, ,

PANQUECAS DE AMÊNDOA (só com 2 ingredientes)

E esse fim-de-semana?! Que tal?! Uma receita para o vosso pequeno-almoço, panquecas quentinhas de amêndoa (só com dois ingredientes)

  • Juntar 2 colheres de sopa de farinha de linhaça e 4 colheres de sopa de água para fazer o chamado ‘ovo de linhaça’.
  • Mexer e deixar repousar.
  • Juntar 2 colheres de farinha de amêndoa e misturar até ficar homogêneo.
  • Numa frigideira anti aderente bem quente, colocar a quantidade de preparado de acordo com o tamanho das panquecas que quer.

Depois é só dar asas à imaginação para fazer a combinação perfeita!

Querem mais ideias de pequenos-almoços?! Tenho um ebook com 50 receitas de pequenos-almoços e snacks com o valor de 2,5€, que podem adquirir aqui.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

6 dicas para fazer a combinação certa no seu prato

Quantas vezes nos perguntamos de que forma é que devemos comer? O que é que devemos, ou não, incluir no nosso prato? É sempre uma dúvida de muitas pessoas e então vamos lá falar sobre isso. Na minha opinião, se deve só comer uma sopa?! Não! Se deve comer um bife grelhado com salada?! Não! Se deve comer uma empadinha? Não!

Antes de mais é importante referir que falo na generalidade, pois as especificidades de cada prato devem ser avaliadas e definidas em consulta, consoante os objetivos de cada um e de acordo com as suas necessidades energéticas.

As nossas refeições devem sim, ser constituídas por sopa, prato principal e uma peça de fruta, caso tenham vontade de uma sobremesa.

  • SOPA: Acho que devemos começar o nosso prato com uma sopa de legumes porque na verdade, nos ajuda também, a diminuir a quantidade no prato principal. Além disso, ajuda-nos a manter a saciedade ao longo do dia e ´acalma-nos´ no que diz respeito a certas vontades que por vezes existem. Se me perguntarem se devem, ou não, comer sopa em restaurante porque tem batata, podem ver a minha opinião sobre isso, aqui. Agora, quando não é sopa de legumes e é canja, por exemplo, acabo por não pedir porque é arroz e carne, ou seja, como se fosse uma refeição. MAS, isto não significa que não possamos comer canja, estou só a referir que antes de um prato principal deve ser uma sopa de legumes.
  • PRATO PRINCIPAL:

-Pois bem,  carne ou peixe, hidratos de carbono (arroz, massa, batata, quinoa, feijão, grão, ervilhas, lentilhas) e legumes (todos eles, os que estiverem disponíveis consoante o local onde está). Caso não inclua na sua alimentação carne/peixe, terá de existir então uma adaptação das quantidades e das combinações a fazer.

-Normalmente temos a ideia de que não podemos comer arroz/massa/batata às refeições (porque muitas vezes é o que nos dizem), mas na verdade não é bem assim. Muitas das pessoas que acompanho, entram na consulta sem comerem este tipo de alimentos, e saem da consulta a comer… sempre com medo de não emagrecer! E é como eu digo sempre, o que engorda não é o arroz ou a massa ou a batata (desde que consumidos nas quantidades certas) mas sim todos os outros alimentos que consumimos, e que não nos fazem falta nenhuma (folhados, folhadinhos, bolachas, bolachinhas…). Tenho um artigo em que falo sobre isso, sobre a ideia de que os hidratos de carbono são os vilões, e podem ler aqui.

– Carne/peixe grande parte de nós inclui no seu prato, até porque é sempre servido em restaurante ou então levamos de casa. Quanto a esta parte, não sugiro andar sempre a comer cozidos e/ou grelhados. Eu gosto de peixe cozido ou bife grelhado, mas todos os dias ninguém aguenta. Guisados, assados, estufados… também podem ser incluídos na nossa alimentação, desde que depois não vamos lá molhar o pãozinho ou comer a pele 🙂

-Legumes ou salada: 3 folhas de alface e uma rodela de tomate não conta, que normalmente é o que é servido no restaurante. Levar de casa torna mais fácil controlar a quantidade que levamos, mas mesmo assim, normalmente é o que levamos em menor quantidade. Por isso, acho que devem investir neste acompanhamento e que devem sempre levar uma boa quantidade. Além disso, nos restaurantes, podemos sempre pedir à parte… que é o que eu faço. Ou então, pedir para diminuir na dose de arroz ou batata, por exemplo, e pedir legumes. Ou sou eu que tenho muita sorte, ou a mim trazem-me sempre (só mesmo se não tiverem).

  • FRUTA: Ah e tal porque a fruta não pode ser comida no final da refeição... sinceramente, isso são conversas! Pode sim, e não tem problema nenhum. Se nos apetece terminar com algo mais doce, se sentimos que nos ´falta alguma coisa´ ou que não estamos satisfeitos, acho que devemos comer a fruta no final da refeição. E porquê? Porque já estamos a prevenir a possibilidade de ´erro´que pode vir depois. Muitas pessoas não ficam satisfeitas, depois vão ao café e pronto… lá vai de pastel de nata. MAS, normalmente também aconselho o consumo de fruta entre as refeições para servir como snack, e por isso, se consumirem também às refeições, convém ter atenção às quantidades consumidas… só isso. Sabe-me tão bem uma laranja depois do almoço/jantar 🙂

Quais são as vossas maiores dúvidas quanto aos almoços e jantares? No próximo dia 23 de março vai haver um workshop com o tema ´Marmitas saudáveis para o trabalho´, e podem ver todas as informações aqui.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

Panquecas de abacate

Dias de experiências que saem bem, e neste caso, panquecas de abacate! Muito fáceis de fazer, rápido e que podem deixar no frigorífico para irem comendo ao longo da vossa semana. E como existem muitos amantes de abacate, aqui fica mais uma ideia para variar o seu consumo.

Ingredientes:

  • Flocos de aveia (1o colheres de sopa)
  • Abacate (1)
  • Ovos (2)
  • Água (50ml)

Modo de preparação e confeção:

  • Coloque todos os ingredientes no liquidificador até ficar com uma mistura homogénea. Eu fui colocando a água aos poucos, em vez de toda de uma vez, o que ajudou na mistura.

Agora, nem todos vocês podem gostar destas panquecas, uma vez que fica um pouco amargo.. ou seja, depende dos vossos gostos pessoais, mas nada melhor que experimentar. Além disso, podem sempre colocar 1 peça de fruta para dar o doce à massa das panquecas.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

3 dicas para o ajudar a combater a publicidade

A publicidade a bolachas, bebidas e alimentos açucarados é imensa! Se por vezes para nós é difícil distinguir o que realmente é saudável ou não, quanto mais as crianças. Além disso, nem têm consciências dos malefícios deste tipo de alimentos! Além disso, a maioria das vezes esta publicidade acaba por estar associada a momentos agradáveis para as crianças, o que as faz muitas vezes pedir aos pais para comprar esse alimento.

  • Antes de mais seja o exemplo. Se tal não acontecer, nada feito. Não podemos dizer às crianças que não podem comer gomas porque faz mal aos dentes e depois nós fazermos.
  • Explique por que razão quando vão às compras não passam pelos corredores das batatas-fritas, chocolates ou bolachas. É fundamental que eles percebem desde cedo os malefícios desse tipo de alimentos.
  • Perca tempo na zona dos legumes: Que tal sugerir que o seu filho escolha um legume que ainda nunca experimentou e desafiá-lo para depois ajudar a cozinhá-lo?

Cuidado com tudo o que passa na televisão ou na rádio, não podemos ir em modas e considerar que o alimento xpto é super saudável. Posso-vos dar já um exemplo: As batatas fritas, lá por serem light, continuam a ser batatas fritas, é exatamente a mesma coisa! Por mais light que sejam nunca vão ser um alimento saudável. Dou-vos um exemplo prático: bolachas de arroz, normalmente aconselho. Mas, sem chocolate! As bolachas de arroz surgiram e depois vieram as bolachas de arroz com camada de chocolate. Lá porque são de arroz, não é uma opção de escolha para o lanche.

Por isso mesmo, aqui ficam algumas dicas para a hora da decisão de compra:

  • Desconfiem sempre! Sabem bem que há bastantes alimentos na moda, e por isso mesmo, as marcas têm de se adaptar e produzir produtos que estejam adequados à época.
  • Escolham sempre os mais simples: Se quiserem adicionar fruta, façam-no em casa. Se quiserem juntar sementes, façam-no em casa… etc etc…
  • Tenham em atenção os rótulos: Claro que não quero que percam um tempo infinito a olhar para os rótulos de todas as embalagens, mas hoje em dia os rótulos estão disponíveis na internet. Ou então, se já forem com os cereais que vão comprar definidos, não ponham em hipótese experimentar outros. Analisem primeiro e depois é que compram.

 

Dicas para a escolha de cereais de pequeno-almoço para crianças, aqui.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

5 pequenos-almoços a menos de 1,50€

Estamos numa nova semana, e nada melhor que vos dar ideias de pequenos-almoços para estes dias! Além disso, quero-vos mostrar como pequenos-almoços saudáveis não é sinónimo de serem caros… deixo-vos aqui as contas todas que fiz para perceberem isso. Até porque, se formo ao café tomar o pequeno-almoço talvez não gastemos menos que 2€ ou 3€, e também, na realidade, em casa podemos ser nós a escolher como queremos começar a manhã. Enquanto que, no café, temos de optar pelo que lá existe.

Deixo-vos em baixo ideias de cinco pequenos-almoços, com as respectivas receitas em baixo para se quiserem experimentar! Acho que vão gostar! E ainda melhor, podem aproveitar e ficam com ideias para a semana toda 🙂 Claro que, podem ir variando consoante o vosso gosto.

Não entrei em conta com a água e com a eletricidade, mas penso que não iria fazer uma grande diferença no valor, até porque algumas das receitas não precisam de ser cozinhadas. O objetivo é mesmo mostrar-vos que ter uma alimentação saudável não é obrigatoriamente caro, e que, se fizerem em grandes quantidades (como as panquecas), além de vos ajudar em termos de organização, também acabam por gastar menos dinheiro. Os valores que fui buscar foram de marca branca, por isso, claro que há variações em termos de preço consoante o alimento que consideramos.

Quem precisar de ideias de pequenos-almoços, fiz um ebook com 50 receitas que tem o valor de 2,5€. Podem adqurir aqui.

Receitas (é só carregar em cima):

Espero que tenham gostado e que tenham uma ótima semana! Já foram treinar?! Já definiram na agenda os dias em que vão? Eu hoje vou correr e amanhã vou ao crossfit 🙂 Os fones fazem parte da minha corrida, porque senão, admito que é muito complicado para mim correr… preciso de música com ritmo e que me motive!

Comentem as publicações dêem a vossa opinião, proponham-me temas para escrever 🙂

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

 

,

5 FORMAS DE CORTAR CALORIAS NO SEU DIA-A-DIA

Existem alguns truques que podemos ter no nosso dia-a-dia de forma a cortar calorias, quase sem nos apercebermos.  Muitas vezes a perda de peso está associada a uma dieta radical e a uma diminuição drástica de alimentos, mas não tem de ser obrigatoriamente assim. Tem sim, de perceber de que forma é que tem de deixar ´certas´ calorias de lado.

 

  • Não se esqueça do pequeno-almoço: Se não começar o dia com um pequeno-almoço cheio de nutrientes e que lhe dê energia, é bem provável que acabe o seu fim de tarde a consumir alimentos altamente calóricos e cheios de gordura e açúcar. E por isso mesmo, deve começar o dia com um pequeno-almoço que ajude a controlar a sua saciedade ao longo do dia, de forma a deixar esse tipo de calorias de lado.

 

  • Tenha atenção aos rótulos: Pode ser light ou diet, mas o melhor é mesmo ´que não tenha rótulo´. Ou seja, que deixe os produtos industrializados de lado, optando pelos mais ao ´natural. Se por vezes até pode dizer 0% de açúcar, pode ser rico em gordura e vice-versa. Um simples atum em óleo é bem diferente que um atum em água. São calorias que não valem de todo a pena, pelo que deve optar por alimentos ricos sim, nutricionalmente. É fundamental que vá com tempo às compras e que perca algum tempo a analisar os rótulos dos alimentos.
  • Planeie as suas refeições, organiza-se:Se levar os seus lanches para o trabalho e tiver as suas refeições minimamente pensadas consegue controlar os alimentos que ingere ao longo do dia. Se tal não acontecer, fica com fome, passa no café e come o que lá houver, ou seja, consumi determinados alimentos altamente calóricos que deve evitar.
  • Coma sopa:Antes das refeições tente comer sempre uma sopa de legumes, isso irá fazer com que diminua a quantidade de comida no seu prato principal. Além de estar cheia de vitaminas e minerais, ajuda a aumentar a saciedade ao longo do dia.
  • Legumes: Pois bem, se não temos um prato constituído por sopa, prato principal (proteína, hidratos de carbono e legumes), claro que vamos comer mais do ´resto´. É fundamental acompanhar todas as nossas refeições com legumes, seja que refeição for. Muitas vezes há a ideia de que não há tempo para fazer, mas uma solução é então ter legumes congelados em casa. Eu cá tenho sempre, o que dá imenso jeito!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

Frittata de espinafres e batata-doce

Mais uma receita para porem em prática, mais uma ideia para as vossas refeições principais! Além de saborosa, não dá trabalho nenhum (tal como eu gostooooo). Apesar de considerar que para uma alimentação saudável é fundamental estarmos minimamente organizados, não é preciso termos muito trabalho e passarmos horas na cozinha… mas sim, ter imaginação e perceber que combinações é que podemos fazer entre os ingredientes para nos permitir isso mesmo… alimentação saudável, saborosa e sem muito trabalho!

Se precisarem de ideias de refeições principais ora têm um ebook com 50 receitas ora têm vários ebooks com ementas mensais, que podem ver aqui.

Vamos lá passar à receita:

Ingredientes:

  • Ovos inteiros (6)
  • Claras de ovos (3)
  • Batata-doce cozida (1)
  • Queijo parmesão ralado (1/2 chávena)
  • Pimenta preta (1 Colher de chá)
  • Tomate cherry (1 chávena)
  • Cebola (1/2)
  • Cogumelos (6)
  • Espinafres (1 chávena cheia)
  • Orégãos (2 colheres de sopa)
  • Alho (2 dentes)
  • Pimenta preta q.b
  • Sal q.b

 

Modo de preparação e confeção:

  • Bata os ovos com as claras e misture o queijo parmesão e os orégãos.
  • Numa frigideira, salteie os tomates cherry, a os espinafres, os cogumelos, o alho e a cebola com 1 fio de azeite, cerca de 4 a 5 minutos.
  • Esmague a batata-doce e adicione à frigideira, envolvendo com os restantes ingredientes.
  • Adicione os ovos por cima e deixe cozinhar até ficar pronto. Pode colocar uma tampa por cima para ajudar a cozinhar.
  • Corte em fatias e sirva com uma salada.

 

Espero que tenham gostado, que experimentem e que partilhem!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

5 truques ESSENCIAIS para não petiscar tudo quando chega a casa

Ora pois bem… Muitas vezes uma das dificuldades quanto à alimentação saudável é o fim da tarde, não é verdade? E porquê? Será que não pode estar relacionado com passar o dia a comer pouco ou muitas horas entre as refeições principais? Quantas vezes come 1 peça de fruta a tarde toda? Ou umas tostinhas? Ou bebe um iogurte? Pense nisso! Normalmente após esta modificação no plano alimentar as diferenças são significativas e a vontade de “comer tudo” passa. Ainda por cima a essa hora, ao fim da tarde, só apetecem coisas que não devemos: pão, queijo, bolachas etc etc…

Assim:

  • Não passe mais de 3h sem comer! Faça um esforço e ande com snacks ou lanches bastante práticos e que consiga comer quando não é possível fazer um intervalo no trabalho (Ideias aqui).
  • Nada de bolachinhas ou só um iogurte ao pequeno-almoço! Tem de começar bem o dia e de forma equilibrada! Papas de aveia, Ovos mexidos, Cereais integrais são alguns exemplos (Ideias de pequenos-almoços, aqui).
  • Almoce bem! Nada de saladinhas ou só uma sopa ao almoço. Ninguém se alimenta com isso, vai passar a tarde cheio de fome e assim que chega a casa…É possível almoçar bem e saudável em quase todos os sítios. Em Portugal há sempre uma forma de comer carne/peixe, acompanhar com salada/legumes e arroz, por exemplo.
  • Se só chega a casa por volta das 19h/20h, talvez signifique que precise de dois lanches da parte da parte. Se tal não acontecer, chega a casa cheio de fome e nessa altura os alimentos que lhe apetecem podem ser ricos em açúcar e em gordura. Além disso, é importante que os seus lanches estejam bem definidos, de forma a ter prazer a comer e que mantenha a sua saciedade ao longo do dia.
  • Sopa em casa, sempre! A minha estratégia é chegar a casa e comer logo a sopa, antes do jantar. É mesmo o melhor que fazemos. Deste modo faz com que não ande a petiscar tudo o que lhe aparece à frente. Para muitos a sopa no verão não sabe bem, mas agora não há desculpas.

Além disso, podem sempre tentar que o vosso escape deixe de ser a comida e passe a ser outra coisa… como por exemplo, ir dar uma caminhada quando chegarem a casa, de forma a relaxar de um dia stressante de trabalho! Quem sabe?! Garanto-vos que faz muito bem e que relaxa bastante!

Para quem não sabe, tenho vários e-books, que podem adquirir aqui

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal I e II de refeições principais, com receitas (3,0€)

– Ementa mensal I e II de pequenos-almoços e snacks, com receitas (3,0€)

– 80 receitas de panquecas (3,0€)

Não se esqueçam de me seguir no Facebook e Instagram ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

PATÊ DE CENOURA 👇

Aos fins-de-semana parece que nos apetece sempre qualquer coisinha diferente… verdade?! 🙋‍♀️ Ora uma entrada, ora um almoço mais de ‘tacho’, ora uma bela sobremesa 😅

Aqui por casa não há maionese nem nada dessas coisas e por isso mesmo, optei por fazer um patê à minha maneira! Desta vez foi de cenoura, mas vocês podem adaptar de acordo com o que tiverem aí por casa… abóbora, abacate, batata-doce, atum, frango, peixe… É à vontade do freguês 🤣

É fácil de preparar, fica saboroso e dá uma bela cor à nossa mesa 👇

– 2 cenouras cozidas

– 1 iogurte natural

– 1 colher de sopa de azeite

– 1 dente de alho picado

– Pimenta preta q.b

– Sal q.b

– Salsa picada q.b

– Triturar as cenouras com a varinha mágica e colocar numa tigela. Juntar os restantes ingredientes e envolver bem até ficar uma mistura cremosa. …. servir a gosto ✌

Ora com palitos de cenoura, pimento ou curgete, ora com bolachas de arroz ou marinheiras… é como preferirem!

Dica: isto é para de vez em quando… O objetivo não é atacarem as entradas e depois ficarem sem fome para almoçar 🤦‍♀️ Espero que gostem e que experimentem 😘

Andei estes dias a preparar este miminho para vocês e espero que gostem 🙂 Já há muito tempo que me diziam que gostavam de ter uma compilação das minhas receitas em suporte digital ou em livro, então lembrei-me de fazer este E-book com a maioria das receitas que têm disponíveis no meu site, o qual tem o valor de 2,50€. Vejam aqui como o podem adquirir.

, , ,

PANQUECAS COM RASPAS DE LARANJA

Aqui fica mais uma receita de panquecas de forno, que podem experimentar para variar as vossas refeições!

Ingredientes:

  • Farinha de espelta (200g)
  • Bebida vegetal (300ml)
  • Ovo (1)
  • Queijo quark (200g)
  • Raspas de laranja

Modo de preparação e confeção:

  • Coloque num processador de alimentos (o meu é este) todos os ingredientes e triture até obter uma mistura homogénea.
  • Numa frigideira anti-aderente bem quente e sem qualquer adição de gordura, coloque o preparado anterior. Normalmente uma colher de servir sopa é suficiente para cada panqueca, dependendo do seu gosto pessoal quanto à grossura da panqueca;
  • Quando começar a formar bolhas à superfície, vire do outro lado e é um instante até estar pronto ?

Depois é só empratar a gosto! 🙂

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha