,

MARIA, TENS DESEJOS? NÃO, SEMPRE TIVE!

Para quem me acompanha, já deve saber que estou de bebé… 🙂 Hoje escrevo sobre uma questão que me têm colocado várias vezes… Se agora, com a gravidez, tenho desejos..?! Em que a minha resposta É…. NÃO, SEMPRE TIVE!

Falando um bocadinho sobre isto, e para quem o tema interessar ou para quem está na mesma situação, antes de mais é realmente importante perceber que o corpo vai sofrendo alterações. Mas como eu tenho vindo a dizer, acho que estamos mesmo ´programadas´ para a maternidade 🙂 No início, até aos primeiros três meses tive alguns enjoos, o que me fazia não querer determinado tipo de alimentos. Ou seja, tive algumas aversões, no sentido de não conseguir comer alguns alimentos como por exemplo, salmão, dourada…. ahah ou seja, muitos dos alimentos que devia! MAS, fui sempre fazendo um trabalho nesse sentido, de tentar perceber se no dia seguinte já me apetecia ou não… e com o tempo, foi passando. Agora, às 23 semanas (5 meses e meio mais ou menos), já como de tudo e nada me faz confusão.

Na época dos enjoos, apetecia-me muito hidratos de carbono e os enjoos pareciam que só passavam quando comesse alguma coisa mais doce, como por exemplo, torradas com mel. É um tipo de lanche que não costumo fazer, mas que nessa altura acabei por fazer, e realmente ficava melhor. Agora que estou de bebé tenho dito várias vezes que acho super importante o acompanhamento nutricional, não só por toda a importância que a alimentação saudável tem nesta fase, mas também para ajudar as futuras mamãs nestes dias. Eu acabei por escolher as torradas com mel, mas acredito que muitas mulheres possam não ter acesso a determinados alimentos, vão ao café e optam por um bolo ou um croassaint… o que não é de todo o mais indicado. Ou seja, o acompanhamento pelo nutricionista de forma a dar dicas e truques para essas alturas, é, na minha opinião fundamental… tanto para tentar manter uma alimentação saudável como para existir uma monitorização do aumento de peso.

Quanto aos desejos, e como já referi em cima, não tenho, sempre tive, a vida toda. Ou seja, sempre tive dias em que me apetecia mesmo mesmo um gelado, saía de casa e ia comer um gelado. Falo de gelados porque na verdade são a minha perdição. Não é por estar grávida que isso me acontece, porque sempre me aconteceu… ! E agora também acontece… mas para mim, nada tem haver com estar de bebé, mas sim com vontades (que sempre tive). Acredito que possam existir muitas mulheres que têm diversas ´vontades´, mas acho que também é importante termos sempre presente que, apesar de fazermos erros alimentares, como toda a gente os faz, não nos podemos desculpar com a gravidez… porque na verdade, se temos um bebé dentro de nós, além de nos preocuparmos com a nossa saúde, temos a responsabilidade de nos preocupar com a saúde dele! Aquela conversa do ´agora tens de comer por dois´ é uma conversa que me irrita bastante, porque na verdade, eu tenho de NUTRIR dois, e não, comer por dois. Por isso mesmo, volto a frisar a importância de ter alguém que acompanhe a gravidez, para conseguir dar combinações e dicas para ´colmatar´a vontade do doce ou do salgado… 🙂

Se me apetece mesmo mesmo um gelado, eu vou comê-lo. Tenho é de ter plena noção que o como e que depois já chega. Ou seja, o pensamento tem de ser o mesmo como senão estivesse grávida.. porque senão vou estar constantemente a desculpar-me. Nesta publicação podem ver os meus truques para resistir a doces durante o dia, e aplica-se a qualquer pessoa. Quais são as vossas maiores dificuldades? Existe algum tema sobre este assunto que gostassem que eu falasse? Estou a preparar um workshop sobre o tema de alimentação saudável na gravidez, com uma surpresa muito especial e está quase a ser divulgado.

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

 

, ,

BACALHAU À BRÁS (LOW CARB)

Olá Olá 🙂 O prometido é devido, e por isso mesmo, aqui está a receita do BACALHAU À BRÁS (LOW CARB), que foi o jantar de ontem cá em casa. Já andava a pensar nesta receita há bastante tempo e ontem foi o dia de pôr mãos à obra! É uma receita fácil de fazer, que podem adaptar consoante os ingredientes que têm em casa e além disso, fazendo em grande quantidade, dá para várias refeições. Há sempre forma de adaptarmos as receitas mais tradicionais para ficarem mais saudáveis, e com isso, não deixarmos de nos deliciar com determinados pratos… é sempre isso que eu tento passar em consulta e motivar-vos a fazer!

No próximo dia 23 de fevereiro vai haver um workshop com o tema ´Como planear uma semana saudável´e podem ver todas as informações aqui.

Ingredientes:

  • Bacalhau cozido desfiado (450g)
  • Ovos inteiros (3)
  • Cenouras (4)
  • Alho francês (2 talos)
  • Cebolas (2)
  • Azeitonas (165g)
  • Dentes de alho (8)
  • Azeite extra-virgem (3 colheres de sopa)
  • Vinagre balsâmico rosé (1 colher de sopa)
  • Tomilho (1 colher de sopa)

Modo de preparação e confeção: 

  • Comece por cortar as cebolas, alho, alho francês e cenoura às rodelas ou bocadinhos e coloque numa frigideira ou wok. Coloque o azeite e o vinagre, envolvendo bem e deixe cozinhar (cerca de 20 minutos, consoante o seu gosto pessoal).
  • Junte o bacalhau desfiado, tempere com o tomilho picado, envolva bem e deixe cozinhar (como o bacalhau já está cozido, não é preciso muito tempo, uma vez que o objetivo é que os sabores se misturem).
  • Por fim, coloque as azeitonas, bata os ovos e misture ao preparado anterior. Mexa bem e deixe cozinhar até os ovos ficarem bem cozinhados.
  • Sirva e delicie-se!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

4 DICAS PARA LEVAR UMA DIETA ATÉ AO FIM

Um tema que interessa a muita gente e um assunto que me dá muito gosto. Primeiro que tudo, quem quer perder peso tem de perceber que tem de alterar hábitos alimentares agora e daqui em diante, porque ´milagres ´não há. E como digo muitas vezes, pensem no que é um dia, chegarem ao peso que querem e manterem… com alguns erros alimentares, desde que equilibrados. E mais importante que tudo, não desistam! Porque senão, estão de desistir de vocês.

  • Dietas radicais: Sim, perde-se muito peso. Sim, têm resultados extraordinários ao fim de uma ou duas semanas. Mas será que é sustentável ao longo do tempo?! Na minha opinião não, porque acima de tudo e mais importante, é aprendermos a comer. É percebermos que temos de alterar os hábitos alimentares que talvez estejam enraizados há muitos anos, ou seja, mudar para sempre. Além disso, e muitas vezes, o resultado depois desse peso todo perdido e uma vez que houve uma redução drástica em termos de alimentos e nutrientes, é querer voltar a comer ´este mundo e o outro´.
  • Desistir?! Nunca!
    – Eu sei que é difícil por vezes não atingirmos os nossos objetivos e não perdemos o peso que tanto desejamos. Um dos grandes problemas é querermos tudo para ´ontem´. Mas se pensarmos, a vontade de desistir não vai ajudar em nada. Aliás, só vai fazer com que esse objetivo não seja cumprido. Falo nisto relativamente ao peso como a outro assunto na nossa vida. Somos nós que estamos em questão, é a nossa saúde que está em jogo. Será que faz sentido, caso não vejamos resultados na perda de peso, começar a comer novamente salgados e batatas-fritas diariamente? Não me parece! Se não conseguem cumprir a alimentação a 100%, cumpram a 80%… o que quero dizer com isto é que até podem comer uma sobremesa, mas não é por isso que também precisam de comer as entradas. Ou seja, comecem na mesma por uma sopa de legumes, mesmo que no fim terminem com um doce.
    -O mesmo relativamente ao exercício. Podem não conseguir fazer exercício diariamente, ou as três vezes que definiram, mas paciência… façam duas então! Cada passo é um passo e o caminho faz-se caminhando (podem ver algumas dicas aqui para vos ajudar a começar a praticar exercício). Uma das coisas que sugiro é termos roupa com que nos sintamos bem, pois gostar de nos ver ajuda imenso à motivação. Com o código poetenalinha têm desconto na marca oito.um e yourself, que são as marcas que tenho usado para os meus equipamentos de desconto.
  • Metas: Pode ser uma ótima estratégia para nos motivarmos e vermos que conseguimos mudar. Mas as metas têm de ser reais, fazíveis e sustentáveis ao longo do tempo. Ou seja, nada de começar a pensar que a partir de agora vamos 7x por semana ao ginásio, vamos caminhar todos os dias e não vamos comer nada que não esteja escrito no plano alimentar, mesmo que seja o aniversário do nosso pai/filho ou namorado. O mais importante para perder peso é também ser feliz, não perder a vida social e sentirmo-nos bem. Ou seja, pensem em metas como: 3x semana vou ao ginásio, vou começar a beber 2L de água, vou comer ovos mexidos ao pequeno-almoço à segunda-feira, vou comer sopa todos os dias ao almoço e ao jantar…
  • Ajuda: Quando precisamos de apoio é fundamental que falemos com as pessoas à nossa volta para perceberem a importância e o papel que podem ter. No que diz respeito à perda de peso, ainda mais. É importante que todas as pessoas estejam envolvidas… e nunca podem pensar ´ah mas eles não têm culpa de eu ter de perder peso´ porque sinceramente não percebo. Isso significa o quê? Que podem comer tudo o que quiserem? Que podem beber refrigerantes e comer gelado como sobremesa? Não faz sentido, pois apesar de não terem de perder peso, têm de cuidar da sua saúde e ter uma alimentação saudável! Ou seja, a alimentação tem de ser familiar e para todos, e não apenas para quem quer perder peso.

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , , ,

PANQUECAS DE MAÇÃ E CACAU

Mais uma receita de panquecas para experimentarem e me dizerem o que acharam. Estas foram feitas no fim-de-semana para ficar para durante a semana como pequeno-almoço. E além destas, fiz panquecas com farinha de grão-de-bico, queques de cenoura, quiche de cogumelos, panquecas de courgete no forno… uma ´carrada´ de coisas! Já sabem que na cozinha da Maria é sempre assim 🙂

Ingredientes:

  • Flocos de aveia (240g)
  • Cacau em pó (25g | 4 a 5 colheres de sopa)
  • Ovo (1)
  • Bebida vegetal, água ou leite magro (50ml)
  • Maçã cozida com canela (1)

Modo de preparação e confeção: 

  • Comece por colocar os flocos de aveia no processador de alimentos e triturar até ficar em farinha. Reserve.
  • De seguida, junte a farinha de aveia aos restantes ingredientes numa taça grande e envolva até ficar uma mistura homogénea.
  • Numa frigideira anti-aderente bem quente e sem qualquer adição de gordura, coloque o preparado anterior. Normalmente uma colher de servir sopa é suficiente para cada panqueca, dependendo do seu gosto pessoal quanto à grossura da panqueca;
  • Quando começar a formar bolhas à superfície, vire do outro lado e é um instante até estar pronto 🙂

E como acho que os utensílios que utilizamos fazem muita diferença, aqui ficam várias ideias que são mesmo a minha cara (vários deles estão em desconto, é só carregarem para verem). Além disso, podem fazer panquecas em grande quantidade e guardar em marmitas, é como eu faço em casa!

Não se esqueçam de me seguir no Facebook e Instagram 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

5 passos para um fim-de-semana saudável

Sente que o problema é ao fim-de-semana? É nesses dias que lhe apetece “pisar o risco”? Tem festas, jantares, aniversários? Pense que há sempre forma de aproveitar o fim-de-semana da melhor forma, sem deitar a perder tudo o que andou a fazer durante a semana. Claro que ao fim-de-semana é sempre mais difícil manter a alimentação que temos durante a semana, mas é possível. Além disso, o importante é quando fazemos uma “asneira”, que esta seja consciente! O que quero dizer com isto? Que não coma todos os alimentos que estão à nossa frente só porque sim!

 

E não se esqueçam que no dia 23 de fevereiro vai haver um workshop sobre ´Como planear uma semana saudável´.  Uma das grandes dificuldades é o planeamento semanal das nossas refeições e por isso mesmo, nada melhor que um workshop onde irei falar sobre esse tema. De que forma é que podemos facilitar esta tarefa? Será que é possível, com a correria do dia-a-dia, mantermos uma alimentação saudável diariamente? Se passamos o dia todo fora, será que é possível levarmos a lancheira com todas as refeições? Depois de um dia de trabalho, e stressante, de que forma é que conseguimos chegar a casa e preparar um jantar saudável? É sobre tudo isto que vamos falar! Podem ver todas as informações aqui.

 

1. Mantenha os horários e as refeições: Claro que, se calhar não acorda tão cedo como durante a semana, mas é importante que faça todas as suas refeições e não 3 durante todo o dia.

 

2. Não deixe o ginásio, a caminhada, a corrida ou os exercícios de lado. Se se mantiver ativo irá sentir-se muito melhor e com muito mais energia, além de ajudar a controlar o seu peso. Não se desculpe com o frio ou com a chuva, o impermeável tem a sua função! 🙂 Se sabe que vai ter um dia diferente amanhã, que tal marcar já na agenda que de manhã vai dar uma caminhada?!?

 

3. Tem um jantar ou uma festa? Não vá com fome! Se assim for, vai para o jantar e acaba por comer maior quantidade de comida. Tem de lanchar e não pensar “como vou ter um jantar não vou comer nada à tarde”. Truque: Coma uma sopa antes de sair de casa. Se for jantar fora, veja algumas dicas aqui. Se for em sua casa, há imensas formas de agradar os convidados mas com alguns cuidados na refeição!

 

4. Comeu uma sobremesa? Ao fim-de-semana a vontade de “sair da linha” é maior e pode acontecer. Se tiver um jantar e acabar por comer uma sobremesa ou um doce, não pense: Perdido por 100, perdido por 1000. Comeu, tudo bem, mas siga em frente e volte novamente à sua alimentação! Qual é o problema de comer essa sobremesa? Não pode ficar com peso na consciência e marterizar-se por isso! Se comeu, no dia seguinte vai manter a sua alimnetação e vai dar uma caminhada 🙂

5. Gosta de ver um filme a comer alguma coisa? Opte por snacks saudáveis: Que tal desfazer bolachas de milho ou de arroz com canela? Ficam como pipocas 🙂 Ou então frutos secos também será uma boa opção. Mais ideias, aqui.

Durante a semana consegue manter a sua alimentação dentro dos eixos? Isso mesmo! 🙂

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

Vive sozinho?! 6 dicas para e manter uma alimentação saudável

Acha que um dos factos que o faz não manter uma alimentação saudável é viver sozinho? Não lhe apetece fazer comida apenas para uma pessoa? É muito mais fácil chegar a casa, ir à despensa, pegar em “qualquer” coisa para comer… acertei? Pois bem… Vamos tentar mudar?

Então e se começar a fazer pequenas alterações? O mais fácil é realmente estar organizado e planear a sua semana para que consiga manter uma alimentação saudável. Pode crer que se conseguir manter uma alimentação mais saudável começa a ter muito mais energia, bem como melhor disposição e maior concentração no trabalho 🙂

Dicas:

  • Compras ao fim de semana com uma lista de compras! Mas claro, antes é importante que tenha definido minimamente as suas refeições.
  • Tenha sempre em casa legumes e verduras congelados: Apesar de ser preferível ter legumes frescos, e uma vez que por vezes o tempo para ir às compras não chega, tente sempre ter em casa este tipo de alimentos. É um instante até ficar cozinhado! Já pensou que se tiver uma mistura de legumes e verduras pode colocar um ovo escalfado por cima e fica com o jantar pronto?
  • Quando comprar legumes frescos tente arranjá-los de véspera (ou até mesmo ao fim-de-semana) para que no dia de confeção seja apenas colocá-los a cozer ou a estufar.
  •  Fruta: Se conseguir tenha sempre fruta fresca pois é um alimento prático que pode andar sempre consigo. Mesmo assim, porque não aproveitar para cozer algumas maçãs ou pêras e congelar? Assim quando não tiver frescas, já tem fruta preparada para os seus snacks.
  • Confecione uma maior quantidade de comida: Normalmente quando cozinho legumes estufados faço em grande quantidade e congelo. O mesmo de aplica para quando cozinho carne, peixe ou até arroz. Se em vez de fazer apenas um frango fizer dois, congelando em doses individuais dá para imensas vezes. Ou seja, sei que se não tiver tempo de fazer quando chegar a casa já tenho o jantar pronto (é só deixar a descongelar de manhã).
  • Alhos, Cebolas, pimenta, ovos, azeite, ervas aromáticas, latas de atum, tomate: Tenha sempre em casa alimentos práticos! Se chegar tarde a casa pode cozer uns ovos ou abrir uma lata de atum a acompanhar a sopa. Ou quem sabe, fazer uma omelete em maior quantidade que dê para o dia seguinte.

Aqui fica com várias ideias de receitas para as suas refeições (as receitas de panquecas por exemplo, pode fazer em grande quantidade para dar para mais tempo, é uma solução ótima)!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! 

, ,

BOLO DE AMÊNDOA NA CANECA (sem glúten)

BOLO DE AMÊNDOA NA CANECA, sem glúten ❤️ Mais um pequeno-almoço aconchegante e guloso para começar o dia 👌 Super fácil de fazer (em 5 minutos) e que toda a família vai gostar!

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de farinha de amêndoa
  • 1 colher de sopa de farinha de linhaça
  • 30 ml de claras de ovo prozis (com o código poetenalinha têm 10% de desconto em compras online)
  • 1 ovo
  • Sementes de chia q.b.

Modo de preparação e confeção:

  • Misturar tudo e levei ao microondas cerca de 3 minutos 👌

Servi com maçã raineta, manteiga de amêndoa, sementes de cânhamo, framboesas e mirtilos 😋

Um ótimo dia por aí 😘

, , , ,

Ideias de snacks para ter em cima da secretária

Passar o dia todo dentro do escritório é bastante comum, muitas vezes sem tempo para comer. Por isso mesmo, é importante que tenhamos alimentos no trabalho que nos permitam não passar o dia todo sem comer, ou então, a optar pela máquina automática ou pelo café na esquina do prédio. Quantas vezes passa muitas horas à secretária e se esquece de comer?! Quanto mais termos de nos levantar para preparar… Pense em alimentos práticos e transportáveis, que facilitem os seus snacks e que não dêem muito trabalho.

  • Frutos Secos: Pode ter sempre uma marmita com alguns frutos secos na sua secretária, desde que não sejam fritos nem salgados. No entanto, tem de ter cuidado com as doses que consome, uma vez que são alimentos calórico e com gordura.

IMG_3881.JPG

  • Bolachas de milho ou de arroz: Os pacotes grandes podem não ser muito práticos, mas agora já existem pacotes individuais. Não costumo sugerir bolachas de arroz ou de milho aos lanches, mas para quando não temos mais nada, acho que pode ser um alimento que pode estar sempre na nossa gaveta.

IMG_6399.JPG

  • Ovos: Uma boa opção para meio da manhã ou meio da tarde. Não custa nada a fazer e é super prático, uma vez que podem logo cozer logo 2 ou 3 ovos a contar com vários dias. É meio caminho andando para facilitar os seus lanches.

IMG_5887.JPG

  • Iogurte natural ou vegetal, queijo fresco ou vegetal, babybell): É só abrir e comer. Podem juntar com uma peça de fruta ou frutos secos por exemplo.

 

  • Fruta fresca, a qual pode associar por exemplo a frutos secos ou a um queijo fresco. Dependendo dos dias, pode ter as que são mais fáceis de comer como banana, maçã, pera. Além disso, caso não queira comer fruta fresca porque ´demora mais tempo, pode sempre optar por maçã cozida ou pera, que é só comer à colher.

12573717_1035181316525839_35639358967888611_n.jpg

  • Iogurte + flocos de aveia | Papas de aveia: Pode ir preparado de casa. Enquanto fazem o jantar no dia anterior, preparam o vosso frasco para o dia seguinte e ficam com o vosso lanche pronto. O truque é mesmo comprar uma ´carrada´de pacotes para ter sempre em casa, assim não há desculpas 🙂

IMG_1154.JPG

  • Panquecas: Façam em grande quantidade ao fim-de-semana e fica para vários dias. Claro que o objetivo não é para fazerem todos os dias senão acabam por ter bastante trabalho, é mesmo despachá-las para vários dias. Quem diz panquecas, diz bolo da caneca, waffles..

IMG_4529.JPG

  •  Palitos de cenoura ou de aipo, tomate cherry, frutos vermelhos: É que é só mesmo pegar e começar a comer! Podem até “mergulhar” em iogurte natural. Quando apetece “petiscar” podem ter frutos vermelhos em cima da mesa, assim vão comendo e não vos apetece outro tipo de alimentos.

tomate cherry, queijo fresco_Põe-te na linha.jpg

Facilitem, não compliquem nem arranjem desculpas.

Se por vezes não têm frigorífico no trabalho, levem covetes de gelo para acondicionar as vossas marmitas.

Caso queiram ter receitas novas para levarem para os vossos lanches, podem ver no meu E-BOOK, aqui 🙂

 

Acho que é fundamental preparar os lanches em casa e é o que eu costumo fazer! Só mesmo em raras excepções em que vão de viagem ou que vão de férias, poderá ser uma hipótese optarem por algum tipo de snack já preparado para vos facilitar a vida (fruta desidratada, frutos secos, algumas barras para dias esporádicos).

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

CREPIOCA DE LARANJA

CREPIOCA DE LARANJA para começar a manhã 🙉 Já me fui deitar ontem a pensar neste pequeno-almoço… ahah 😅 sou a única a quem acontece isso?! Não sei quanto a vocês, mas o pequeno-almoço dá-me um prazer que nem imaginam… Posso dizer que é mesmo das minhas refeições preferidas 👌Deixo-vos aqui a receita, porque mais fácil não há:

Ingredientes:

  •  2 colheres de sopa de tapioca
  • 1 ovo inteiro
  • Raspas de uma laranja e misturei tudo.

Modo de preparação e confeção:

  • Misturar todos os ingredientes numa tigela até ficarem bem envolvidos.
  • Aquecer bem uma frigideira e colocar o preparado.
  • Deixar fazer de um lado e virar do outro.

Recheei com abacate, queijo fresco @montiqueijo e frutos vermelhos 😋😋 Maçã raineta, manteiga de amêndoa @prozis e frutos vermelhos deram o toque final.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha