Posts

, ,

PASTÉIS DE BACALHAU

A receita tão pedida dos PASTÉIS DE BACALHAU, que ficaram mesmo bons! Estava com receio de experimentar fazer esta receita, porque ainda por cima era para convidados em casa, incluindo os meus pais que por vezes podem não achar tanta piada a este tipo de receitas. MAS, adoraram e repetiram, o que me deixou mesmo muito contente. Cada vez mais me convenço de que quando vou tranquila para a cozinha, e sem pressões, que as receitas saem muito bem… Quando sei que tenho de cozinhar e fazer receitas novas, as coisas já não são bem assim!

Se vos fizer sentido, até pode ser uma entrada para o natal por exemplo, ou uma forma de aproveitar o bacalhau que sobra desses dias.

Ingredientes:

  • Bacalhau desfiado (1,6Kg) – utilizei bacalhau desfiado
  • Farinha de aveia (15 colheres de sopa)
  • Grão cozido (200g)
  • Azeite (4 colheres de sopa)
  • Cebolas (3 pequenas)
  • Dentes de alho (6)
  • Ovos (4)
  • Salsa q.b

Modo de preparação e confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 200ºC
  • Comece por refogar o bacalhau num tacho com o azeite, as cebolas e o alho (o bacalhau já vem cozido, podem deixá-lo a descongelar antes). Reserve uma tigela grande.
  • Bata os ovos e misture ao preparado anterior, bem como a farinha.
  • Triture o grão num processador de alimentos (o meu é este) e depois misture ao preparado.
  • Por fim, pique a salsa e misture.
  • Molde os pastéis e coloque num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal.
  • Por cima, regue com um fio de azeite e leve ao forno cerca de 20 a 25 minutos a 180ºC.

 

A refeição depois foi com arroz de feijão e legumes salteados, que fica uma combinação perfeita! Quando experimentarem a receita identifiquem o @poetenalinha para conseguir ver, tirem fotografias e publiquem, vamos lá!

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

 

, ,

A ementa da próxima semana, aqui está 👇

E não é que consegui terminar as minhas sugestões hoje?! 👏👏 Estava a ver que não ia dar… mas eu bem sabia que vocês as iam querer ✌ E eu percebo… para orientarem as coisas para a próxima semana 👌

Digam-me lá se aprovam estas ideias 🤔 Toca a fazer a lista de compras para organizar tudo e porem mãos à obra. Pus várias ideias para irem variando ao longo da semana, mas não se esqueçam que dá sempre para irem fazendo em maior quantidade e comer ‘redon’ ✌ Dá um jeitão!

Qual é o menu que está definido desse lado?! Ou vão aproveitar algumas das minhas ideias? 🤗

Agora falta a ementa dos pequenos-almoços e snacks.. vou tentar fazer no fim-de-semana, mas também admito que vou querer descansar um bocadinho 😴

Ah… e num destes dias vou fazer um direto sobre o verão e a minha organização nas férias… que me dizem? 🙋‍♀️

Para quem precisa de várias ideias de refeições principais em modo ementais, já tenho disponíveis duas ementas mensais com as receitas. São a compilação de todas as as ementas semanais que tenho vindo a desenvolver e podem vê-las aqui.

, ,

SALADA DE GRÃO E COUCOUS

SALADA DE GRÃO E COUCOUS, para aproveitar o calor que se sente… dentro de casa ✌

Já que não saímos de casa para apanhar sol, o calor é comemorado com uma salada fresca ao almoço! Nestes dias, e com toda a logística com o Vasco, vou preferir cozinhar ao almoço e comer sobras ao jantar ? Uma vez que estamos os três juntos nos próximos tempos, há que aproveitar para fazer sempre o almoço em família ?

Acho que é agora que vou dar ‘cabo’ de todas as leguminosas que tenho cá em casa, que por preguiça ou desorganização, ainda não tinha demolhado ?‍♀️ No álbum de fotografias mostro como fiz o almoço de hoje, e não teve nada que saber!

? Comecei por preparar o couscous da @origensbio: coloquei num pirex, temperei com tomilho, sal e pimenta preta. Juntei água a ferver e cobri com um pano. Esperei cerca de 5 minutos e depois foi só ‘esfarelar’ ✌ Se andarem nas fotografias conseguem ver o processo.

? Numa wok juntei alho francês (a parte de cima, que a parte de baixo uso para sopa) e cenoura, azeite e sal. Salteei. [Em consultas já me referiram que deitam a parte de cima do alho francês fora, mas eu aproveito TUDO. E vocês?!]

? Numa tigela juntei tomate cherry às metades, pimento e cebola. Temperei.

? Tirei o grão cozido do congelador e coloquei em água a ferver para aquecer. Temperei com sal e paprika.

? Por fim, juntei tudo numa tigela ✌

Como vão gerir as refeições destes dias?! Por aqui acho que à noite ou de manhã vou pensar no que nos apetece e pôr mãos à obra! Fazer sempre em maior quantidade para quando não apetecer cozinhar, ou até, para congelar ?

Agora ando com ideias de fazer um tipo de crumble com maçã para os pequenos-almoços e uns snacks para quando apetecer trincar alguma coisa doce ? Acho que tanto tempo em casa vai dar para isso… Não vos parece?! Ahah mesmo assim, algumas sugestões são: fruta desidratada, frutos secos e chocolate partido aos bocadinhos, panquecas com um fio de mel, bolacha de arroz com chocolate ?

Mas malta… Não é para andar a comer a torto e a direito ?

, ,

A GESTÃO DAS NOSSAS REFEIÇÕES | BACALHAU NO FORNO

A gestão das nossas refeições: Enquanto fazia a sopa do Vasco, preparei o nosso jantar. Já sabia que ia ser bacalhau, mas ainda não tinha pensado de que forma o ia preparar. E já que estava na cozinha, nada melhor que fazer dois em um… porque senão, entre dar a sopa e dar a fruta, seria quase hora de jantar e nada feito!

Por norma gostamos de ter um jantar ‘fresco’, ou seja, preparado no momento. No entanto, depende muito do nosso dia, se vou ou não treinar, se temos ou não que trabalhar a essa hora, se temos de dar banho ao Vasco etc etc… Porque se há coisa que fazemos é preparar refeições sempre a contar, pelo menos, com mais duas! Ora para o meu almoço, ora para o do R ✌ Normalmente temos sempre 2 refeições de reserva no frio, para quando não temos nada.

Lembrei-me que tinha sobras no frigorífico e resolvi utiliza-las para o jantar de hoje. Parti batata-doce e batata branca, (previamente cozidas) às rodelas e pus no fundo de um pirex. Por cima, coloquei dois lombos de bacalhau @brasmar. Cortei abóbora, nabo e talos de brócolos, e pus à volta. Temperei tudo com alho, sal e tomilho. Pus no forno. Cozi 3 ovos e depois coloquei por cima. Ficou ÓTIMO!

Enquanto isso, fiz a sopa do Vasco com abóbora, nabo, talos de brócolos, batata-doce e água de linhaça demolhada (achamos que ajuda a aumenta a fibra da sopa para o ajudar a fazer ?) Depois de triturado, juntei um ovo cozido! O Vasco ADORA ovos, é impressionante ?

Podem ver tudo no álbum, em que partilho todas as fotografias. Tanto do nosso jantar, como do jantar do Vasco ?

Como é que organizam o jantar por aí?! Algum truque?! ?

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

6 DICAS PARA PREPARAR REFEIÇÕES SAUDÁVEIS NUM DIA

Uma das grandes dificuldades para uma semana saudável passa pela preparação das refeições. Ou porque não temos tempo, ou porque estamos cansados do dia de trabalho, ou apenas porque a disponibilidade para o fazer é reduzida. Por isso mesmo, o planeamento, a organização e a preparação das refeições ao fim-de-semana é importante, de forma a nos aliviar esse trabalho durante a semana de trabalho.

Por muito que às vezes nos pareça que tal é difícil e demora muito tempo, existem alguns truques que nos podem ajudar e que se aplicarmos nos dias em que temos mais tempo, como ao fim-de-semana, torna tudo mais fácil. Uma das formas para que isso seja possível, é deixar as refeições minimamente preparadas, ou pelo menos, alguns alimentos que podem facilitar esta tarefa.

Por isso mesmo, vou  apresentar uma lista de alimentos que pode preparar ao fim-de-semana ou no seu dia de folga, para conseguir manter uma alimentação saudável durante todos os dias da semana:

  • Legumes estufados (receita aqui) ou no forno: É possível fazê-lo e depois guardar no frigorífico ou congelar, caso queira acondicionar durante mais tempo. Depois no próprio dia da refeição só é preciso aquecer e tem os legumes prontos (tão importantes nas nossas refeições). Além disso, se juntar ovos ou atum, fica com uma refeição completa preparada, legumes com ovos escalfados.
  • Arroz/Quinoa: É só cozer no dobro da água, temperar a gosto e fica pronto. Pode cozinhar em maior quantidade de forma a dar para vários dias, e durante a semana pode ir juntando o que tiver em casa, como atum, ovos, frango ou peixe desfiado por exemplo, de forma a variar o seu consumo. Agora que vem o tempo mais quente, fica uma salada fria, ótima e uma ótima opção para o seu almoço. Pode juntar os legumes estufados ou legumes frescos para completar a refeição.
  • Assados, como por exemplo lombos de salmão no forno com batata-doce assada e brócolos cozidos. Pode confecionar por exemplo dois lombos de salmão, optando por desfiar um deles para fazer uma salada fria noutro dia da semana. A batata-doce assada pode ficar guardada no frigorífico e é um alimento que pode aquecer posteriormente. Caso possa confecionar várias batatas-doces, podem ser o acompanhamento das suas refeições, sem ter de estar sempre a pensar o que irá fazer quando chegar a casa.
  • Ovos: Um alimento que pode cozer para vários dias e fica assim tanto com ovos para as refeições principais como para os seus lanches. Claro que, sem abusar do seu consumo. Se cozer por exemplo 5 ou 6 ovos ao domingo, num dia em que não tenha lanche preparado pode coloca-lo numa marmita antes de sair de casa e não tem de se preocupar mais com o seu lanche. O mesmo para um almoço em que não tenha nada pronto: junta o ovo já cozido com a quinoa e os legumes, ficando com um almoço ou um jantar preparado num instante.
  • Peitos de frango: Pode optar por cozer vários peitos de frango, desfiar e guardar no frigorífico ou congelador. Desta forma, quando não tiver nada pronto para o almoço, é só retirar e fazer por exemplo, uma salada fria, uma omelete de frango ou até um empadão de frango para o seu jantar.
  • Aveia: Pode preparar as suas overnight oats, conhecidas como aveia adormecida, ao domingo para todos os seus pequenos-almoços. Ou então, pode também servir para os seus lanches, de forma a facilitar essa tarefa. É só colocar flocos de aveia com iogurte/bebida vegetal ou leite num frasco, e por fim uma peça de fruta.

Todas estas ideias ajudam a que tenha uma semana organizada e que a preocupação da questão ´o que é que vou fazer para comer quando chegar a casa´, desapareça um bocadinho. Pequenos passos transformam-se em grandes resultados, e é apenas uma questão de nos habituarmos a esta organização… porque no fim, facilita bastante o nosso dia-a-dia.

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

 

,

CREPES DE CENOURA

CREPE DE CENOURA, do episódio ‘aproveitar sobras’ ?

Queria aproveitar o galo que tinha assado, mas de uma forma diferente. Já estávamos fartos de andar sempre a comer o mesmo, então pensei que podia fazer uns crepes e rechea-los. E já agora, uma crepes diferentes do habitual… neste caso, de CENOURA ?

Super fácil de fazer, mais uma vez! Vejam bem a receita e digam -me lá se não é tão simples ? E já agora, quem é que vai experimentar?! Parece-vos bem?!

✔Para o crepe:

-100g de farinha de aveia

-2 ovos

-1 cenoura

-Pimenta preta

-Paprika

-Sal

-Juntar tudo numa tigela e envolver bem até estar homogéneo (a cenoura descasquei e triturei no 1,2,3)

-Aquecer uma frigideira e colocar uma colher de servir sopa de massa. Espalhar bem e deixar cozinhar. Virar do outro lado.

 

✔ Para o recheio

– Galo (coloquei a quantidade toda que tinha) – podem pôr a proteína que tiverem em casa (peru, frango, salmão, dourada…)

– 1 tomate

– 2 rabanetes

– 1/2 beterraba

– 1 maçã

– Coentros

Depois de os crepes estarem prontos é só rechear e aproveitarem a refeição! Adorei esta combinação e é ótimo perceber que, com os mesmos ingredientes, podem fazer refeições diferentes e saborosas!

Foi o meu almoço, do R e vai ser o jantar da avó… vamos lá ver se eles aprovam ?

E publicação tardia porque tive de ir adormecer o Vasco ahah ??

, , , , ,

Ementa para sábado e domingo

Sem ideias para a sua ementa de fim-de-semana? Fim-de-semana não tem de ser sinónimo de comer mal e deixar de lado uma alimentação saudável. Até podemos variar e sair um pouco da rotina, mas isso não significa sair totalmente da ´linha´ 🙂

 

SÁBADO

Pequeno-almoço: Pense em variar. Por vezes há muita resistência a experimentar novos alimentos.

  • Que tal ovos mexidos/cozidos + 1 fatia de pão integral (para quem gostar, pode retirar o pão e acompanhar com algum tipo de legumes ou 1 peça de fruta)
  • Papa de abacate: receita aqui
  • Papas de aveia: receita aqui

Almoço: Sopa de legumes (SEMPRE :))| Almôndegas de peru + Arroz basmati + Legumes estufados 

Lanche: Flocos de aveia + 1 iogurte natural + 1 peça de fruta (pode ser em papas de aveia por exemplo)

Jantar: Salmão no forno + Batata-doce + Mistura de legumes no forno (Ex: Abóbora, cenoura, courgete, alho francês, pimento. É só colocar um pouco de azeite por cima e colocar no forno)

 

DOMINGO

Pequeno-almoço: Panquecas (receita aqui) + Queijo fresco + 1 peça de fruta (Aproveitem para experimentar e para fazer em grandes quantidades para durante a semana)

Almoço: Sopa de legumes | Lasanha de vegetais (Ou seja, em vez de colocarem a massa típica da lasanha, porque não fazer com camada de legumes? Por exemplo, camadas de beringela e carne picada. Se quiserem colocar algum tipo de milho, podem experimentar bater requeijão ou queijo fresco)

Lanche: Bolo de microondas (receita aqui); Queques de aveia e maçã (receita aqui). Que me dizem?!? Quantas vezes apetece uma coisa diferente ao fim-de-semana? Têm sempre de pensar ´se me apetece algo doce, ou diferente, vou fazê-lo. Mas, de forma mais saudável possível´.

Jantar: Não tem paciência para fazer jantar porque é domingo? A minha dica: Vá buscar um frango de churrasco. Só precisa de fazer arroz ou batata-doce e ter legumes em cima da mesa. Ou então, se tiver alguns restos em casa, aproveite para os terminar. Por exemplo, se sobrou salmão, pode optar por fazer uma omelete com salmão desfiado. O mesmo para qualquer tipo de carne ou peixe que tenha em casa. Agora, passar o domingo sem jantar não é opção!

Podem ver mais ideias de várias receitas de:

  • Pequenos-almoços, aqui.
  • Refeições Principais, aqui.
  • Sobremesas, aqui.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

,

PARGO NO FORNO

Ingredientes:

  • Pargo (2)
  • Cebolas (2)
  • Batatas (6)
  • Alho q.b
  • Azeite q.b
  • Sal q.b
  • Coentros q.b

Modo de Preparação e Confeção:

  • Arranje o peixe;
  • Coloque num pirex uma camada de cebola às rodelas e coloque o peixe por cima;
  • Coloque as batatas à volta;
  • Numa tijela junte o azeite, o sal, ervas aromáticas a gosto e uma cerveja. Coloque por cima do peixe.

O acompanhamento foram brócolos cozidos 🙂 É um prato fácil e rápido de fazer e fica com um ótimo sabor. Se pensarem, os pratos de forno acabam por ser muito fáceis de fazer uma vez que é só colocar no forno e deixar cozinhar.

E agora fazendo as contas, vamos lá ver a quanto saiu esta refeição:

  • Pargo (2) = 4,75€
  • Batatas (5) = 0,55€                                                  -> 7,07
  • Cebolas (2) = 0,50€
  • Brócolos (1,5Kg) = 1,27€

Este prato deu para 5 refeições, agora façam as contas… Arredondando, saiu cada refeição a 1,50€ 🙂

Falta adicionar os valores dos temperos, mas uma vez que não contamos as gramas que colocamos torna-se difícil. Já viram que saiu um almoço que não foi caro (normalmente pagamos bem mais por um prato quando comemos fora) e saudável! Quando o fizermos, podemos aumentar a dose e fazer logo para 2 ou 3 refeições por exemplo.Claro que também temos de ter em conta electricidade e água, mas isso é como em todas as nossas confeções.

Tirem da ideia que ter uma alimentação saudável é obrigatoriamente caro, porque não é. Se comerem também um prato de sopa e uma peça de fruta, é capaz de ficar por volta dos 4€. É fundamental que estejam atentos às promoções existentes, normalmente semanalmente, e que se organizem de forma a conseguirem poupar em algumas refeições.

Também pode ser um ótimo prato para servir num almoço ou num jantar com amigos.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

,

Perna de Peru no forno

Já experimentaram fazer peru no forno?! Cá em casa costumo cozinhar em maior quantidade ficar com comida para o resto da semana. Ao fazer uma perna de peru no forno, dá-me para imensas refeições e já não há desculpa para não levar almoço. Que tal começarem a fazer o mesmo? Em vez de fazerem um frango, podem fazer dois. O mesmo para todos os tipo de carne ou peixe. Podem aproveitar e carregar na imagem em baixo para ficarem a conhecer os benefícios, dicas para conservar, escolher e consumir o peru.

Ingredientes:

  • Perna de Peru
  • Cebola (1)
  • Tomate (1)
  • Pimenta
  • Ervas aromáticas a gosto
  • Cerveja (1)
  • Batatas (coloquem as que acharem necessárias para as refeições)
  • Sal q.b
  • Alho q.b

Modo de Preparação e Confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC.
  • Primeiro que tudo, prepare a perna de peru, tirando as gorduras visiveis e dando uns cortes no meio para ser mais fácil cozinhar;
  • Coloque uma camada de cebola no pirex e posteriormente coloque a perna de peru por cima;
  • Hoje como haviam tomates a ficar maduros, aproveitei para colocar, cortados aos cubos;
  • Numa tigela misture as ervas aromáticas, a pimenta e o alho cortado aos bocadinhos, adicionando também a cerveja (por vezes e quando há mais tempo, pode colocar o sumo de uma laranja ou de limão na perna de peru algumas horas antes de cozinhar);
  • Lave e corte as batatas, distribuindo no pirex;
  • Coloque o preparado no forno, durante cerca de 1h a 1h30. Vire a perna de peru quando achar que a parte de cima já está pronta.

Dica: Não se esqueça de acompanhar a refeição sempre com legumes ou com uma salada! Tal como as refeições, pode fazer legumes em grande quantidade para não ter de os fazer todos os dias.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!