, , ,

5 formas saudáveis de cozinhar

Aquela ideia de ter que andar sempre a comer grelhados e cozidos quando queremos ter uma alimentação saudável já devia ter passado de moda! Já devia mesmo, porque não é nada disso. Eu gosto muito de peixe cozido ou de bife grelhado, mas calma… não todos os dias! Além disso, se andarmos sempre a comer esse tipo de refeições é que temos a ideia de que temos uma alimentação restritiva e sem sabor nenhum.

E existem tantas formas de cozinhar saudáveis, que é uma questão de irmos sempre variando:

Saltear: Normalmente faço os legumes salteados na wok, utilizando azeite, ervas aromáticas, especiarias e um pouco de sal. Claro que, se abusarmos na quantidade de azeite que utilizamos, aí sim, deixa de ser uma confeção saudável, mas isso é como em tudo. Podem ver várias receitas de legumes para acompanhar as vossas refeições, aqui.

Cozer: Tanto para os legumes como para carne/peixe. Normalmente os legumes que cozo são mais brócolos, couve portuguesa, cenoura, nabo… de resto, faço mais salteados ou estufados. Quanto à carne, e até para facilitar as vossas refeições durante a semana, podem cozer carne, desfiar e guardar no congelador para quando não têm nada, fazerem por exemplo uma salada. Para o peixe, a mesma coisa.

Grelhar: Gosto muito de bifes grelhados com limão e ervas aromáticas por exemplo. Peixe grelhado também acho que é mesmo mesmo bom! Mas agora, andar sempre a comer grelhados acho que não é o mais adequado e é uma grande seca!

Assar: Frango assado, perna de peru, pargo, rolo de carne, rolo vegetariano… há imensas receitas que podemos fazer no forno. Além disso, a coisa boa é que ao mesmo tempo que preparamos as refeições principais no forno, podemos fazer batata-doce assada, panquecas de forno (receita aqui), muffins (receita aqui)… é uma questão de aproveitar o tempo e o calor do forno.

Guisar ou estufar: Frango guisado, almôndegas, caldeirada… são alguns exemplos. O problema não é optar por este tipo de confeção, é sim, a quantidade de gordura que utilizamos, bem como depois ir molhar o pão no molho que fica no tacho. Isso sim, tem de ser evitado. Não é por comer frango guisado (sem pele e sem molho), que lhe faz mal à dieta! Aliás, se variar este tipo de confeções, é muito mais fácil cumprir o plano alimentar porque sente que não está constantemente em restrição.

Se quiserem saber mais sobre refeições saudáveis ou marmitas saudáveis, dia 13 de abril vai haver um workshop sobre marmitas saudáveis? Por enquanto não há mais nenhum agendado, por isso aproveitem. Podem ver todas as informações aqui.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

0 respostas

Deixe uma resposta

Deixe o seu comentário ou partilhe as suas ideias ou experiências.
Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *