Posts

, , ,

9 TRUQUES ESSENCIAIS PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

O Excesso de Peso e Obesidade é um tema atual e de grande pertinência, uma preocupação constante e que se deve ser tida em conta. Por isso mesmo, é fundamental uma alimentação saudável diária, desde o pequeno-almoço até ao jantar e/ou ceia. Por vezes pode parecer difícil, mas na verdade, o que é necessário, na realidade, são algumas alterações no nosso dia-a-dia, que nos podem levar tanto a melhorar a nossa alimentação, como a prevenir e/ou combater a obesidade e excesso de peso. Sendo Maio o mês do coração, e sendo a obesidade um fator de risco para as doenças Cardiovasculares, é fundamental começar desde já a agir.

Apenas tem de fazer alterações e adaptações na sua alimentação, consoante o seu dia-a-dia e as suas preferências. Uma alimentação saudável sugere hábitos alimentares saudáveis, e não, passar fome ou comer apenas peixe cozido/bife de peru grelhado, como se ouve diversas vezes. É importante a consciencialização dos erros alimentares que muitas vezes cometemos, no sentido de podermos mudar comportamentos, adquirindo o hábito de comer de tudo, mas de forma saudável e equilibrada, sem exageros. Por isso mesmo, e de forma a conseguir ajudar, aqui ficam alguns truques fundamentais para uma alimentação saudável:

 

  1. Organização: Comece por organizar as suas refeições, fazer uma ementa e fazer uma lista de compras para o ajudar. Organize o seu frigorífico, congelador e despensa. Assim vai ficar a saber onde estão os alimentos e será muito mais fácil e prático para preparar as suas refeições com antecedência. Até pode elaborar uma lista com os alimentos que existem, de forma a planear a semana. É fundamental para que comece a ter uma alimentação saudável e equilibrada. Se tiver os alimentos que gosta disponíveis em casa é muito mais fácil organizar-se e preparar as suas refeições diárias.
  2. Não saia de casa sem tomar o pequeno-almoço: Se de manhã quase não tem tempo para comer, ou se prefere ficar a dormir até ao último minuto, pode sempre deixar o pequeno-almoço preparado. Vai dar-lhe energia para começar o seu dia da melhor maneira, controlando a sua ingestão ao longo do dia. De certeza que se não o fizer, a probabilidade de ir ao café ou ao café comer alimentos ricos em açúcar e em gordura, é maior. Ovos mexidos, pão escuro ou papas de aveia são exemplos.
  3. Realize lanches a meio da manhã e o meio da tarde: Não deve ficar mais de 3h30m sem comer! Pode crer que, se o fizer, a fome ao longo do dia será muito maior. Além disso, assim que chegar a casa depois de um dia de trabalho, aliado ao cansaço, vai acabar por comer o que não deve. Faça um esforço e ande com lanches práticos e que consiga comer quando não é possível fazer um intervalo no trabalho, como frutos secos, peça de fruta, queijo triângulo ou fresco. Tente evitar bolos de pastelaria, sobremesas, bolachas com chocolate, empadas e sumos ou refrigerantes.
  4. Almoce bem: O preferível é levar o almoço de casa, pois consegue controlar as quantidades de comida e sabe o que realmente está a comer. Pode preparar as refeições ao fim-de-semana, pois assim torna tudo mais fácil. Algumas ideias de ementa são: Carne de peru, arroz e brócolos | Bife de frango com batata doce e salada | Peixe no forno com batata assada e legumes estufados | Frango grelhado com arroz integral e salada | Salada de massa espiral com atum ao natural e legumes. Se almoçar fora, tente começar a refeição por uma sopa de legumes, evitar as entradas, os fritos e os molhos.
  5. Inclua sempre vegetais em todas as refeições: Tenha sempre em casa legumes congelados para nos dias em que não tiver tempo de preparar os legumes frescos. Além disso, tente variar os legumes e vegetais para não se fartar.
  6. Beba água: É essencial para o hidratar. Se não gosta do sabor da água simples pode aromatizá-la com fruta ou legumes.
  7. Não pode faltar em casa:Sopa, legumes, verduras e fruta. Tenha sempre no frigorífico este tipo de alimentos! Agora que já estão dias mais frios, começa a apetecer ainda mais a sopa e por isso mesmo não há razão para ser o início das suas refeições. Ajuda bastante na saciedade e a diminuir o que consome a seguir. Além disso, prepare refeições para congelar, são fundamentais para os dias em que não tem tempo de cozinhar. Legumes frescos ou congelados (para os dias mais apressados) sempre em casa.
  8. Retire os inimigos de sua casa: Se adora um tipo alimento e este não se encontra incluído no seu plano alimentar, não o tenha em casa. Principalmente nos dias em que está mais chateado ou ansioso, pode acabar por os ir buscar. Não arranje a desculpa “E se vier alguém cá a casa?” … Sirva um chá e acompanhe com umas torradas e queijo fresco, por exemplo. Não há razão nenhuma para ter em sua casa batatas fritas, bolos, gelados, sobremesas ou bolachas.
  9. Cozinhe de forma saudável: Prefira os grelhados, assados, estufados, guisados mas com pouca quantidade de gordura. Quanto aos legumes, pode optar pelos cozidos, estufados ou ao vapor.

Espero que tenham gostado e que comentem!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

 

 

 

 

, ,

6 truques ESSENCIAIS para ter uma alimentação saudável

Uma alimentação saudável sugere hábitos alimentares saudáveis, e não, passar fome ou comer apenas peixe cozido/bife de peru grelhado, como se ouve diversas vezes. É importante a consciencialização dos erros alimentares que muitas vezes cometemos, no sentido de podermos mudar comportamentos, adquirindo o hábito de comer de tudo, mas de forma saudável e equilibrada, sem exageros. E foi mesmo isso que aconteceu 🙂 Com a alteração de alguns hábitos alimentares e com a sua adaptação ao dia-a-dia da S. temos conseguido.

Muitas vezes em consulta apercebo-me da dificuldade dos pacientes em cumprir o plano alimentar, possivelmente devido à conotação que existe com o termo dieta. Apesar de a palavra dieta derivar de um termo grego “diaita”, que significa estilo de vida equilibrado, em Portugal este conceito é mais associado a uma grande restrição alimentar do que propriamente a um estilo de vida ou alimentação saudável. Tento transmitir em consulta que o importante é termos uma alimentação saudável e equilibrada diária, e não passarmos por períodos de dietas restritas. É fundamental atingir um equilíbrio.

Por um lado, uma dieta sugere a restrição parcial ou total de determinados alimentos, o que dificulta muitas vezes a aceitação por parte dos pacientes. Quando é necessário perder peso, não pense que tem de fazer dieta, mas sim, que tem de fazer alterações ao seu dia alimentar, que ao longo do tempo se vão tornar hábitos.

 

Que tal combinarmos introduzir um hábito saudável todos os dias? Podem ver a publicação dos objetivos semanais, pode ajudar-vos a definir a vossa semana 🙂

kb46.jpg

Normalmente o calor trás uma preocupação com a perca de peso e frequentemente, com resultados muito rápidos. Mas, comece a pensar em perder peso de uma forma saudável (deixar de lado a palavra dieta). Deixe de lado as dietas yo-yo e pense em readaptar os seus hábitos alimentares e ser mais saudável.

Não se esqueça que para a perda de peso é fundamental que seja acompanhado por um profissional. A perda de peso é um processo demorado, com altos e baixos, com dias de motivação e outros de desmotivação. Mas faz parte! Peça ajuda e de certeza que será muito mais fácil, uma vez que o profissional de nutrição lhe irá construir um plano personalizado, de acordo com as suas preferências, dando-lhe alternativas e ideias para não estar sempre a comer a mesma coisa e muito importante..motivação! Não acredite em dietas milagrosas… Mas acredite em si e na sua força! 🙂

Antes de mais, o que acham de criarem objetivos pessoais quanto à vossa alimentação! Já pensaram nisso? Por exemplo: Começar a comer flocos de aveia 4x por semana |  Preparar os lanches da manhã e da tarde todos os dias à noite | Comer duas peças de fruta todos os dias?

Algumas Dicas:

  • Acabe com as sobras sempre que tiver jantares em casa. Dê à sua família ou aos seus colegas do trabalho. Não há desculpas para continuar a comer as sobremesas e a pensar “é só este bocadinho”.
  • Arrume a sua dispensa e o seu frigorífico e faça uma lista de compras! É fundamental para que comece a ter uma alimentação saudável e equilibrada. Se tiver os alimentos que gosta disponíveis em casa é muito mais fácil organizar-se e preparar as suas refeições diárias. Dicas para compras mais saudáveis aqui.
  • Aproveite o início da semana, preferencialmente o fim-de-semana, para se organizar e pensar que refeições irá fazer durante a semana. Se não gosta de tomar sempre o mesmo pequeno-almoço, pense em alternativas e deixe-as preparadas de véspera. Quanto às refeições principais, tenha em atenção se tem todos os alimentos necessários à sua preparação: ir às compras depois de um dia de trabalho é cansativo, provavelmente optamos por não ir e por comer “qualquer coisa” quando chegamos a casa.
  • Cozinhe de forma saudável: Para algumas dicas, vejam a publicação aqui. Prefira os grelhados, assados, estufados, mas com pouca quantidade de gordura. Quanto aos legumes, prefira os cozidos ou estufados.
  • Hidrate-se! Como já referi, por vezes nos dias frios não apetece beber água, mas por isso mesmo também pode optar por chá, infusões, tisanas. Se não se lembra de beber líquidos durante o dia, coloque alarmes, post its no computador ou na secretária, e se preciso, no tablier do carro.
  • Para quem já pratica exercício físico, continuem! Para quem ainda não o faz, comecem! Que tal pensarem num objetivo, como fazer atividade fisica 3x por semana? Marquem no calendário para conseguirem cumprir esse objetivo!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

5 truques para uma alimentação saudável em casal

Mas porque é que muitas vezes oiço que não é possível ter uma alimentação saudável quando o(a) seu(sua) parceiro(a) não a tem? Acho que temos de perceber que TODOS temos de ter uma alimentação saudável e não é apenas para um membro da família. 

No início da relação há vários jantares fora (com direito a entradas, prato, sobremesas e bebidas) e quando vão morar juntos, existe a adaptação à mudança e há partilha de refeições.  Claro que as coisas não mudam de um dia para o outro, mas se existir um esforço tudo se consegue!

De certeza que já pensou que a perda de peso, ou até mesmo, o controlo de peso é muito mais fácil quando existe uma ajuda mútua. É importante que tanto um, como outro, percebam a importância de ambos praticarem uma alimentação saudável. Mas claro que isto não significa que de vez em quando não se pise o risco. Tal como todos, se estiverem ao pé de nós a consumir um alimento que adoramos e que não devemos consumir diariamente, é bem mais difícil resistir. Além disso, e não falando apenas de peso, TODOS nós temos de ter uma alimentação saudável.

Não gosto quando muitas vezes me dizem ´mas então vou ter que fazer refeições diferentes para mim´…CLARO QUE NÃO! Era só o que mais faltava! A comida é igual para todos, com algumas diferenças mas nas quantidades… Porque não é porque queremos perder peso, que temos de fazer batatas-fritas, rissóis, croquetes, bacalhau com natas para os que vivem connosco… e porque não? Porque eles também não precisam e só lhes faz mal!

No entanto, nunca se esqueçam que o plano alimentar de cada um tem de ser individualizado, uma vez que as necessidades energéticas variam. Mas, é  importante que partilhem as refeições que realizam em conjunto, ou seja, as refeições são iguais para os dois. E ainda mais importante, perceber que se alguém do casal quer perder peso, o(a) companheiro(a) é fundamental para que esse objetivo seja cumprido e para que exista motivação.

  • Planeiem em conjunto: Falem entre os dois e definam as refeições para durante a semana. É importante que tanto um como outro façam refeições que lhes agrade, ou seja, um de vocês cede hoje, o outro, amanhã. Claro que não é para existiram refeições diferentes na família, pois se tal acontecer, não é sustentável ao longo do tempo.
  • Partilhem a cozinha: Aproveitem para cozinhar em conjunto. Além de ser uma ótima estratégia para partilhar a confeção das refeições, podem aproveitar para conversar e contar como correu o vosso dia. Preparem logo as marmitas e as lancheiras para o dia seguinte enquanto fazem o jantar.
  • Conversem: Se alguém do casal está a tentar perder peso, é fundamental que tal seja explicado ao parceiro.  Pode crer que é muito mais fácil para que este o ajude e incentive ao longo dos dias. Além disso, também pode ser uma boa estratégias para que todos em casa comecem a ter uma alimentação mais saudável. Pode ser que comece a receber mensagens durante o dia a dizer “Já bebeste água?” 🙂
  • Objetivos: Estabeleça objetivos com o(a) seu (sua) companheiro. Se ambos tiverem um objetivo comum, vão ambos querer cumpri-lo. Por exemplo, podem combinar tomar o pequeno-almoço juntos (caso o horário seja coincidente); prepará-lo de véspera ou até enviar fotografias do almoço um ao outro. Além disso, que tal combinarem 3x por semana caminhar a seguir ao jantar? Não façam da chuva o vosso problema, é só arranjarem um impermeável 🙂
  • Jantar fora: É possível! Cada vez mais existem restaurantes com menus saudáveis e que permitem ter uma refeição fora de casa igualmente saudável e saborosa, e além disso, romântica 🙂 Sentem-se e escolham o restaurante em conjunto, de acordo com os vossos gostos e de acordo com o menu. Se um membro do casal quiser uma sobremesa, é importante que exista um incentivo do outro lado para que não seja um doce ou um bolo, mas sim uma peça de fruta ou uma salada de fruta. Se for mesmo impossível, que tal partilharem? Até é mais romântico 🙂

Concordam? Vamos lá incentivar uma alimentação saudável para toda a gente aí em casa 🙂 O mesmo para o exercício! Sou a favor de que o casal pratique exercício físico e que se motiva mutuamente! É muito mais fácil 🙂 Por isso mesmo, deixo aqui alguns artigos de desporto em desconto!

 

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook e Instagram 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha