Posts

,

6 TRUQUES PARA ORGANIZAR AS MINHAS FÉRIAS

Não sei se já andam todos a pensar nas férias ou não, mas acho que esta publicação vem em boa altura. Seja de que forma for, é sempre bom pensarmos como é que podemos tentar manter uma alimentação saudável nas férias… claro que, com alguns deslizes, que fazem parte!

Por aqui, como sabem, as férias normalmente são nos Açores (que saudades), e tento sempre manter alguns hábitos que tenho no meu dia-a-dia. Por isso mesmo, hoje vou falar sobre isso. 

  1. Manter os hábitos: Pois bem, na minha opinião não é por irmos de férias que temos de alterar TUDO… Ou seja, deixar de lado os hábitos que temos diariamente. Aquele pensamento de ´ah e tal vou de férias e é para aproveitar´, para mim não faz qualquer sentido. E porquê? Porque na verdade podemos aproveitar sempre que quisermos! Ou seja, continuar a comprar os mesmos alimentos, fazer várias refeições no dia-a-dia, fazer sopa, fazer legumes… não é por irmos de férias que isso deve acabar. 
  2. Sopa e legumes: Este hábito, se for visto como um hábito, não nos vai fazer sentido ter de ficar em stand by apenas porque vamos de férias. Ou seja, deve continuar a fazer parte das nossas refeições principais. Por exemplo, mas minhas férias os legumes fazem parte da minha lista de compras para conseguir cozinhar sopa e legumes. Mas, como é óbvio não quero que passem o dia na cozinha durante as férias, pois o objetivo é descansar… mas sempre que estiverem em casa ou a almoçar/jantar, porque não aproveitar o tempo? É assim que eu costumo fazer a sopa…. nos entretantos, sempre que vou a casa.

  3. Compras: Assim que chegarem ao vosso local de férias, uma das primeiras coisas a fazer, na minha opinião, seria ir às compras. Porquê? Para começarem as férias organizados… porque senão, começa logo mal. Pelo menos para mim, isso é essencial. Faço logo as compras, fico organizada, e fico muito mais descansada. Por isso mesmo, fazer uma lista de compras para vos ajudar, que na verdade, não deve variar muito da vossa lista de compras geral. Podem ver aqui quais são os alimentos que não faltam em minha casa.

  4. Erros alimentares: Fazem parte, claro. Como já partilhei várias vezes, no verão acabo por comer muitos mais gelados do que durante o ano. No entanto, não é por isso que deixo os outros hábitos de lado, como manter a sopa ao almoço e ao jantar, manter os legumes às refeições principais, fazer várias refeições ao longo do dia, beber água… ou seja, deixem de lado o pensamento ´perdido por 100 perdido por 1000´.
  5. Fazer receitas: Se tiverem nas vossas férias vários alimentos de que gostam, torna tudo mais fácil. Eu falo por mim. Se tiver panquecas, por exemplo, talvez já consiga resistir aos ditos bolos que existem nos Açores (isto não significa que de vez em quando não os coma). Ou seja, é importante que façam o mesmo no vosso destino de férias para que consigam também, fazer determinadas escolhas. Se querem aproveitar as férias para experimentarem receitas novas, podem ver todos os ebooks que eu tenho aqui
  6. Levar comida: Levo sempre comida comigo seja para onde for. Ora se viajo de carro, ora se viajo de comboio ou de avião. Nunca saio de casa sem nada, ando sempre prevenida. Ainda para mais este ano, que tenho o Vasco comigo 🙂 Ovos cozidos, frutos secos, queijo da vaca, fruta e panquecas são alguns dos alimentos que costumo levar sempre comigo. São práticos para transportar e rápidos de preparar, o que ajuda imenso. Tentem sempre fazer o mesmo, senão quando têm fome, vão ter de comprar alguma coisa (gastar dinheiro) que muitas vezes pode não ser o mais adequado… além disso, não gosto nada de gastar dinheiro assim, sem valer a pena.

Faz-vos sentido? Costumam fazer isto?

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha