, , ,

Passa o dia dentro do escritório?! 5 truques para manter uma alimentação saudável

Muitas vezes com o excesso de trabalho nem conseguimos sair do escritório, e acabamos por passar lá dentro a maior parte do tempo! E depois… ou encomendamos comida, ou pelos aos colegas para nos trazerem ´qualquer coisa´ ou ficamos sem comer. Para mim, todas essas opções devem ser evitadas… uma vez ainda é como o outro, mas por regra, torna-se mais difícil manter uma alimentação saudável.

Por isso mesmo, e como em tudo, acho que a chave é o planeamento e organização, de forma a conseguirem levar tudo para o escritório e comerem bem durante o dia! Eu sei que o tempo é pouco, que todos trabalhamos muito, mas a nossa alimentação deve ser uma prioridade na nossa vida.

Ou seja, vejam se estes truques vos fazem sentido:

  • ASSUMIR como é que é a vossa vida: Pois bem, se sabemos que andamos sempre a correr de um lado para o outro, que passamos o dia todo no escritório, temos de ter a plena noção disso para nos conseguirmos organizar em termos de alimentação e de lancheiras. Ou seja, andar com a lancheira bem cheia para garantir todas as refeições desses dias. Por vezes o pensar ´ah hoje vou mais cedo para casa´ resulta em não levar as coisas e depois corre mal… porque na verdade passam o dia sem se alimentar bem, e sem a comida necessária para esse dia.
  • TER OS ALIMENTOS EM CASA: Malta, senão é impossível. Têm mesmo de ter os alimentos em casa para conseguirem levá-los para o trabalho, senão não dá. Por mais que tentem inventar, têm de ter alguma coisa em casa para o conseguirem fazer. Deixo-vos aqui a publicação sobre os alimentos que não podem faltar em vossa casa, e aqui a publicação dos alimentos que não devem entrar no vosso carrinho das compras.
  • PREVENIR: Se já sabem que à tarde vos dá uma vontade de um doce, aconselho a levarem alguma coisa para o escritório com esse fim. Mais vale isso, do que depois quererem ir ao café comer o dito pastel de nata. Ou seja, levem um chocolate negro, banana com manteiga de amêndoa, manteiga de amendoim, bolachas de arroz com canela, bolachas com pepitas de chocolate ou pepitas de cacau (caseiras…).
  • HORAS QUE VÃO PASSAR DENTRO DO ESCRITÓRIO: Então, se vão passar o dia todo no escritório, é importante que percebam o número de horas total para conseguirem levar tudo. Caso fiquem até às 20h00 da noite, talvez precisem de levar lanche da manhã, almoço, 1º lanche da tarde, 2º lanche da tarde… e jantar, consoante fiquem lá até ainda mais tarde ou não. Ou seja, isto significa que precisam de uma lancheira que dê para isso tudo, e de marmitas que dê para isso tudo também. A minha lancheira é esta e caso gostem dela, com o código poetenalinha têm 10% de desconto. Dá-me imenso jeito porque como tem três patamares, consigo levar comida para todo o dia no consultório.
  • COMIDA QUE VOS SAIBA BEM: Quando passo o dia todo no escritório, e levando comida para o dia todo, levo sempre a lancheira e com alimentos que me saibam bem. Isto porque até podemos levar ´qualquer coisa´, mas com o excesso de trabalho e com o cansaço vai-nos começar a apetecer ir ao café ou ir buscar outro tipo de alimentos que são mais ´saborosos´ e que nos iriam saber melhor. Por isso, faço questão de ir bem ´apetrechada´, podem ver em baixo algumas fotografias. Normalmente levo sempre:

    – Frutos secos
    – Queijo fresco
    – Iogurtes líquidos magros
    – Sopa de legumes
    – Prato principal (saladas frias, o resto do jantar, consoante o que tenho em casa… mas sempre uma boa quantidade para ficar satisfeita)
    – Marmita com flocos de aveia e sementes (para depois juntar iogurte)
    – Bolachas de milho ou de arroz
    – Panquecas ou muffins

Este slideshow necessita de JavaScript.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

4 truques ESSENCIAIS para emagrecer

Um tema que interessa a muita gente e um assunto que me dá muito gosto. Primeiro que tudo, quem quer perder peso tem de perceber que tem de alterar hábitos alimentares agora e daqui em diante, porque ´milagres ´não há 🙂 E como digo muitas vezes, pensem no que é um dia, chegarem ao peso que querem e manterem… com alguns erros alimentares, desde que equilibrados. E mais importante que tudo, não desistam! Porque senão, estão de desistir de vocês.
 
Dietas radicais: Sim, perde-se muito peso. Sim, têm resultados extraordinários ao fim de uma ou duas semanas. Mas será que é sustentável ao longo do tempo?! Na minha opinião não, porque acima de tudo e mais importante, é aprendermos a comer. É percebermos que temos de alterar os hábitos alimentares que talvez estejam enraizados há muitos anos, ou seja, mudar para sempre. Além disso, e muitas vezes, o resultado depois desse peso todo perdido e uma vez que houve uma redução drástica em termos de alimentos e nutrientes, é querer voltar a comer ´este mundo e o outro´.
Desistir?! Nunca! Eu sei que é difícil por vezes não atingirmos os nossos objetivos e não perdemos o peso que tanto desejamos. Mas se pensarmos, a vontade de desistir não vai ajudar em nada. Aliás, só vai fazer com que esse objetivo não seja cumprido. Falo nisto relativamente ao peso como a outro assunto na nossa vida. Somos nós que estamos em questão, é a nossa saúde que está em jogo. Será que faz sentido, caso não vejamos resultados na perda de peso, começar a comer novamente salgados e batatas-fritas diariamente? Não me parece! Cada passo é um passo e o caminho faz-se caminhando. O mesmo relativamente ao exercício. Posso partilhar com vocês que agora vou ter de deixar a corrida de lado (por muito que me custe), mas já estou a pensar em alternativas e estou a pensar ir para a natação e continuar a fazer trx em casa. Se não dá de uma maneira, tem de dar de outra.
Metas: Pode ser uma ótima estratégia para nos motivarmos e vermos que conseguimos mudar. Mas as metas têm de ser reais, fazivéis e sustentáveis ao longo do tempo. Ou seja, nada de começar a pensar que a partir de agora vamos 7x por semana ao ginásio, vamos caminhar todos os dias e não vamos comer nada que não esteja escrito no plano alimentar, mesmo que seja o aniversário do nosso pai/filho ou namorado. Gente, o mais importante para perder peso é também ser feliz, não perder a vida social e sentirmo-nos bem. Ou seja, pensem em metas como: 3x semana vou ao ginásio, vou começar a beber 2L de água, não vou comer pão 1x semana e vou comer ovos mexidos ao pequeno-almoço à segunda-feira.
Ajuda: Quando precisamos de apoio é fundamental falar com as pessoas à nossa volta para perceberem a importância e o papel que podem ter. No que diz respeito à perda de peso, ainda mais. É importante que toda a gente esteja envolvida e não me digam ´ah mas eles não têm culpa de eu ter de perder peso´ porque sinceramente não percebo. Isso significa o quê? Que podem comer tudo o que quiserem? Que podem beber refrigerantes e comer gelado como sobremesa? Não me parece! Porque realmente não faz sentido e apesar de não terem de perder peso, têm de cuidar da sua saúde! Por exemplo, e para perceberem, na maioria dos jantares que dou, a sobremesa é fruta. E porquê? Porque a mim também me custa não comer sobremesa se a tiver a olhar para mim e por isso mesmo já defini que é assim, e devia ser sempre.

E claro que, e fundamental é a prática de exercício físico. Ajuda muito na perda de peso e não pense que tem de ir para o ginásio 2horas ou que fazer exercício físico é inviável porque pode apenas caminhar dia sim dia não e já ajuda.

Espero que tenham gostado! Comentem 🙂

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, , ,

PANQUECAS DE TRIGO SARRACENO

Panquecas feitas num instantinho para começar a nossa manhã. E com um pequeno-almoço assim, não peço mais nada 🙂

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa rasas de farinha de trigo sarraceno
  • 1 colher de sopa de farinha de linhaça
  • 1 ovo inteiro
  • 2 colheres de sopa de água

Modo de confeção:

  • Envolver bem todos os ingredientes e colocar numa frigideira antiaderente bem quente.
  • Deixar cozinhar de um lado, do outro e… voilá
  • Rechear com iogurte natural, millet puff, manteiga de amendoim, mirtilos e framboesas!

Aprovam?!

Com o cupão POETENALINHA têm 10% de desconto na prozis, onde podem comprar manteiga de amendoim, amêndoa, lascas de coco, pepitas de cacau cru, farinha de aveia… todos os ingredientes que servem para fazer as receitas! Podem fazer as vossas compras aqui. 

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube 🙂 Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

EU TAMBÉM JÁ FUI ASSIM

Por vezes em consulta há que me diga ´Mas a Maria não sabe o que é ter excesso de peso´, ´Não sabe o que é ter de mudar hábitos alimentares´ porque sempre foi magra. Será que sim?! Pela fotografia em cima conseguem ver que não. Já passei por várias fases (complicadas), e por isso vos digo que um dia vos vou contar a minha história, e uma delas foi ter peso a mais. Tenho 1,59 e já cheguei a pesar 65 kg e a vestir um 42 de calças… o que para a minha estatura e para o meu corpo, era bastante.

Não é fácil, NÃO!

É difícil, SIM!

É possível? SIM!

Basta QUERERMOS e ter muita força de vontade!

Claro que ter hábitos alimentares desadequados e mudá-los não é nada fácil, de todo. Ainda me lembro dos pães com chouriço que comia na escola, das merendas ou dos croassaints… Ainda me lembro de quando não comia arroz/massa ou batata com medo de engordar mais… ainda me lembro disso tudo! Sei bem o que é olhar ao espelho e não gostar do que via, de ter medo de comer porque ia engordar, de ir para a praia com uma  t-shirt porque não gostava da minha barriga… sei bem o que é isso tudo!

Se me perguntarem como é que consegui?! Consegui com muito esforço, com muitas alterações a nível psicológico e ainda mais importante… perceber o que é comer, mas de forma SAUDÁVEL!

Hoje em dia como de tudo, de forma equilibrada e saudável. Como sobremesas, como batatas-fritas, como chocolates… mas esporadicamente! Não vou para um casamento comer saladas! Tenho é plena noção de que tem de ser de vez em quando e não diariamente… tenho é plena noção de que não podemos andar a abrir precedentes e excepções todos os dias só porque sim! Porque na verdade, todos os dias é muito fácil pisarmos o risco, todos os dias é possível haver uma razão para fazermos um erro alimentar… Ou é porque vamos jantar fora e temos o ´direito´ de comer uma sobremesa, ou é porque vamos a casa de amigos e não podemos fazer a desfeita de não comermos, ou é porque estamos chateados e queremos um chocolate, ou é porque é fim-de-semana e queremos sair da nossa zona de conforto… mas na verdade, NÃO PODE SER ASSIM! Temos de perceber quando é que faz sentido, ou não, fazermos esses erros alimentares…! Se eu sei que este fim-de-semana vou ter vários almoços, qual é a razão de ir jantar fora durante a semana e comer batatas-fritas? Só porque vou comer fora?

Deixem-se de dietas yo-yo, de dietas rápidas.. disto ou daquilo! A maioria das vezes não se aprende nada, cortamos tudo na alimentação! Perdemos peso, claro! Porque comemos menos do que aquilo de que necessitamos! Depois de perdido o peso, queremos voltar a comer tudo e tudo e tudo e é pior a emenda do que o soneto. Temos de aprender é a comer, e de manter esses hábitos saudáveis para SEMPRE… e não apenas quando queremos perder peso! Temos de saber que temos de comer sopa todos os dias, legumes todos os dias, deixar os alimentos processados de lado, que não podemos comprar bolachas para casa, que lá porque temos um jantar não temos de comer sobremesa… e GARANTO-VOS, que se, todos os dias fizerem um bocadinho melhor que o dia anterior, chegam aos objetivos que tanto querem!

Há um medo constante com os hidratos de carbono, com a batata, o arroz ou a massa… com o pão… mas garanto-vos que não é isso que engorda! É sim a bolachinha antes de ir dormir, do pastel de nata depois de almoço, do croassaint a meio da manhã… são essas coisas todas que nos fazem mal (estou a falar diariamente claro).

Se quiserem saber um pouco mais de mim, deixo-vos estas publicações para lerem:

O que acharam do que escrevi?! Gostavam de saber mais alguma coisa? Deixem tudo em comentário!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

3 truques para pensar positivo quando começa a praticar exercício físico

Para muitos de nós a prática de exercício é uma barreira/limitação no nosso dia-a-dia. Ou porque não temos tempo, ou porque não gostamos, ou porque não nos sentimos bem em ir para o ginásio ou apenas porque não queremos. É uma verdade. Em consulta tento sempre transmitir a importância de praticar exercício físico, tanto para a perda de peso, como para nos sentirmos mais ativos e mais enérgicos. Falo por mim…

Quando queremos perder peso, ou sermos mais saudáveis, temos de perceber que alguma coisa tem de mudar, que temos (NÓS) de mudar, e que não há ´milagres´. Praticar exercício físico não significa ir 2h para o ginásio, ´puxar ferro´ e apanhar a maior seca da vida. Praticar exercício físico significa que precisa de se exercitar, de acordo com os seus gostos e de acordo com o que o profissional de desporto definir para si (nem todos podemos fazer o mesmo).

Para quem me segue, sabem que comecei a correr há dois anos. Como devem imaginar, comecei por correr 1Km…2Km…3Km… não foi de um dia para o outro. Além disso, muitas vezes me apeteceu ficar em casa e não ir correr, mas não! Obrigo-me, porque realmente depois sinto-me muito melhor. Vocês têm de fazer o mesmo e colocar o exercício como uma prioridade na vossa vida, ou seja, se é fim-de-semana, mais uma razão para darem uma caminhada (que temos mais tempo porque não estamos a trabalhar).

Por isso mesmo, pense positivo:

Eu, sou eu: Lá porque existem pessoas que conseguem levantar muito peso, que conseguem correr imenso na passadeira ou fazem três aulas seguidas, não tem de fazer o mesmo. Primeiro que tudo, não tem de pensar nisso. Só ter começado a praticar exercício físico já é um passo, que o/a levará à mudança. Também gostava de correr muito rápido, mas não consigo… Qual é a solução? Trabalhar para isso.

Não queira fazer tudo de uma vez: Começar a ir 7x semana ao ginásio ou a fazer outro desporto quando não se fazia nada não me parece o mais adequado. Comece devagar para que seja um hábito para ficar na sua vida e no seu dia-a-dia. Por vezes queremos tudo ´para ontem´e começamos a exagerar em certas coisas. Depois resulta em quê? Acontece um imprevisto, como é normal, deixa de ir e já não vai mais.

Insista e persista: Não é de um dia para o outro que começa a ver resultados. Tem de continuar para começar a ver as diferenças no seu corpo, e assim sim, até ganha mais motivação. É também importante que tenha um plano de treino adaptado a si e aos objetivos que quer alcançar (ir para o ginásio fazer o que nos apetece parece-me que não é o mais adequado). Quando comecei a correr, odiava, mesmo! E pronto… as coisas foram mudando, porque realmente a energia e o bem estar com que me sentia depois de correr era demais! 🙂

Mais uma dica, roupa que vos faça sentir bem: Claro que podemos utilizar qualquer tipo de roupa para praticar desporto, qualquer coisa que esteja lá por casa serve. Mas na realidade, ora para rapaz ora para rapariga, se tivermos uma calças confortáveis, ténis adequados ao exercício, camisolas e top´s (no caso das raparigas) de uma cor gira e que nos sintamos bem, faz diferença. Apesar de achar que temos de nos sentir bem de qualquer maneira, gosto de ter uma roupa que goste para correr.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha
, , ,

5 dicas para não desistir da dieta

Façam uma reflexão e pensem: Quantas dietas já experimentei? Há quantos anos ando de dieta? Há quanto tempo ando a tentar perder peso?!

Começar uma dieta muitas vezes é bastante fácil, basta estarmos motivados e querermos! No entanto, mantê-la é que é a  maior dificuldade muitas vezes, concordam? Por isso mesmo é que nem gosto de chamar dieta, mas sim estilo de vida saudável! Começamos super motivados, mas se depois alguma coisa surge na nossa vida, lá vem o discurso de ´agora não estou preparado´, ´tenho uma vida complicada e não tempo para estas coisas´, ´trabalho muito e não tenho tempo´… são tudo verdades. Mas é por isso que vão começar a comer bolos a torto e a direito?! Que vão começar a beber sumos?! Na minha opinião é apenas uma desculpa.. e porquê? Porque há opções que podem fazer parte do nosso dia-a-dia e que nada têm haver com ter tempo ou não…

Assim sendo, e algumas dicas para não desistir da dita ´dieta´ (Estilo de vida saudável):

NÃO PASSE FOME: Pessoal, passar fome não é a solução para perder peso! Se por vezes a perda de peso já é uma dificuldade em termos psicológicos, quanto mais passar fome. Não queira perder peso a todo o custo, porque mesmo que perca bastante peso num curto espaço de tempo, pode não ser sustentável a longo prazo.

OBJETIVOS: É uma forma de nos levar a pensar no que queremos manter, alterar ou melhorar. A definição destes objetivos pode ajudar, e bastante, desde que realistas e sustentáveis ao longo do tempo. Por exemplo, não queiram perder 10 Kg num mês ou começar a ir ao ginásio 7x semana. E porquê? Eu sei que isso é possível, sim! Mas muitas vezes é possível à motivação que nos move e depois o resultado, quando acontece alguma coisa que não estávamos à espera, desistimos de tudo! E por isso mesmo, vejam aqui alguns exemplos:

  • Fazer atividade física 3x semana
  • Beber pelo menos 5 copos de água por dia (beber um copo de água antes ou em cada refeição)
  • Tomar o pequeno-almoço sentado à mesa 3x por semana
  • Realizar uma refeição sem sal (adicione especiarias e ervas aromáticas)
  • Não comer manteiga pelo menos 1 dia na semana
  • Ir almoçar fora só 2x semana (levar a marmita nos restantes dias)
  • Comer mais devagar e demorar pelo menos 15 a 20 minutos a almoçar
  • Comer 2 peças de fruta por dia

ALIMENTAÇÃO IDEAL: O plano alimentar que é definido para vocês tem de vos fazer sentido, é o que digo sempre em consulta! Digo sempre que ´antes de cumprirem o plano alimentar que definimos porque eu digo, têm de o cumprir porque tudo o que combinamos vos faz sentido´, pois se tal não for assim, é mais difícil que tudo corra bem.

TENHA CONSULTA MARCADA: Por vezes tenho vários clientes que tentam fazer dieta sozinhos… que procuram na internet ´como fazer dieta´e assim o fazem. Claro que é sempre importante estar alerta para opções mais saudáveis, mais conscientes, mas por vezes as opções que fazemos não são as mais corretas… e qual é a solução? O que é que vocês pensam? ´Ando aqui eu a excluir imensa coisa da minha alimentação e não consigo perder peso, então não vale a pena´! É fundamental que seja acompanhados por um profissional da área de nutrição, que vos defina objetivos e faça um plano alimentar consoante as vossas preferências alimentares.

DIÁRIO ALIMENTAR: Talvez a melhor forma de se aperceber dos erros alimentares que comete, ou então das combinações alimentares que poderiam ser interessantes alterar. Muitas vezes não nos apercebemos do que fazemos diariamente, e muitas vezes em consulta é um dos métodos interessantes a aplicar.

NÃO DESMARQUE A CONSULTA DE NUTRIÇÃO: ´Este mês não fiz nada, então não vale a pensa ir à consulta´, ´Não perdi peso, o que é que vou fazer à consulta de nutrição?´… Ora pois bem, é meio caminho andado para que as coisas não corram bem. A consulta de nutrição é um momento super importante para exista uma conversa, para que exista motivação, para que exista um compromisso e a definição de objetivos.

RETIRE OS INIMIGOS DE CASA: Quanto mais estiver à vista determinado alimento que nós gostamos muito, pior é! E falo por mim… Adoro queijo, adoro mesmo. Qual é a solução para não o atacar quando chego a casa? Não o tenho! Tenho apenas queijo fresco. É uma estratégia ótima para nos ajudar. Além disso, ter no entanto alimentos que nos satisfaçam em casa, de forma a termos prazer com a nossa alimentação dessa forma.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

 

, , , ,

MINI PANQUECAS DE LINHAÇA

Nestas manhãs frias apetecem-me mesmo umas panquecas quentinhas! Feitas em dois minutos, sem nada que saber, e que fazem o pequeno-almoço de qualquer um.

Guardem já a receita para experimentarem desse lado:

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de farinha de trigo sarraceno
  • 1 colher de sopa de farinha de linhaça
  • 50ml de claras pasteurizadas (eu uso as da prozis) – com o cupão poetenalinha têm 10% de desconto nas compras online (podem fazer aqui)

Modo de confeção:

  • Misturar tudo muito bem ate ficar homogéneo 🥞
  • Numa frigideira antiaderente bem quente colocar a quantidade de preparado consoante o tamanho da panqueca que querem 🥞
  • Deixar cozinhar de um lado e de outro e… voilá 👌

Fãs de panquecas como eu desse lado?! Algum truque que queiram partilhar?! 😍

Um ótimo dia 😘😘😘 Põe-te na linha! Alimenta A tua saúde! #poetenalinha

, , ,

As minhas sobremesas preferidas (e os truques que uso para me controlar)

Pois é malta, o meu ´calcanhar de aquiles´ são as SOBREMESAS! E quem diria, não é verdade?! Porque às vezes parece que o(a)s nutricionistas são diferentes e que não comem nada destas coisas… mas comem! Ou pelo menos, eu como! Não se enganem e não pensem que não gostamos deste tipo de alimentos, eu sempre gostei e sempre vou gostar… agora claro, com conta, peso e medida!

Como já vos disse, um dia conto-vos a minha história, mas também já passei por um processo de perda de peso em que me privava de tudo e mais alguma coisa. Não comia arroz, massa, batata…sobremesas… ou pelo menos, privava-me muito mais do que hoje em dia. E adivinhem, tinha mais 15 kg. Qual é a conclusão a que chego?! Que não sabia era comer! Hoje em dia como arroz, massa, batata e sobremesas… e tenho menos peso! O que mudou? Aprendi a comer!

Antigamente custava-me mesmo muito ir jantar fora e não pedir SEMPRE uma sobremesa. Além disso, sempre que o R. pedia para dividirmos uma sobremesa eu dizia que não, porque queria uma SÓ para mim. E hoje em dia, isso até pode acontecer, mas é muito menos frequente. Com o passar do tempo, fui tentando fazer um trabalho motivacional nesse sentido, de forma a comer uma sobremesa quando valer mesmo a pena. Ou seja, se houver mesmo aquela sobremesa de que tanto gosto! Porque, na maioria das vezes, sinto que todos nós acabamos por comer sobremesa apenas porque sim… apenas porque vamos jantar fora… apenas porque arranjamos uma razão o fazer. ´Já que vou jantar fora, tenho de aproveitar e comer uma sobremesa´… ERRADO! Acho que não podemos andar constantemente a arranjar uma razão para tal, uma vez que jantar fora hoje é dia é tão comum, e não faz sentido andar a comer sobremesas a torto e a direito.

As minhas sobremesas favoritas são das piores… ahah  🙂 Cheesecake, gelados e serradura! Normlmente a serradura faz parte das nossas festas de casa (até porque não há em muitos restaurantes), mas quando há cheesecake, tenho mesmo de pensar se vale ou não a pena… Há dias em que sim, há dias em que não. E vou deixar-vos alguns truques que utilizo hoje em dia para conseguir resistir e não comer sobremesa sempre que vou comer fora (importante: estas mudanças não acontecem de um dia para o outro, demoram muito tempo a fazer-nos sentido, a conseguirmos aplicar… se todos os dias fizerem um bocadinho melhor do que no dia anterior, garanto que vão começar a ver resultados, a ficar motivados, a querer continuar):

  • COMER BEM DURANTE O DIA: A maioria de nós vai jantar fora já com a ideia de que tem de ir com fome para aproveitar tudo a que tem direito. Não concordo. Por isso mesmo, o nosso dia alimentar deve ser equilibrado e devemos comer bem de forma a não chegarmos esfomeados à hora de jantar.
  • COMER BEM AO JANTAR: Ou seja, não vale não comer nada ao jantar a  pensar já na sobremesa. Muitas vezes eu fiz isso por querer mesmo a sobremesa. Hoje em dia faço o contrário: começo pela sopa e como um bom prato principal. Ou seja, fico muito satisfeita com o prato e assim é muito menos provável que queira comer a sobremesa!
  • SOPA: Faz-me todo o sentido pedir sopa nos restaurantes, e que o vosso problema não seja a sopa ter, ou não ter, batata! Porque sinceramente, melhor é comer sopa com batata do que rissóis, croquetes ou então a sobremesa. E aquele pensamento ´como vou comer fora, não vou comer sopa´, a mim não me faz sentido, de todo.
  • AVALIAR: Tento perceber se a sobremesa que existe é mesmo a minha ´praia´ou não e se vai valer a pena… porque muitas vezes é mesmo comer por comer, e isso não vale a pena! Além disso, tento também perceber como é que está a ser a minha semana ou como irá ser o meu fim-de-semana, ou seja, se vou ter jantares e/ou festas…. porque se vou ter, já vou comer coisas ´diferentes´nesses dias. E novamente… ir jantar fora não é razão para ter de comer tudo tudo tudo !

Hoje em dia tento também reinventar em casa de forma a optar por alimentos mais saudáveis quando me apetece o tal doce. Por exemplo, manteiga de amendoim ou de amêndoa com fruta, bolachas de arroz com manteiga de amendoim, trufas energéticas, granola adoçada com banana ou com passas… é só pensarmos de que forma é que o conseguimos fazer, e ajuda-nos imenso!

A manteiga de amendoim e de amêndoa, as pepitas de cacau cru, as lascas de coco compro na prozis e com o código poetenalinha têm 10% de desconto em qualquer compra. Podem fazê-las aqui.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

 

 

, , ,

5 truques para controlar a vontade de comer na Páscoa

Chegou a Páscoa, um fim-de-semana prolongado e muito convívio com a nossa família, entre pratos e iguarias típicas desta época. E como são dias especiais, e em que muitas vezes temos uma mesa cheia, nada melhor do que tentarmos aplicar alguns truques para nos ajudar nesta época.

 

FRACCIONE REFEIÇÕES: Termos as refeições definidas e organizadas, de forma a estarmos ´bem alimentados´ faz toda a diferença. Ou seja, fazer todas as refeições desde manhã até à hora de almoço/jantar faz toda a diferença. E porquê? Porque não chegamos cheios de fome às refeições! Se formos com muita fome para um jantar em que vai haver entradas ou sobremesas é bem mais fácil que queira a sobremesa do que se estiver controlado(a). Por isso mesmo, é importante que tentem fazer isso. Nestes dias tem de fazer todas as refeições, tentando então não estar mais de 3h a 3h30 sem comer!

COMA BEM: Quem gosta muito de sobremesas de certeza que muitas vezes pensa: vou comer pouco à refeição para depois aproveitar as sobremesas! Mas o importante é tentarmos pensar ao contrário, ou seja, comer bem à refeição para que depois não lhe apeteça uma grande quantidade de sobremesas e em quantidades exageradas.

DÊ IDEIAS: Apesar de todas as iguarias que temos à mesa, porque não optar também por algumas entradas ou pratos mais saudáveis? Podemos ter o queijo curado em cima da nossa mesa, mas podemos também ter um queijo fresco. Podemos fazer um queijo fresco com tomate cherry para a entrada. Quem sabe, espetadas de fruta para a sobremesa. E claro, uma salada ou legumes para acompanhar todas as refeições principais.

LEVANTE-SE: Pode parecer estranho, mas ajudar. Por vezes, levantar-se e ir arrumar a loiça faz com que não fique a olhar para todas as sobremesas que estão em cima da mesa. Por vezes, acabamos por comer as sobremesa porque estão mesmo à nossa frente e não porque gostamos.

PILOTO AUTOMÁTICO: Se não é para ser, não é! Ou seja, defino muito bem na minha cabeça como é que vai ser a minha semana e se há jantares pelo meio e ´quando´ é que me faz sentido optar por este tipo de alimentos. E digo-vos já, dá-me muito mais prazer ao fim-de-semana, ao pé da minha família e/ou amigos, do que durante a semana só porque sim. No entanto, não é só porque é fim-de-semana que o faço! Por isso mesmo, nestes dias , pensem o que é que vos faz sentido comer e não comam só porque sim. Valorizem esse momento, desfrutem e saboreiem.

EXERCÍCIO:  Quando fazemos exercício físico ficamos com mais energia, mais bem dispostos e com menos vontade de tantas asneiras. Apesar de ser páscoa, podemos definir que vamos andar 30 minutos todos os dias. Não é preciso fazê-lo durante horas, mas podemos apenas definir umas pequenas caminhadas. Esta semana encomendei este top da prozis e esta camisola, para me motivar no exercício físico. Faz-nos sempre bem à alma 🙂 Com o código poetenalinha têm 10% de desconto no site, podem fazer as vossas compras aqui.

E POR FIM…

APROVEITE: Ter eventos sociais e estar com a família também faz parte de um estilo de vida saudável. Fazer os ditos ´erros alimentares´ também faz parte de um estilo de vida saudável. O mais importante é na verdade termos controle sobre isso e não passarmos 4 ou 5 dias a fazê-lo, desde o pequeno-almoço à ceia. Olhe ao seu redor, pense no que aprecia mais e faça escolhas, de acordo com o seu gosto pessoal. Não se martirize e não pense ´perdido por 100, perdido por 1000´.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha