Search
Close this search box.

Tem apneia de sono? Conheça o caso da T.

Hoje trago-vos um caso de sucesso de uma paciente acompanhada nas nossas consultas. A T.S. nunca tinha tido acompanhamento nutricional, mas já tinha tentado fazer algumas dietas.

Ao longo da pandemia a T. foi ganhando algum peso, e associado a isso acabaram por surgir  outras complicações, entre elas, a apneia de sono. Foi-lhe então proposto pelo médico ir a uma consulta de nutrição para perder peso e, assim, conseguir melhorar a sua condição clínica.

Antes de mais e de forma a contextualizar esta condição clinica, a apneia de sono resulta numa alteração respiratória durante a noite e consequentemente alteração do padrão do sono, que dificulta o descanso físico e mental. Existem alguns fatores de risco para esta situação, entre os quais o excesso de peso.

A T. chegou então à sua primeira consulta de nutrição com o objetivo de perder peso e melhorar os parâmetros de apneia de sono, bem como conseguir gerir melhor outras questões de saúde, como a gastrite crónica.

Com as mudanças que apresento em seguida, aplicadas de forma gradual e consistentes ao longo do tempo, a T.S. conseguiu melhorar os seus hábitos alimentares. Estas alterações foram refletidas numa redução de peso e na consequente melhoria dos índices da apneia de sono, resultando numa grande evolução do seu padrão de sono.

Em conjunto com a  T., em consulta de nutrição, foram definidas as seguintes estratégias:

  •  Aumentar o consumo diário de sopa e hortícolas, que era algo pouco frequente na sua alimentação. Com a inclusão destes alimentos às refeições principais, passou a conseguir controlar melhor as quantidades de outros alimentos uma vez que passou a ficar muito mais saciada.
  • Beber mais água, e para isso, colocar lembretes no telemóvel, ter sempre uma garrafa consigoe beber um copo de água a cada refeição.
  • Passar a levar com mais frequência o almoço para o trabalho, de forma a garantir que conseguia fazer um almoço completo e equilibrado. Levando a marmita conseguiu controlar melhor a qualidade da sua refeição bem como controlar melhor a fome durante o período da tarde.
  • Ser fisicamente mais ativa, ou seja, sempre que possível preferir andar a pé, subir escadas, e tentar escolher uma atividade que gostasse para implementar na sua rotina semanal (ex.: natação, ginásio, dança), assumindo isso como compromisso na agenda.

Nem sempre as consultas de nutrição assentam na perda de peso. Neste caso especifico, uma redução de apenas 4kg  fizeram toda a diferença na melhoria da condição clínica e na qualidade de vida da T..

O objetivo é sempre ir de encontro às necessidades de cada pessoa, com o foco na prevenção da doença e na melhoria da qualidade de vida. Os hábitos alimentares e as escolhas que fazemos têm impacto na nossa saúde, e por isso devemos priorizar-nos a nós, e a alimentação que escolhemos fazer.

Se se identifica ou está a passar por situação semelhante, a nossa equipa está disponível para a ajudar nesse sentido.

Artigo elaborado por: 
Nutricionista Catarina Martins Lopes (4889N) | Equipa Põe-te na Linha

As nossas consultas de nutrição, com o passo a passo, para conseguires perder o peso que tanto desejas, onde vais aprender as estratégias práticas fundamentais para o teu sucesso, tendo em consideração a realidade do teu dia-a-dia.

 

Clica em saber mais e marca a tua consulta!

Subscreva o Blog via Email

Introduza o seu email para subscrever o blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

Ebooks

Os mais vistos

Subscreve a Newsletter

Segue-me

Instagram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *