, , ,

O MEU LEMA…. AMIGOS, É A VIDA!

Vamos lá então falar um bocadinho do meu lema…. É A VIDA! Falo muito nisto, tanto em consultas como nos workshops que tenho feito, e por isso mesmo, acho importante partilhar com vocês o que é que isto significa e o porquê deste lema 🙂

Fiz um ebook com 50 receitas de pequenos-almoços e snacks e outro com 50 receitas de refeições principais que já me andavam a pedir à imenso tempo. Assim, ficam com uma compilação de várias receitas para vos ajudar na cozinha 🙂 Já consegui fazer com que possam pagar por MbWay ou Referência multibanco, e por isso, podem fazer a vossa compra aqui. Mesmo assim, também podem fazer através de transferência bancária para PT50 0010 0000 5674 6740 0016 1 e depois enviar o comprovativo para mariagama@poetenalinha.pt.

Ter um estilo de vida saudável, incluindo pelo menos a alimentação saudável e exercício, não é de todo fácil. Ou pelo menos, muitas vezes, é um desafio e é o que referem ser mais complicado. Quando refiro alimentação saudável e exercício, é porque na maioria das vezes, abdicamos destes dois pontos, para conseguir fazer o restante. Não concordam? O que quero dizer com isto é que muitas vezes deixamos a alimentação saudável e o exercício para limpar a casa, arrumar a casa, passa a ferro, trabalhar horas e horas a fio…. etc… ou seja, o que na realidade nos faz bem, e nos ajuda a termos mais energia, mais vitalidade, mais auto-estima… começa a ficar para trás dias e dias seguidos.

Percebo perfeitamente que seja difícil, porque como devem compreender, eu também chego tarde a casa, também trabalho muitas horas, entre outras coisas… e mesmo assim, quero, e tenho de conseguir ter uma alimentação saudável no meu dia-a-dia! É neste sentido que digo que o meu lema é ´É A VIDA´. E porquê?

  • Tenho de comer arroz de há três dias? Bem que me apetecia um arroz acabadinho de fazer, mas não tenho quem mo faça… É A VIDA!
  • Tenho de jantar e almoçar a mesma coisa? E às vezes repetir na mesma semana? Sim! É A VIDA!
  • Tenho de deixar de ir para o sofá quando chego a casa para ir fazer legumes? Sim! É A VIDA!
  • Tenho de ir às compras todas as semanas? Sim! Ninguém vai por mim, É A VIDA!

O que quero dizer com isto é que nós arranjamos as desculpas que nós quisermos para não fazer as coisas! Sabem o que é que penso ´contra mim´?! Maria, se quiseres hoje não vais correr… consegues arranjar mil e uma desculpas para não o fazer. Ou te dói a cabeça, ou tens de trabalhar, ou tens um jantar, ou estás cansada… Por isso, não vais arranjar nenhuma desculpa, e vais correr, É A VIDA! Se é este o estilo de vida que tu escolheste, tens de fazer por isso! Porque se ficares sentada à espera, ninguém faz nada por ti! Claro que, há dias em que não vou porque estou cansada ou simplesmente porque não consigo… assumo para mim mesma que não vou, mas sei que no dia seguinte vou ter de ir! Além disso, e como muitas vezes, de forma a conseguir ir fazer exercício, se tiver um jantar, digo então para ficar marcado para um bocadinho mais tarde, de forma a conseguir ir dar uma corridinha de 30 minutos…

O mesmo para a alimentação minha gente! Ou é porque andamos sempre em eventos sociais, ou porque temos muitos jantares, ou porque não temos tempo, ou porque não temos os alimentos em casa, ou porque a família não gosta, ou porque….ou porque… há sempre uma razão qualquer para não termos a tal alimentação que tanto queremos (ou então, para quem quer perder peso, uma razão para que isso não aconteça). Sou-vos sincera, ter muitos eventos sociais não facilita, mas se nós quisermos, DENTRO DE UM ERRO ALIMENTAR, HÁ SEMPRE UMA MELHOR ESCOLHA! Ou seja, se temos um jantar, porque é que temos de começar nos rissóis, passar pelas batatas-fritas e terminar na baba de camelo? Não podemos simplesmente começar por uma sopa, passar pelo arroz e terminar então na baba de camelo? Garanto-vos que dia após dia, escolha após escolha, começam a ver resultados (para quem os quiser), e começam também a perceber as alterações no vosso dia-a-dia, na vossa energia e boa disposição.

Há jantares a que vou e sou a única a comer a sopa. E então? É por isso que deixo de pedir? Não! Tenho de comer as chamuças só porque toda a gente o faz? Eu hei-de comer as chamuças quando eu achar que tenho de o fazer, quando eu quiser, e nada mais! Sabem quando é que aproveito para comer os ditos rissóis ou croquetes? Em casamentos e baptizados… ahah é uma coisa que eu gosto? Sim! Ou seja, deixo para quando eu achar que os deva comer e não apenas porque toda a gente me vem com a conversa de ´Oh Maria… mas é só hoje´… o que vale é que é só hoje todos os dias, ou quase todos!

Que fique claro, que eu estou a falar do dia-a-dia e não de um dia de festa ou de um dia diferente. Como já partilhei aqui, ou para quem me conhece ou é seguido por mim, eu também gosto de muitas coisas ´menos boas´, e também as como (era só o que faltava não o fazer), só tento é fazer escolhas, e fazê-lo quando eu acho que faz sentido! Dá-me muito mais prazer fazê-lo ao fim-de-semana, em que estou relaxada, com família e amigos, do que durante a semana, só porque sim…

Desculpem o meu desabafo, mas o objetivo é fazer-vos perceber como é que eu penso, como é que eu me motivo, e tentar-vos motivar desse lado. Nós só não fazemos o que queremos, temos é de acreditar em nós e fazer por nós… porque vos garanto, ninguém o vai fazer por vocês!

Não se esqueçam de me seguir no Facebook e Instagram ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , , ,

MUFFINS DE ABÓBORA

 

Quantas vezes faltam ideias para os vossos lanches? Deixo mais uma ideia para experimentarem e que tenho a certeza que vão adorar! Pelo menos eu, gostei imenso! São de abóbora e são super fáceis de fazer (como todas as minhas receitas ahah :)) Se querem mais ideias, escrevam em comentário do que gostavam que eu escrevesse ou que tipo de receitas gostavam que eu fizesse para vocês!

Fiz um ebook com 50 receitas de pequenos-almoços e snacks, que já me andavam a pedir à imenso tempo. Assim, ficam com uma compilação de várias receitas para vos ajudar na cozinha 🙂 Já consegui fazer com que possam pagar por MbWay ou Referência multibanco, e por isso, podem fazer a vossa compra aqui. Mesmo assim, também podem fazer através de transferência bancária para PT50 0010 0000 5674 6740 0016 1 e depois enviar o comprovativo para mariagama@poetenalinha.pt.

Ingredientes:

  • Farinha de espelta (100g)
  • Coco ralado (1 colher de sopa | 10g)
  • Abóbora cozida (240g)
  • Pêra madura (1)
  • Claras (150ml)
  • Ovo (1)
  • Canela q.b

Modo de preparação e confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC.
  • Comece por triturar a abóbora e a pêra num processador de alimentos até ficar em puré.
  • Junte a farinha de espelta, o coco ralado e a canela e vá envolvendo o preparado anterior até ficar uma mistura homogénea.
  • Por fim, envolva o ovo e as claras e distribua pelas formas de silicone.
  • Leve ao forno cerca de 30 minutos a 180ºC.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Espero que gostem, que partilhem e que comentem!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

 

, , ,

8 DICAS PARA A ORGANIZAÇÃO NO PÓS-PARTO

Tanto me pediram esta publicação, que cá está ela! Apesar de no título referir ´no pós-parto´, acho que algumas destas dicas dão para toda a gente que têm dificuldade em organizar-se. Pois bem, não é fácil, admito! É um desafio conseguir uma mínima organização quando temos um bebé, mas é possível… ou pelo pelos, minimamente possível. Acho que tenho um ponto a meu favor, que é não gostar de dormir durante o dia nem ficar de sofá a ver filmes… ou seja, e apesar de toda a gente me dizer que tenho de descansar durante o dia, acabo por aproveitar o tempo para fazer outras coisas (neste caso, cozinhar, escrever publicações, estender a roupa, pôr a máquina a lavar etc etc…). Isto não significa claro, que um dia não sinta necessidade de dormir e não o faça… porque é fundamental.

Aproveito para partilhar com vocês que fiz um ebook com 50 receitas de refeições principais, uma compilação de várias receitas para vos ajudar na cozinha 🙂 Já consegui fazer com que possam pagar por MbWay ou Referência multibanco, e por isso, podem fazer a vossa compra aqui. Mesmo assim, também podem fazer através de transferência bancária para PT50 0010 0000 5674 6740 0016 1 e depois enviar o comprovativo para mariagama@poetenalinha.pt.

  • COMPRAS ONLINE: Meio caminho andado para conseguir manter a nossa alimentação. Eu sei que se pagam taxas e que muitas vezes nos faz pensar se vale a pena ou não, mas sinceramente, vale a pena. Primeiro porque se não for assim, não há compras para ninguém. Eu não vou ao centro comercial com o pequenino e prefiro que o R. venha para casa depois do trabalho para estar connosco do que ir para as compras. Além disso, as taxas que se pagam, na minha opinião, compensam em termos de trânsito, horas e parque… até porque me entregam à porta de casa. Uso as compras online para as coisas maiores, e a carne tenho também encomendado no talho do uruguai e o peixe a mesma coisa, no celas e fernandes, que tem peixe ótimo.
  • ACORDAR ANTES: Tento sempre acordar antes do baby. Porquê? Para tomar o pequeno-almoço e me despachar antes que ele acorde com fome. Além disso, porque assim também consigo despachar algumas coisas, como responder a emails, estender a roupa ou fazer alguma comida (como na segunda, em que comecei logo a fazer uma sopa de legumes de manhã e a cortar legumes). Claro que há coisas que acabam por ficar a meio se ele acorda, mas termino depois. Há dias em que ele me troca as voltas e acorda antes ou ao mesmo tempo, e aí adapto… ou dou logo maminha (desculpem mas agora esta palavra faz parte do meu dia-a-dia), ou então como num instante (pequeno-almoço já preparado) para depois tratar dele. Não é fácil porque nem todas as noites correm bem, mas eu prefiro assim. Pelo menos quero acordar às 7h00. Já houve dias em que quis ficar a dormir, mas depois ia ficar irritada de não conseguir, pelo menos, tomar o pequeno-almoço.
  • PEQUENO-ALMOÇO/SNACKS PRONTOS: Não sou uma pessoa que goste de comer pão com manteiga ou cereais com leite ao pequeno-almoço (isto, todos os dias claro). Um pão quentinho com manteiga sabe sempre bem ahah mas depende da ocasião. Neste caso, estou a falar do dia-a-dia. Se andamos sempre numa correria o dia todo, com o bebé ao colo, a mudar fraldas, a dar de mamar, quase não temos tempo para preparar alguma coisa para nós ou para comer… por isso mesmo, se tivermos coisas no frigorífico já preparadas, é só abrir e voilá… Podem ver por exemplo o que fiz no fim-de-semana passado na galeria de fotografias em baixo. Tive panquecas, muffins, quiche… é só mesmo abrir a marmita e comer! 
  • PANO: Nas primeiras semanas não tinha forma de colocar o pequenino ao colo e ficar com mãos livres… desde que tenho o pano é bem diferente, porque consigo fazer coisas com ele ao colo. Senão, era muito difícil. Acho mesmo que é essencial porque nos permite ser mais organizados e fazer coisas em casa, apesar de demorarmos o dobro ou o triplo do tempo… ahah
  • QUANTIDADES: Se antes já fazíamos grandes quantidades, hoje nem se fala. E tem mesmo de ser, pelo menos para nós. Mais uma vez, facilita muito pegar e aquecer. No fim-de-semana fizemos 30 almôndegas, 1kg de frango com caril, 1 frango no forno e uma quiche. Ou seja, ficámos com refeições para toda a semana, não falando dos dias em que até cozinhamos alguma coisa. Na segunda-feira, fiz uma wok cheia de legumes (courgette, nabo, alho francês) e cozi uma panela cheia com outros legumes (couve, alho francês, nabo). Cozemos 1/2 pacote de massa também, e fiz uma chávena de arroz que deu um tacho cheio. Como já referi várias vezes, claro que comer a comida acabadinha de fazer é ótimo, mas nos dias de hoje tem sido muito difícil (se antes o era, imaginem agora) e o nosso objetivo é comer bem, manter os nossos hábitos saudáveis e não acabar a encomendar comida a torto e a direito ou a deixar passar as refeições porque não há tempo para as fazer. 
  • FACILITAR: Se calhar facilito de mais, mas sou mesmo assim. É mesmo, descomplicar. E dou-vos dois exemplos:
    – Normalmente para fazer arroz, coloco cebola cortada, alho picado e azeite… ou seja, a receita típica de arroz. Esta semana, fiz arroz assim que acordei (às 7h00), para ficar para o almoço, porque depois ia sair. E como o pequenino estava a acordar e não havia muito tempo, pus água a ferver, sal e o arroz lá para dentro… mais nada! E porquê?! Porque senão tivesse sido assim, não ia ter arroz ao almoço e ia ficar a pensar nisso a manhã toda.
    – Os legumes que referi que cozi em cima, supostamente ia saltear. Mas como não tive tempo durante o dia e já não tínhamos legumes para o jantar, meti água a ferver, sal e os legumes. Ou seja, saíram cozidos. Mais uma vez, salteados são bem mais saborosos, mas é o que é… prefiro ter legumes do que não os ter.
  • APROVEITAR TODOS OS BOCADINHOS:
    – Na segunda-feira fiz a sopa às prestações ahah e já não é a primeira vez. Ou seja, o baby estava a dormir e eu pús os legumes todos na panela de pressão com sal e água e ficou a cozinhar. Depois o baby acordar, tive de dar maminha (desculpem, mas agora maminha faz parte do meu vocabulário diário) e depois fui para a ginástica, ou seja, a sopa ficou a meio porque não a triturei. Depois, à tarde tratei do resto. É o que é, não ia deixar de ir à ginástica para acabar a sopa. 

    – Já estendi roupa às prestações também. Porque isto é tudo uma incógnita. Mas não faz mal, a roupa fica mais amachucada depois passasse a ferro, tem de ser esse o espírito. Ou pelo menos, é esse o meu espírito ahah
  • NAMORADO/MARIDO: Para quem tem um companheiro, acho fundamental que repartam funções. Aqui em casa fazemos os dois questão de ter hábitos saudáveis, mas caso não fosse assim, considero que é essencial dividir tarefas. No domingo, por exemplo, eu é que fiz os snacks todos mas depois não tive tempo de lavar e arrumar a loiça antes de almoço (tive de dar maminha), por isso foi o R. que tratou da cozinha. No sábado, ele é que fez as refeições todas (almôndegas, frango com caril…). 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Espero que tenham gostado e que deixem a vossa opinião! Mais dicas?!

Temos nova campanha na prozis que começa hoje (podem fazer as vossas compras aqui). As minhas compras favoritas e que encomendo sempre são: manteiga de amendoim e de amêndoa, lascas de coco, aveia instantânea sem sabor e com sabor a chocolate, cajus, nozes, barras 0% (para quando vou de viagem) e claras de ovo.

Aproveito para referir que agora estou apenas a realizar consultas de nutrição online, mas que não deixei de fazer consultas. Se quiserem informações/marcações podem enviar email para mariagama@poetenalinha.pt ou através do formulário em baixo:

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

6 COMBINAÇÕES DE LEGUMES

Como sabem, sou uma chata com legumes. Para mim, têm de fazer parte do nosso dia-a-dia, haja o que houver! Não pode haver desculpas para tal não acontecer, como por exemplo, ´não tive tempo para fazer´. Só não temos tempo para fazer se não formos organizados e se não for uma prioridade para nós… porque uma solução é ter legumes congelados para cozer no momento ou então, legumes já prontos e congelados, em que é só aquecer. É o que eu costumo fazer, de uma maneira ou de outra! Com sabem, eu congelo tudo, para me garantir que tenho sempre tudo disponível.

Aproveito para partilhar com vocês que fiz um ebook com 50 receitas de refeições principais, uma compilação de várias receitas para vos ajudar na cozinha 🙂 Já consegui fazer com que possam pagar por MbWay ou Referência multibanco, e por isso, podem fazer a vossa compra aqui. Mesmo assim, também podem fazer através de transferência bancária para PT50 0010 0000 5674 6740 0016 1 e depois enviar o comprovativo para mariagama@poetenalinha.pt.

Deixo-vos aqui algumas combinações de legumes que costumo utilizar. E se virem, é tudo a mesma coisa. É cortar tudo bem cortado, colocar na wok ou no tacho. Regar com azeite, sal e um bocadinho de água e deixar cozinhar. Claro que podem sempre ir inovando e juntar pimenta preta, pimenta caiena, orégãos, tomilho… consoante o vosso gosto! E se um dia não corre bem, no outro correrá melhor! Eu já experimentei saltear courgette e sinceramente não gosto muito porque fica tipo papa… mas também vos digo… caso não tenha mais nada, é mesmo isso que vou fazer, porque a prioridade é ter legumes!

  • Couve coração, pimento e alho francês
  • Cenoura, alho francês e cebola
  • Brócolos, cebola e cenoura
  • Abóbora, cebola e tomate
  • Couve roxa, pimentos e cebola
  • Beterraba, abóbora e courgete (no forno)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Também tenho sempre legumes prontos a consumir e legumes congelados em casa para me facilitar a vida quando não há tempo… o importante é ter legumes! Enquanto se grelha um bife, coze-se num instante uns brócolos congelados!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

Os nossos jantares neste modo #euficoemcasa 

Antes de mais, partilho que fiz um ebook com 50 receitas de refeições principais, uma compilação de várias receitas para vos ajudar na cozinha 🙂 Já consegui fazer com que possam pagar por MbWay ou Referência multibanco, e por isso, podem fazer a vossa compra aqui. Mesmo assim, também podem fazer através de transferência bancária para PT50 0010 0000 5674 6740 0016 1 e depois enviar o comprovativo para mariagama@poetenalinha.pt.

Se há refeição que me dá prazer é o jantar… estamos mais tranquilos (supostamente) uma vez que o Vasco já está a dormir e aproveitamos o ‘nosso momento’… Mas isto depende… se for como hoje, foi difícil adormecer o Vasco e ele acabou de acordar 🤣
Como tenho partilhado com vocês, nada de cozinhar ao almoço. No máximo, cozinhar ao jantar e isso sim… Já não me custa tanto 🤗 Mesmo assim, nestes dias mais cansativos … 🤦‍♀️

Hoje em dia compro o feijão a granel, demolho, cozo e congelo. Depois é só tirar e misturar com o que quiser. Neste caso, salteei legumes na wok: curgete, abóbora, tomate e cebola. Temperei com azeite, tomilho e alho. Juntei o feijão já cozido e envolvi. Coloquei num pirex de forno, abri quatro buraquinhos e pus ovos. Levei ao forno e ficou pronto! ✌ Eu salteei os legumes mas podiam ter levado logo tudo ao forno se quisessem ser mais rápidos 🕛

Falo imenso da questão FACILITAR E DESPACHAR TRABALHO em consulta, já que acho mesmo fundamental nos dias de hoje, ainda para mais nesta #quarentena. Pelo menos eu, não fui feita para passar horas a fio na cozinha… apesar de gostar, calma aíííí 😂😂 Não acham?! E quando se põe uma refeição no tabuleiro de cima, põem-se muffins no tabuleiro de baixo! E a seguir umas papas de aveia ahah

Aproveito para vos dizer que os diretos ficam gravados no IGTV e que vou deixar cada um deles 24h ✌ Hoje o direto foi a fazer creme de Courgete e legumes salteados 🤗

, , ,

4 truques ESSENCIAIS para emagrecer

Um tema que interessa a muita gente e um assunto que me dá muito gosto. Primeiro que tudo, quem quer perder peso tem de perceber que tem de alterar hábitos alimentares agora e daqui em diante, porque ´milagres ´não há 🙂 E como digo muitas vezes, pensem no que é um dia, chegarem ao peso que querem e manterem… com alguns erros alimentares, desde que equilibrados. E mais importante que tudo, não desistam! Porque senão, estão de desistir de vocês.
Antes de mais, partilho que fiz um ebook com 50 receitas de refeições principais, uma compilação de várias receitas para vos ajudar na cozinha 🙂 Já consegui fazer com que possam pagar por MbWay ou Referência multibanco, e por isso, podem fazer a vossa compra aqui. Mesmo assim, também podem fazer através de transferência bancária para PT50 0010 0000 5674 6740 0016 1 e depois enviar o comprovativo para mariagama@poetenalinha.pt.
 
Dietas radicais: Sim, perde-se muito peso. Sim, têm resultados extraordinários ao fim de uma ou duas semanas. Mas será que é sustentável ao longo do tempo?! Na minha opinião não, porque acima de tudo e mais importante, é aprendermos a comer. É percebermos que temos de alterar os hábitos alimentares que talvez estejam enraizados há muitos anos, ou seja, mudar para sempre. Além disso, e muitas vezes, o resultado depois desse peso todo perdido e uma vez que houve uma redução drástica em termos de alimentos e nutrientes, é querer voltar a comer ´este mundo e o outro´.
Desistir?! Nunca! Eu sei que é difícil por vezes não atingirmos os nossos objetivos e não perdemos o peso que tanto desejamos. Mas se pensarmos, a vontade de desistir não vai ajudar em nada. Aliás, só vai fazer com que esse objetivo não seja cumprido. Falo nisto relativamente ao peso como a outro assunto na nossa vida. Somos nós que estamos em questão, é a nossa saúde que está em jogo. Será que faz sentido, caso não vejamos resultados na perda de peso, começar a comer novamente salgados e batatas-fritas diariamente? Não me parece! Cada passo é um passo e o caminho faz-se caminhando. O mesmo relativamente ao exercício. Posso partilhar com vocês que agora vou ter de deixar a corrida de lado (por muito que me custe), mas já estou a pensar em alternativas e estou a pensar ir para a natação e continuar a fazer trx em casa. Se não dá de uma maneira, tem de dar de outra.
Metas: Pode ser uma ótima estratégia para nos motivarmos e vermos que conseguimos mudar. Mas as metas têm de ser reais, fazivéis e sustentáveis ao longo do tempo. Ou seja, nada de começar a pensar que a partir de agora vamos 7x por semana ao ginásio, vamos caminhar todos os dias e não vamos comer nada que não esteja escrito no plano alimentar, mesmo que seja o aniversário do nosso pai/filho ou namorado. Gente, o mais importante para perder peso é também ser feliz, não perder a vida social e sentirmo-nos bem. Ou seja, pensem em metas como: 3x semana vou ao ginásio, vou começar a beber 2L de água, não vou comer pão 1x semana e vou comer ovos mexidos ao pequeno-almoço à segunda-feira.
Ajuda: Quando precisamos de apoio é fundamental falar com as pessoas à nossa volta para perceberem a importância e o papel que podem ter. No que diz respeito à perda de peso, ainda mais. É importante que toda a gente esteja envolvida e não me digam ´ah mas eles não têm culpa de eu ter de perder peso´ porque sinceramente não percebo. Isso significa o quê? Que podem comer tudo o que quiserem? Que podem beber refrigerantes e comer gelado como sobremesa? Não me parece! Porque realmente não faz sentido e apesar de não terem de perder peso, têm de cuidar da sua saúde! Por exemplo, e para perceberem, na maioria dos jantares que dou, a sobremesa é fruta. E porquê? Porque a mim também me custa não comer sobremesa se a tiver a olhar para mim e por isso mesmo já defini que é assim, e devia ser sempre.

E claro que, e fundamental é a prática de exercício físico. Ajuda muito na perda de peso e não pense que tem de ir para o ginásio 2horas ou que fazer exercício físico é inviável porque pode apenas caminhar dia sim dia não e já ajuda.

Espero que tenham gostado! Comentem 🙂

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, , , ,

5 erros que estão a dificultar a sua perda de peso

Muitas vezes queremos perder peso, ou até mantê-lo, mas não nos apercebemos de alguns erros que por vezes fazemos no dia-a-dia e que podem influenciar bastante os nosso resultados. Por isso mesmo, hoje deixo quatro erros dos quais me apercebo que acontecem frequentemente.

Antes de mais, partilho que fiz um ebook com 50 receitas de pequenos-almoços e snacks, que já me andavam a pedir à imenso tempo. Assim, ficam com uma compilação de várias receitas para vos ajudar na cozinha 🙂 Já consegui fazer com que possam pagar por MbWay ou Referência multibanco, e por isso, podem fazer a vossa compra aqui. Mesmo assim, também podem fazer através de transferência bancária para PT50 0010 0000 5674 6740 0016 1 e depois enviar o comprovativo para mariagama@poetenalinha.pt.

  • Pensar errado: Pois é, um dos maiores erros que acontecem. Queremos perder peso e por isso mesmo deixamos quase de comer e entramos naquelas dietas todas xpto, em que perdemos 10 Kg num mês. E depois?!? Peso perdido, hábitos alimentares antigos que voltam novamente. Para perdemos peso para ´sempre´é preciso que a nossa mente mude e que percebamos que temos de ter um estilo de vida saudável, SEMPRE! Além disso, perceber que a prática de exercício físico é fundamental, e não, não é passar horas a fio no ginásio! Perder peso, ter um estilo de vida saudável não invalida que de vez em quando não ´pisemos o risco´, todos nós o fazemos! Temos é de saber equilibrar e escolher os momentos certos!
  • Passar o dia sem comer: Se saltar refeições ou passar o dia a comer “qualquer coisa”, como uma sopa e uma peça de fruta ao almoço, não vai acabar em bom resultado. Vai chegar ao fim da tarde cheio de fome, comendo demasiado ao fim-da-tarde ou até à noite. Além disso, a vontade por alimentos altamente calóricos, ricos em açúcar e em gordura vai aumentar. Quantas vezes almoçamos só uma saladinha?
  • Os produtos integrais emagrecem: Não. Os produtos integrais apresentam uma maior quantidade de fibra que nos ajuda a aumentar a saciedade ao longo do dia. No entanto, e tal como os outros produtos, contêm calorias, açúcar, gordura e têm de ser comidos com contenção e de acordo com as quantidades devidas. Não vá em conversas, tenha sempre em atenção os rótulos dos alimentos, pois existe uma grande maioria de alimentos altamente calóricos.
  • Ao fim de semana é o dia da asneira: Claro que ao fim-de-semana é mais propício fazermos asneiras e fugirmos à alimentação que temos durante a semana. Mas, no entanto, não podemos “estragar tudo” e estar a pensar durante a semana inteira “ao fim de-semana posso fazer o dia da asneira”. Se tivermos um jantar ou um aniversario, que tal pensar “Do que está na mesa, o que é que eu gosto mais?”. O importante é que coma de tudo um pouco, mas com moderação. Além disso, se houver um fim-de-semana em que não aniversários ou jantares, qual é a razão para cometer um erro alimentar? Só porque sim?
  • Sumos naturais: Quantas laranjas utilizam para fazer um sumo natural? 2 ou 3? Além da remoção da fibra presente na fruta, já pensou que se no seu plano alimentar estiver definido que pode comer 2 peças de fruta por dia, se fizer um sumo de laranja esgota as outras peças de fruta para o resto do dia. Além disso, a fruta dá imenso jeito para levar para os snacks da manhã e da tarde. Isto não quer dizer que de vez em quando não o faça 🙂

Estes são alguns dos erros comuns que são falados em consulta. É importante que em consulta exista a definição dos objetivos pessoais de cada um, criando e planeando estratégias que ajudem ao seu alcance. Além disso, e nunca esquecendo, a prática de exercício físico é fundamental a uma vida saudável. Caminhar, passear, correr, ir ao ginásio, saltar à corda… existem tantas formas de nos exercitarmos 🙂

21557752_1606293262747972_6643136741625701870_n.jp

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook e Instagram ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , , ,

8 HÁBITOS QUE TEM DE MANTER PARA SEMPRE

Vamos lá ver… tudo tem haver com mudança de hábitos alimentares! Tudo deve ser alterado devagar, sem pressas, para que seja uma mudança sustentável ao longo do tempo. Se quiser fazer tudo de uma vez, pode não correr bem! Até pode querer fazer tudo de uma vez e ver resultados rapidamente… mas depois se sentir falta de determinados alimentos, é muito mais fácil voltar atrás e aos hábitos anteriores.

Fiz um ebook com 50 receitas de pequenos-almoços e snacks, que já me andavam a pedir à imenso tempo. Assim, ficam com uma compilação de várias receitas para vos ajudar na cozinha 🙂 Já consegui fazer com que possam pagar por MbWay ou Referência multibanco, e por isso, podem fazer a vossa compra aqui. Mesmo assim, também podem fazer através de transferência bancária para PT50 0010 0000 5674 6740 0016 1 e depois enviar o comprovativo para mariagama@poetenalinha.pt.

Porque não, fazer uma alteração todos os dias… por mais pequena que seja, é super importante. Não podemos é desistir de nós, da nossa melhora de qualidade de vida… Sabem o que é que eu penso para mim?! Se um dia estou muito cansada e não consigo ir correr, vou andar…. Se por vezes faço um erro alimentar, como por exemplo, comer batatas-fritas, como a sopa no início da refeição! Ou seja, em vez de comer uma travessa inteira, já só como metade… entendem a logística? 🙂

  • Agenda: É muito importante que consiga organizar a sua agenda no sentido de conseguir fazer as coisas a que se propõe. Definir os dias em que vai praticar atividade física, o dia em que vai às compras, o dia em que tem de cozinhar em maior quantidade… Feche mesmo as horas e os dias como se fosse um compromisso… pois é um compromisso consigo mesmo!
  • Inimigos: Retire os inimigos de sua casa: bolachas, bolachinhas, gelados, batatas-frita, bolachas com chocolate… Não vale a pena pensar que não irá comer, pois num dia em que esteja mais triste ou que o dia tenha corrido pior, vai… não vale a pena dizer que não! Estes alimentos não podem fazer parte do nosso dia-a-dia. Se um dia lhe apetecer um gelado, tudo bem, mas saia de casa e vá comer! Não abra o precedente de ter esses alimentos em casa,  porque senão a probabilidade de ir comer é muito maior.
  • Sopa: Comece sempre as suas refeições todas com um prato de sopa de legumes! Faz toda a diferença. Como referi atrás, se vai fazer um erro alimentar, pelo menos come a sopa antes e não faz em tanta quantidade. A sopa tem de fazer parte do nosso dia-a-dia, tem de ser um hábito diário. Vai ver, que com apenas esta mudança, vê resultados no seu corpo!
  • Sem rótulo ou com a menor lista de ingredientes possível: O melhor é optar pela versão mais natural possível: iogurte natural (sem sabores e sem pedaços), leite simples, tortilhas de arroz simples… e por aí em diante. Fruta, legumes… destes alimentos nem se fala, devem fazer parte da nossa alimentação diária.
  • Exercício: Não precisamos todos de fazer o mesmo, não precisamos todos de andar a correr a maratona… o importante é mexermo-nos e desafiarmo-nos! Defina quantos dias consegue ir dar uma caminhada… o fim-de-semana também conta! Nem que comece por ir ao sábado e ao domingo e a mais um dia de semana, para se habituar e conseguir gerir os seus horários. Se por vezes não paciência e se sente cansado, não há problema… o importante é continuar a fazer alguma coisa, não desistir de si. Além disso, há imensas estratégias para aumentarmos a nossa atividade física, como apenas estacionar o carro mais longe, subir as escadas do trabalho ou de casa…
  • Jantar fora: Não tem de ser um problema, não tem de ser um desafio, não tem de ser uma preocupação. O importante é perceberem na realidade como tudo isto funciona. É possível comer bem em restaurantes, é! Depende do que queremos… eu prefiro fazer um erro alimentar  na tranquilidade do fim-de-semana, do que durante a semana só porque sim. Não me custa nada ir jantar fora e comer uma sopa, polvo à lagareiro com batatas e legumes… sem pão, sem entradas e sem sobremesa! Porque irei escolher outro dia para o fazer. Não é por termos um jantar com amigos que temos de fazer asneiras obrigatoriamente, porque todas as escolhas são nossas e de mais ninguém.
  • Água: Fundamental beber água todos os dias para nos hidratarmos. Não é por querermos perder peso ou não que o devemos fazer… isto porque quando alguém pensa em perder peso, lembra-se que tem de beber água… e depois, muitas vezes, deixa de o fazer no dia-a-dia. Todos precisamos de beber água, e nada mais que isso!
  • Legumes: Sempre e para sempre, seja que situação for. Independentemente dos vossos objetivos (claro que, tudo isto depende se existe alguma patologia associada), é fundamental a ingestão de legumes às refeições. Tal como existe carne/peixe e arroz/batata… tem de existir legumes! E não podemos dar a desculpa de ´ah mas dá trabalho.. ´… será que não demora o mesmo tempo do que fazer um arroz? Ah… mas o arroz já estava feito… então deixem os legumes feitos também!

Como sabem, cada vez sou mais fã de exercício… e acho que termos roupa que nos faça sentir bem é fundamental! Por vezes até pode parecer futilidade, mas não é! Porque nos ajuda a gostar mais de nós, a sentirmo-nos bem, a aumentar a nossa auto-estima…e por isso mesmo deixo aqui alguns artigos em desconto, que são a minha cara, e que podem gostar também (é só carregar).

 

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

2 Alimentos que não deve comer antes de dormir + 5 ideias de snacks para ceia

Existe muita gente que tem dificuldade em escolher que alimentos deve comer à noite, quando a fome aperta antes de ir dormir. Pois bem, se quiserem saber algumas ideias, leiam esta publicação.

Fiz um ebook com 50 receitas de pequenos-almoços e snacks, que já me andavam a pedir à imenso tempo. Assim, ficam com uma compilação de várias receitas para vos ajudar na cozinha. Quem sabe, algumas dessas hipóteses poderá fazer parte da vossa ceia 🙂 Já consegui fazer com que possam pagar por MbWay ou Referência multibanco, e por isso, podem fazer a vossa compra aqui. Mesmo assim, também podem fazer através de transferência bancária para PT50 0010 0000 5674 6740 0016 1 e depois enviar o comprovativo para mariagama@poetenalinha.pt.

Por vezes há alimentos que nos apetecem MESMO MESMO à noite… não concordam que nos apetece muito mais asneiras à noite do que durante o dia?!? Sentados no sofá, a ver um filme ou uma série.. calhava mesmo bem aquele alimentos xpto…Quanto ao que não devem mesmo comer, aqui ficam:

  • Bolachas: Antes de mais, não sou fã de bolachas pois acho que não nos fazem falta nenhuma! Aquela bolachinha maria ou torrada antes de dormir?! Não, não é de todo uma boa opção. Podem ver vários rótulos de bolachas, aqui. Bolachas estão carregadas de açúcar e gordura, não sendo de todo um alimento a incluir na nossa alimentação quanto mais antes de dormir. Caso lhe apetece algum alimento crocante, opte por bolachas de arroz ou frutos secos.
  • Doces: É mesmo a essa hora que lhe apetece aquele chocolate que está na despensa? Ou é mesmo a essa hora que vai para a despensa ver que alimento doce é que a vai satisfazer? Se lhe apetece um doce à noite, pense `apetece-me um doce, mas então vou comer alguma coisa doce mas mais saudável´. Banana esmagada com canela, ou maçã cozida com canela… e acompanhar com uns frutos secos. O que vos parece? A alteração de comportamentos alimentares por vezes é difícil, mas é só até começar.E agora, algumas ideias:
  • 1 chá de camomila + Frutos secos (amendoas, nozes)
  • 1 iogurte natural + 1 colher de chá de canela
  • 1/2 queijo fresco + Nozes
  • Bolachas de arroz + Queijinho da vaca
  • 1 iogurte natural + 1 colher de sopa de sementes de linhaça moída

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha