, , , ,

5 atitudes que estragam a dieta sem se aperceber

Pois é malta… há várias atitudes que temos diariamente e que acabam por nos estragar a dieta sem nós nos apercebermos! E por isso mesmo, hoje vou falar sobre isso! Que temas gostavam que abordasse por aqui? Deixem em comentário!

Ter uma alimentação ou querer perder peso não tem de ser um sacrifício e deve fazer parte do nosso dia-a-dia, ou seja, deve fazer-nos sentido e devemos querer que faça parte dos nossos dias (e não porque alguém vos disse por apenas por querer perder peso). Até porque, se uma pessoa quiser aumentar de peso deve também fazê-lo tendo em conta uma alimentação saudável e não desatar a comer alimentos ditos não saudáveis (pizzas, croassaints, bolos, bolachas). Por isso mesmo, algumas das atitudes que eu considero que muitas vezes estragam a dieta e que muitas vezes não é perceptível por vocês:

  • Fim-de-semana: Quando chegamos ao fim-de-semana queremos descansar e relaxar… até aí tudo bem e concordo plenamente! O que já não concordo é quando associamos o fim-de-semana a erros alimentares obrigatoriamente… ou seja, quando achamos que devemos fazer erros ao sábado e ao domingo porque queremos relaxar. E porque é que não concordo?! Porque acho que tem de nos fazer sentido a alimentação pela qual optamos durante a semana e por isso mesmo, mantê-la no fim-de-semana (claro que, até poderão existir alguns erros alimentares consoante os eventos que tivermos). Muitas vezes há quem comece o fim-de-semana a ir tomar o pequeno-almoço à pastelaria, depois passe pela sobremesa do almoço no restaurante, um gelado à tarde e depois as entradas do jantar… isso sim, acaba por ser exagerado e podemos tentar controlar. Se quiserem ler a minha publicação sobre ´porque é que engordo sempre ao fim-de-semana´, leiam aqui.

  • Almoçar/Jantar fora: Muitos de nós associam a ida ao restaurante com um erro alimentar… e não percebo porquê. Eu quando vou comer fora ou é porque não tenho almoço, ou é em em jantares sociais, ou para estar com os meus amigos ou apenas porque me apetece. Ou seja, e na minha opinião, se vou jantar com os meus amigos, vou porque quero estar com eles, conviver e aproveitar o momento… não tenho de obrigatoriamente fazer um erro alimentar para ´relaxar´. E acho que muitas vezes é isso que acontece! Agora imaginem que têm três jantares durante a semana e um almoço… se chegarem ao fim da semana e contabilizarem os dias em que ´pisaram o risco´, vão ser bastantes. Erros alimentares todos nós fazemos (e não acredito que não), mas como eu costumo dizer, devem valer  pena e não apenas porque sim, ou porque vamos ao restaurante. A ida ao restaurante não tem de ser uma razão ou desculpa para comer mal, até porque as escolhas que fazemos dependem só e apenas, de nós mesmos.

  • Jantar em nossa casa: Termos um jantar em casa não é, na minha opinião, uma razão para fazermos as ditas asneiras. Não é por ir gente a nossa casa que temos de fazer chouriço, pão com queijo, batatas-fritas ou sobremesas… pelo menos cá em nossa casa, não o é! Não é por não fazermos esse tipo de alimentos que os convidados ficam com fome ou mal servidos… Por exemplo, na maioria das vezes eu ofereço sempre sopa de legumes, costumo ter pão escuro, queijo fresco, requeijão… depois tenho a refeição principal e como sobremesa sirvo fruta fresca ou salada de frutas. Porque é que tenho de ter um bolo?! Para mim não faz sentido. Claro que, estou a falar de ias normais em que quero fazer um jantar cá em casa, e não de um aniversário ou de um dia em que me faça sentido fazer uma sobremesa. Até porque, para alguém que queira perder peso, por mais que pense ´vou só fazer para eles´, tal não vai acontecer… e até porque se torna difícil uma vez que todos comem! Podem ver aqui uma publicação com ideias de entradas, e aqui dicas para manter a vida social durante a dieta.

  • Porque chove ou porque faz sol: Como sabem, para mim a prática de exercício físico é fundamental a um estilo de vida saudável. Mas, acho que muitos de nós acabamos sempre por arranjar desculpas para não o fazer… ou é porque chove, ou é porque faz frio, ou é porque está muito calor… com isto eu não quero dizer que não devemos adaptar os horários do exercício consoante o tempo que está, pois ir correr debaixo de 40ºC não é o mais apropriado, mas sim, definir na agenda os dias e os horários de forma a conseguirmos manter uma vida ativa. Se está a chover, comprar um impermeável… se está calor, deixar para de manhã ou para o fim-da-tarde… tentar sempre ir adaptando. Podem ver esta publicação em que falo sobre a questão de pensarmos positivo quando começamos a praticar exercício físico.

  • É diet, light, sem glúten ou sem lactose: Pessoal, toca a ser críticos, e a analisar os rótulos dos alimentos. Vamos ver uma coisa… lá porque um pacote de bolachas é sem glúten (e vocês se lembraram que só comem bolachas sem glúten), não é sinónimo de ser saudável. Muito menos, de ser baixo em calorias ou não ter gordura ou açúcar! Aliás, muitos desses produtos não interessam minimamente incluir na nossa alimentação (tal como os outros). A maioria destes alimentos estão carregados de gordura ou açúcar, e por isso mesmo, não vos ajuda nada a perder peso.. já para não falar que não são minimamente interessantes a nível nutricional.

Espero que tenham gostado e que comentem!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

0 respostas

Deixe uma resposta

Deixe o seu comentário ou partilhe as suas ideias ou experiências.
Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *