sigam as instruções de participação 🙂

Podem participar as vezes que quiserem, desde que com amigos diferentes. O passatempo é válido até às 23:59 de dia 19 de dezembro ?

Vamos nessa, toca a participar! ?

A entrega do processador será realiza em janeiro.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

WORKSHOP ´COMO PLANEAR UMA SEMANA SAUDÁVEL´ | 2 DE DEZEMBRO

Dia 2 de dezembro venham ter comigo para mais um workshop! Será a última edição do Workshop ´ Como planear uma semana saudável, de segunda-feira a sexta-feira, do pequeno-almoço ao jantar ´neste ano de 2018! Das 14h30 às 18h00, na Cru Kitchen, Lisboa. Gosto muito deste tipo de workshops uma vez que nos permite partilhar experiências, tirar dúvidas, falar do nosso dia-a-dia e de que forma é que é possível termos uma alimentação saudável sem ser complicado.

Uma das grandes dificuldades é o planeamento semanal das nossas refeições e por isso mesmo, nada melhor que um workshop onde irei falar sobre esse tema. De que forma é que podemos facilitar esta tarefa? Será que é possível, com a correria do dia-a-dia, mantermos uma alimentação saudável diariamente? Se passamos o dia todo fora, será que é possível levarmos a lancheira com todas as refeições? Depois de um dia de trabalho, e stressante, de que forma é que conseguimos chegar a casa e preparar um jantar saudável? É sobre tudo isto que vamos falar!

Irei partilhar convosco diversas dicas para que consigam levar um dia completo de refeições para o trabalho, bem como conseguirem ter o jantar pronto quando chegam a casa. Além disso, truques para que isso aconteça sem passarem horas a fio dentro da cozinha. Este workshop tem como objetivo ajudar-vos a planear e organizar a vossa semana, para toda a família aí de casa.

Assim, durante o workshop iremos colocar as ´mãos na massa´, elaborando diversas receitas para todo o dia, desde o Pequeno-almoço, aos Lanches, Almoço e Jantar. Além disso, ajudar-vos a perceber que ingredientes e alimentos são fundamentais ter sempre em casa para conseguirmos, facilmente, ter uma semana saudável.

No workshop está incluído todo o material necessário para a realização do workshop, livro de receitas e degustação!

O valor do workshop é de 40€ e inclui todo o material necessário para a realização do workshop, livro de receitas e degustação!

Em caso de desistência, o valor será reembolsado caso o cancelamento do workshop pelos participantes seja feito com 7 dias de antecedência da data do workshop a realizar. Caso não existam o número mínimo de inscrições, poderá existir a anulação do mesmo, com a devolução do valor pago na inscrição.

Para informações e inscrições façam-no através de  mariagama@poetenalinha.pt ou através do envio de mensagem em baixo.

, , ,

5 receitas saudáveis A MENOS de 3€ + 6 dicas para uma alimentação saudável e BARATA

Pois bem, muitas vezes ouvimos que ter uma alimentação saudável é caro. E por isso mesmo, hoje escrevo para vocês sobre esse assunto. Na minha opinião, não é bem assim e vou tentar mostrar-vos isso! Como é óbvio que a nossa alimentação é uma grande parte do orçamento familiar. E por isso mesmo, nada melhor que tentar poupar nas compras. Por isso mesmo, nada de ir em conversas e começar a pegar em tudo o que está em promoção. Na minha opinião ter uma alimentação saudável não é assim tão caro como muitas vezes pensamos. O objetivo será mesmo seguir os princípios de uma alimentação saudável, nada mais que isso, e verá que não gasta assim tanto dinheiro. Por exemplo, e apesar de puder incluir sementes na sua alimentação, não tem de gastar o seu ordenado em todas as sementes que lhe aparecem à frente, pois garanto-lhe que não é isso que faz de si mais saudável.

Por isso mesmo é fundamental ter presente vários passos:

  • Elaborar uma lista de compras e cumpri-la. Senão, vai acabar por se esquecer de algumas coisas fundamentais e comprar outras que se calhar nem precisa. Além disso, depois durante a semana tem de andar de um lado para o outro de forma a ter tempo para ir comprar o que lhe falta. Eu costumo utilizar o bloco de notas do telefone, ou a aplicação OurGroceries que ajuda nesta tarefa.
  • Planear as refeições antes de ir às compras: Se isso não acontecer é provável que durante a semana faltem alimentos de que precisa e necessite de ir novamente ao supermercado. Não digo que seja preciso fazer todo o planeamento porque percebo que muitas vezes não é possível, mas pelo menos ter várias ideias do que comprar e do que ter em casa de forma a ser possível ter uma alimentação saudável todos os dias.
  • Não vá às compras com fome: Parece que não faz diferença, mas faz mesmo! Se for com fome vai acabar por trazer alimentos que não estão incluídos na lista de compras e que normalmente são ricos em açúcar e/ou gordura. Não sei se já sentiu isso, mas eu já. Ir às compras com fome faz-nos logo pensar em trazer alguma coisa que não devemos e que nos apetece mesmo comer naquele momento.
  • Procurar os preços mais baixos e estar atento às promoções: Pode estar atento aos sites dos supermercados para ver as promoções que existem, pelo menos poupa tempo e trabalho 🙂 Na própria superfície comercial esteja atento às promoções mas com cuidado, e tente fazer as contas por Kg ou por L, uma vez que muitas vezes até pode estar abaixo do preço mas não significa que esteja mais barato que outro alimento semelhante.Analise e leve escrito na sua lista de compras. No entanto, cuidado porque muitas vezes a promoções levam-nos a pensar em comprar outro tipo de coisas.
  • Atento às prateleiras de cima a baixo: Normalmente os produtos mais caros e que as marcas querem vender encontram-se na prateleira ao nível dos olhos. Por isso mesmo, olhe para toda a prateleira para ver os diferentes alimentos e optar pela melhor qualidade-preço.
  • Prefira fruta e hortícolas da época. Passe bastante tempo na parte dos legumes no supermercado. Vá com tempo e compre muita variedade para não lhe faltar durante a semana. Mas, também acho importante ter sempre em casa legumes pré-congelados para que não falte em nenhuma refeição, ou seja, nos dias em que não tem tempo para arranjá-los, optar por isso mesmo.
  • Leguminosas: São uma ótima alternativa à carne, peixe e ovos e são uma opção bastante económica, pelo que até podem definir fazer 2 refeições por semana com este tipo de alimentos por exemplo.
  • Escolha embalagens de tamanho familiar e faça a sua divisão em casa. Se fizer as contas ao Kg muitas vezes compensa. É importante que tenha isso em conta. No entanto, cuidado para não exagerar e deixar estragar em casa. Mas normalmente faço isso, aproveito sempre para comprar no tamanho maior para ficar mais barato. Depois disso, ter em atenção que quando se cozinha em grande quantidade, é importante acondicionar e/ou congelar de forma a não desperdiçar comida.

Estes truques são todos fundamentais para conseguir poupar algum dinheiro nas compras, e se fizer realmente as contas, vai ver que faz a diferença. Por isso mesmo, e para demonstrar que ter uma alimentação saudável não é assim tão caro, peguei em algumas receitas e fiz as contas para vocês, como pode ver em baixo. Não entrei em conta com a electricidade e com a água, mas parece-me que não seria isso que faria grande diferença.

Ou seja, uma alimentação saudável será cara se realmente não for uma prioridade para nós e se nos ´der jeito´pensar assim.

No entanto, e claro, existem alguns alimentos mais caros e que podem então aumentar o valor da alimentação saudável. Por exemplo, os alimentos biológicos seriam claro, os que deveríamos comprar, e estes têm um valor mais elevado. Considerando isso, podemos referir que a alimentação seria cara. MAS, a maioria das vezes não é isso que sucede…. porquê? Porque muitas vezes o que dá jeito é dizer que os alimentos biológicos são caros, e não, deixar de comprar bolachas, doces, sobremesa, batatas-fritas…Ou seja, isso sim é dinheiro mal gasto e que poderia ser utilizado para outras compras. Faço sempre uma comparação que mostra realmente o que se passa:

  • 1kg de arroz: 0,79€
  • 1kg de batatas-fritas: 5,27€ (0,79€ a unidade)

Ou seja, um alimento bem mais saudável, o arroz, é bem mais barato que as batatas-fritas. AGORA, claro que cozinhar o arroz ´dá trabalho´, que a mim me parece que não custa nada fazer um arroz branco, e abrir apenas um pacote de batatas-fritas não custa nada. Por isso mesmo é o que eu digo, tudo depende das PRIORIDADES. Até porque 1kg de arroz dá para imensas vezes, enquanto que as batatas-fritas atrevo-me a dizer que se comem todas num instante e secalhar um pacote de uma vez.

No entanto, posso concordar que no centro comercial, acaba por sair mais caro optar por uma refeição saudável do que por fast food, mas sinceramente, eu prefiro pagar por essa refeição, uma vez que estou a cuidar de mim e da minha saúde.

Para concluir, esta publicação refere-se ao nosso dia-a-dia e não a dias especiais, porque nesses dias,  claro que existem erros alimentares, pois eles fazem parte!

Espero que tenham gostado, que comentem e que partilhem!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

,

Ementa para sábado e domingo

Sem ideias para o que comer no fim-de-semana? Fim-de-semana não tem de ser sinónimo de comer mal. Até podemos variar e sair um pouco da rotina, mas isso não significa sair totalmente da ´linha´ 🙂
SÁBADO

Pequeno-almoço: Pense em variar. Por vezes há muita resistência a experimentar novos alimentos. Que tal ovos mexidos/cozidos + 1 fatia de pão integral (para quem gostar, pode retirar o pão e acompanhar com algum tipo de legumes ou 1 peça de fruta)

Almoço: Sopa de legumes (SEMPRE :))| Almôndegas de peru + Arroz basmati + Legumes estufados 

Lanche: Flocos de aveia + 1 iogurte natural + 1 peça de fruta (pode ser em papas de aveia por exemplo)

Jantar: Salmão no forno + Batata-doce + Mistura de legumes no forno (Ex: Abóbora, cenoura, courgete, alho francês, pimento. É só colocar um pouco de azeite por cima e colocar no forno)



DOMINGO

Pequeno-almoço: Panquecas (receita aqui) + Queijo fresco + 1 peça de fruta (já experimentaram panquecas? Aproveitem para experimentar e para fazer em grandes quantidades para durante a semana)

Almoço: Sopa de legumes | Lasanha de vegetais (Ou seja, em vez de colocarem a massa típica da lasanha, porque não fazer com camada de legumes? Por exemplo, camadas de beringela e carne picada. Se quiserem colocar algum tipo de milho, podem experimentar bater requeijão ou queijo fresco)

Lanche: Bolo de microondas (receita aqui)?!? Que me dizem?!? Quantas vezes apetece uma coisa diferente ao fim-de-semana? Têm sempre de pensar ´se me apetece algo doce, ou diferente, vou fazê-lo. Mas, de forma mais saudável possível´.

Jantar: Não tem paciência para fazer jantar porque é domingo? A minha dica: Vá buscar um frango de churrasco. Só precisa de fazer arroz ou batata-doce e ter legumes em cima da mesa. Ou então, se tiver alguns restos em casa, aproveite para os terminar. Por exemplo, se sobrou salmão, pode optar por fazer uma omelete com salmão desfiado. O mesmo para qualquer tipo de carne ou peixe que tenha em casa. Agora, passar o domingo sem jantar não é opção!

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

7 dicas para diminuir a utilização de sal nas suas receitas

A confeção de receitas com um teor de sal reduzido é muitas vezes um desafio: ou porque pensamos que sem este ingredientes as refeições ficam sem sabor, ou porque simplesmente, não sabemos cozinhar sem o utilizar. A utilização de sal na preparação e confeção das nossas refeições deve ser mínima, quer em pessoas que sofram de alguma patologia, quer em pessoas saudáveis.

Por isso mesmo, nada como colocar em prática vários truques:

  • Diminuir gradualmente a quantidade de sal que adiciona durante a confeção dos alimentos. No primeiro dia diminua para metade, e assim por diante;
  • Substituir o sal por ervas aromáticas, especiarias, alimentos coloridos (tomate, cenoura, pimento verde, amarelo, vermelho ou laranja, brócolos, couve roxa, entre outros) ou outros condimentos. Pode ver aqui, um vídeo que mostra como fazer cubos de azeite aromatizado.
  • Deixe os molhos de lado: Apesar de considerar que o melhor é fazermos a nossa polpa de tomate em casa, e porque nem sempre temos disponibilidade, têm aqui uma sugestão com baixo teor em sódio.
  • Não colocar o saleiro na mesa, é mais fácil não adicionar às refeições se não estiver perto dele.
  • Utilize uma colher de chá para medir a quantidade de sal, de forma a conseguir ter a noção da quantidade utilizada. Tenha em mente que uma colher de chá rasa equivale a 5g de sal, o máximo recomendado pela Organização Mundial de Saúde.
  • Comprar produtos que na sua composição tenham reduzida percentagem de sal (leia sempre os rótulos ou as listas de ingredientes, evitando ingredientes que acrescentam aos alimentos quantidades significativas de sódio). Compare produtos e prefira os que indicam que tem menor quantidade de sódio. Alem disso tente escolher alimentos que digam “teor reduzido”, “baixo teor” ou “sem adição”. Pode ver este exemplo, queijo com baixo teor em sal.
  • Deixar a carne e o peixe a marinar, por exemplo em vinha de alho ou com outros temperos, mas sem sal. Deste modo, o sabor e aroma dos temperos adicionados ficarão mais intensos e o resultado final mais saboroso. Pode temperar à noite para fazer no dia seguinte.
  • Quando for comer fora: Peça para não adicionarem sal na salada que pediu para acompanhar o seu almoço. Em vez disso, peça para lhe trazerem ervas aromáticas ou especiarias para adicionar ao tempero;

Evitar levar do supermercado alimentos com elevado teor em sal:

  • Produtos de salsicharia, charcutaria e alimentos fumados, enlatados;
  • Sopas instantâneas, ketchup, maionese, mostarda, molho de soja e tomate, caldos concentrados;
  • Margarinas, manteiga e outras gorduras para barrar, determinados tipos de queijo;
  • Rissóis, croquetes, chamuças, bolinhos de bacalhau, folhados, refeições congeladas, batatas fritas de pacote e outros aperitivos;
  • Águas minerais gaseificadas.

Deixo-vos aqui alguns exemplos de receitas em que não é utilizado sal e que podem colocar em prática desse lado:

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!