, , ,

QUARENTENA | 5 truques para controlar a vontade de comer na Páscoa

Está a chegar a Páscoa, um fim-de-semana que seria prolongado e de convívio com a nossa família, entre pratos e iguarias típicas desta época. No entanto, este ano será diferente, cada um em sua casa. Mesmo assim, vai-nos apetecer algumas iguarias e por isso mesmo, deixo algumas dicas para tentar controlar estes dias. E como são dias especiais, e em que muitas vezes temos uma mesa cheia, nada melhor do que tentarmos aplicar alguns truques para nos ajudar nesta época.

 

FRACCIONE REFEIÇÕES: Termos as refeições definidas e organizadas, de forma a estarmos ´bem alimentados´ faz toda a diferença. Ou seja, fazer todas as refeições desde manhã até à hora de almoço/jantar faz toda a diferença. E porquê? Porque não chegamos cheios de fome às refeições! Se formos com muita fome para um jantar em que vai haver entradas ou sobremesas é bem mais fácil que queira a sobremesa do que se estiver controlado(a). Por isso mesmo, é importante que tentem fazer isso. Nestes dias tem de fazer todas as refeições, tentando então não estar mais de 3h a 3h30 sem comer!

COMA BEM: Quem gosta muito de sobremesas de certeza que muitas vezes pensa: vou comer pouco à refeição para depois aproveitar as sobremesas! Mas o importante é tentarmos pensar ao contrário, ou seja, comer bem à refeição para que depois não lhe apeteça uma grande quantidade de sobremesas e em quantidades exageradas.

DÊ IDEIAS: Apesar de todas as iguarias que temos à mesa, porque não optar também por algumas entradas ou pratos mais saudáveis? Podemos ter o queijo curado em cima da nossa mesa, mas podemos também ter um queijo fresco. Podemos fazer um queijo fresco com tomate cherry para a entrada. Quem sabe, espetadas de fruta para a sobremesa. E claro, uma salada ou legumes para acompanhar todas as refeições principais.

LEVANTE-SE: Pode parecer estranho, mas ajudar. Por vezes, levantar-se e ir arrumar a loiça faz com que não fique a olhar para todas as sobremesas que estão em cima da mesa. Por vezes, acabamos por comer as sobremesa porque estão mesmo à nossa frente e não porque gostamos.

PILOTO AUTOMÁTICO: Se não é para ser, não é! Ou seja, defino muito bem na minha cabeça como é que vai ser a minha semana e se há jantares pelo meio e ´quando´ é que me faz sentido optar por este tipo de alimentos. E digo-vos já, dá-me muito mais prazer ao fim-de-semana, ao pé da minha família, do que durante a semana só porque sim. Ou seja, agora durante a semana tentem não optar por refeições diferentes… No entanto, não é só porque é fim-de-semana que o faço! Por isso mesmo, nestes dias , pensem o que é que vos faz sentido comer e não comam só porque sim. Valorizem esse momento, desfrutem e saboreiem.

EXERCÍCIO:  Quando fazemos exercício físico ficamos com mais energia, mais bem dispostos e com menos vontade de tantas asneiras. Apesar de ser páscoa, podemos definir que vamos fazer exercício 30 minutos dia sim, dia não. Esta semana encomendei este top da prozis e esta camisola, para me motivar no exercício físico. Faz-nos sempre bem à alma 🙂 Com o código poetenalinha têm 10% de desconto no site, podem fazer as vossas compras aqui.

E POR FIM…

APROVEITE:  Fazer os ditos ´erros alimentares´ também faz parte de um estilo de vida saudável. O mais importante é na verdade termos controle sobre isso e não passarmos 4 ou 5 dias a fazê-lo, desde o pequeno-almoço à ceia. Olhe ao seu redor, pense no que aprecia mais e faça escolhas, de acordo com o seu gosto pessoal. Não se martirize e não pense ´perdido por 100, perdido por 1000´.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

, ,

QUARENTENA | 7 DICAS PARA PERDER PESO

Como costumo dizer… perder peso toda a gente perde… ! Mas manter esse peso… será que toda a gente o faz?! Vamos lá então fazer sobre isso. Começar uma dieta, seja ela a da alface, do repolho ou da cenoura… toda a gente começa! Está motivado, faz tudo o que é sugerido pelo (a) nutricionista, e perde peso. Até aí … tudo bem! E depois…? Depois desse peso perdido consegue mantê-lo?! Depois de perder 10, 20 ou 30kg, se as coisas que fez durante a sua perda de peso não lhe fizerem sentido, vai voltar novamente aos hábitos anteriores, e aí não há milagres! Além disso, e não falando apenas da palavra peso (kg), temos de nos preocupar em prevenir a doença e contribuir para a nossa saúde! Porque aquela conversa de ´aííííí que sorte, aquele(a) pode comer tudo o que quer porque é magrinho(a)´, já passou de moda.  Lá porque uma pessoa tem o peso adequado, não significa de todo, que seja saudável.

Esta quarentena tem muitos desafios, mas acho importante se conseguirmos também, tirar algum partido de coisas mais positivas… como por exemplo, ganhar hábitos alimentares que até então, não tínhamos. Estamos mais por casa, e por isso mesmo, conseguimos então, organizar as coisas de forma diferente e talvez, implementar alguns hábitos que não existiam.

Por isso mesmo, vamos lá a alguns hábitos que vocês têm de manter sempre, seja porque querem perder peso, manter o peso ou apenas ser saudáveis:

  • Tomar o pequeno-almoço: Por mim poderiam ou não, tomar o pequeno-almoço. Mas na minha opinião, a maioria das pessoas que não faz esta refeição, acaba sempre por comer mais na refeição seguinte. Além disso, habituarmo-nos sempre a fazê-lo em casa.  Além de pouparmos dinheiro, sabemos o que comemos, e isso pode ser um hábito a implementar agora! Se depois dos nossos objetivos estarem cumpridos, começarmos novamente a ir ao café tomar o pequeno-almoço e/ou o lanche, vamos novamente começar com os hábitos menos saudáveis. Até me podem dizer que quase nunca optam por um bolo de pastelaria, mas um dia vai acontecer… Além disso, o típico pão com manteiga e o galão… parece-me que existem escolhas alimentares mais saudáveis e que são muito fáceis de fazer, desde que em casa. Já para não falar no que gastam ao fim do mês… Às vezes em consulta faço as contas do dinheiro que é gasto fora, e muitas vezes ninguém se apercebe do dinheirão que gastam!
  • É só hoje: É só hoje, NADA! Vamos lá ver uma coisa: O ´é só hoje´ faz sentido em festas, aniversários ou dias especiais… e não só porque sim! Senão, passa a ser a regra e não a excepção! E este discurso é para todos, e não só para quem tem objetivos de perda de peso. Apesar de ser difícil estar tanto tempo em casa, temos de ter força para não cairmos na tentação de pensarmos ´como estou em casa, sozinho, posso fazer isto ou aquilo´…. na minha opinião, vão haver dias mais difíceis, mas então aí, tentar fazer receitas mais saudáveis para fazer o tal ´pecado´.
  • Refrigerantes ou sumos: Nem que seja ´light´ou ´zero´faz sentido andar a beber. E porquê? Porque apesar de não ter açúcar, tem outros ingredientes que nada de bom têm para a nossa saúde. Ou seja, o que devemos beber diariamente é agua e nada mais que isso! Caso, de vez em quando queiram variar, começar o dia de uma forma diferente, podem sempre fazer um sumo de laranja natural, por exemplo. Por isso mesmo, agora quando fizer as suas compras online ou for ao supermercado, não leve esse tipo de alimentos para casa.
  • Legumes: Quantas vezes se sentou à mesa sem uma porção de legumes no seu prato? Ou é porque não gosta de vários legumes, ou porque não tinha tempo, ou porque o resto da família não come… E aqui está a grande questão, toda a gente em casa deveria comer legumes (salvo excepções em que não seja aconselhado o consumo de legumes)! Ou seja, é um hábito familiar e não um hábito que tem de ser adquirido apenas por quem quer perder peso… E se não há tempo, há sempre a opção de ter legumes congelados. E se não há tempo, porque é que há sempre tempo para fazer arroz, batata ou massa?! Se há tempo para uma coisa, há tempo para outra. Agora claro… se começamos a comer legumes porque queremos perder peso e depois deixamos este hábito de lado mais uma vez, é óbvio que irá comer mais dos restantes alimentos (e não vale a pena dizer que não). Apesar de nesta fase ser mais difícil ter os frescos, sempre que encomendar ou for às compras, aproveite para trazer uma boa quantidade, principalmente de legumes não perecíveis e que se aguentem mais tempo, como couve-coração, cenouras, alho francês, beterraba…
  • Sopa: Sim Maria, sopa sopa sopa! Estás sempre a falar nisso. Pois estou! E porquê? Porque acho que é um alimento essencial à alimentação saudável e que nos ajuda imenso a controlar a fome e a saciedade. Mais um hábito que deve ser familiar, e não individual. E agora, já que estamos todos em casa, pode ser também um hábito a adquirir, por todos. Criar regras: Sopa de legumes, prato principal e fruta por exemplo…
  • Bolachas e bolachinhas: Quem é seguido por mim sabe que não sou muito a favor de bolachas, apenas como ´escape´ quando não há mais nada, ou seja, ter umas bolachas de arroz ou de milho no porta luvas para alguma situação em que não tem mais nada. Até podem apetecer algumas bolachas nesta época mais em casa, mas pode sempre tentar fazer em casa umas bolachas mais saudáveis para que não compre umas bolachas de chocolate… a pensar naquele momento em que lhe vai apetecer alguma coisa crocante e doce… Tem receita de bolachas aqui.
  • Exercício: A prática de exercício físico é fundamental para todos nós. Seja para perda de peso, como para manter o peso, como para ser saudável, ter mais energia e vitalidade. Agora em casa não é tão fácil, mas se marcar os dias e horários, como uma rotina, facilita. Pelo menos por aqui, é isso que temos feito de forma a me manter ativa!

Quanto às consultas, agora faço-as de forma online. Se quiserem informações podem enviar email para mariagama@poetenalinha.pt ou através do formulário:

, , ,

QUARENTENA | A MINHA LISTA DE COMPRAS

Então malta, como é que está tudo por aí? Hoje vou partilhar com vocês a minha lista de compras nesta época, além de dicas de como nos temos organizado. Antes de mais, claro que não tem sido fácil esta questão das compras. Há certas coisas que estávamos habituados a consumir e que agora têm ficado de lado. Ou que pelo menos, só compramos quando nos faltam mais coisas… não vamos às compras, por exemplo, apenas para comprar iogurtes… não faz sentido! Acontece-vos o mesmo?!

Assim, as nossas listas de compras têm-se baseado em:

  • Flocos de aveia:

    – Um tipo de cereal que dá imenso jeito para todas as receitas cá de casa. Ora para as panquecas, para os queques, para as waffles, uma vez que dá para utilizar em flocos ou então triturar para ficar em farinha. Além disso, e se pensarem, só para despachar é só colocar numa taça com iogurte e fruta e está o pequeno-almoço pronto… fica pronto para comer, ou para levar! Relativamente a outro tipo de cereais, é baixo em açúcar e possui proteína e fibra.
    – Quando compramos flocos de aveia, não compro só um pacote. Mas sempre fiz isso! Compro sempre 3 ou 4 para não estar sempre a faltar… e agora a mesma coisa, que assim não nos obriga a estar sempre a ir às compras. Até porque somos nós que tratamos das compras dos meus pais e por isso temos de contar com eles. Neste momento, tenho encomendado da prozis (com o cupão POETENALINHA têm 10% de desconto e podem fazer as vossas compras aqui).
  • Ovos: 

    – Um alimento com grande valor nutricional e muito versátil. Dá para cozer, para fazer mexido e também serve para todas as receitas de snacks que podem ir fazendo ao longo da semana. Se não há tempo ou estão desorganizados, mexem uns ovos e já está!

  • Atum:

    – Serve para despachar um almoço e/ou um jantar bem rápido. Se por vezes não há tempo, sabendo que têm uma lata de atum na dispensa, já sabem que pelo menos têm alguma coisa para comer e não estão constantemente a pensar ´e agora…? No entanto, agora tenho atum mas apenas para quando for preciso, pois agora tenho optado mais por utilizar carne/peixe ou leguminosas… e fazer em maior quantidade.
  • Fruta:

    – Faz parte do meu dia-a-dia, apesar de agora às vezes ser mais difícil devido às compras. Mesmo assim, opto mais por maçãs, kiwis, pêra, bananas e laranjas. Fruta que acaba por não se estragar com facilidade. Temos optado por ir à mercearia ao pé de casa, o que facilita também. Têm mercearia ao pé de vocês? Mesmo assim, não vamos apenas comprar fruta… tentamos sempre juntar tudo para comprar ao mesmo tempo! 
  • Legumes frescos: – Normalmente são obrigatórios e não podem faltar em casa. Uma das dicas que dou é comprarem legumes frescos não perecíveis, principalmente nesta fase, e assim duram mais tempo para não estarem constantemente a ir às compras.. como por exemplo couve coração, couve lombarda, cenouras, courgetes.. é o que costumo fazer porque assim garanto que no final da semana ainda tenho legumes para fazer, uma vez que ficam ótimos salteados, por exemplo.
  • Legumes Congelados: Acho que pode ser uma alternativa para quando não existem legumes frescos ter legumes à mesma na refeição… normalmente compro couve de bruxelas, brócolos e cenouras. Vou comprando de acordo com o que houver disponível, porque na verdade não sou muito esquisita ahah 🙂 
  • Batata-doce/Arroz/Massa: Outro alimento que não pode faltar cá em casa. Além disso, e de forma a não estarem sempre a cozinhar, podem sempre fazer em grande quantidade para vos dar para mais dias, para ajudar na organização da vossa semana. Acompanhamentos sempre as nossas refeições com batata ou massa ou arroz ou também leguminosas. 
  • Leguminosas: Feijão, grão, lentilhas, ervilhas…alimentos super interessantes e que devem fazer parte das nossas refeições. Além disso, são um alimento barato e que rende imenso! Deve pode fazer parte da vossa lista de compras uma vez que é super versátil também. 
  • Iogurtes: Tenho sempre em casa, iogurtes naturais. Mas agora nem por isso… como são mais frescos, não tenho conseguido ter sempre iogurtes. Mas pronto…. quando vamos ao supermercado compramos. Ora para acompanhar uns frutos secos, ora para juntar flocos de aveia, num instante se prepara o pequeno-almoço ou lanche.
  • Queijo fresco: Este já devem saber que adoro, mas agora não temos tido!  Gosto imenso para acompanhar panquecas, ovos mexidos, fruta ou frutos secos. Na verdade, agora quase nunca temos mais uma vez devido ao prazo de validade… não vamos só às compras para trazer queijo fresco, mas quando vamos, faz parte da lista de compras.
  • Frutos secos/Sementes: Este tipo de alimentos então nem se fala… super prático! Rapidamente lhe juntam uma peça de fruta, um ovo cozido ou um iogurte por exemplo. Agora encomendo sempre da prozis de forma online. Já sabem que com o cupão POETENALINHA têm 10% de desconto e podem fazer as compras aqui.
  • Carne (Bifes de peru/frango/coelho/perna de peru) e peixe (Salmão/Dourada/Robalo): Agora estando tempo em casa opto por fazer várias receitas ao mesmo tempo! Tem de ser, senão passo o dia na cozinha… e já passo muito! Além disso, encomendo a carne do talho e o peixe da peixaria Celas e Fernandes, não encomendo das superfícies grandes. Se precisarem de algumas receitas de refeições principais, podem ver aqui.

E agora… o que não pode entrar no carrinho das compras…:

  • Batatas-fritas: ´Ah.. mas às vezes não há tempo de fazer arroz então é mais fácil´…Nem pensar! Fazer arroz demora cerca de 10 minutos e se já o tiverem feito (façam em grande quantidade), não demora tempo nenhum. É só mesmo aquecer. Ou então façam batatas ´fritas´ em casa, no forno que ficam ótimas. Vejam esta receita.
  • Bolachas: Ninguém precisa de bolachas. Nem nós, nem os nossos filhos e nem sobrinhos. Se quiser comprar alguns bolachas, aconselho as bolachas de arroz, milho, marinheiras… mas agora em casa, também aconselho a experimentarem algumas receitas e tentarem deixar de lado as de supermercado. Bolachas de caju, aqui. Bolachas de aveia, aqui.
  • Refeições congeladas: Eu percebo que trabalhamos muitas horas e que por vezes não há tempo para nada, e agora, mesmo estando em casa, não temos muito tempo. Mas realmente, o valor nutricional das refeições congeladas não tem qualquer benefício à nossa saúde. Será que nos dias em que não há tempo, não pode fazer uma omelete? Grelhar um bife? Já não digo fazer um assado porque demora mais tempo… No entanto, aconselho sempre a terem legumes pré-congelados. Apesar de recomendar legumes frescos, como demoram mais tempo a preparar, pelo menos nos dias em que não tem tempo, é só cozer os pré-congelados.
  • Donuts, bolicaos, croassaints: Antes de mais respondam-me à questão…Qual é a razão para comprarem estes alimentos para casa?!?! Este tipo de alimentos não pode fazer parte das nossas compras nem da nossa alimentação. São ricos em gordura e açúcar, tendo um valor calórico muito elevado. Se alguém aí em casa está habituado a este tipo de alimentos, a quarentena pode ser uma oportunidade para ganhar outros hábitos e deixar isso de lado!
  • Molhos (maionese, ketchup): Sabem que ao adicionar este tipo de alimentos às vossas refeições aumentam bastante a quantidade de gordura que ingerem? Se querem refeições com sabor, temperem com ervas aromáticas ou especiarias , façam marinadas com vinho e alho por exemplo e confecionem o alimento no tempo correto.

Espero que tenham gostado!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

QUARENTENA | 5 HÁBITOS QUE NÃO PODEM FALTAR ÀS REFEIÇÕES

Há hábitos essenciais e que temos de manter sempre sempre sempre às nossas refeições! Claro que agora se torna um desafio, porque muitas vezes não temos os alimentos todos disponíveis e temos de gerir as compras… Mesmo assim, acho que podemos fazer um esforço para tentar manter alguns hábitos. Quais são os vossos hábitos diários? Contem-me tudo! Por isso mesmo, hoje partilho alguns hábitos que acho que são essenciais manter sempre, e para sempre!

FOME DESMEDIDA: Antes de mais, não podem chegar às refeições principais com uma fome gigante, senão vai correr mal! Acho que é muito importante que façam pequenos snacks entre as refeições para isso não acontecer, ou seja, deve ser um hábito diário que praticam, de forma a vos ajudar! Agora em casa, acabam por conseguir ter sempre disponíveis alimentos… é só uma questão de se organizarem e terem ao pé de vocês ou irem à cozinha! Deixo-vos aqui várias ideias de snacks que podem ter ao pé de vocês.

SOPA: Podem-me chamar a Nutricionista da sopa, mas é mesmo isso! Se há hábito que não pode faltar às vossas refeições é comer um prato de sopa de legumes antes do prato principal. E para mim, estando em casa, pode ser uma oportunidade para se habituarem a isso! Se tiverem este hábito, podem crer que ajuda imenso a controlar as quantidades de comida que acabam por comer, e é muito mais provável que não queiram um doces. E todos nós devíamos comer sopa, desde os mais pequenos aos mais graúdos, sem exceção! Se agora não temos tantos legumes disponíveis, quando os conseguirem comprar, aproveitem então para fazer uma sopa. Podem também optar por fazer uma sopa de legumes e leguminosas…. que fica ótimo! Deixo-vos aqui várias receitas que podem experimentar. No entanto, adaptem consoante o que têm em casa!

LEGUMES OU SALADA: Parece que pode haver tudo à refeição, mas que os legumes ou a salada podem passar o lado, não percebo bem porquê! Temos de fazer o arroz ou a batata, mas para os legumes já não temos tempo… ou seja, tempo para o resto arranjamos, para a sopa e para os legumes, nem por isso. Não concordo! Acho que se temos tempo para o resto, temos também de ter para estes alimentos que são fundamentais a uma vida saudável. Claro que por vezes a logística é difícil, mas por isso mesmo é que sou a favor de termos legumes congelados em casa para os dias em que o tempo é pouco… porque vos garanto, colocar a cozer uns brócolos congelados é bem mais rápido do que fazer um arroz ou batatas (com isto não quero dizer que o arroz ou as batatas não são igualmente importantes). Quando forem às compras ou fizerem compras online, aproveitem para encomendar legumes congelados para vos ajudar! Além disso, alimentos que não sejam perecíveis e que se aguentem algum tempo, como couve-coração, courgete, tomates, cenouras, abóbora… assim conseguem que aguente mais que dois ou três dias.

ÁGUA: Pois bem, água é o que devemos beber à refeição! Claro que se formos a uma festa e nos apetecer algo de diferente, também pode ser uma opção… mas em casa, seja durante a semana ou ao fim-de-semana, devemos sim, beber água! Até porque agora não saindo de casa, não temos esse tipo de convívios… Nada de refrigerantes ou sumos… Muitas vezes é a conversa de ´é só ao fim-de-semana´… e depois o problema é… é tudo ao fim-de-semana! E na verdade, os hábitos saudáveis devem fazer parte do dia-a-dia e não podem ser vistos como um sacrifício.

FRUTA: Há quem se preocupe em comer fruta depois da refeição… não sei bem porquê! Claro que não devemos andar a comer 10 peças de fruta por dia, mas quando as comemos, depende do dia alimentar de cada um de vocês. Deixar de comer fruta e depois ir ao gelado, à bolacha ou ao chocolate… parece-me que não é uma troca correta. Não é por comerem fruta ao jantar que vão engordar.. até porque muitas vezes acaba por nos acalmar e relaxar, ficando satisfeitos e não optando por outro tipo de alimentos.

O que acham? Concordam? Deixem os vossos comentários! 🙂

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

8 DICAS PARA A ORGANIZAÇÃO NO PÓS-PARTO

Tanto me pediram esta publicação, que cá está ela! Apesar de no título referir ´no pós-parto´, acho que algumas destas dicas dão para toda a gente que têm dificuldade em organizar-se. Pois bem, não é fácil, admito! É um desafio conseguir uma mínima organização quando temos um bebé, mas é possível… ou pelo pelos, minimamente possível. Acho que tenho um ponto a meu favor, que é não gostar de dormir durante o dia nem ficar de sofá a ver filmes… ou seja, e apesar de toda a gente me dizer que tenho de descansar durante o dia, acabo por aproveitar o tempo para fazer outras coisas (neste caso, cozinhar, escrever publicações, estender a roupa, pôr a máquina a lavar etc etc…). Isto não significa claro, que um dia não sinta necessidade de dormir e não o faça… porque é fundamental.

  • COMPRAS ONLINE: Meio caminho andado para conseguir manter a nossa alimentação. Eu sei que se pagam taxas e que muitas vezes nos faz pensar se vale a pena ou não, mas sinceramente, vale a pena. Primeiro porque se não for assim, não há compras para ninguém. Eu não vou ao centro comercial com o pequenino e prefiro que o R. venha para casa depois do trabalho para estar connosco do que ir para as compras. Além disso, as taxas que se pagam, na minha opinião, compensam em termos de trânsito, horas e parque… até porque me entregam à porta de casa. Uso as compras online para as coisas maiores, e a carne tenho também encomendado no talho do uruguai e o peixe a mesma coisa, no celas e fernandes, que tem peixe ótimo.
  • ACORDAR ANTES: Tento sempre acordar antes do baby. Porquê? Para tomar o pequeno-almoço e me despachar antes que ele acorde com fome. Além disso, porque assim também consigo despachar algumas coisas, como responder a emails, estender a roupa ou fazer alguma comida (como na segunda, em que comecei logo a fazer uma sopa de legumes de manhã e a cortar legumes). Claro que há coisas que acabam por ficar a meio se ele acorda, mas termino depois. Há dias em que ele me troca as voltas e acorda antes ou ao mesmo tempo, e aí adapto… ou dou logo maminha (desculpem mas agora esta palavra faz parte do meu dia-a-dia), ou então como num instante (pequeno-almoço já preparado) para depois tratar dele. Não é fácil porque nem todas as noites correm bem, mas eu prefiro assim. Pelo menos quero acordar às 7h00. Já houve dias em que quis ficar a dormir, mas depois ia ficar irritada de não conseguir, pelo menos, tomar o pequeno-almoço.
  • PEQUENO-ALMOÇO/SNACKS PRONTOS: Não sou uma pessoa que goste de comer pão com manteiga ou cereais com leite ao pequeno-almoço (isto, todos os dias claro). Um pão quentinho com manteiga sabe sempre bem ahah mas depende da ocasião. Neste caso, estou a falar do dia-a-dia. Se andamos sempre numa correria o dia todo, com o bebé ao colo, a mudar fraldas, a dar de mamar, quase não temos tempo para preparar alguma coisa para nós ou para comer… por isso mesmo, se tivermos coisas no frigorífico já preparadas, é só abrir e voilá… Podem ver por exemplo o que fiz no fim-de-semana passado na galeria de fotografias em baixo. Tive panquecas, muffins, quiche… é só mesmo abrir a marmita e comer! 
  • PANO: Nas primeiras semanas não tinha forma de colocar o pequenino ao colo e ficar com mãos livres… desde que tenho o pano é bem diferente, porque consigo fazer coisas com ele ao colo. Senão, era muito difícil. Acho mesmo que é essencial porque nos permite ser mais organizados e fazer coisas em casa, apesar de demorarmos o dobro ou o triplo do tempo… ahah
  • QUANTIDADES: Se antes já fazíamos grandes quantidades, hoje nem se fala. E tem mesmo de ser, pelo menos para nós. Mais uma vez, facilita muito pegar e aquecer. No fim-de-semana fizemos 30 almôndegas, 1kg de frango com caril, 1 frango no forno e uma quiche. Ou seja, ficámos com refeições para toda a semana, não falando dos dias em que até cozinhamos alguma coisa. Na segunda-feira, fiz uma wok cheia de legumes (courgette, nabo, alho francês) e cozi uma panela cheia com outros legumes (couve, alho francês, nabo). Cozemos 1/2 pacote de massa também, e fiz uma chávena de arroz que deu um tacho cheio. Como já referi várias vezes, claro que comer a comida acabadinha de fazer é ótimo, mas nos dias de hoje tem sido muito difícil (se antes o era, imaginem agora) e o nosso objetivo é comer bem, manter os nossos hábitos saudáveis e não acabar a encomendar comida a torto e a direito ou a deixar passar as refeições porque não há tempo para as fazer. 
  • FACILITAR: Se calhar facilito de mais, mas sou mesmo assim. É mesmo, descomplicar. E dou-vos dois exemplos:
    – Normalmente para fazer arroz, coloco cebola cortada, alho picado e azeite… ou seja, a receita típica de arroz. Esta semana, fiz arroz assim que acordei (às 7h00), para ficar para o almoço, porque depois ia sair. E como o pequenino estava a acordar e não havia muito tempo, pus água a ferver, sal e o arroz lá para dentro… mais nada! E porquê?! Porque senão tivesse sido assim, não ia ter arroz ao almoço e ia ficar a pensar nisso a manhã toda.
    – Os legumes que referi que cozi em cima, supostamente ia saltear. Mas como não tive tempo durante o dia e já não tínhamos legumes para o jantar, meti água a ferver, sal e os legumes. Ou seja, saíram cozidos. Mais uma vez, salteados são bem mais saborosos, mas é o que é… prefiro ter legumes do que não os ter.
  • APROVEITAR TODOS OS BOCADINHOS:
    – Na segunda-feira fiz a sopa às prestações ahah e já não é a primeira vez. Ou seja, o baby estava a dormir e eu pús os legumes todos na panela de pressão com sal e água e ficou a cozinhar. Depois o baby acordar, tive de dar maminha (desculpem, mas agora maminha faz parte do meu vocabulário diário) e depois fui para a ginástica, ou seja, a sopa ficou a meio porque não a triturei. Depois, à tarde tratei do resto. É o que é, não ia deixar de ir à ginástica para acabar a sopa. 

    – Já estendi roupa às prestações também. Porque isto é tudo uma incógnita. Mas não faz mal, a roupa fica mais amachucada depois passasse a ferro, tem de ser esse o espírito. Ou pelo menos, é esse o meu espírito ahah
  • NAMORADO/MARIDO: Para quem tem um companheiro, acho fundamental que repartam funções. Aqui em casa fazemos os dois questão de ter hábitos saudáveis, mas caso não fosse assim, considero que é essencial dividir tarefas. No domingo, por exemplo, eu é que fiz os snacks todos mas depois não tive tempo de lavar e arrumar a loiça antes de almoço (tive de dar maminha), por isso foi o R. que tratou da cozinha. No sábado, ele é que fez as refeições todas (almôndegas, frango com caril…). 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Espero que tenham gostado e que deixem a vossa opinião! Mais dicas?!

Temos nova campanha na prozis que começa hoje (podem fazer as vossas compras aqui). As minhas compras favoritas e que encomendo sempre são: manteiga de amendoim e de amêndoa, lascas de coco, aveia instantânea sem sabor e com sabor a chocolate, cajus, nozes, barras 0% (para quando vou de viagem) e claras de ovo.

Aproveito para referir que agora estou apenas a realizar consultas de nutrição online, mas que não deixei de fazer consultas. Se quiserem informações/marcações podem enviar email para mariagama@poetenalinha.pt ou através do formulário em baixo:

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

4 DICAS PARA REDUZIR AS CALORIAS DO SEU DIA-A-DIA

Sabia que existem alguns truques que o podem ajudar a diminuir o seu consumo energético durante o dia? Muitas vezes a perda de peso está associada a uma dieta radical e a uma diminuição drástica de alimentos, mas não tem de ser obrigatoriamente assim.

  • Não se esqueça do pequeno-almoço: Se não começar o dia com um pequeno-almoço cheio de nutrientes e que lhe dê energia, é bem provável que acabe o seu fim de tarde a consumir alimentos altamente calóricos e cheios de gordura e açúcar.
  • Tenha atenção aos rótulos: Um simples atum em óleo é bem diferente que um atum em água. O mesmo se passa com a maioria dos alimentos, pelo que é fundamental que vá com tempo às compras e que perca algum tempo a analisar os rótulos dos alimentos.
  • Planeie as suas refeições, organiza-se: Se levar os seus lanches para o trabalho e tiver as suas refeições minimamente pensadas consegue controlar os alimentos que ingere ao longo do dia. Se tal não acontecer, fica com fome, passa no café e come o que lá houver. Para quem ainda não viu a publicação de dois dos meus hábitos semanais, aqui fica 🙂
  • Coma sopa: Antes das refeições tente comer sempre uma sopa, isso irá fazer com que diminua a quantidade de comida no prato principal. Além de ser estar cheia de vitaminas e minerais, ajuda a aumentar a saciedade.

Não se esqueçam de me seguir no Facebook e Instagram 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

,

PERDIDO POR 100, PERDIDO POR… 👇

 

100… 💪

Como já partilhei com vocês, a semana passada foi um desafio 😴 Por isso mesmo, não houve nem um treino!

Felizmente, no que toca à alimentação, temos conseguido ser organizados, porque ou a comida está no frigorífico e é só aquecer ou faz-se alguma coisa rápida. Ou seja, não implica ter de sair de casa ou adaptar horários.

Esta semana foi assim, mas acredito que a próxima será melhor 💪 A célebre frase ‘perdido por 100, perdido por 1000’ não encaixa em mim. Ou seja, tive até ao dia de hoje sem conseguir treinar, mas caso amanhã consiga ir, nem que seja uma caminhada, eu vou 💪

Se fosse a pensar que está tudo perdido, deixava o que me faz sentido para trás. Não é fácil, não! Quando temos determinados objetivos e temos de deixar para trás algumas coisas que gostamos de fazer, não é fácil! Mas esta semana, o Vasco precisou de muito mimo e, apesar de ser também prioridade, eu tenho muito tempo para treinar. Para a semana acredito que já vou conseguir! Se me fez falta?! Claro! Mas a vida é mesmo assim.

Claro que até poderia ter treinado em casa enquanto ele dormia, mas não podia acumular trabalho… que acumulado já ele está 👨‍💼

O mesmo na alimentação. Malta, se comerem uma fatia de bolo num aniversário, comam com prazer. Aproveitem o momento e deliciem-se! Não pensem é que depois está tudo perdido e que têm de comer as 5 sobremesas que estão em cima da mesa🍦 Era só o que me faltava pensar que, ao comer serradura (a minha sobremesa preferida), estaria a sair do meu estilo de vida saudável 😅 porque fazer este tipo de escolhas, desde que de forma consciente, também faz parte de um estilo de vida saudável. Esse auto-controlo pode ser adquirido, e é uma das prioridades que tento passar em consulta! É essencial na gestão do peso ou de um estilo de vida saudável.

E vocês?! Como é que costumam lidar com estes desafios?!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

DESPACHAR TRABALHO 👇👇

… é o lema cá de casa 🤗

Se antes já fazia grandes quantidades, agora nem se fala, já que o tempo ‘encurtou’🤱😅 Dá-me mesmo muito jeito ter os pequenos-almoços e os snacks para durante a semana. Ora pegar e aquecer, ora descongelar para o dia seguinte ou apenas rechear… 👌

Quando me ponho na cozinha, o nosso forno fica assim! Ora faço muffins, ao mesmo tempo que faço um bolo e granola… Isto tudo, quando muitas vezes também faço o jantar! Tanto para aproveitar o calor do forno, como para aproveitar o tempo em que estou na cozinha 👩‍🍳 Já fazem o mesmo por aí?! Pela quantidade de mensagens e fotografias que me enviam, parece-me que sim 🤗🤗

Ficam já com a receita da granola!

🥜 320g de flocos de aveia

🥜 80g de sementes de abóbora

🥜 80g de nozes

🥜 20g de lascas de coco

🥜 40g de cajus

🥜 3 colheres de sopa de azeite

🥜 2 colheres de sopa de manteiga de amendoim

🥜Numa tigela juntar os flocos de aveia, as sementes de abóbora, as nozes e os cajus partidos grosseiramente e as lascas de coco.

🥜 Juntar o azeite e a manteiga de amendoim e misturar bem até ficar bem envolvido.

🥜 Levar ao forno pré-aquecido durante cerca de 20 minutos (podem mexer ao fim de 10 minutos). Deliciem-se! 😋

E o lema aí de casa?! Qual é?! 🤔👇 E assim se passa um fim-de-semana num instante, com vontade de que fosse novamente sexta-feira! Se foi bom?! Adorei! Só passa é num instante 🤦‍♀️ E hoje fui correr 10km à chuva… soube tão bem que nem imaginam! Se há dias em que tenho de treinar é mesmo ao sábado e ao domingo 👌

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

6 DICAS PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL QUANDO PASSA O DIA TODO A TRABALHAR

Hoje escrevo sobre um desafio comum a várias pessoas… como organizar a lancheira quando passamos o dia todo fora de casa, o que levar e como levar. Hoje em dia trabalhamos bastantes horas, andamos o dia todos stressados, andamos no trânsito, temos de chegar a casa e tratar do jantar, entre outras coisas por aí em diante… e depois acabamos por descurar o quê?! O que comemos! Ou seja muitas vezes não estamos organizados e acabamos por não levar nada para durante o dia, o que faz com que vamos comer ao café, almoçar ao restaurante, escolher um bolo do ´carrinho dos bolo´da empresa, ou mesmo optar por não comer nada…!

É um desafio?! É. É complicado a organização?! Pode-se dizer que sim! É possível?! De certeza.

Todos nós temos a nossa vida, todos nós temos os nossos compromissos e prioridades… mas se há coisa que temos de fazer todos os dias é comer! Por isso mesmo, NUNCA, mas NUNCA, deve deixar de ser uma prioridade. Mas claro, cada um com a sua opinião. Por isto mesmo, de que forma é que eu me organizo quando passo o dia todo fora de casa?! De que forma é que consigo manter uma alimentação saudável nesses dias?! Além disto, e nestes dias mais trabalhosos, se eu não levar as minhas marmitas, chego a casa ´morta´de fome e com vontade de comer este mundo e o outro… porque não me alimentei bem durante o dia.

  • Prioridade: O mais importante! Se a nossa alimentação não for uma prioridade para nós, nada feito! Podemos ter pouco tempo, podemos trabalhar muito, podemos ter filhos, podemos ter isto e aquilo… mas se for uma prioridade, vamos arranjar maneira de o fazer. Como já partilhei anteriormente, já fui para a cozinha às 00 fazer legumes porque não tinha para o dia seguinte… sabem o que é que eu digo sempre? E que é o meu lema? É A VIDA MARIA!
  • Alimentos em casa: Já falei deste tópicos diversas vezes, mas na verdade das coisas mais importantes. Porque caso não tenhamos os alimentos em casa, qual é a solução para uma lancheira saudável? Nenhuma! Por isso mesmo, podem ver nesta publicação quais são os alimentos que tenho sempre em casa e que não prescindo… e explico porquê… Posso não ter tempo para preparar um lanche todo xpto, mas se tiver um saco de frutos secos e fruta, é só agarrar e levar.
  • Lancheira grande: Pode parecer ridículo, mas faz toda a diferença. No meu caso, ando com a mochila do computador, com a mala do ginásio, com a balança e com a lancheira… se tiver que levar duas ou três lancheiras ninguém aguenta ahah Por isso mesmo, agora no natal o R. ofereceu-me esta lancheira, que eu já andava a falar nela há imenso tempo, porque dá para levar tudo e mais alguma coisa! Precisava mesmo de uma que me permitisse levar tudo, e coisas a mais, para estes dias em que estou fora. Preciso sempre de levar coisas a mais, do que sentir que me vai faltar comida! Desta marca, e a titulo informativo, com o código poetenalinha têm 10% em compras online.
  • Deixar preparado: Se sabem que amanhã vão passar o dia fora, já têm de fazer o jantar de hoje a contar com o almoço de amanhã… pelo menos é o que eu faço, porque eu ou como em casa, ou levo marmita (não gosto de gastar dinheiro em restaurantes a almoçar, para isso prefiro ir jantar fora no fim-de-semana). Se não fizerem isso é quase impossível.. eu pelo menos não queria muito ter de acordar mais cedo no dia a seguir para fazer o almoço (mas já aconteceu). A mesma coisa para os lanches… se querem levar iogurte, aveia e fruta, podem logo colocar no frasco ou na marmita… se querem levar panquecas, têm de as ter feitas… !
  • Quantidade grande: Se me seguem no facebook e instagram, percebem que quando vou para a cozinha, estou sempre com as mãos na ´massa´. Ou seja, se vou preparar o jantar, aproveito para fazer panquecas, bolachas, queques, cozer ovos, fazer legumes estufados (às vezes duas panelas)… e porquê?! Porque assim consigo garantir que tenho várias coisas preparadas. Ou seja, o meu pensamento é sempre ´já que vou para a cozinha, vou aproveitar para assegurar a minha semana toda´, e torna tudo bem mais fácil.
  • Relaxe: Se tem mais fome nesse dia porque se fartou de trabalhar, ou até porque lhe apetece algo de diferente, não complique. Já me aconteceu querer ir ao café comer um pão, e foi isso que fiz. Normalmente digo sempre na consulta de nutrição que se quiser ir lanchar ao café, pode ir, desde que escolha pão.. e não outros alimentos. Porque na maioria das vezes, fazemos do pão o vilão, mas não nos preocupamos com o chocolatinho à noite, com as bolachas à tarde, com a sobremesa quando jantamos fora… e na verdade isso é que temos de excluir do nosso dia-a-dia.

Um dia típico meu quando passo o dia fora:

  • Pequeno-almoço: Ovos com fruta | Panquecas com iogurte e fruta | Pão na frigideira + Iogurte
  • Meio da manhã: Frutos secos + 1 iogurte líquido | Frutos secos + 1 banana | 1 ovo cozido
  • Almoço: Sopa (ou então como fora) | Marmita com carne/peixe desfiado + Arroz/Massa/Batata/Feijão + Legumes salteados ou estufados ou salada (mais no verã0) + 1 peça de fruta
  • Lanche: Panquecas (levo na marmita) + 1 peça de fruta + Frutos secos | 1 queijo fresco + 1 peça de fruta | Iogurte + aveia + Fruta
  • 2º Lanche: Bolachas de arroz/marinheiras | 1 ovo cozido + 1 peça de fruta | Queijo fresco

Chego a casa e como logo a sopa… e depois janto normalmente… 🙂 Deixo-vos aqui algumas publicações que podem gostar:

Espero que vos tenha ajudado, e que apliquem estas dicas. Nós só não fazemos o que não quisermos, somos capazes de fazer tudo tudo tudo! Concordam com o que escrevi? Qual é a vossa opinião? Quais são as vossas maiores dificuldades? Que temas gostavam que abordasse no blog? Comentem! 🙂

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!