Posts

, , ,

5 TRUQUES ESSENCIAIS PARA NÃO ENGORDAR COM OS JANTARES DE NATAL

Chegámos à época tão esperada do ano, mas que nos trazem também algumas preocupações. Oiço muito em consulta ´agora no Natal é o problema´, ´agora vou engordar imenso´, ´secalhar nesta época não é preciso ter consulta de nutrição, não venho cá fazer nada´. Isto acontece várias vezes, não concordam?

Agora vão começar a estar cheios de almoços ou jantares de Natal… Ora é o jantar de natal dos amigos, da empresa, do ginásio, da corrida…? Normalmente, um grande “problema” para a maior parte de vocês. Uma boa forma de conseguir controlar o que comemos nestes jantares é, antes de mais, ter um dia alimentar saudável, ou seja, não passar o dia todo sem comer, à espera do jantar, com aquele pensamento típico ´não vou comer muito para aproveitar logo´. Partilho com vocês que criei um menu no blog só para o tema do NATAL, que podem ver aqui. Vou disponibilizar todas as receitas e dicas, pelo que fiquem atentos. Se subscreverem as notificações, recebem sempre um alerta quando publicar (campainha vermelha do lado direito em baixo).

Por isso mesmo, vamos lá ver alguns truques essenciais para aplicar nesta época.

  • Foco: Muitas vezes o problema não são os jantares de natal, são o decorrer dos dias até lá. Ora pois bem, chegam ao seu trabalho e levam um arroz doce, umas bolachinhas ou uns chocolates para comemorar esta época. Lá vai uma bolacha ou um chocolate, dia após dia… Mas depois, também tem os ditos jantares de natal em que também abusa… Assim é impossível manter uma alimentação saudável. Se sabe que tem um jantar, toca a cumprir o seu dia alimentar e nada de pensar ´ah mas é só hoje´.. ou então ´é só um bocadinho´.
  • Entradas saudáveis: Assim que chega ao restaurante peça logo uma sopa! Malta, não é por ser o dito jantar de natal que devemos deixar de comer sopa, desculpem lá. No entanto, caso queira alguma entrada porque lhe está mesmo a apetecer, opte por saladas (salada de polvo), queijo fresco, azeitonas ou uma salada mista. Deixe de lado o presunto, os rissóis e os croquetes (sabe o que tem de pensar? Que estas entradas existem o ano inteiro, e que não são típicas do Natal). MAS, caso a vossa perdição sejam as entradas, tudo bem. Comem as entradas mas depois não comem a sobremesa… é tudo uma questão de prioridades.
  • Prato principal: Dentro do que estiver descrito no menu, deixe de lado os fritos. Tenha em atenção o tipo de prato e opte por assados, estufados, grelhados ou cozidos. Tente evitar as lasanhas, o bacalhau com natas e as batatas fritas. Há imensos pratos saudáveis e igualmente saborosos. Caso o prato já esteja escolhido, peça uma salada ou legumes cozidos/estufados para acompanhar o prato. Por exemplo, se pedir um polvo à lagareiro ou guisado, um bacalhau assado com batata a murro, pato com arroz.. parecem-lhe más opções? Bastante saborosos e bem mais saudável que os pratos que referi atrás.
  • Sobremesas: Se realmente houver o doce que mais adora, pense nisso no início da refeição optando por entradas e pratos saudáveis, para depois comer a sobremesa sem compromisso e sem peso na consciência. Se quer comer o doce que tanto gosta, aproveite para saboreá-lo e não pensar que não o devia estar a fazer. Pode sempre optar por dividir a sobremesa. Se tem 3 jantares de natal numa semana, qual é a necessidade de comer uma sobremesa em cada um deles? Acha que é preciso comer um doce dia após dia? O problema é esse, e mais nenhum.
  • Bebidas: Como sabe, o ideal é beber água. Mas mesmo assim, se quiser optar por outro tipo de bebida, opte por um copo de vinho, uma cerveja ou um sumo natural. Deixe de lado os refrigerantes que nada nos trazem de bom!

Se pensar, não estamos a falar de ir jantar e pedir o dito “peixe cozido” ou “bife de peru grelhado”, mas sim, de ter alguma atenção e fazer escolhas mais saudáveis. Se gosta realmente de uma sobremesa, e não consegue resistir, que tal deixar as entradas de lado? Pequenas alterações resultam em grandes passos! 🙂 Além disso, estes cuidados não são apenas para termos nesta época natalícia, mas sim durante todo o ano. Como eu digo sempre em consulta, e devido a este problema com o aumento de peso no natal, nesta época o peso é para manter, não quero que andem a ´sofrer´ e ansiosos com a questão de quererem comer e não ´poderem´. Todos nós podemos comer de TUDO, desde que de forma equilibrada!

Ainda assim, não se esqueça: Pratique atividade física! Uma vez que andamos cheios de jantares de natal, façam um esforço para caminhar, correr, ir ao ginásio… Não deixem de lado a atividade física nesta altura, é fundamental para nos sentirmos bem 🙂 Não é 30 minutos do vosso dia que não vos permite estar com a família ou organizar a ceia de natal… Escrevam na agenda ou num papel e coloquem no frigorífico!

E não se esqueça…O Natal é dia 24 e dia 25! Nesses dias esteja à vontade, mas no entanto, e até lá, deixe de lado as rabanadas, os doces ou o bolo-rei. Para mim o natal é como uma festa de anos ou um aniversário… e normalmente esta época é sempre uma preocupação para a maioria das pessoas. Não se esqueçam, cada um de nós faz as escolhas que QUISER, e nada mais! Não podemos andar sempre a sofrer e com esta pressão da alimentação em cima de nós… só temos de ter um estilo de vida saudável, com asneiras pelo meio, como faz parte da vida… !

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

 

, ,

PASTÉIS DE BACALHAU

A receita tão pedida dos PASTÉIS DE BACALHAU, que ficaram mesmo bons! Estava com receio de experimentar fazer esta receita, porque ainda por cima era para convidados em casa, incluindo os meus pais que por vezes podem não achar tanta piada a este tipo de receitas. MAS, adoraram e repetiram, o que me deixou mesmo muito contente. Cada vez mais me convenço de que quando vou tranquila para a cozinha, e sem pressões, que as receitas saem muito bem… Quando sei que tenho de cozinhar e fazer receitas novas, as coisas já não são bem assim!

Se vos fizer sentido, até pode ser uma entrada para o natal por exemplo, ou uma forma de aproveitar o bacalhau que sobra desses dias.

Ingredientes:

  • Bacalhau desfiado (1,6Kg) – utilizei o bacalhau desfiado da Pescanova, as embalagens têm 400g cada uma (pode ver aqui quais são)
  • Farinha de aveia (15 colheres de sopa)
  • Grão cozido (200g)
  • Azeite (4 colheres de sopa)
  • Cebolas (3 pequenas)
  • Dentes de alho (6)
  • Ovos (4)
  • Salsa q.b

Modo de preparação e confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 200ºC
  • Comece por refogar o bacalhau num tacho com o azeite, as cebolas e o alho (o bacalhau já vem cozido, podem deixá-lo a descongelar antes). Reserve uma tigela grande.
  • Bata os ovos e misture ao preparado anterior, bem como a farinha.
  • Triture o grão num processador de alimentos (o meu é este) e depois misture ao preparado.
  • Por fim, pique a salsa e misture.
  • Molde os pastéis e coloque num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal.
  • Por cima, regue com um fio de azeite e leve ao forno cerca de 20 a 25 minutos a 180ºC.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

A refeição depois foi com arroz de feijão e legumes salteados, que fica uma combinação perfeita! Quando experimentarem a receita identifiquem o @poetenalinha para conseguir ver, tirem fotografias e publiquem, vamos lá!

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

 

, ,

WORKSHOP ´COMO PLANEAR UMA SEMANA SAUDÁVEL´ | 2 DE DEZEMBRO

Dia 2 de dezembro venham ter comigo para mais um workshop! Será a última edição do Workshop ´ Como planear uma semana saudável, de segunda-feira a sexta-feira, do pequeno-almoço ao jantar ´neste ano de 2018! Das 14h30 às 18h00, na Cru Kitchen, Lisboa. Gosto muito deste tipo de workshops uma vez que nos permite partilhar experiências, tirar dúvidas, falar do nosso dia-a-dia e de que forma é que é possível termos uma alimentação saudável sem ser complicado.

Uma das grandes dificuldades é o planeamento semanal das nossas refeições e por isso mesmo, nada melhor que um workshop onde irei falar sobre esse tema. De que forma é que podemos facilitar esta tarefa? Será que é possível, com a correria do dia-a-dia, mantermos uma alimentação saudável diariamente? Se passamos o dia todo fora, será que é possível levarmos a lancheira com todas as refeições? Depois de um dia de trabalho, e stressante, de que forma é que conseguimos chegar a casa e preparar um jantar saudável? É sobre tudo isto que vamos falar!

Irei partilhar convosco diversas dicas para que consigam levar um dia completo de refeições para o trabalho, bem como conseguirem ter o jantar pronto quando chegam a casa. Além disso, truques para que isso aconteça sem passarem horas a fio dentro da cozinha. Este workshop tem como objetivo ajudar-vos a planear e organizar a vossa semana, para toda a família aí de casa.

Assim, durante o workshop iremos colocar as ´mãos na massa´, elaborando diversas receitas para todo o dia, desde o Pequeno-almoço, aos Lanches, Almoço e Jantar. Além disso, ajudar-vos a perceber que ingredientes e alimentos são fundamentais ter sempre em casa para conseguirmos, facilmente, ter uma semana saudável.

No workshop está incluído todo o material necessário para a realização do workshop, livro de receitas e degustação!

O valor do workshop é de 40€ e inclui todo o material necessário para a realização do workshop, livro de receitas e degustação!

Em caso de desistência, o valor será reembolsado caso o cancelamento do workshop pelos participantes seja feito com 7 dias de antecedência da data do workshop a realizar. Caso não existam o número mínimo de inscrições, poderá existir a anulação do mesmo, com a devolução do valor pago na inscrição.

Para informações e inscrições façam-no através de  mariagama@poetenalinha.pt ou através do envio de mensagem em baixo.

, , ,

6 DICAS PARA COMPENSAR OS EXCESSOS DO FIM-DE-SEMANA

Por vezes ao fim-de-semana existem alguns excessos alimentares. E muitas vezes a preocupação em ficar ´na linha´novamente durante a semana é comum. Por isso mesmo… Muitas vezes pensamos: “Agora tenho de compensar tudo tudo durante a semana”, o que é pensamento este errado! O que tem de fazer é começar e manter a sua alimentação saudável, é sempre isto com que luto sempre nas consultas de nutrição!

  • Fraccione as refeições: Planeie as suas refeições: Deixe as refeições principais pensadas de véspera e leve sempre os seus lanches para o trabalho. Não passe mais de 3h sem comer. Tem dúvidas do que pode fazer ao pequeno-almoço? Veja aqui. Nos lanches da manhã e da tarde? Veja aqui. Cereais integrais, lactícineos, frutas, frutos secos, gelatina, ovo cozido são alguns exemplos.
  • Não tenha um défice energético, através de uma redução repentina de calorias (ou seja, não passe o dia a comer sopa ou a comer saladas). Faça refeições completas, equilibradas e variadas. Precisa de ideias de refeições para levar para o trabalho? Pode ver aqui. Se passar o dia todo sem comer chega ao fim da tarde/noite cheio de fome e acaba por fazer vários erros alimentares, se calhar sem se aperceber.
  • Não elimine os hidratos de carbono, pois muitas vezes acaba o dia cheio de fome e aí sim, acaba por comer o que não deve (se tem dúvidas quanto às quantidades, consulte um profissional de nutrição). Pode apenas fazer uma redução, desde que controlado. Pode optar por um jantar mais leve, como por exemplo: sopa de legumes + carne/peixe acompanhado com uma grande variedade de vegetais.
  • Faça uma seleção dos alimentos que deve consumir (deixe de lado alimentos com elevado teor em gordura e açúcares). Prefira carnes brancas, peixe, pão ou cereais integrais, iogurtes magros ou naturais, fruta, legumes, verduras. Massa, arroz ou batata doce para acompanhar as refeições. E leguminosas? Gosta? Feijão, grão, ervilhas, também são uma boa ideia.
  • Aposte na hidratação: É importante que potencie o consumo de água no dia a dia. Se não aprecia água pode aromatizar a água com fruta ou então optar por chás frios. Se é daquelas pessoas que se esquece de beber água, coloque alarmes para o relembrar.
  • Exercício físico: Não há desculpas para não o fazer. Nem que sejam 30 minutos a caminhar já é um bom começo. Organize a sua semana no sentido de conseguir fazê-lo, antes ou depois do trabalho. Na semana passada definir fazer 3x por semana exercício e fiz, é o importante: definirem os vossos objetivos e colocarem na agenda. Como costumo dizer, e para quem ainda não tem esse hábito, acho importante terem a roupa adequada para isso, uma vez que faz a diferença para que se sintam bem.

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!
, ,

13 dicas para uma alimentação saudável quando passa o fim-de-semana fora

Fim-de-semana comprido é sinónimo de viagem? Por aqui sim 🙂 Em viagem ou fim-de-semana fora é também preciso organização, andar com alimentos e com marmitas (se necessário) atrás, para não resultar em.. ir ao café/restaurante comprar “qualquer coisa” para comer. E, de certeza, com um baixo valor nutricional e não as melhores escolhas alimentares, uma vez que esse tipo de estabelecimentos muitas vezes acabam por ter alimentos à venda com elevado valor calórico, ricos em gordura e açúcar.

Primeiro que tudo, e como sempre, é preciso organização e neste caso penso que o mais importante é planear com antecedência! Claro que é chato andar carregado com alimentos e com marmitas e snacks, mas não pode ser uma desculpa para não ter uma alimentação saudável nestes dias. Para os homens,que não andam de mala, podem sempre levar uma pasta para também o conseguirem fazer. Se se tornar um hábito é muito mais fácil 😀
Vim para fora este fim-de-semana e trouxe comigo: ovos cozidos e ovos para cozer/fazer; fruta, queijo fresco, preparado de papas de aveia, granola, barras energéticas caseiras e bolachas de alfarroba caseiras. Muitas vezes os problemas do fim-de-semana são:

É o desenrasca:

  • ´Como estou de fim-de-semana e trabalho a semana inteira, não me apetece fazer comida ao fim-de-semana´. Minha gente, compreendo que queiram descansar ao fim-de-semana (tal como eu), mas isso não é desculpa para deixar os bons hábitos de lado! Até podem não querer ter trabalho a preparar refeições, mas se quiserem (e só vocês é que podem querer) ter uma alimentação saudável, podem bem fazer uma salada de atum, que demora 10 minutos a preparar, em vez de encomendarem uma pizza ou hamburguer´s! Para isso, encomendem frango de churrasco e façam um arroz (que demora 9 a 10 minutos até estar pronto)… e não me digam que abrir um pacote de batatas-fritas dá menos trabalho porque não aceito. Isto não significa que também não hajam erros, porque também os faço, mas isso é bem diferente de TODO o dia erros alimentares.

Sofá: 

  • Ora pois é! Há quem considere que o fim-de-semana é para descansar e por isso mesmo passa o dia todo de sofá. Certo? Concordo com a parte do descansar, mas discordo com a parte ´todo o dia de sofá´. Descansar é para cada um de nós o que quisermos que seja, ou seja, descansar até pode significar fazer uma caminhada ou uma corrida, pois vos garanto que relaxa e distrai bastante a nossa cabeça após uma semana de trabalho. Podem até passar o dia todo de sofá, mas acham que é uma hora de caminhada que vos vai fazer diferença? Normalmente aconselho a fazer logo de manhã para não influenciar a logística da família/casa.
  • Além disso, passar o dia de sofá a ver filmes muitas vezes é sinónio de ´petiscos´, o que também não contribui nada para o dito estilo de vida saudável. Que tal uns frutos secos com 1 quadrado de chocolate derretido para quando apetece um doce? Ou bolachas de arroz partidas com canela?

Comer e beber à fartazana:

  • É comum ao fim-de-semana pensar ´epa, estou mesmo a precisar de descansar, depois de uma semana de trabalho e por isso vou comer tudo o que me apetecer´. ERRADO! É assim, concordo que ao fim-de-semana hajam por vezes refeições e alimentos diferentes que durante a semana, semana esta em que a maioria das vezes andamos sempre a correr de um lado para o outro… mas à ´vontade´ não é à ´vontadinha´, até porque não faz sentido.
  • Para contrariar este sentimento, também durante a semana tem de fazer refeições do seu agrado e saborosas, de forma a ficar satisfeito com a sua alimentação, porque realmente se andar a cozidos e grelhados 5 dias da semana, 10 refeições, não há quem aguente!
Por isso mesmo, e para tentar ter um fim-de-semana minimamente saudável, AQUI TEM VÁRIAS DICAS: 
  • Faça as suas refeições e snacks no dia anterior à viagem. Se deixar para o próprio dia, com tanta coisa para organizar, algo vai ficar para trás. Exemplo: Levar aveia para os meus pequenos-almoços. No dia seguinte é só juntar 1 iogurte.
  • Compre diversos lanches que sejam fáceis de transportar na mala: cenouras, fruta (fácil de comer – maçã, pêra, banana), frutos secos (nozes, amêndoas), fruta desidratada, bolachas de milho/arroz (sacos individuais); vaca que ri, iogurtes bebíveis, ovos cozidos, latas de atum, latas de grão cozido.
  • Pense em quantas horas irá estar fora de casa e faça as contas aos lanches que serão precisos para todo o dia. Se o almoço é às 13h e o jantar apenas por volta das 21h, tem de fazer dois lanches. Mais vale levar a mais do que a menos! Podem sempre levar a mais para uma emergência.
  • Não se esqueça da garrafa de água! Tem de estar sempre hidratado.
Para quem não vai almoçar a casa e tem de fazer esta refeição no centro comercial:
  • Foque-se!
  • Dê uma volta no centro comercial, nas redondezas da rua e tente fazer uma escolha saudável para realizar a sua refeição: Se quer dicas para quando vai almoçar fora, veja esta publicação.
  • Deixe de lado as publicidades GIGANTES de promoções de fast food e tente ver que tipo de restaurantes lhe proporcionam uma alimentação saudável.
  • Coma bem! Não opte apenas por uma sopa e uma peça de fruta, senão o resultado será imensa fome a meio da tarde.
Acredito que, quando vamos de férias ou de viagem se torne mais difícil resistir a tentações a que normalmente não estamos expostos, mas mesmo assim é sempre possível fazermos escolhas acertadas. Lá porque vamos de férias, não tem de ser uma desculpa para “quando vou de férias não tenho acesso a alimentos saudáveis”. Que tipo de férias costuma ter?
Vai fazer praia? Pode levar sempre a sua lancheira atrás, com alimentos que lhe permita manter uma alimentação saudável. Por exemplo:
  • Snacks (Fruta; Bolachas de milho/arroz; Ovos cozidos; Iogurtes naturais ou de aromas; Palitos de cenoura ou pepino, Tomate cherry, Queijo fresco)
  • Almoço: Salada fria (massa espiral/couscous | atum ao natural/frango desfiado/peixe desfiado/ovo cozido/delicias do mar | alface, tomate, cebola, beterraba, pimento vermelho, couve coração, courgete)
Vai para um hotel com tudo incluído? Pode não ter todos os alimentos pretendidos, mas acredito que tenha alguns. Pode exemplo:
  • Pode comer pão ou cereais ao pequeno-almoço. Se colocar manteiga, não coloque fiambre nem queijo e vice-versa. Além disso, ninguém o impede de levar por exemplo os seus flocos de aveia 🙂
  • Às refeições principais peça a opção do menu que não inclua fritos e molhos. Se tiver batatas fritas, pode pedir para substituírem por arroz (já fiz isso bastantes vezes)
  • Peça sempre que lhe tragam legumes ou salada a acompanhar. Para os lanches, pode sempre andar com a sua lancheira, com algumas ideias aqui.
Não arranje desculpas para não conseguir, mas sim uma forma de o conseguir! E o mais fácil é realmente organizar-se e andar sempre com “comida atrás”. No entanto, e como é óbvio, em férias apetece sempre jantar fora e sair um bocadinho da linha, mas ninguém diz para não o fazer… Só que com conta peso e medida 🙂 Se come alguma coisa de diferente ao almoço, já não o faça ao jantar… Se come um gelado à tarde, deixe a sobremesa de lado ao jantar e vá dar uma caminhada…

Nas férias é a melhor altura para começar a praticar exercício físico. Tempo não lhe falta! Defina um horário e vá todos os dias fazer uma caminhada.

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

, ,

Pão na frigideira

Para começar o dia temos um pão na frigideira que ficou mesmo saboroso 😋 Faz-se muito rapidamente e ajuda-nos a começar o dia ainda mais bem dispostos! Quem faz para um, faz para dois ou três… 😅

Ingredientes (para dois):

  •  2 colheres de farinha de amêndoa
  •  2 colheres de farinha de linhaça
  •  2 colheres de farinha de côco
  •  2 ovos
  • 1 colher de chá de azeite
  • 1 mão de sementes de girassol

Modo de preparação e confeção:

  • Aquecer uma frigideira antiaderente
  •  Misturar tudo numa tigela (se for preciso juntar só um pouco de água para não ficar tão grosso)
  • Colocar na frigideira a quantidade certa para dar para dois pães e deixar cozinhar (quando estiver de um lado, virar do outro e colocar as sementes de girassol)

Espero que gostem e que experimentem!

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

BATIDO DE FRAMBOESAS

Um batido ou uma mousse, como vocês quiserem chamar 🙂 Mas que ficou delicioso, ficou!

Ingredientes:
🍌 1/2 abacate
🍌 1/2 embalagem de queijo quark
🍌 1 mão de framboesas congeladas
🍌 1 colher de sopa de farinha de linhaça
🍌 1 colher de sopa de sementes de chia
🍌 Água q.b

Modo de preparação:
🍌 Triturar todos os ingredientes num liquidificador ou com a varinha mágica e servir a gosto 😋😋

Deixo-vos aqui alguns exemplos de pratos que são mesmo a minha cara, já sabem! E que se carregarem na imagem, vêm pratos do mesmo género que vos podem agradar.

 

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

 

, , ,

PANQUECAS DE MAÇÃ

Bom dia 💚 Qual é o meu lema, qual é?! Fazer em ‘barda’ 😅 Fiz panquecas em grande quantidade e assim dão para vários dias! Hoje saem umas panquecas com manteiga de amendoim, kiwi e banana para começar o dia ✌️ E para quem me pediu a receita… Foi um bocadinho tudo a olho 😅 👇

Ingredientes:

  • 20 colheres de sopa de farinha de trigo sarraceno
  • 2 ovos inteiros batidos
  • 1 iogurte
  • 1 maçã vermelha cortada aos bocadinhos
  • Água q.b

Modo de preparação e confeção:

  • Envolver todos os ingredientes até ficar uma mistura homogénea e cremosa
  • Numa frigideira antiaderente, colocar a quantidade de preparado consoante o tamanho das panquecas que desejam.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Depois é só servirem a gosto!

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

,

5 truques para manter uma alimentação saudável em viagem

Férias? Viagens? Quando há dias de viagem é fundamental levar a marmita para conseguir manter a nossa alimentação, senão torna-se quase impossível. E sinceramente, na minha opinião não dá trabalho nenhum, é só uma questão de organização.  Ir ao café comprar “qualquer coisa” para comer, para mim, pelo menos, não é opção. E, de certeza, que a maioria dos alimentos disponíveis com um baixo valor nutricional, uma vez que esse tipo de estabelecimentos muitas vezes acabam por ter alimentos à venda com elevado valor calórico, ricos em gordura e açúcar.

Primeiro que tudo, e como sempre, é preciso organização e neste caso penso que o mais importante é planear com antecedência! Claro que é chato andar carregado com alimentos e com marmitas e snacks, mas não pode ser uma desculpa para não ter uma alimentação saudável. Para os homens,que não andam de mala, podem sempre levar uma pasta para também o conseguirem fazer. Se se tornar um hábito é muito mais fácil. É tudo uma questão de comprar e/ou ter os alimentos certos em casa, que garante que os possamos levar.

Dicas:

  • Faça as suas refeições e snacks no dia anterior à viagem. Se deixar para o próprio dia, com tanta coisa para organizar, algo vai ficar para trás. Exemplo: Colocar aveia numa marmita ou num saco, cozer os ovos, comprar a fruta necessária, frutos secos…

IMG_6278.JPG

  • Compre diversos lanches que sejam fáceis de transportar na mala: cenouras, fruta (fácil de comer – maçã, pêra, banana), frutos secos (nozes, amêndoas), fruta desidratada, bolachas de milho/arroz (sacos individuais); vaca que riiogurtes bebíveis.

  • Pense em quantas horas irá estar fora de casa e faça as contas aos lanches que serão precisos para todo o dia. Se o almoço é às 13h e o jantar apenas por volta das 21h, tem de fazer dois lanches.
  • Não se esqueça da garrafa de água! Tem de estar sempre hidratado.
  • Pode sempre fazer as suas bolachas (receita aqui) ou as suas panquecas (receita aqui), ou barras (receita aqui) para levar na viagem.

 

Como sabem, estou de férias nos Açores e há uma semana que passei o dia em viagem: vim literalmente carregada com os meus snacks para todo o dia: levei 5 ovos cozidos, tomate cherry embrulhado em prata, 5 pêssegos, 5 maçãs e frutos secos… depois no aeroporto optei apenas por uma sopa de ervilha e café… de resto comi o que tinha e assim consegui manter a minha alimentação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Para quem não vai almoçar a casa e tem de fazer esta refeição no centro comercial:

  • Foque-se!
  • Dê uma volta no centro comercial, nas redondezas da rua e tente fazer uma escolha saudável para realizar a sua refeição: Se quer dicas para quando vai almoçar fora, veja esta publicação.
  • Deixe de lado as publicidades GIGANTES de promoções de fast food e tente ver que tipo de restaurantes lhe proporcionam uma alimentação saudável.
  • Coma bem! Não opte apenas por uma sopa e uma peça de fruta, senão o resultado será imensa fome a meio da tarde.

IMG_6283.JPG

E além de tudo isto, se forem de férias, é fundamental manterem o exercício físico! Por cá tenho ido correr e também já treinei! Se tenho tempo, e sem horários, é algo que me dá muito prazer!

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

PANQUECAS VEGAN DE ALFARROBA

Vamos fazer panquecas para o pequeno-almoço?! Sim! Há ovos?! Não 😅 Saem umas panquecas vegan de alfarroba, sem ovo, com o dito ‘ovo de linhaça’ 👌 Ficaram bem boas e é mesmo o que apetece para começar o dia!

Ingredientes:

  • 4 colheres de sopa de farinha de aveia
  • 1 colher de sopa de farinha de alfarroba
  • 2 colheres de sopa de farinha de linhaça
  • Água q.b

Modo de preparação e confeção:

  • Comece por colocar a farinha de linhaça numa tigela e junte água até cobrir. Misture e deixe repousar até ficar género ‘papa’.
  • Junte a farinha de aveia e de alfarroba ao preparado anterior e mexa, juntando água até ficar uma mistura homogénea.
  • Numa frigideira antiaderente, coloque uma colher de sopa do preparado se quiser fazer panquecas pequeninas. Deixe cozinhar e vire do outro lado.

Pronto e é só servir! Manteiga de amendoim e frutos vermelhos foi a escolha para hoje 👌

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!