Posts

,

4 dicas para se manter saudável

Existem diversos comportamentos que podem influenciar tanto a manutenção do peso, como a perda/aumento de peso, como simplesmente o facto de ser saudável 🙂 Tenha em atenção:

 Petiscar entre as refeições

  • Apesar de ser importante comer de 3h em 3h, é importante ter em atenção o “petiscar” entre as refeições. Muitas vezes dizem-me em consulta “Não consigo estar sem trincar nada”, o que resulta numa quantidade elevada de snacks entre as refeições. Além disso, e muitas vezes, o tipo de alimentos consumidos são de elevada densidade calórica, o que contribui para o aumento do consumo energético total ao fim do dia. Deixe de lado o pastel de nata que diz que lhe sabe tão bem a seguir à refeição, ou o chocolate que vem a acompanhar o café. Leve sempre os seus lanches para o trabalho. Além disso, o mais importante é ficar saciado nas refeições e sem fome! 

 

Alimentação restritiva

  • Muitas vezes durante o dia há quem pratique uma alimentação restritiva, ou seja, há quem faça poucas refeições e coma muito pouco durante o dia. Resultado: À noite a “fome aperta” e é muito mais propício que faça erros, como por exemplo:as bolachas que estão na dispensa, ou o chocolate que está em cima da mesa. Controle e tenha horários definidos para realizar as suas refeições. Além disso, para ter uma alimentação saudável ou para perder peso, não precisa de ter uma alimentação restritiva, mas sim, alimentar-se bem!

Comer fora de casa

  • Cada vez mais realizamos as nossas refeições fora de casa, o que aumenta a probabilidade de erros alimentares. Prepare o seu almoço/jantar em casa, tal como os seus lanches e aproveite para levar na marmita. Aproveita tanto para poupar, como para escolher os alimentos adequados ao seu dia alimentar. Se optar por ir ao restaurante, faça escolhas saudáveis, pode ver as minhas dicas aqui

 

Praticar atividade física

  • Nem sempre é fácil, mas é uma questão de organização. Se tem a agenda cheia, pegue numa caneta e feche três dias por semana para que possa praticar exercício físico. Informe-se do tipo de exercício mais adequado para si e faça um esforço. No início, principalmente quando não gostamos, é difícil, mas assim que se começar a sentir melhor com a prática de exercicio fisico depois não vai querer parar. Foi isso que se passou comigo, quando comecei a correr. Pode ver algumas dicas para o motivar, aqui

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! 

, ,

4 truques que o vão ajudar a ter uma alimentação mais saudável

Existem vários truques que podemos aplicar diariamente e que nos ajudam a ter uma alimentação mais saudável. Às vezes são tão simples e nem nos apercebemos a diferença que faz no nosso dia-a-dia. Ou seja, muitas vezes acabamos por estar em ´piloto automático´e fazer as coisas por já estarmos habituados, não pensando no que podíamos fazer de diferente.

Por isso mesmo:

  • Saiba a quantidade que deve colocar no seu prato:

– Metade para as verduras e legumes, um quarto para os hidratos de carbono e proteína (claro que isto é na generalidade, e que tem de ser adaptado a cada um de vocês).

– Nada de colocar os legumes ou a salada num prato ou tigela à parte, porque de certeza que se o fizer, a quantidade de comida no prato será bem maior.

 

  • Utilize um spray para o azeite: Já pensou que se utilizar o comum galheteiro, é bem provável que sirva mais azeite do que realmente precisa? Se começar a utilizar um spray de certeza que se servirá em menor quantidade. Muitas vezes não temos noção da quantidade que utilizamos, e uma pequena mudança destas faz toda a diferença.

IMG_5112.JPG

  • Se for comer fora, comece por pedir uma sopa de legumes (sim, eu sou uma chata com a sopa). Além disso, peça sempre uma salada ou legumes à parte. Normalmente a quantidade que vem no prato é muito pouca e não chega para o que realmente necessita! Além disso, e se possível, peça para ser você a temperar.

IMG_2572.JPG

  • Organize-se para ir às compras no fim-de-semana:

– Claro que não é propriamente o programa que mais lhe apetece, mas é o que realmente precisa de fazer para conseguir organizar a sua semana e as suas refeições. Se não, chega a segunda-feira e não tem nada preparado, ou seja, lá vai ter de começar a semana a fazer erros alimentares.

– Uma das coisas que costumo fazer é ir às compras durante a semana na hora de almoço ou na ida para casa, para ficar logo despachado.

– Há alimentos que normalmente nunca me faltam em casa e que tenho a plena noção que me ajudam a ter uma semana mais saudável: legumes não perecíveis (couve lombarda, couve coração, cenouras, beterrabas). E porquê? Porque este tipo de legumes como não se estragam de um dia para o outro e aguentam muito, ajudam no final da semana a nunca faltar à refeição.

 

  • Tome sempre o pequeno-almoço em casa. Se é daquelas pessoas que se farta rapidamente, varie! 🙂 Faça panquecas, waffles, bolinho de aveia, papas de aveia… Há imensas formas de começar o seu dia. Além de saber realmente o que está a comer, e de que forma é que é confeccionado, poupa dinheiro, e não é pouco.

Waffles de alfarroba1.jpg

  • Exercite-se: Não é que uma coisa leve à outra, mas se praticar exercício físico, nem que sejam umas caminhadas, tudo melhora. Fica mais bem disposto, mais alegre, com mais energia e por isso, com mais vontade de ser saudável. E se não tem tempo para o fazer é porque o exercício físico não é uma prioridade na sua vida, porque quando for, organiza-se de outra forma para  o conseguir fazer. Está frio? Compre camisolas quentes de desporto. Chove? Existem impermeáveis… 🙂

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!