Posts

, ,

Eu sou a Maria, Nutricionista… e não estou de DIETA!

PESSOAL… Eu não estou de dieta! Acho que é muito importante partilhar com vocês a minha visão sobre este assunto! Ora bem, e para começar.. não gosto da palavra dieta. E não gosto porquê? Porque dieta em Portugal está muito associado a passar fome, comer cozidos e grelhados e não ter qualquer prazer nas refeições. Por isso mesmo, nunca digo esta palavra, porque só de pensar nela já é um sofrimento. Concordam?
Eu sou a Maria. Sou Nutricionista e não estou de dieta. A alimentação que tenho no meu dia-a-dia é a que eu escolhi para a minha vida. Foi o estilo de vida que escolhi. Um estilo de vida saudável, nada mais que isso. Quando tenho de fazer asneiras também as faço (não acredito que haja alguém que nunca o faça)…mas minha gente, não é todos os dias! Como já vos disse, eu sou igual a vocês, ou seja:
  • Se passo a tarde toda sem comer, só que apetecem “coisas que não devo” ao fim-da-tarde
  • Quando estou naquela época que só as mulheres sabem, só me apetecem doces
  • Quando há festas ou aniversários, ou por exemplo de férias, tenho uma alimentação diferente do que no dia-a-dia, ou seja, também como os ´ditos alimentos´
  • Às vezes também me dá vontade de doces só porque sim…
Eu como de tudo, tudo mesmo! Quando vou a jantares não digo ´ah eu não como isto ou aquilo´, mas sim, como uma sopa antes de sair de casa. Ou seja, tudo se trata de estratégias e de o que nos faz sentido ou não fazer. E claro, no próprio jantar faço as minhas escolhas e só como o que realmente quero.
Agora, tudo isto tem de ser controlado, e eu tenho de conseguir, ou pelo menos tentar, controlar! É o grande desafio disto tudo. Ter uma alimentação saudável tem de nos fazer sentido, temos de querer! Não podem querer ter uma alimentação porque a Nutricionista X vos diz, ou porque ouviram dizer que é bom. Tem de fazer sentido para vocês quererem ter SAÚDE e cuidarem dela! E mais uma vez, isto não significa passar fome, comer cozidos e grelhados! Desculpem insistir nisto, mas como oiço tantas vezes “agora estou de dieta”…
Acham que faz sentido comer todos os dias bolachas? doces? sobremesas? refrigerantes? folhados? donuts? Acham mesmo?!? Acho que temos de começar a ter noção de todas as consequências que isso nos trás! Posso partilhar com vocês que quando faço um “erro alimentar”, o meu desempenho na corrida diminui bastante, o que me deixa mesmo mesmo chateada! Ou seja, qual é a conclusão a que chego? Que esse tipo de alimentos só me faz mal!
Ter uma alimentação saudável não é:
  • Comer só cozidos e grelhados;
  • Deixar de comer arroz, massa, batata, ervilhas, grão, feijão;
  • Deixar de comer pão ou cereais;
  • Deixar de comer fruta, nomeadamente banana, dióspiro, manga, papaia;
  • Comer apenas um iogurte ou 1 peça de fruta ao lanche;
  • Comer apenas uma saladinha ao almoço;
E acima de tudo, não é passar fome! Pelo contrário, ter uma alimentação saudável é:
  • Comer bem!!!
  • Comer todos os alimentos de forma adequada e equilibrada: Dependendo dos nossos gostos e de alguma patologia que possamos ter, podemos comer pão, cereais, lacticíneos, fruta, arroz/massa/batata, peixe/carne assada/guisada/estufada/cozida/grelhada, legumes ou saladas, frutos secos, ovos…
  • Comer frequentemente, de acordo com o nosso dia-a-dia (pequeno-almoço, meio da manhã, almoço, lanche, jantar e se necessário, ceia);
  • Incluir sopa ao almoço e ao jantar (o que é que custa? Não arranjem desculpas para não comer este alimento, ou é porque está calor ou é porque ficam cheios e já não conseguem comer o segundo prato…). Irá ajudar-nos a manter a saciedade ao longo do dia. Mas, se um dia não lhe apetecer, não tem de comer!
  • Deixar de lado alimentos processados, como bolos de pastelaria, bolachas, donuts, bolicaos etc…Podem crer que isso sim, pode ficar de lado, e para sempre! Pois não faz falta nenhuma! Não comer pão e depois comer bolos?!? Não!
  • Reduzir a quantidade de gordura que utilizamos para fazer as nossas refeições;
  • Não comer pão à refeição. E porquê? Porque já comemos ou arroz, ou massa, ou batata-doce, ou grão ou feijão… Que tal deixarmos para os intervalos das refeições?
Agora e importante, uma alimentação saudável inclui por vezes fazer um erro alimentar. Não é por ter um aniversário ou um casamento e comer uma fatia de bolo que deixar de ter uma alimentação saudável! O importante é saber que no dia seguinte não irá fazer novamente nenhum erro alimentar e até pode ir dar uma caminhada. Tudo com conta, peso e medida.
Além disso, e para terminar, ter um estilo de vida saudável e entenda-se disso praticar exercício físico, não é ir 3h para o ginásio. É sim, praticar exercício físico consoante as suas necessidades e de acordo com o que gosta. 30 minutos de caminhada 4x por semana é assim tanto? Claro que, é fundamental que seja acompanhado por um profissional de desporto que defina o que deve fazer (artigos em promoção em baixo).
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!
, , ,

MUFFINS DE CÔCO

Mais uma receita para vocês, que vos digo que ficou super saborosa! Desta vez são MUFFINS DE CÔCO, que acho que vão adorar! São super fáceis de fazer e que podem dar para os vossos snacks durante a semana!

Ingredientes:
👉Flocos de aveia (70g)
👉Farinha de espelta (100g)
👉 Côco ralado (10g) 🥥
👉Bebida de côco (150ml)
👉 Claras (100ml)
👉Ovo (1) 🥚
👉Pêra cozida (2) 🍐🍐
👉Fermento q.b

Modo de preparação e confeção:
👉Pré-aqueça o forno a 200ºC
👉Numa tigela, junte aos flocos de aveia,farinha de espelta, o côco ralado.
👉De seguida, misture a bebida vegetal, o ovo e as pêras cozidas (reduzidas a purê).
👉Bata as claras em castelo e envolva devagar na mistura anterior, até ficar uma mistura homogénea.

👉Distribua por formas de silicone e leve ao forno a 180ºC cerca de 30minutos!

Depois é só guardarem em marmitas de vidro e colocar no frigorífico! Normalmente é sempre assim que faço e deixo aqui alguns exemplos de frascos de conservação que utilizo!

 

Em alguns dos queques adicionei farinha de alfarroba para dar o sabor ‘achocolatado’ 😍 Espero que gostem e que experimentem! Partilhem com o #receitaspoetenalinha 👈

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

7 truques ESSENCIAS para o ajudar reduzir a quantidade de comida no prato

Quantas vezes comemos demasiado às refeições? Já pensaram nisso? Eu já, e refletindo sobre isso, existem vários truques que nos podem ajudar a diminuir a quantidade de comida no nosso prato. E que, muitas vezes, nem nos apercebemos… Quando falo em reduzir a quantidade de comida no nosso prato, não falo em comer pouco, mas sim, não comer em exagero!

Então vamos lá ver:

Não salte refeições: Se passar o dia a saltar refeições, irá ter muito mais fome às refeições principais e de certeza que irá comer mais quantidade de comida. Além disso, e passado o dia de trabalho, quando chega a casa e “relaxa”, a fome aperta.. o que pode resultar no consumo de diversos alimentos calóricos, ricos em açúcar e em gordura. E não diga que não, porque acontece!

Sopa: Antes das refeições tente comer sempre uma sopa de legumes, isso irá fazer com que diminua a quantidade de comida no prato principal. Além de ser estar cheia de vitaminas e minerais, ajuda a aumentar a saciedade. Já sei que me podem dizer que se comerem sopa antes da refeição não conseguem comer o prato principal, mas não é bem assim! Comem é menos… ! Agora que vos apeteça comer mais do prato principal do que sopa, isso já é outra conversa… 🙂

Nada de pão: Antes de mais, ninguém precisa de pão à refeição. E não vale a pena dizer que é para o marido ou para os filhos, porque se estiver uma refeição apetitosa em cima da mesa, já sei que acaba por ´roubar ´um bocadinho de pão e ir molhar no molho.

Pare e pense: Depois de comer espere um pouco até repetir a refeição. Muitas vezes acabamos por repetir a refeição mais por “vontade de comer” do que por fome. Atenção a isso, faça escolhas conscientes.

Evite os buffets: Se for almoçar fora (como muitas vezes acontece nos dias de trabalho), tente ir a um restaurante com pratos definidos. Se for a um buffet é mais provável que acabe por comer mais, uma vez que lhe apetece provar “quase tudo”. Apesar de também existir buffet de saladas e legumes, acaba por exagerar nos restantes alimentos.

Não deixe os tachos na mesa: Quando as panelas estão mesmo à nossa frente na mesa é muito mais fácil que comamos mais quantidade de comida mesmo sem fome. É sempre o “só mais um bocadinho”.

Legumes e hortícolas: Meio prato! Não há desculpas para não incluir legumes no seu prato. Se no restaurante não vem a acompanhar a refeição, peça à parte. Se vier em pouca quantidade, peça para colocarem mais. Se não comer legumes e/ou hortícolas vai comer mais do resto, e não vale a pena dizer que não.

 

Além disto tudo, eu costumo colocar as refeições em pratos, tigelas ou travessas ditas ´bonitas´ porque fica logo com outro efeito visual… que dá muito mais prazer! Aqui ficam alguns exemplos que escolhi para vocês verem. Estão em desconto e podem vê-los se carregarem na imagem:

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

,

WORKSHOP ´PEQUENOS CHEFS´ – 6 DE MAIO

 

Chegou a altura de um workshop para pais e filhos! Começamos com um workshop no dia 6 de Maio, na Roda Viva para comemorar o dia da mãe! O objetivo do workshop passa por demonstrar como é fácil preparar e fazer receitas saudáveis, e criar um ambiente divertido em que as crianças cozinham com a ajuda das mães! É fundamental envolver as crianças e dar-lhes a oportunidade de porem as ´mãos na massa´ 💚

A inscrição tem o valor de 25€ para mãe e filho e podem fazê-lo através de mariagama@poetenalinha.pt!

Estou à vossa espera, vai ser uma tarde de domingo divertida e com muita partilha de experiências!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

7 truques que o vão ajudar a EMAGRECER

Pois bem, como calor começam a voltar as preocupações com o peso… é pena é ser assim, passageiro e dependendo da época do ano… Temos é de conseguir mantê-la e nunca desistir dos nossos  objetivos! Um dos objetivos de muitos de nós no inicio do ano relaciona-se com a perda de peso e por isso mesmo, nada melhor que falar sobre isso numa publicação para vos ajudar:

  • Escreva as suas refeições: Já pensou que se anotar as suas refeições pode ser uma ótima forma de o ajudar a perceber o seu dia a dia? Claro que é difícil e que nem todos os dias é fácil, mas pode definir: Escrever 3x por semana o meu dia alimentar. Além disso, escreva a vermelho as asneiras 🙂 Assim quando for escrever novamente vai percebendo o que tem feito ao longo da semana. Pode fazer com que se aperceba de que existem alguns hábitos alimentares que precisa de alterar. Quem diz escrever, diz fotografar, secalhar acaba por ser mais fácil 🙂
  • Não pense constantemente na balança: Não se pese todos os dias, isso acaba por lhe trazer ansiedade e uma pressão constante durante toda a sua semana. Defina um dia por semana para se pesar ou combine com o seu Nutricionista quando o fazer. Se estiver constantemente a pensar no seu peso e na balança é uma pressão horrível e não podemos viver assim!
  • Não pense no que não pode comer: Se o fizer, de certeza que ainda lhe apetece mais determinado tipo de alimentos. Já ouviu “O fruto proibido é o mais apetecido”? No entanto, arranje estratégias que o ajudem a comer o que mais gosta mas de forma saudável. E não se esqueça, os nossos hábitos alimentares criam-se, ou seja, não é de um dia para o outro que consegue deixar de se desabituar a determinado alimento. O que eu como hoje em dia não comia há uns anos atrás, e isso faz parte de toda a mudança que queremos fazer na nossa vida.
  • Não salte o pequeno-almoço: Não pode existir a desculpa de que não tem fome logo de manhã! Comece nem que seja por comer um iogurte e vá aumentando todos os dias. Um dia adiciona 1 colher de sopa de flocos de aveia e por aí em diante. Senão, o que acontece? Ao fim-da-tarde vai estar cheio de fome e acaba por comer alimentos que não deve.
  • Coma várias vezes ao dia: Percebo que muitas vezes seja difícil, mas se levar tudo preparado de casa é meio caminho andado. Ande sempre com snacks na lancheira para diminuir a probabilidade de ir ao café se tiver fome.
  • Utilize pratos mais pequenos: Que acha de experimentar? Sabia que a utilização de pratos mais pequenos se encontra associado a uma ingestão menor de alimentos?
  • Calma: Muitas vezes começa por ficar ansioso quando não vê os números da balança a baixar, mas calma! Defina os objetivos com o seu nutricionista para facilitar. E pense… As roupas estão mais largas? A minha aliança está mais lançante? O relógio fica mais largo? Tudo isto é importante!

Se quer ter acesso a mais publicações sobre perda de peso, veja aqui uma compilação de todas as publicações.

Além disso, não se esqueçam da prática de exercício físico! É tão, mas tão importante… comecem por uma caminhada, já é fundamental! Depois vão evoluindo ao longo dos tempos, consoante o vosso tempo e o que conseguem fazer. Deixo aqui alguns exemplos de roupa de desporto (que são a minha cara), e alguns deles estão em promoção (por exemplo, os calções estão a 45% de desconto):

 

Se têm dúvidas, questões ou apenas partilhar as vossas experiências, façam-no em comentário! Gosto muito de saber o vosso feedback.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

SHOWCOOKING DE PEQUENOS-ALMOÇOS E SNACKS SAUDÁVEIS

Começamos o mês de abril com novidades! No dia 10 de abril vou estar na CoolCookClub a fazer um showcooking de pequenos-almoços e snacks saudáveis para vocês!

Vou preparar várias receitas e partilhar com vocês como é fácil conseguir variar os pequenos-almoços e snacks sem dar trabalho! Vão ser desde panquecas ´tradicionais´, panquecas de forno, muffins saudáveis, papas de aveia, e muito mais!

O showcooking será das 18h30 às 21h00 na CoolCookClub e terá o valor de 30€. Para inscrições é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Estou à vossa espera para passarmos um fim-de-tarde diferente, com partilha de experiências e dicas saudáveis!

As inscrições são limitadas. Podem fazer a vossa inscrição através do formulário:

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

A Maria (EU) é exatamente igual a vocês

Sou a Maria, sou Nutricionista e hoje falo um bocadinho de mim, pois não sou diferente de vocês. E o que é que quero dizer com isto? Que se não me organizar, se não pensar nas refeições antecipadamente ou se não for às compras, a probabilidade de não seguir uma alimentação saudável, ou seja, de fazer uma alimentação diferente da que costumo fazer, é elevada.

Não aprecio muito de cozinhar, apesar de agora com o passar do tempo já gostar mais! Não me apetece chegar a casa às 21h e fazer o jantar, não. Não me apetece ter de tirar tempo do meu domingo para fazer legumes, não. Mas qual é a solução? FAZER! Porque ninguém faz por mim. Ou seja, é preciso organização!

Assim, deixo algumas dicas do que costumo fazer:

  • Compras ao fim-de-semana sempre! Carrinho cheio de legumes (frescos e congelados), iogurtes, flocos de aveia, frutos vermelhos (estou fã), batata-doce (há uns tempos comprei 10Kg…exagero não é?!?!), bifes de peru/frango, ovos, peixe para cozer ou grelhar. Acredito (porque a mim também me acontece) que depois de um dia de trabalho não apeteça mesmo ir às compras, mas a questão é que não há solução. Por mais que esteja cansada, ganho forças e vou às compras.. e fico descansada o resto do fim-de-semana! É um instante, se tivermos a lista de compras e se soubermos o que temos de comprar.
  • Pensar com antecedência dia seguinte: Se sabe que chega tarde, deixar logo a descongelar um bife ou uma posta de peixe para fazer. Não há desculpas para chegar a casa e comer uma sandes ou cereais. Claro que por vezes o dia não corre como o esperado e podemos não ter nada preparado para o jantar… mas então, saem uns ovos para o jantar ou uma lata de atum. Não demora tempo nenhum!
  • Quando faço acompanhamento (arroz ou batata-doce por exemplo), faço em grande quantidade a contar com mais dias. Claro que sabe muito melhor comer um arroz acabado de fazer, mas senão dá… não dá. E ainda mais fácil é abrir um pacote de batatas fritas (não dá trabalho nenhum), mas isso não é de todo opção. Depois é só guardar e congelar, por exemplo, para dar para mais refeições!

 

  • Façam a carne/peixe também a contar com várias refeições!Não gostam de comer a mesma coisa durante 2 dias? Eu cá não me importo. Se vocês não gostam, a solução é mesmo terem de fazer as refeições.
  • Os lanches, ou preparo de manhã ou na noite anterior. Juntar flocos de aveia com iogurte e pegar numa peça de fruta demora o quê? 2 minutos? Fazer uma sandes demora o quê, 1minuto? Qual é a razão de irem às máquinas automáticas ou ao café comer um bolo? Cozer uns ovos, quanto tempo demora?
  • Deixar os erros alimentares para fora de casa e para dias especiais!
  • Andar com comida sempre no porta-luvas ou na mala.. assim no trajeto do trabalho até casa se estiver cheio de fome pode aproveitar para comer alguma coisa e não “atacar” o frigorífico quando chega a casa.

O mesmo para o exercício físico… Há sempre algum evento, algum encontro ou alguma tarefa que se sobrepõe à prática de exercício físico. Isto até a prática de exercício físico ser uma prioridade na vossa vida. Pois nessa altura, o tal evento ou o tal lanche fica para mais tarde. Mas como é óbvio, isto não significa deixarem de estar com as pessoas ou de irem a jantares.. O objetivo é apenas marcarem para outra hora de forma a conseguirem ir ao ginásio, ir correr ou andar…

Todos trabalhamos, todos temos as nossas ocupações, todos nós arranjamos desculpas para não conseguir fazer… Sejam mais fortes que a vossa maior desculpa!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

QUICHE DE BATATA-DOCE E FRANGO

A melhor receita dos últimos tempos!! Hoje é o dia de lançar a receita da Quiche de batata-doce e frango para vocês experimentarem! E esta receita surgiu num dia em que estava na cozinha e tinha alguns restos de comida no frigorífico e queríamos comê-los de forma diferente, para não ser sempre a mesma coisa! Por isso mesmo, alguns dos ingredientes já estavam prontos, o que ainda facilitou mais a sua preparação e confeção!

Ingredientes:

  • Frango cozido (250g)
  • Batata-doce cozida (240g)
  • Ovos inteiros (3)
  • Gemas (2)
  • Claras (200ml)
  • Grelos de couve ou outro legume a gosto (100g)
  • Cenoura ralada (1)
  • Pimenta q.b
  • Oregãos q.b

Este slideshow necessita de JavaScript.

Modo de preparação e confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC;
  • Comece por desfiar/triturar o frango cozido. Reserve;
  • Retire a casca da batata-doce e coloque-a num processador de alimentos  e triture, até ficar em puré (a varinha mágica ou o garfo também servem)
  • Envolva o frango com a batata-doce, até ficar bem misturado.
  • Corte em pedaços pequenos os grelos de couve, rale a cenoura e misture. Tempere a gosto.
  • Por fim, junte os ovos, as gemas e as claras e envolva bem (pode utilizar 5 ovos em vez de 3, e colocar cerca de 100 ml de claras apenas. Eu utilizei assim porque já tinha gemas no frigorífico e tinha de as consumir).
  • Coloque numa forma de silicone ou num pirex e leve ao forno cerca de 30 minutos.

Depois é só escolherem um prato ´à maneira´e empratar ao vosso gosto! 🙂 Como já sabem que eu adoroooo este tipo de pratos, aqui vos deixo algumas ideias!

 

 

Espero que gostem, que comentem e que partilhem!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

,

Puré de batata-doce

Ora pois bem… estava a fazer o jantar e tinha batata-doce cozida na marmita. Pensei ´vamos la fazer alguma coisa de diferente´ para acompanhar o salmão e para ter uma receita nova para vocês. É mesmo mesmo fácil de fazer e garanto-vos que dá logo um sabor diferente à vossa refeição! É destas coisas que um estilo de vida saudável precisa, de forma a não se cansarem das refeições. Vejam como é fácil.

Ingredientes:

  • Batata-doce cozida sem casca (330g)
  • Bebida vegetal (50ml)

Modo de preparação e confeção:

  • Coloque a batata-doce no processador de alimentos (para quem não tem, pode fazê-lo com a varinha mágica) e triture até obter uma mistura homogénea. Eu adicionei um pouco de bebida vegetal para ajudar a ficar mais cremoso, e ficou ótimo!

Já viram como não tem ciência nenhuma? 🙂 Depois já sabem, é só acompanhar as vossas refeições com esta maravilha!

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

Eventos

Nothing Found

Sorry, no posts matched your criteria