,

6 DICAS PARA PREPARAR REFEIÇÕES NUM DIA

Uma das grandes dificuldades para uma semana saudável passa pela preparação das refeições. Ou porque não temos tempo, ou porque estamos cansados do dia de trabalho, ou apenas porque a disponibilidade para o fazer é reduzida. Agora, estando sempre em casa, também acho complicado… porque na verdade não estamos de férias, temos de trabalhar e aliado a isso, fazer tudo tudo da casa… Por isso mesmo, o planeamento, a organização e a preparação das refeições ao fim-de-semana é importante, de forma a nos aliviar esse trabalho durante a semana de trabalho. Ou seja, e mesmo em casa, tentar ter uma rotina em que semana é semana, fim-de-semana é fim-de-semana!

Por muito que às vezes nos pareça que tal é difícil e demora muito tempo, existem alguns truques que nos podem ajudar e que se aplicarmos nos dias em que temos mais tempo, como ao fim-de-semana, torna tudo mais fácil. Uma das formas para que isso seja possível, é deixar as refeições minimamente preparadas, ou pelo menos, alguns alimentos que podem facilitar esta tarefa.

Agora claro, às vezes com a dificuldade das compras, tentar adaptar com o que têm em casa:

Por isso mesmo, vou  apresentar uma lista de alimentos que pode preparar ao fim-de-semana ou no seu dia de folga, para conseguir manter uma alimentação saudável durante todos os dias da semana:

  • Legumes estufados (receita aqui) ou no forno:– É possível fazê-lo e depois guardar no frigorífico ou congelar, caso queira acondicionar durante mais tempo. Depois no próprio dia da refeição só é preciso aquecer e tem os legumes prontos (tão importantes nas nossas refeições). Além disso, se juntar ovos ou atum, fica com uma refeição completa preparada, legumes com ovos escalfados.- Tenho feito isso agora na quarentena, de forma a ter legumes para todas as refeições.. agora claro, vamos racionando um bocadinho porque nem sempre temos legumes frescos. Mesmo assim, temos tido sorte porque temos uma mercearia ao pé de casa.
  • Arroz/Quinoa/Massa/Batata: Cozinhem em maior quantidade de forma a dar para vários dias, e durante a semana podem ir juntando o que tiver em casa, de forma a variar o seu consumo. Tem estado um tempo mais quente, e fica ótimo numa salada fria por exemplo. Quando faço alguma coisa no forno, por exemplo, ponho sempre batata doce a assar, mesmo que não seja o acompanhamento dessa refeição. Mas assim, garanto que tenho para outra refeição.
  • Assados, como por exemplo lombos de salmão no forno com batata-doce assada e brócolos cozidos. Pode confecionar por exemplo dois lombos de salmão, optando por desfiar um deles para fazer uma salada fria noutro dia da semana. A batata-doce assada pode ficar guardada no frigorífico e é um alimento que pode aquecer posteriormente. Caso possa confecionar várias batatas-doces, podem ser o acompanhamento das suas refeições, sem ter de estar sempre a pensar o que irá fazer quando chegar a casa.
  • Ovos: Um alimento que pode cozer para vários dias e fica assim tanto com ovos para as refeições principais como para os seus lanches. Claro que, sem abusar do seu consumo. Se cozer por exemplo 5 ou 6 ovos ao domingo, tanto dá para juntar a uma salada fria durante a semana, como para o seu lanche em teletrabalho.
  • Peitos de frango: Pode optar por cozer vários peitos de frango ou outro tipo de carne que tenha, desfiar e guardar no frigorífico ou congelador. Desta forma, quando não tiver nada pronto para o almoço, é só retirar e fazer por exemplo, uma salada fria, uma omelete de frango ou até um empadão de frango para o seu jantar. Percebo que na quarentena, com tantas refeições por preparar, não seja fácil a organização e planeamento de refeições.
  • Aveia: Pode preparar as suas overnight oats, conhecidas como aveia adormecida, ao fim-de-semana para todos os seus pequenos-almoços. Ou então, pode também servir para os seus lanches, de forma a facilitar essa tarefa. É só colocar flocos de aveia com iogurte/bebida vegetal ou leite num frasco, e por fim uma peça de fruta. Consegue então, fazer o seu lanche ao computador, sem trabalho nenhum a preparar.

Pequenos passos transformam-se em grandes resultados, e é apenas uma questão de nos habituarmos a esta organização… porque no fim, facilita bastante o nosso dia-a-dia.

Para quem não sabe, tenho vários e-books, que podem adquirir aqui

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal de refeições principais, com receitas (3,0€)

– Ementa mensal de pequenos-almoços e snacks, com receitas (3,0€)

– 80 receitas de panquecas (3,0€)

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

0 respostas

Deixe uma resposta

Deixe o seu comentário ou partilhe as suas ideias ou experiências.
Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *