, ,

Comer por dois? Não, comer melhor! 

Está grávida ou a pensar engravidar? Comer por dois não é sinónimo de comer mais, mas sim comer melhor. Frequentemente em consulta, uma das preocupações das mulheres na gravidez é o aumento de peso. Sendo assim, torna-se essencial que seja acompanhado de forma a existir uma adaptação do seu plano alimentar para que o aumento de peso seja saudável e para que se sinta bem.

É normal que o peso aumente, desde que seja de forma controlada.

Algumas dicas:

  • Coma mais… mas não por dois!
  • Não se preocupe em demasia com o seu aumento de peso… mas sim com um aumento de peso saudável! 🙂
  • Faça refeições pequenas e frequentes (5 a 6 refeições diárias)
  • Prefira cereais integrais
  • Evite alimentos ricos em açúcar e gordura
  • Prefira peixe gordo (salmão, arenque, sardinha) e carnes magras
  • Hidrate-se! Mas deixe de lado refrigerantes e sumos.

Aumente o consumo de alimentos que contenham

– Ácido fólico: hortícolas de folhas verdes, leguminosas,  cereais integrais;

– Cálcio: hortícolas de folhas verdes, lacticínios;

– Ferro: alimentos de origem animal, leguminosas, hortícolas de folhas verdes;

– Iodo :frutos do mar, produtos lácteos, peixes de água salgada;

– Ácidos gordos: peixes, crustáceos e algas;

 

Pratique exercício físico: 30minutos/dia (é importante perguntar ao seu médico o que poderá fazer)

Cozinhe com pouco sal e opte por ervas aromáticas e especiarias: Leia os rótulos!

Sabia que a Vitamina C permite melhorar a absorção de ferro?

Que tal comer uma laranja ao almoço ou ao jantar?

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

 

, ,

5 dicas para uma alimentação familiar mais saudável

Sal: Se a comida tem pouco sabor, não adicione sal. Tente que fique mais saborosa com ervas aromáticas ou especiarias. Se tal não acontecer o seu filho vai habituar-se ao sabor salgado e não será um bom hábito para o seu dia-a-dia.

Nada de bolachas ou barrinhas: Se o seu filho saí das atividades extra curriculares ou tem fome antes do jantar, nada de lhe dar bolachinhas ou biscoitos. Esses alimentos estão cheios de açúcar e de gordura. Se estiverem em casa, opte por lhe dar logo uma sopa por exemplo. Caso esteja fora de casa, ode optar por lhe levar um iogurte, uma peça de fruta ou quem sabe algum tipo de legumes como cenoura palitada.

Bolos, doces ou sobremesas: Nada disso, é preciso regras. Este tipo de alimentos não podem existir no dia-a-dia de uma criança (nem de um adulto). Entenda-se por estes alimentos, leite com chocolate, donuts, bolachas recheadas, bolicaos, chocolates ou sumos. Estes alimentos ficam na prateleira do supermercado. Em vez de pensar ´mas ele gosta´, pense ´faz-lhe mal´.

Legumes ou hortícolas, sempre! Não há desculpas para estes alimentos não existirem nas nossas refeições. Agora claro, se a criança tem de os incluir nas suas refeições, os exemplos são os pais. Por isso mesmo, toda a família come. Se precisam de ideias para facilitar as crianças a comerem este tipo de alimentos, vejam esta publicação.

Tem de existir regras quando comem fora: Quando vão almoçar/jantar fora em família, tem de haver regras. Não é começar por todas as entradas e terminar com uma bela de uma sobremesa, com um ice-tea pelo meio. Se por vezes é ´normal´que existam erros alimentares, isso não significa que seja de manhã à noite ou que seja obrigatório comer mal quando se come fora. Podem sempre combinar que cada pode escolher alguma coisa ´fora do habitual´, uma vez que não faz sentido proibir alguns alimentos às crianças se nós, adultos, os comemos.

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!
, ,

5 dicas para quem passa o dia na praia

PRAIA PRAIA PRAIA! EU adoro, e por aí? Adoro o verão e praia, os mergulhos e poder até correr na areia 🙂 Por isso mesmo, e já que nesta época é comum passar o dia todo na praia, vou deixar algumas dicas para uma alimentação saudável! Não é difícil, garanto, desde que percebamos de que forma o podemos fazer 🙂 E como encontrei estes artigos que acho um máximo e que estão em promoção (principalmente o bikini), aqui vos deixo 🙂 

 

 

Dicas:

  • Prepare a sua lancheira tendo em conta as horas que vai lá ficar (mais vale levar comida a mais, bem acondicionada, do que lhe apetecer ficar mais horas na praia e depois ter de optar por ir ao café comprar comida);
  • Opte por levar fruta simples e fácil de comer, para que não seja um impedimento levar este tipo de alimento (maçã, nectarina, laranja, ameixas);
  • Quer levar uma salada mas não sabe como temperar? Fácil: Misture num frasquinho ou numa garrafa o azeite, vinagre e orégãos e coloque na altura de comer por cima da salada;
  • Leve sempre bolachas do tipo milho/arroz/sésamo/marinheiras. Assim, se tiver com fome não vai pensar “não tenho nada para comer e pode safar-se com esse tipo de alimentos.
  • Nozes, amêndoas, cajus… leve estes alimentos para quando lhe apetecer petiscar.
  • Não se esqueça de levar água! Leve já a contar com o dia todo. Se não o fizer, a ida ao café para comprar água pode acabar com escolhas erradas.

 

Quanto a ideias de refeições:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Que tal aproveitar para jogar raquetes, correr ou caminhar? 🙂 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! 

, ,

5 RECEITAS DE PEQUENO-ALMOÇO COM AVEIA

Vamos lá a mias umas receitinhas de aveia, que toda a gente adora!! Há imensas ideias que podemos pôr em pratica para termos um pequeno-almoço e/ou lanches diferentes, quem sabe todos os dias. Ou seja, e utilizando os mesmos ingredientes, conseguimos fazer receitas diferentes e que nos podem ajudar a variar a nossa alimentação!

1. Bolachas de aveia

Ingredientes:

  • Maçã cozida (2)
  • Flocos de aveia (10 colheres de sopa)
  • Sementes de sésamo (3 colheres de sopa)
  • Sementes de papoila (2 colheres de sopa)
  • Amêndoa triturada (5 colheres de sopa)
  • Farelo de trigo (5 colheres de sopa)
  • Ovos (2)
  • Azeite (1 colher de sopa)

Modo de Preparação e Confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC;
  • Adicione os flocos de aveia, as sementes, a amêndoa triturada e o farelo de trigo mexa bem até ficar envolvido;
  • Adicione os dois ovos e mexa até ficar uma mistura homogénea;
  • Esmague a maçã cozida num prato e adicione ao preparado anterior:
  • Faça pequenas bolinhas com a ajuda de uma colher e disponha num tabuleiro de forno;
  • Leve ao forno durante cerca de 20/30 minutos

2. Aveia adormecida

Ingredientes:

  • 3 colheres de Flocos de Aveia
  • Chá verde (até cobrir os flocos de aveia)
  • Iogurte magro natural
  • 1 Kiwi

Modo de Confeção e Preparação:

  • Coloque as três colheres de flocos de aveia no frasco;
  • Coloque o chá verde suficiente para cobrir os flocos de aveia (6 colheres de sopa de leite devem ser suficientes);
  • Feche o frasco e coloque no frigorifico durante a noite.

3. Batido de aveia com espinafres

Ingredientes:

  • Flocos de aveia (3 colheres de sopa)
  • Iogurte natural (1)
  • Banana (1/2)
  • Frutos Vermelhos (1 colher de sopa)

Modo de preparação e confeção:

  • Juntar todos num recipiente e triturar com a varinha mágica e está pronto!!

4. Granola de aveia

Ingredientes:

  • Flocos de aveia (150g)
  • Nozes (40g)
  • Amêndoas (40g)
  • Sementes de girassol (25g)
  • Sementes de linhaça (25g)
  • Pevides de abóbora (25g)
  • Bagas Goji (10g)
  • Azeite (20g)
  • Banana (1)
  • Flocos de centeio (100g)
  • Farelo de trigo (50g)

Modo de Preparação e Confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 160ºC .
  • Comece por partir os frutos secos (amêndoas e nozes) até ficarem em pedaços pequenos. Coloque numa taça os cereais, os frutos secos partidos e as sementes. De seguida, envolva bem todos os ingredientes até ficar uma mistura homogénea e posteriormente adicione o azeite, misturando bem.
  • Esmague a banana num prato ou numa tigela e adicione à mistura anterior, até que fique bem envolvido.
  • Coloque no tabuleiro de forno papel vegetal e coloque de seguida o preparado, durante cerca de 20 minutos. Mexa uma ou duas vezes.

5. Pudim de aveia

Ingredientes:

  • 4 colheres de sopa de flocos de aveia;
  • 1 colher de sopa de farelo de trigo;
  • 2 maçãs cozidas;
  • 3 colheres de sopa do sumo de maçã cozida;
  • 1 colher de café de mel;
  • 2 ovos inteiros;
  • Canela em pó q.b.

Modo de Preparação e Confeção:

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC;
  • Junte todos os ingredientes descritos anteriormente num recipiente e triture com a varinha mágica ou num liquidificador;
  • Coloque o preparado anterior nos recipientes (próprios para ir ao forno) e leve ao forno cerca de 20minutos;
  • Se gostar, coloque canela por cima de cada pudim.

Copo de aveia

Ingredientes:

  • 60g de flocos de aveia;
  • 1 Colher de chá de mel;
  • 2 Colheres de sopa de água.

Modo de preparação e confeção:

  • Triture os cereais;
  • Numa tigela coloque os cereais triturados, adicione o mel e duas colheres de água;
  • Mexa bem até ficar uma mistura homogénea;
  • Distribua pelas formas e coloque no frigorífico durante a noite.

 

Já sabem que uma das minhas dicas é sempre fazer em maior quantidade para dar para mais dias e guardar em marmitas de vidro no frigorífico. Aqui fica um exemplo desse tipo de marmitas para que possam ver:

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!
, ,

5 ERROS COMUNS NA REFEIÇÃO DO MEIO-DA-MANHÃ

Um dos principais erros é mesmo passar por não comer! Ou seja, muitas vezes as pessoas acabam por passar a manhã sem comer e chegam ´esganadas´ à hora de almoço! De entre os vários erros que acontecem nesta refeição, vamos ver quais são os mais frequentes:

  • Bolachas e bolachinhas: Muitas vezes é a opção de meio da manhã, não sendo de todo o mais adequado. Existem alimentos bem mais nutritivos e que promovem uma maior saciedade, sendo por isso aconselhado deixar as bolachas de lado. No entanto, caso seja esporádico, pode optar por bolachas de arroz por exemplo.
  • Barras energéticas: A maioria com uma grande quantidade de açúcar, é outra opção, e outro dos alimentos que deve ficar na prateleira dos supermercados. A utilizar, que seja sem adição de açúcar e que seja novamente esporádico, apenas como recurso porque não tem mais nada.
  • Bolos de pastelaria: Se vai ao café, tomar um café, vá apenas depois de fazer o seu meio da manhã para não ficar a olhar para a prateleira da pastelaria e acabar por escolher um bolo. Não é de todo o mais adequado.
  • Gelatina: Coma de verdade e não se cinja a este tipo de alimentos. Pode ser uma opção para quando lhe apetece um doce, mas uma gelatina a meio da manhã parece-me que irá resultar numa grande quantidade de fome ao fim da tarde.
  • Frutos secos: À vontade não é à vontadinha. Apesar de ser um alimento dito ´saudável´ e que pode ser incluído no seu dia-a-dia, como lanche, é importante que não exagere e que não petisque uma embalagem de frutos secos durante todo o dia. Ou seja, com conta, peso e medida.

E não se esqueçam que importante é mantermos o nossa alimentação dia-a-dia. Além disso, o exercício físico é fundamental, não há desculpas para não o fazer. Nem que sejam 30 minutos a caminhar já é um bom começo. Organize a sua semana no sentido de conseguir fazê-lo, antes ou depois do trabalho. Na semana passada definir fazer 3x por semana exercício e fiz, é o importante: definirem os vossos objetivos e colocarem na agenda. Como costumo dizer, e para quem ainda não tem esse hábito, acho importante terem a roupa adequada para isso, uma vez que faz a diferença para que se sintam bem. Deixo aqui algumas ideias de que gosto e que estão em promoção, e se carregarem nos produtos têm acesso a mais ideias e a mais promoções.

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

 

 

, ,

5 dicas para manter uma alimentação saudável nas férias

E com as férias mesmo à porta para muita gente (pelo menos para mim), nada melhor que uma publicação sobre a nossa alimentação nesta época. Claro que durante as férias temos de provar as iguarias dos locais que visitamos, e nem sempre é possível termos uma alimentação como desejávamos, mas o mais importante… TENTAR!

Assim que chego ao destino tento para ir logo às compras e ficar com o frigorífico e a despensa organizada. Caso não haja frigorífico, compro apenas alimentos que não precisem de frio, assim pelo menos o pequeno-almoço e alguns dos lanches ficam logo definidos!

Dicas:

  • Faça as suas refeições e snacks no dia anterior à viagem (para levar na viagem). Se deixar para o próprio dia, com tanta coisa para organizar, algo vai ficar para trás. Exemplo: Leve aveia para os pequenos-almoços. No dia seguinte era só juntar 1 iogurte.
  • Compre diversos lanches que sejam fáceis de transportar na mala: cenouras, fruta (fácil de comer – maçã, pêra, banana), frutos secos (nozes, amêndoas), fruta desidratda, bolachas de milho/arroz (sacos individuais); vaca que ri light ou iogurtes bebíveis,
  • Ir às compras assim que chega ao seu destino: Pelo menos para comprar fruta, água e snacks para os dias seguintes. Eu vou sempre às compras para ter os alimentos que normalmente tenho em Lisboa e assim torna tudo bem mais fácil.
  • Tomar o pequeno-almoço antes de sair de casa/hotel: Iogurte, flocos de aveia, peça de fruta, ovos, panquecas… se quiserem ideias de pequenos-almoços, aqui. Por vezes no hotel nem sempre existem opções saudáveis, mas dentro do que o houver, tente fazer as melhores escolhas (não tenha o pensamento perdido por 100 perdido por 1000).
  • Andar sempre com água e lanches na sua mochila: de certeza que diminui a probabilidade de passar pelos cafés e optar por refrigerantes ou sumos (ainda por cima em locais onde o calor é imenso) e de snacks menos saudáveis;
  • Se quiser levar sandes para o seu almoço aproveite para utilizar pão do tipo integral e acrescentar sempre alguns legumes ou verduras (Ex: Pão Integral, Atum, Tomate, Alface). No entanto, pode optar por saladas frias para os seus almoços na praia, que é bem mais saciante e assim não precisa de passar o dia a comer pão.
  • Quando almoçar/jantar fora, peça sempre uma salada ou verduras para acompanhar o prato principal. Se possível, inicie com uma sopa. Além disso, pense sempre no que prefere comer, para não optar pelas entradas, batatas-fritas e sobremesa.

As férias não são uma razão para não termos uma alimentação saudável, nem uma razão para aumentar de peso, uma vez que podemos manter o nosso dia-a-dia, com algumas exceções.

E claro, aproveite para dar umas caminhadas: Ajuda a que se mantenha fisicamente ativo e a que conheça melhor o seu destino de férias. Eu cá vou levar o meu equipamento para as férias, e já que vou estar relaxada, vou tentar treinar não digo todos os dias, mas quase todos. Deixo-vos aqui alguns artigos que são mesmo a minha cara (alguns deles em desconto).

 

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

7 TRUQUES A APLICAR QUANDO VAI JANTAR FORA

Comer fora de casa é cada vez mais frequente, ainda para mais com este calor e com a vontade de relaxar numa esplanada. Muitas vezes é um impedimento para começar uma perda de peso ou não ter uma alimentação saudável e equilibrada. Neste sentido, é fundamental que cada um de nós se consciencialize para escolhas alimentares saudáveis quando as refeições não são em casa.

Fora de casa É possível fazer escolhas alimentares saudáveis. Temos de ter em atenção o local escolhido (restaurantes/cafés/pastelarias), bem como os pratos que constam no menu.

 No Restaurante:

  • Assim que chegar, peça uma sopa!
  • Recuse o pão, as azeitonas e os queijos da entrada. Aproveite para comer a sopa enquanto espera pela refeição. No máximo, peça um queijo fresco;
  • Se a refeição não lhe parecer a mais adequada, pode optar por pedir uma sopa para comer antes do prato principal e uma salada ou hortícolas para acompanhar;
  • Peça para lhe colocarem maior quantidade de hortícolas ou salada, e reduzirem um pouco no arroz/massa/batata. Normalmente tenho sempre de pedir uma salada à parte porque a quantidade que servem acaba por ser pouca.
  • Faça escolhas: Se lhe apetece mesmo mesmo as entradas, tente optar por um prato mais saudável. Caso lhe apeteçam umas batatas-fritas, deixe as entradas de lado e a sobremesa. Caso lhe apeteça a sobremesa, já sabe, não abuse no resto.

 Alterações ao prato:

  • Quando o prato que pediu não for dos mais adequados, peça para cozinharem o prato de uma forma diferente (Ex: Se o bife for frito, peça para grelhar);
  • Se o prato escolhido vier acompanhado com molhos, peça para estes serem servidos à parte. Opte por uma quantidade mais reduzida ou então por não utilizar;
  • Se o prato escolhido vier acompanhado, por exemplo com batatas fritas, peça para lhe substituírem por arroz ou outro tipo de hidratos de carbono. Se lhe apetecer mesmo as batatas-fritas, não acompanhe também com arroz.

[Isto não significa que vão comer um prato sem sabor ou que não vos agrade. Significa sim algumas alterações que não custam nada e que mantêm a vossa refeição igualmente saborosa]

Além disso, e com estes eventos, que são tão tão bons, o importante é mantermos os nossos hábitos saudáveis! Ou seja, manter o exercício físico. Nestes dias de muito calor, apesar de não gostr, acabo por ir correr à passadeira, porque na verdade, é essa a solução! Não deixem o exercício de lado, porque além de vos ajudar em termos físicos, em termos de boa disposição, motivação ou auto-estima, também é essencial. Deixo-vos aqui alguns artigos que são a minha cara e que estão em desconto (como o top cor-de-rosa que acho um máximo!).

 

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!
, , ,

6 DICAS PARA COMPENSAR OS EXCESSOS DO FIM-DE-SEMANA

Por vezes ao fim-de-semana existem alguns excessos alimentares. E muitas vezes a preocupação em ficar ´na linha´novamente durante a semana é comum. Por isso mesmo… Muitas vezes pensamos: “Agora tenho de compensar tudo tudo durante a semana”, o que é pensamento este errado! O que tem de fazer é começar e manter a sua alimentação saudável!

  • Fraccione as refeições: Planeie as suas refeições: Deixe as refeições principais pensadas de véspera e leve sempre os seus lanches para o trabalho. Não passe mais de 3h sem comer. Tem dúvidas do que pode fazer ao pequeno-almoço? Veja aqui. Nos lanches da manhã e da tarde? Veja aqui. Cereais integrais, lactícineos, frutas, frutos secos, gelatina, ovo cozido são alguns exemplos.
  • Não tenha um défice energético, através de uma redução repentina de calorias (ou seja, não passe o dia a comer sopa ou a comer saladas). Faça refeições completas, equilibradas e variadas. Precisa de ideias de refeições para levar para o trabalho? Pode ver aqui. Se passar o dia todo sem comer chega ao fim da tarde/noite cheio de fome e acaba por fazer vários erros alimentares, se calhar sem se aperceber.
  • Não elimine os hidratos de carbono, pois muitas vezes acaba o dia cheio de fome e aí sim, acaba por comer o que não deve (se tem dúvidas quanto às quantidades, consulte um profissional de nutrição). Pode apenas fazer uma redução, desde que controlado. Pode optar por um jantar mais leve, como por exemplo: sopa de legumes + carne/peixe acompanhado com uma grande variedade de vegetais.
  • Faça uma seleção dos alimentos que deve consumir (deixe de lado alimentos com elevado teor em gordura e açúcares). Prefira carnes brancas, peixe, pão ou cereais integrais, iogurtes magros ou naturais, fruta, legumes, verduras. Massa, arroz ou batata doce para acompanhar as refeições. E leguminosas? Gosta? Feijão, grão, ervilhas, também são uma boa ideia.
  • Aposte na hidratação: É importante que potencie o consumo de água no dia a dia. Se não aprecia água pode aromatizar a água com fruta ou então optar por chás frios. Se é daquelas pessoas que se esquece de beber água, coloque alarmes para o relembrar.
  • Exercício físico: Não há desculpas para não o fazer. Nem que sejam 30 minutos a caminhar já é um bom começo. Organize a sua semana no sentido de conseguir fazê-lo, antes ou depois do trabalho. Na semana passada definir fazer 3x por semana exercício e fiz, é o importante: definirem os vossos objetivos e colocarem na agenda. Como costumo dizer, e para quem ainda não tem esse hábito, acho importante terem a roupa adequada para isso, uma vez que faz a diferença para que se sintam bem. Deixo aqui algumas ideias de que gosto e que estão em promoção, e se carregarem nos produtos têm acesso a mais ideias e a mais promoções.

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!
, ,

Fontes de cálcio para além do leite, iogurte ou do queijo

Muitas vezes existe a preocupação de consumir cálcio em pequenas quantidades quando não consumimos lacticíneos. No entanto, existem diversos alimentos que podemos consumir para obtermos cálcio da nossa alimentação. Assim sendo, aqui ficam alguns alimentos que devem privilegiar caso não consumam leite, iogurtes ou queijos. Claro que é importante termos em atenção que não consumimos diariamente 100g de canela, mas que por exemplo 100g de brócolos já é fácil de consumir… Mas mesmo assim, podemos potenciar a inclusão de alguns alimentos no dia-a-dia. Vejam a tabela em baixo: 

cálcio nos alimentos_poetenalinha.jpg

Podemos ver pela tabela que os vegetais de folha escura, os legumes e o marisco contém cálcio. Além disso, algumas especiarias também têm este mineral, ou seja, podemos sempre adicioná-los às nossas refeições. Será que a dúvida é como incluir? Ora vejamos:

  • Aproveitar para fazer sopa de agrião, espinafres, couve galela;
  • Sempre que comemos uma salada fria, podemos colocar salsa ou coentros picados por cima;
  • Incluir frutos secos nos vossos pequenos-almoços, meios da manhã ou lanches, juntando por exemplo uma peça de fruta, ovo cozido etc. Carregando na imagem em baixo têm acesso a diversos frutos secos, com o preço incluído, onde podem ter noção da variedade existente.

Posso também referir que a canela, pimenta moída e farinha de alfarroba contêm boas quantidades de cálcio, mas acabamos por não consumir uma grande quantidade deste alimento diariamente, ou seja, para consumirmos 100g de canela demoramos bastante tempo, pois cada frasquinho tem 40g (imaginem quanto tempo demoramos a consumir um frasco). Mesmo assim:

  • Quando comemos fruta podemos colocar um pouco de canela;
  • Podemos colocar pimenta por cima das nossas refeições (no bacalhau costumo colocar);

 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! 

, , ,

A SEMANA DA MARIA | REFEIÇÕES + EXERCÍCIO

Hoje vou falar sobre a minha semana, em termos de alimentação e de exercício físico! Ou seja, vou-vos falar de tudoooo… 🙂 Foi uma semana importante para mim, na terça-feira fui à kuriakos tv falar sobre o meu projeto e sobre mim. Podem ver um excerto da entrevista, aqui

 

Quanto aos meus hábitos semanais, vamos lá então…

Pequeno-almoço: Normalmente vario durante a semana, ora com panquecas, bolo da caneca, pão de frigideira, batidos… consoante o que me apetece naquele dia. Na minha opinião, o pequeno-almoço é uma refeição essencial para mantermos uma alimentação saudável, uma vez que nos ajuda a manter a saciedade ao longo do dia… muitas vezes, passar esta refeição à frente faz com que a meio da manhã ou ao almoço a fome seja maior, e acabamos por comer mais. Qual é a vossa refeição preferida? Eu admito que uma das minhas preferidas é mesmo o pequeno-almoço! Conseguem ver nas imagens em baixo os meus pequenos-almoços desta semana, e vou-vos deixar as receitas (é só carregarem em cima do nome):

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Almoço/Jantar: Costumo almoçar sempre em casa ou levar a marmita, e jantar é que vai variando, consoante os eventos sociais 🙂 Não tirei fotografias a todos os pratos, mas deixo-vos aqui algumas das minhas refeições. As restantes passaram por peru no forno com salada, bife grelhado com salada… e sempre sopa, já sabem. Por vezes as refeições principais são a maior dificuldade, mas no entanto, acho que o truque é mesmo ter os alimentos certos em casa, para nos permitir ter um almoço/jantar saudável. Deixo-vos aqui algumas publicações que vos podem ajudar:

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quanto às refeições desde manhã até ao jantar, a maioria das vezes faço sempre a mais para dar para mais dias! Deixo aqui um exemplo de marmita que tenho, a maioria em vidro,para guardar sempre no frigorífico ou no congelador.

                                                                                                                               

 

Exercício físico: É fundamental que adaptem o exercício físico ao vosso dia-a-dia, aos vossos horários e à vossa disponibilidade. Senão, nada feito.  Esta semana foi só corrida e crossfit, hoje. Com trabalho à hora de almoço não consegui ir ao crossfit, e por isso mesmo fiz mais corrida. Mesmo assim, não corri todos os dias que queria, mas por vezes é mesmo assim. O importante é não desistir e saber sempre que se não formos um dia, vamos no seguinte 🙂 Na segunda-feira fomos correr eram 20h00 e foram 8km, soube mesmo bem porque já não estava muito calor! Na Quarta-feira fui correr 10km e hoje foi então crossfit. Agora só falta organizar o exercício para o fim-de-semana! Se precisam de motivação para praticar exercício físico, deixo-vos aqui

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Espero que tenham gostado, que partilhem e que comentem!

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram e subscrever o canal Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt ou através do seguinte formulário:

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha