, , ,

5 truques para controlar a vontade de comer sobremesas na Passagem de Ano

Pois bem, a minha maior dificuldade (sim, eu também as tenho), são as sobremesas. Eu sou mais de doces do que de salgados e acaba por ser um desafio quando as tenho à minha frente e tento resistir. No entanto, já há algum tempo que tenho vindo a fazer um trabalho nesse sentido, e o mais engraçado, é que tem resultado. Eu sei bem o que é estar com imensas sobremesas ao nosso lado e apetecer comer uma grande quantidade. Então agora vamos lá falar de alguns truques que vou aplicando:

 

FRACCIONAR REFEIÇÕES: Podem achar que não, mas estar bem ´comido´faz toda a diferença. Ou seja, fazer as refeições todas desde manhã até à hora de almoço/jantar faz toda a diferença. Porquê? Porque não chegamos esfomeados!! Se eu for cheia de fome para um jantar em que vai haver sobremesa é bem mais fácil que queira a sobremesa do que se estiver controlada. Por isso mesmo tentem fazer isso!! No dia 30 e 31 têm de fazer todas as refeições, não saltando nenhuma!

 

COMER BEM: Quem gosta muito de sobremesas de certeza que deve saber isto: Ah… vou comer pouco à refeição para depois tirar a barriga da miséria nas sobremesas! Adivinhei ou não? Hoje em dia eu faço questão de comer muito bem na refeição que está à minha frente de forma a que depois não consiga mesmo comer muitas sobremesas e em quantidades exageradas. Tentem fazer o mesmo, pois mesmo que queiram, não vão conseguir comer, ou seja, já vos vai estar a ajudar 🙂

 

LEVANTAR-SE: Podem rir-se de mim, mas é verdade! Por vezes levanto-me e vou arrumar a loiça por exemplo. Desta forma consigo não ficar a olhar para todas as sobremesas que estão em cima da mesa. Além disso, há imensas vezes que nós só comemos a sobremesa porque está mesmo a olhar para nós e não porque gostamos, é só mesmo porque sim. E essas não valem mesmo nada a pena.

 

PILOTO AUTOMÁTICO: Se não é para ser, não é! Ou seja, defino muito bem na minha cabeça como é que vai ser a minha semana e se há jantares pelo meio e ´quando´ é que me faz sentido optar por este tipo de alimentos. E digo-vos já, dá-me muito mais prazer ao fim-de-semana, ao pé da minha família e/ou amigos, do que durante a semana só porque sim. No entanto, não é só porque é fim-de-semana que o faço! Por isso mesmo, nestes dias de natal, pensem o que é que vos faz sentido comer e não comam só porque sim. Valorizem esse momento, desfrutem e saboreiem.

 

EXERCÍCIO: E vocês perguntam, o que é que isso tem a ver? Tem, e não é pouco! Quando vou fazer exercício fico com mais energia, mais bem disposta e com menos vontade das tais asneiras. Só nos faz bem e na minha opinião não há desculpas para não fazerem nem que seja uma caminhada no dia 30 e/ou 31… não há tempo?!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

 

, , , ,

4 DICAS PARA VOLTAR À ROTINA DEPOIS DAS FESTAS

Como foi o vosso Natal?! MARAVILHOSO? 🙂 Mas a verdade é que passou a correr e que agora é hora de voltar à rotina! Por isso mesmo, deixo-vos aqui os truques que acho essenciais para termos uma alimentação saudável e os alimentos que não podem faltar em nossa casa! Além disso, e primeiro que tudo, nada de sobras em casa! Espero que tenham distribuído pela família… senão, vão passar a semana toda a acabar esse tipo de alimentos… ou seja, o natal em vez de ter sido a 24 e 25, acaba por ser duas semanas!

O planeamento e a organização são fundamentais a um estilo de vida saudável, pois sem isso, é quase impossível. Não é preciso organizar tudo ao pormenor, mas pelo menos ter presente certos truques essenciais para o conseguirem. Por isso mesmo:

COMPRAS: É o primeiro passo! Se não tiverem os alimentos em casa, começam logo a vossa semana desorganizada e sem saber para onde se virar (pelo menos, isso acontece-me a mim). E assim, aqui vos deixo alguns alimentos que tenho sempre em casa e que para mim acabam por ser a base, e por me ´safar´ quando não tempo tempo e/ou paciência para cozinhar:

  • Flocos de aveia: Um tipo de cereal que dá imenso jeito para todas as receitas cá de casa. Ora para as panquecas, para os queques, para as waffles, uma vez que dá para utilizar em flocos ou então triturar para ficar em farinha. Além disso, e se pensarem, só para despachar é só colocar numa taça com iogurte e fruta e voilá… fica pronto para comer, ou para levar! Relativamente a outro tipo de cereais, é baixo em açúcar e possui proteína e fibra.
  • Ovos: Um alimento com grande valor nutricional e muito versátil. Dá para cozer, para fazer mexido e também serve para todas as receitas de snacks que podem ir fazendo ao longo da semana. Se não há tempo para fazer um jantar quando chegam a casa às 21h00, mexem uns ovos e já está! O mesmo para quando não têm lanches para levar para o trabalho: cozem dois ovos e já está! Facilitem ao máximo o vosso dia-a-dia e não compliquem, porque senão, é muito difícil.
  • Atum: Serve para despachar um almoço e/ou um jantar bem rápido. Se por vezes não há tempo, sabendo que têm uma lata de atum na dispensa, já sabem que pelo menos têm alguma coisa para comer e não estão constantemente a pensar ´e agora…? o que vou fazer quando chegar a casa para conseguir ter uma refeição saudável?’… pelo menos a mim descansa-me bastante porque sei que pelo menos tenho alguma coisa disponível.
  • Fruta: Muito versátil e fácil de transportar. Claro que existem frutas mais fáceis de transportar e de comer, como a banana, maçã ou pera e por isso mesmo podem sempre optar por este tipo de fruta quando o tempo é pouco. Num instante comem fruta e frutos secos, ou fruta e ovo cozido, sem nenhuma ciência. Podem deixar a fruta mais ´complicada´de consumir para quando estão em casa e podem descascar, lavar as mãos etc…
  • Legumes frescos: São mesmo obrigatórios e não podem faltar em casa. Sempre que vão ao supermercado podem aproveitar para trazer, de forma a nunca faltar em casa. Uma das dicas que dou é comprarem legumes frescos não perecíveis e que saibam que mais para o final da semana ainda é possível utilizar.. como por exemplo couve coração, couve lombarda, cenouras, courgetes.. é o que costumo fazer porque assim garanto que no final da semana ainda tenho legumes para fazer, uma vez que ficam ótimos salteados, por exemplo. No entanto, os restantes legumes podem ficar para o início da semana, como alface, agrião e espinafres.
  • Legumes Congelados: A teoria é bem diferente da prática, porque na realidade ter sempre legumes frescos seria o ideal. No entanto, nem sempre é possível ter tempo para chegar a casa e ter de arranjar legumes frescos para o jantar. Por isso mesmo, eu tenho sempre legumes congelados para me ´safar´ nesses dias, porque na verdade o que quero mesmo é ter legumes. Sendo assim, acho que deviam sempre comprar alguns legumes congelados para vos ajudar, uma vez que é fundamental para a organização da semana. Hoje em dia já existe uma grande variedade de legumes congelados e por isso mesmo, aproveitem para facilitar a vossa vida.
  • Batata-doce/Arroz/Massa: Outro alimento que não pode faltar e que também não se estrada de um dia para o outro, ou seja, dá para ter na dispensa algumas embalagens em vez de andar sempre a comprar. E além disso, podem sempre fazer em grande quantidade para vos dar para mais dias, para ajudar novamente, na organização da vossa semana. Agora… batatas-fritas e coisas de pacote… por favor, nem pensar!
  • Iogurtes: Tenho sempre em casa, iogurtes naturais. Nada de aromas, de pedaços ou de polpas. Se quiser adicionar alguma coisa, adiciono eu. São alimentos práticos e muito fáceis para andar sempre connosco, pelo que acho que pode ser um alimento interessante para nos facilitar os lanches e snacks. Ora para acompanhar uns frutos secos, ora para juntar flocos de aveia, num instante se prepara o lanche para o trabalho. Ter alimentos fáceis de levar e de preparar é meio caminho andado para tudo correr bem, já sabem.
  • Queijo fresco: Este já devem saber que adoro. Gosto imenso para acompanhar panquecas, ovos mexidos, fruta ou frutos secos. Normalmente até o levo sozinho e como à colher, gosto e não me faz confusão. Ou então, acompanho com uma peça de fruta por exemplo. É novamente fácil de transportar e de comer… mas no entanto há a questão da temperatura. Dependendo do tempo, podem optar por levar uma placa refrigeradora para manter a sua temperatura. Além disso, para quem adora queijo (como eu), é uma hipótese.
  • Frutos secos/Sementes: Este tipo de alimentos então nem se fala… super prático e que cabe em qualquer sítio. Podem ter sempre na mala, na gaveta do trabalho ou na mochila, para andarem sempre com alguma coisa quando apertar a fome. E rapidamente lhe juntam uma peça de fruta, um ovo cozido ou um iogurte por exemplo. Não há razão nenhum para andar a comer bolachas e bolachinhas, se temos alimentos tão mais interessantes nutricionalmente e que facilmente também os transportamos. E se por vezes a questão é o esquecimento, tenham sempre no trabalho ou então nem tirem da vossa mala.
  • Bifes de peru/frango: Pois é, se por vezes não vos apetece comer bife de peru ou de frango grelhado, a mim também não (apesar de gostar, não me apetece muito andar a comer isso todos os dias). No entanto, temos de perceber que é um tipo de alimento que é muito fácil de fazer e que é num instante que se prepara uma refeição, e é nisso que temos de pensar! Porque os nossos horários e a carga de trabalho muitas vezes não nos permitem ter almoços/jantares todos xpto, mas temos de nos conseguir ´safar´. Além disso, e tendo um pouco de imaginação, dá para fazer imensa coisa. Podem grelhar um bife um dia… desfiar no dia seguinte para uma salada quente… ou então fazer uma quiche por exemplo.
  • Salmão/Dourada/Robalo: O mesmo que referi para os bifes de frango ou de peru. São muito fáceis de fazer e de preparar. Tanto podem grelhar como até cozer, eu já o fiz. Apesar de gostar mais grelhado, quando não dá tempo, já cozi e fiz uma salada que resultou muito bem.

 

SOPA: Se me seguem, já sabem que a sopa faz parte de todas as minhas refeições e que não pode faltar (raro excepções). Por isso mesmo, começar o trabalho novamente, vindos de férias, e sem a sopa pronta, é meio caminho andado para não começar bem a semana. E porquê? Porque sabemos que a temos de fazer (passamos o dia a pensar nisso), mas não temos paciência e ainda estamos no modo ´pós-férias´. Por isso, se ainda não a têm pronta, toca a ir para a cozinha fazê-la 🙂 Façam em grande quantidade, congelem, e garantem que a têm para vários dias.

ALMOCE BEM: Se não se conseguiu organizar para levar a marmita, vá almoçar fora… mas não deixe de almoçar ou almoçar apenas uma saladinha ou uma sopa! Não pode acontecer! Escolha um prato de sopa, um prato que lhe satisfaça do menu e termine com uma peça de fruta se lhe apetecer. Não precisa de comer sempre cozidos e grelhados, desde que deixe o molho do estufado de lado e que não acompanhe com pão (estes pequenos pormenores é que fazem toda a diferença).

DEFINIR HORÁRIOS: Com a volta ao trabalho, começa tudo a vir ao de cima (emails para responder, workshops para agendar, consultas para dar), e se for pensar apenas no trabalho todo que tenho pela frente, começa tudo a ficar para trás. E tudo o quê? O mais fácil de ficar para trás para a maioria das pessoas, o exercício físico. Já olhei para a minha agenda e já defini os horários para fazer exercício físico! É fundamental que fechem o dia e a hora como um compromisso, em que não podem faltar. Lá porque é exercício físico, não podemos considerar que não é um compromisso e que podemos deixar de ´ir´, porque na realidade, só nos estamos a enganar a nós próprios. Vai surgir sempre sempre uma razão para não o fazer (seja o trabalho, o tempo, os jantares ou os almoços), e por isso mesmo, temos de arranjar estratégias para que tal não aconteça. Se não dá para ir correr 1h, há-de dar para ir correr 30 minutos… é melhor que nada!

E para vos ajudar no planeamento, aqui vos deixo várias receitas para porem em prática:

  • Receitas de pequenos-almoços, aqui
  • Receitas de almoços/jantares, aqui

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!
, , ,

8 dicas saudáveis para o dia de Natal + Ementa

Finalmente vem aí dia de festa amanhã! Que maravilha! Agora, hoje vamos falar de alguns truques obrigatórios para colocarem em prática este fim-de-semana e que vos vão ajudar imenso!

  • Levantar e… Tomar o pequeno-almoço! Simples e diferente, já que é Natal? Que tal começar com uns ovos mexidos? 🙂 É um pequeno-almoço que me enche os olhos e que me deixa saciada durante imenso tempo!

[Nem pense em ir para a cozinhar começar a preparar tudo para a noite de Natal sem o pequeno-almoço tomado. Resultado: Irá começar a provar tudo o que está a fazer].

 

 

  • Costuma beber água durante o dia? Tem de ser! Prepare a sua garrafa e coloque ao pé de si para não passar despercebido. Se não aprecia água com o frio que se tem sentido nestes últimos dias, opte por chá. Pode sempre colocar como objetivo: 1 copo de água antes de cada refeição.
  • Não fique mais de 3h sem comer (vai evitar que ande a petiscar o dia todo e a provar todos os pratos e sobremesas que está a fazer. Se for preciso ponha um alarme para se lembrar) -> Não se esqueça de lanchar. Por vezes a família chega cedo a nossa casa e passamos essa refeição, começando logo a comer as entradas. Por isso mesmo, tenha a mesa tapada e faça as suas refeições normais, ou seja, lanche como um dia normal.
  • Quando for pôr a mesa, tape as entradas e as sobremesas. Se passar o dia a olhar para elas, a probabilidade de ir “roubar” um bocadinho é bem maior.
  • Sopa tanto ao almoço como ao jantar. Toda a família deve ter esse hábito. Além disso, temos de dar o exemplo às crianças. Não custa nada comer uma sopa antes da ceia de 24 e antes do almoço de 25. Ajuda bastante a não exagerar no prato seguinte. Faça uma sopa diferente, quem sabe um creme de brócolos com coentros?
  • Tradição é tradição! Mas tem de haver legumes ou salada para acompanhar as refeições principais. Salada, legumes estufados, couves cozidas são alguns exemplos. Porque não fazer uma salada super colorida, com frutos secos a decorar?
  • Cuidado com os temperos tanto das verduras como das saladas: 1 fio de azeite, vinagre e oregãos. Deixe de lado outro tipo de molhos. Se quiser dar mais sabor, aproveite para utilizar ervas aromáticas ou especiarias.
  • Se quer provar todas as sobremesas, tire apenas um bocadinho de cada uma para o seu prato de sobremesa.
  • Não se esqueça, distribua as sobras pela família toda.

 

E agora aqui fica uma ideia de ementa para o dia de amanhã:

Pequeno-almoço:

  • Ovos mexidos. Pode por exemplo acompanhar com pão escuro, fruta, frutos secos, legumes, consoante o seu gosto.

Meio da manhã:

  • Fruta + Frutos secos | Iogurte + Frutos secos | Ovo cozido

Almoço:

  • Para quem quer um almoço rápido:

– Bife de peru/frango (ou outro tipo que tenha no congelador) + arroz basmati + salada de folhas verdes.

– Salada de atum, por exemplo: atum ao natural + massa espiral + cogumelos + tomate + alface roxa.

– Hamburguer de peru +  arroz bastami + Legumes estufados

  • Se tiver mais tempo:

– Pargo no forno + batata-doce + grelos cozidos

– Perna de peru (se não fizer parte da ementa de natal) + arroz bastami + brócolos

– Filetes de gato no forno + batata-doce + couve-flor

– Prato vegetariano: Espetadas de tofu + arroz basmati + legumes na wok

Lanche:

  • Papas de aveia
  • Iogurte natural + Flocos de aveia
  • Panquecas de aveia

Jantar…. Ementa de Natal 🙂

E finalmente… UM FELIZ NATAL A TODOS! 🙂

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, , ,

BOLACHAS DE CANELA E ERVA DOCE

BOLACHAS DE CANELA E ERVA DOCE, para vos adoçar o dia 🤩 Receita em baixo, para experimentarem 👇

Ingredientes:

  • 60g de farinha de quinoa
  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa de mel
  • 1 colher de sobremesa de azeite
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1 colher de sobremesa de erva doce
  • 1 colher de sobremesa de canela

Modo de preparação e confeção:

  • Colocar numa tigela a farinha, o fermento, a erva doce e a canela.
  • Bater o ovo juntamente com a colher de mel e juntar ao preparado anterior, mexendo até ficar envolvido.
  • Por fim, juntar o azeite e mexer.
  • Numa bancada polvilhada com farinha, coloque o preparado, estique a massa e faça bolachinhas (eu fiz bolinhas, e espalmei para ser mais simples 😅😅).

Espero que gostem! Depois é só empratarem a gosto 🙂

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

9 dicas para organizar e aplicar no seu dia de Natal

  • Levantar e… Tomar o pequeno-almoço! Simples ou diferente, já que é Natal? Flocos de aveia, pão escuro, lacticínios magros ou fruta são algumas ideias. Pode ver várias ideias de pequenos-almoços, aqui.

 [Nem pense em ir para a cozinhar começar a preparar tudo para a noite de Natal sem o pequeno-almoço tomado. Resultado: Irá começar a provar tudo o que está a fazer].

  • Costuma beber água durante o dia? Não? Mas tem de ser! Prepare a sua garrafa e coloque ao pé de si para não passar despercebido. Se não aprecia água com o frio que se tem sentido nestes últimos dias, opte por chá. Pode sempre colocar como objetivo: 1 copo de água antes de cada refeição.
  • Não fique mais de 3h sem comer (vai evitar que ande a petiscar o dia todo e a provar todos os pratos e sobremesas que está a fazer. Se for preciso ponha um alarme para se lembrar) -> Não se esqueça de lanchar. Por vezes a família chega cedo a nossa casa e passamos essa refeição, começando logo a comer as entradas.
  • Quando for pôr a mesa, tape as entradas e as sobremesas. Se passar o dia a olhar para elas, a probabilidade de ir “roubar” um bocadinho é bem maior. Antes disso, não se esqueça de fazer algumas alterações quanto aos seus ingredientes, publicação aqui.
  • Sopa tanto ao almoço como ao jantar. Já está pronta? Toda a família deve ter esse hábito. Além disso, temos de dar o exemplo às crianças.
  • Tradição é tradição! Mas tem de haver legumes ou salada para acompanhar as refeições principais. Salada, legumes estufados, couves cozidas são alguns exemplos.
  • Cuidado com os temperos tanto das verduras como das saladas: 1 fio de azeite, vinagre e oregãos. Deixe de lado outro tipo de molhos. Se quiser dar mais sabor, aproveite para utilizar ervas aromáticas ou especiarias.
  • Se quer provar todas as sobremesas, tire apenas um bocadinho de cada uma para o seu prato de sobremesa.
  • Não se esqueça, distribua as sobras pela família toda.

Exercitar-se! Nem que seja com uma caminha de 30 minutos no dia 22,23 e 24 pelo menos 🙂 Ajuda sempre!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

 

 

, , ,

BOLINHAS ENERGÉTICAS

BOLINHAS ENERGÉTICAS 🥰

Esta sugestão que vos apresento pode ser uma alternativa para terem na vossa mesa de Natal, só para não abusarem dos ferrero roché 😅 Mas ferrero roché, é ferrero roché! Também só os comemos uma vez por ano, não é verdade?! ahah
Esta receita é bem fácil de fazer (como todas), e é uma sugestão agora para o Natal como para durante o ano quando vos apetece um docinho 👇

– 12 tâmaras sem caroço

– 80g de avelãs + 30g

– 1 colher de sopa de cacau puro

– 100ml de água

– Colocar as tâmaras de molho na água e depois triturar. Juntar as 80g de avelãs e o cacau e triturar novamente. Colocar no frigorífico (se quiserem, pois fica mais duro) e fazer bolinhas. Colocar uma avelã no meio de cada bolinha.

– Triturar as 30g de avelãs e passar as bolinhas pelas avelãs trituradas.

PRONTO! Que me dizem?! Por aqui gostaram e ficou aprovado 😘

, ,

4 truques para tornar a sua mesa de natal mais saudável

Já andamos todos nos preparativos do Natal (Espero que já tenham quase tudo preparado), e por isso mesmo nada melhor do que dar dicas para tornar a vossa mesa de natal mais saudável… Dou já estas dicas para conseguirem ainda comprar certas coisas e/ou definir o que vão fazer 🙂

Deixo-vos aqui a ligação para irem para todas as publicações que tenho sobre o Natal, se quiserem dar uma vista de olhos.

Vou falar de alguns truques para pormos em prática e que nos pode ajudar a termos uma mesa de natal mais saudável:

Coloque uma toalha ou panos por cima das entradas e/ou sobremesas: Nestes dias há sempre entradas e/ou sobremesas que não são totalmente saudável, ou na maioria das casas isso acontece. Como refiro muitas vezes, o problema muitas vezes é o ´petiscar´ e nada mais que isso. E porquê? Porque a mesa está sempre posta e nós estamos todo o dia a olhar para o que está em cima dela, tirando um bocadinho daqui… um bocadinho dali… E por isso mesmo, nada melhor que tapar tudo o que está em cima da mesa até à hora certa.

Tenha imaginação: Que tal optar por colocar diversos alimentos saudáveis em cima da mesa? A servir como enfeite? Caso existam este tipo de alimentos tenho a certeza que muitos dos seus convidados irão optar por eles, não exagerando na quantidade de erros alimentares. Podem colocar frutos secos caramelizados (sem sal e sem ser frito), uma salada colorida, fruta cortada aos pedaços, queijo fresco com doce de abóbora, frutos vermelhos…

Fruta, não pode faltar: Todos nós sabemos que nestes dias há sobremesas até mais não…! No entanto, tenho a certeza de que se houver também fruta, os seus convidados acabam por comer, deixando de lado a imensa quantidade de doces que existem. Isto não significa deixar de comer, apenas reduzir a quantidade.

Sopa para todos, sem conversa: Acho que é um regra que devemos ter diariamente e que lá porque é natal, não a devemos deixar de lado. Um creme de brócolos com coentros, uma sopa de cenoura… quem sabe! A refeição ficará logo bem mais saudável, ajudando a que não exageremos em tudo o que está em cima da mesa.

Legumes e/ou salada: É fundamental que tenham legumes para acompanhar a vossa refeição! Ou seja, vai ajudar a controlar muito mais o que comem na refeição e as quantidades.

Altere receitas: Claro que o Natal é só uma vez no ano e o objetivo com esta publicação não é que deixem de comer… mas sim, que se conseguirem reduzir por exemplo na quantidade de açúcar das sobremesas, já ajuda! Podem ver por exemplo a minha receita das broas de mel, em que adaptei a receita e em vez de açúcar utilizei mel.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

, , ,

7 dicas para controlar o seu peso no Natal

O Natal está mesmo a chegar e normalmente o aumento de peso nesta época é uma preocupação. Fazer dieta nesta época não faz sentido, mas sim ter atenção ao seu dia alimentar para que consiga então manter o peso. A não esquecer: o Natal são os dias 24 e 25! 🙂

  • Faça algumas alterações na confeção dos pratos e das sobremesas: diminua a quantidade de açúcar (prefira o adoçante), substitua o óleo pelo azeite, opte por lacticínios magros e diminua a quantidade de sal. Utilize canela e adoçante para dar sabor às sobremesas, bem como frutas doces (banana, manga …).
  • Faça todas as refeições no dia 24 e 25 (pequeno-almoço, meio da manhã, almoço, lanche e jantar): Pode crer que se passar o dia quase sem comer, vai comer em exagero na ceia de Natal!
  • Evite petiscar entre as refeições, principalmente quando prepara os pratos e as sobremesas para a ceia de natal. Para que isso não aconteça, não pode estar com fome! Dicas de como resistir aos doces durante o dia, aqui.
  • Mastigue devagar. É normal que com a mesa cheia, como normalmente acontece no Natal, esteja ansioso para provar de tudo, mas tem tempo, coma devagar.
  • Se quer provar todas as entradas, coloque um bocadinho de cada uma num prato de sobremesa e não repita.
  • Faça atividade física nesses dias, pode crer que se irá sentir muito melhor e consegue equilibrar com os exageros alimentares desta época.
  • No dia 26 tome logo uma atitude e volte à sua rotina! Não prolongue o Natal até ao fim do ano. E para isso: Distribua as sobras ou congele-as; beba bastante água e deixe as bebidas alcoólicas; comece sempre as refeições com um prato de sopa; exagere nas verduras e legumes às refeições; deixe as sobremesas e doces de lado (por vezes é difícil, mas apenas é preciso motivação e determinação!)

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, , , , ,

BACALHAU ESPIRITUAL

BACALHAU ESPIRITUAL, o jantar está servido!

Vocês pediram-me receitas de bacalhau, aqui estão elas! Agora, espero que as experimentem e partilhem o resultado final comigo ✌

Bem fácil de fazer, e claro que tive de adaptar a receita original 😅 Em vez de natas ou bechamel, utilizei queijo quark… e… ficou aprovado 🤗 O que vos parece?! Guardem a receita 👇

– 800g de bacalhau cozido desfiado

– 1 cebola grande

– 10 dentes de alho

– 200g de espinafres

– 2 cenouras

– 200g de batata-doce cozida

– 250g de queijo quark

– Pimenta preta

– Tomilho

– Começar por refogar o bacalhau na cebola, alho e azeite.

– Juntar os espinafres e a cenoura ralada e envolver bem. Temperar a gosto (usei tomilho, pimenta preta, pimentão doce)

– Esmagar a batata-doce e juntar ao preparado anterior. Envolver, deixar apurar e retirar do lume.

– Juntar o queijo quark e mexer bem até ficar uma mistura homogênea.

– Colocar num pirex de forno e por fim, polvilhar com queijo mozarela ralado ✌

E voilá… DELICIEM-SE! 🤗🤗🤗

Este slideshow necessita de JavaScript.

, , ,

5 TRUQUES PARA CONTROLAR A VONTADE DE COMER NO NATAL

Chegou o Natal, com muito convívio com a nossa família, entre pratos e iguarias típicas desta época. E como são dias especiais, e em que muitas vezes temos uma mesa cheia, nada melhor do que tentarmos aplicar alguns truques para nos ajudar nesta época.

FRACCIONE REFEIÇÕES: Termos as refeições definidas e organizadas, de forma a estarmos ´bem alimentados´ faz toda a diferença. Ou seja, fazer todas as refeições desde manhã até à hora de almoço/jantar faz toda a diferença. E porquê? Porque não chegamos cheios de fome às refeições! Se formos com muita fome para um jantar em que vai haver entradas ou sobremesas é bem mais fácil que queira a sobremesa do que se estiver controlado(a). Por isso mesmo, é importante que tentem fazer isso. Nestes dias tem de fazer todas as refeições, tentando então não estar mais de 3h a 3h30 sem comer!

COMA BEM: Quem gosta muito de sobremesas de certeza que muitas vezes pensa: vou comer pouco à refeição para depois aproveitar as sobremesas! Mas o importante é tentarmos pensar ao contrário, ou seja, comer bem à refeição para que depois não lhe apeteça uma grande quantidade de sobremesas e em quantidades exageradas.

DÊ IDEIAS: Apesar de todas as iguarias que temos à mesa, porque não optar também por algumas entradas ou pratos mais saudáveis? Podemos ter o queijo curado em cima da nossa mesa, mas podemos também ter um queijo fresco. Podemos fazer um queijo fresco com tomate cherry para a entrada. Quem sabe, espetadas de fruta para a sobremesa. E claro, uma salada ou legumes para acompanhar todas as refeições principais.

LEVANTE-SE: Pode parecer estranho, mas ajudar. Por vezes, levantar-se e ir arrumar a loiça faz com que não fique a olhar para todas as sobremesas que estão em cima da mesa. Por vezes, acabamos por comer as sobremesa porque estão mesmo à nossa frente e não porque gostamos.

PILOTO AUTOMÁTICO: Se não é para ser, não é! Ou seja, defino muito bem na minha cabeça como é que vai ser a minha semana e se há jantares pelo meio e ´quando´ é que me faz sentido optar por este tipo de alimentos. E digo-vos já, dá-me muito mais prazer ao fim-de-semana, ao pé da minha família e/ou amigos, do que durante a semana só porque sim. No entanto, não é só porque é fim-de-semana que o faço! Por isso mesmo, nestes dias , pensem o que é que vos faz sentido comer e não comam só porque sim. Valorizem esse momento, desfrutem e saboreiem.

EXERCÍCIO:  Quando fazemos exercício físico ficamos com mais energia, mais bem dispostos e com menos vontade de tantas asneiras. Apesar de ser natal, podemos definir que vamos andar 30 minutos todos os dias. Não é preciso fazê-lo durante horas, mas podemos apenas definir umas pequenas caminhadas. As minhas roupas são na maioria da prozis e às vezes compro algumas coisas de que gosto para me motivar no exercício físico. Faz-nos sempre bem à alma 🙂 Com o código poetenalinha têm 10% de desconto no site, podem fazer as vossas compras aqui.

E POR FIM…

APROVEITE: Ter eventos sociais e estar com a família também faz parte de um estilo de vida saudável. Fazer os ditos ´erros alimentares´ também faz parte de um estilo de vida saudável. O mais importante é na verdade termos controle sobre isso e não passarmos 4 ou 5 dias a fazê-lo, desde o pequeno-almoço à ceia. Olhe ao seu redor, pense no que aprecia mais e faça escolhas, de acordo com o seu gosto pessoal. Não se martirize e não pense ´perdido por 100, perdido por 1000´.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha