4 estratégias para manteres a saciedade ao longo do dia

Por vezes, os finais de dia são um grande problema para quem quer perder peso, pelo facto de não existir a sensação de plenitude gástrica. E o que isto significa? Significa que não existe a sensação de saciedade, levando a que ocorram momentos em que exista maior tentação de procurar por alimentos pouco interessantes do ponto de vista nutricional, como é o caso dos alimentos processados (ex.: bolachas, batatas fritas, chocolates…).

Para tentar combater esta dificuldade, hoje trazemos quatro estratégias que podem auxiliar a ultrapassar:

  • Começa por incluir o pequeno-almoço todos os dias, quer sejam dias de semana ou de fim de semana: é uma refeição importante para iniciar o teu dia com um extra de energia. É importante que seja uma refeição composta com fontes de hidratos de carbono (ex.: pão, flocos de aveia/trigo “puf”/flocos de milho), fonte de proteína (ex.: queijo fresco/queijo fatiado, ovo) e fontes de gordura (ex.: azeite, iogurte natural ou iogurte sólido magro).

 

  • Não saltes refeições principais: O ideal será iniciares a tua refeição principal com uma sopa de legumes para que seja mais fácil controlares a quantidade de comida que colocas no prato e chegares ao final do dia mais saciada/o. Naqueles dias em que não sentes vontade de comer por algum motivo, como stress no trabalho ou não ter muito tempo disponível, tenta pelo menos incluir uma sopa com uma fonte proteica (ex.: peixe, carne, ovo).

 

  • Não retires a massa, o arroz e a batata por completo das tuas refeições: são a principal fonte de energia utilizada pelo nosso corpo e por isso devem manter-se na nossa alimentação. É importante perceber que o que é importante são as quantidades. Portanto, não precisas de retirar o pão da tua alimentação, se é um alimento que não prescindes. Mais uma vez o Equilíbrio como palavra-chave! Se ainda não te sentes convencida/o com esta questão dos hidratos de carbono, conhece o nosso EBOOK GRATUITO, em que partilhamos contigo os 10 passos essenciais à perda de peso.

 

  • Leva sempre snacks na mala: seja para o trabalho ou para um passeio, é importante que leves sempre snacks como queijinhos triângulo, bolachas de arroz/milho, entre outros, para puderes ter sempre disponível e não tenhas de ir a cafés, onde será mais difícil controlar a vontade de comer alimentos com menor valor nutricional. Desta forma, conseguirás fazer diversas refeições ao longo do dia para que no final, não sintas uma necessidade incessante de comer.

 

É importante perceber que estas estratégias são para realizar a longo prazo e não apenas por alguns dias ou meses, para que seja possível praticar uma Alimentação Saudável e principalmente Equilibrada.

Vamos a isso? 

Para vos conseguir ajudar a começar e ter uma alimentação mais saudável, preparei um Guia Prático para uma Alimentação Saudável onde são abordados vários temas como: 

  • Noções base da alimentação Saudável (Base para uma alimentação saudável, Pequenos pormenores fazem a diferença)
  • Alimentação Saudável (Alimentação saudável: é fazer dieta?, Prato principal: como deve ser constituído?)
  • Planeamento Alimentar (Planear e organizar: importância, Ir ao supermercado: trocas inteligentes)
  • Mitos alimentares (A batata doce é mais saudável que a batata branca?, O pão promove o aumento de peso?)

Além disso, preparámos também três planners para ajudar a controlar a ingestão de água e registo do sono, bem como de atividade física). Tudo isto por APENAS 19€.

Subscreva o Blog via Email

Introduza o seu email para subscrever o blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *