, ,

3 ALIMENTOS CONGELADOS QUE COMPRO NO SUPERMERCADO

Antes de mais, é importante referir que quanto mais fresco melhor. No entanto, e deixando a teoria de lado, que muitas vezes é bem diferente da prática, alguns alimentos congelados dão muito jeito… E porquê? Porque nem sempre conseguimos ter a nossa semana organizada, nem sempre chegamos a horas de fazer as nossas refeições e nem sempre temos paciência… ou seja, temos de arranjar estratégias para nos ajudar no dia-a-dia.

Muitas vezes o tempo é o nosso grande desafio… a nossa gestão de tempo. Por isso mesmo, a utilização de alimentos congelados acho que pode ser uma alternativa e uma solução para nos ajudar a manter uma alimentação saudável, quando não há tempo. A pressão no trabalho, cuidar dos filhos, arrumar a casa, o transito… tudo isso influencia o nosso tempo, a nossa disposição para cozinhar e por isso mesmo, a nossa alimentação. Alimentos congelados são, principalmente nos dias em que é uma correria, a solução.

 

  • Legumes Congelados: A teoria é bem diferente da prática, porque na realidade ter sempre legumes frescos seria o ideal. No entanto, nem sempre é possível ter tempo para chegar a casa e ter de arranjar legumes frescos para o jantar. Por isso mesmo, eu tenho sempre legumes congelados para me ´safar´ nesses dias, porque na verdade o que quero mesmo é ter legumes. Sendo assim, acho que deviam sempre comprar alguns legumes congelados para vos ajudar, uma vez que é fundamental para a organização da semana. Hoje em dia já existe uma grande variedade de legumes congelados e por isso mesmo, aproveitem para facilitar a vossa vida. Normalmente compro brócolos, ou uma mistura de brócolos com cenoura e couve-flor. Mesmo assim, há imensas variedades, e é só optarem pelo que mais gostarem (alho francês, couve de bruxelas, . Chegam a casa, põem na wok com azeite, limão e ervas aromáticas… um pouco de agua e voilá!

 

  • Fruta congelada: Por exemplo, para quando me apetece um batido fresco pela manhã, pego numa mão de framboesas congeladas, junto aos outros ingredientes e dá um toque espetacular. Além disso, para juntar ao iogurte com flocos de aveia, também fica uma combinação muito boa. Bem como para fazer sobremesas, como gelados. Claro que podemos congelar nós a fruta e também o costumo fazer, por exemplo, quando as bananas já estão muito maduras, mas este tipo de alimentos pode ser novamente uma estratégias para dar um toque final às suas refeições ou até num dia, em que lhe apeteça fazer algo de diferente, ter disponível esse determinado alimento. Exemplos

 

  • Peixe congelado: É um alimento que também costumo comprar, e hoje em dia tento garantir que é congelado em alto mar. Ter sempre estes alimentos em casa garante novamente uma refeição saudável quando chegamos a casa tarde e o tempo é pouco. Facilmente se prepara num pirex, se leva ao forno e fica pronto.

Para mim, estes são os alimentos que devemos privilegiar em termos dos alimentos congelados. O mesmo não considero saudável quando falamos de massa folhada, nuggets, croquetes, rissóis e comidas prontas a consumir.

Para quem não sabe, tenho vários e-books, que podem adquirir aqui

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal de refeições principais, com 40 receitas (3,0€)

– Ementa mensal II de refeições principais, com 35 receitas (3,0€)

– Ementa mensal de pequenos-almoços e snacks, com 34 receitas (3,0€)

– 80 receitas de panquecas (3,0€)

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

PANQUECAS DE CÔCO E CACAU

PANQUECAS DE CÔCO E CACAU, feitas na hora 🙂

Partilho já a receita com vocês para guardarem e experimentarem ?

Ingredientes (3 panquecas):

  • 1 colher de sopa de farinha de côco
  • 1 colher de sopa de farinha de aveia
  • 1 colher de sopa de farinha de linhaça
  • 1 colher de sobremesa de cacau puro em pó
  • 2 ovos inteiros
  • Água q.b

Modo de preparação e confeção:

  • Misturar todos os ingredientes numa tigela até ficar bem envolvido e numa frigideira anti aderente bem quente colocar a quantidade de preparado consoante o tamanho da panqueca que querem ?

Ficaram mesmo fofas e saborosas! Estava a pensar fazer só uma, mas aproveitei e deu logo para mais duas ? Assim se logo me apetecer, já tenho mais panquecas ahah ?

Acompanhei com salada de frutas, queijo fresco e framboesas!

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

7 dicas para diminuir a utilização de sal nas suas receitas

A confeção de receitas com um teor de sal reduzido é muitas vezes um desafio: ou porque pensamos que sem este ingredientes as refeições ficam sem sabor, ou porque simplesmente, não sabemos cozinhar sem o utilizar. A utilização de sal na preparação e confeção das nossas refeições deve ser mínima, quer em pessoas que sofram de alguma patologia, quer em pessoas saudáveis.

Por isso mesmo, nada como colocar em prática vários truques:

  • Diminuir gradualmente a quantidade de sal que adiciona durante a confeção dos alimentos. No primeiro dia diminua para metade, e assim por diante;
  • Substituir o sal por ervas aromáticas, especiarias, alimentos coloridos (tomate, cenoura, pimento verde, amarelo, vermelho ou laranja, brócolos, couve roxa, entre outros) ou outros condimentos. Pode ver aqui, um vídeo que mostra como fazer cubos de azeite aromatizado.
  • Deixe os molhos de lado: Apesar de considerar que o melhor é fazermos a nossa polpa de tomate em casa, e porque nem sempre temos disponibilidade, têm aqui uma sugestão com baixo teor em sódio.
  • Não colocar o saleiro na mesa, é mais fácil não adicionar às refeições se não estiver perto dele.
  • Utilize uma colher de chá para medir a quantidade de sal, de forma a conseguir ter a noção da quantidade utilizada. Tenha em mente que uma colher de chá rasa equivale a 5g de sal, o máximo recomendado pela Organização Mundial de Saúde.
  • Comprar produtos que na sua composição tenham reduzida percentagem de sal (leia sempre os rótulos ou as listas de ingredientes, evitando ingredientes que acrescentam aos alimentos quantidades significativas de sódio). Compare produtos e prefira os que indicam que tem menor quantidade de sódio. Alem disso tente escolher alimentos que digam “teor reduzido”, “baixo teor” ou “sem adição”. Pode ver este exemplo, queijo com baixo teor em sal.
  • Deixar a carne e o peixe a marinar, por exemplo em vinha de alho ou com outros temperos, mas sem sal. Deste modo, o sabor e aroma dos temperos adicionados ficarão mais intensos e o resultado final mais saboroso. Pode temperar à noite para fazer no dia seguinte.
  • Quando for comer fora: Peça para não adicionarem sal na salada que pediu para acompanhar o seu almoço. Em vez disso, peça para lhe trazerem ervas aromáticas ou especiarias para adicionar ao tempero;

Evitar levar do supermercado alimentos com elevado teor em sal:

  • Produtos de salsicharia, charcutaria e alimentos fumados, enlatados;
  • Sopas instantâneas, ketchup, maionese, mostarda, molho de soja e tomate, caldos concentrados;
  • Margarinas, manteiga e outras gorduras para barrar, determinados tipos de queijo;
  • Rissóis, croquetes, chamuças, bolinhos de bacalhau, folhados, refeições congeladas, batatas fritas de pacote e outros aperitivos;
  • Águas minerais gaseificadas.

Para quem não sabe, tenho vários e-books, que podem adquirir aqui

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal de refeições principais, com receitas (3,0€)

– Ementa mensal de pequenos-almoços e snacks, com receitas (3,0€)

– 70 receitas de panquecas (3,0€)

Não se esqueçam de me seguir no Facebook, Instagram, Youtube ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site. Para saberem informações sobre as consultas de nutrição ou marcações, é só enviar email para mariagama@poetenalinha.pt.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

, ,

BOLO DE BANANA NA TIGELA

E sai um bolo na tigelaaa ✌

Quando te apetece AQUELE pequeno-almoço, mas não tens nada pronto 😅 Quando não há panquecas nem muffins, toca a fazer um bolo na tigela que não tem nada que saber 👌

Também costuma ser uma opção desse lado?! Ou não é a vossa praia?! 🤔

É rápido, é simples e saboroso… 🤗

Como é que costumo fazer?! 👇

  • 3 colheres de farinha de aveia (usem a farinha que tiverem em casa)
  • 1 ovo
  • Canela q.b (coco ralado também fica muito bom)
  • Banana na massa e por cima (podem usar outra fruta, crua ou em puré… como quiserem)
  • Misturar tudo numa tigela e levar ao microondas cerca de 3 minutos na potência máxima 👌

Depois é só servirem da forma que mais gostam. Eu cá gosto de acompanhar com queijo fresco, fruta e manteiga de amendoim ☺

E como me pediram, ontem lancei um ebook com 80 receitas de panquecas 🤷‍♀️🤷‍♀️

É uma compilação de todas as receitas que tenho no meu site, mas para quem prefere ficar com as receitas em formato de livro, achei uma ideia ✌ Podem adquirir através daqui 👌

, ,

5 ALIMENTOS A EVITAR AO JANTAR

Por vezes há alimentos que nos apetecem MESMO MESMO à noite, à hora de jantar, depois de um dia de trabalho stressante… não concordam que nos apetece muito mais asneiras à noite do que durante o dia?!? Por isso mesmo, acho que é fundamental que não existam alguns alimentos em casa, como os que eu descrevo em baixo. E porquê?! Porque num dia menos bom, em que não há paciência para fazer nada, é isso mesmo que vão comer. Além disso, este tipo de alimentos não nos fazem falta nenhuma. Uma coisa é ir comer uma pizza a uma pizzaria (que valha a pena), outra bem diferente é comer uma pizza pré-congelada. O mesmo para os restantes alimentos.

Como eu costumo dizer, se é para ser, que seja a sério e que valha a pena!

  • Batatas fritas: Um alimento altamente calórico e rico em gordura, que não deve fazer parte do nosso dia-a-dia. Evite este tipo de alimentos processados e industrializados, e opte por arroz, massa, batata ou leguminosas para acompanhar a sua refeição. Pode sempre ter esses alimentos congelados para quando não tiver nada pronto, ser só tirar do congelador e voilá 🙂
  • Pizzas: Mais um alimento que deve ser evitado devido ao seu valor calórico e quantidade de gordura, e deixada apenas para dias mais especiais. No entanto, claro que é importante referir que depende do tipo consumida, e que se for confecionada em casa e tendo em consideração o tipo de ingredientes utilizado, pode ser um tipo de alimento mais saudável.
  • Sumos e refrigerantes: Além de serem ricos em açúcar (a maioria deles), o mais adequado é mesmo acompanhar o seu jantar com água. O seu jantar ou qualquer outra refeição. Pode também fazer água aromatizada ou sumo natural, se precisar ou quiser variar.
  • Merendas, folhados: Pois bem, este tipo de alimentos deve ser evitado num estilo de vida saudável, mas ainda mais quando se quer perder peso, uma vez que são ricos em gordura e que têm um valor energético elevado. Já para não falar na sua composição nutricional, que não é de todo interessante, e por isso mesmo, não deve fazer parte de uma refeição principal.
  • Doces:Se lhe apetece um doce à noite, pense `apetece-me um doce, mas então vou comer alguma coisa doce mas mais saudável´. Banana esmagada com canela, ou maçã cozida com canela… e acompanhar com uns frutos secos. O que vos parece? A alteração de comportamentos alimentares por vezes é difícil, mas é só até começar.

Não se esqueçam que falo do nosso dia-a-dia e não de dias esporádicos, em que por vezes podemos comer este tipo de alimentos… como eu digo, quando valer a pena!

Antes de mais, para quem não sabe, tenho vários e-books:

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal de refeições principais, com receitas (3,0€)

– Ementa mensal de pequenos-almoços e snacks, com receitas (3,0€)

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, , ,

5 ALIMENTOS QUE DEVE EVITAR

Uma das grandes dificuldades relacionadas com um estilo de vida saudável passa por conseguirmos organizar o nosso dia em termos de lanches, saudáveis. No entanto, não é assim tão difícil se percebermos na realidade que opções é que devemos fazer.

 

  • Bolachas, bolachinhas: Antes de mais, ninguém precisa de bolachas. Se quiser comprar algumas bolachas, aconselho as bolachas de arroz, de sésamo ou marinheiras. Bolachas maria, torrada, de chocolate ou o que quer que seja tem de ficar no supermercado! Ou seja, quando vamos às compras não passamos por este corredor, é o mais fácil.
  • Donuts, bolicaos, croassaints: Antes de mais respondam-me à questão…Qual é a razão para levarem estes alimentos para casa?!?! Este tipo de alimentos não pode fazer parte das nossas compras nem da nossa alimentação diária. São ricos em gordura e açúcar, tendo um valor calórico muito elevado. Não pode servir de lanches! Diariamente não temos noção do que este tipo de alimentos faz à nossa saúde.
  • Barras: É importante que tenham atenção ao tipo de barras que consomem. Grande parte delas tem uma grande quantidade de açúcar adicionado, não devendo por isso fazer parte do nosso dia alimentar. Analise a lista de ingredientes e deixe de lado as que têm adição de açúcar. Além disso, temos alimentos portáteis e fáceis de consumir e bem mais saudáveis. Apesar de não consumir muito este tipo de alimentos, as que tenho em casa para quando vou de férias ou para um dia em que não tenha nada são estas.
  • Granola de supermercado: Desta não estava à espera…? É um alimento tão falado e tão consumido, mas não é por isso que significa que seja saudável. Se quiser consumir granola, aconselho a fazer em casa (ideias de receita aqui), ou então ter bastante atenção na hora da compra. Porque na maioria das vezes, está carregadinha de açúcar, e por isso mesmo, além de não fazer um grande bem, em termos de perda de peso não ajuda, e nada!
  • Iogurtes com sabores: Vamos começar a tentar optar por iogurtes naturais? E todas as adições que quisermos fazer, fazemos em casa? Quando optamos por iogurtes de sabores ou com adição de fruta, o valor nutricional do iogurte varia, e bastante. Já para não falar dos iogurtes que têm adição de pepitas de chocolate etc..

Espero que tenham gostado!

Para quem não sabe, tenho vários e-books:

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal de refeições principais, com receitas (3,0€)

– Ementa mensal de pequenos-almoços e snacks, com receitas (3,0€)

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

 

 

, , ,

TOPPINGS PARA PANQUECAS: SAUDÁVEL OU BOMBA CALÓRICA?

PANQUECAS, PANQUECAS, PANQUECAS… Quem não adora? Um dos meus pequenos-almoços preferidos, e que servem também de lanche da manhã ou da tarde! Mas, estando as panquecas tanto na moda, será que por vezes serão saudáveis? Acho que é uma ótima forma de começarmos o dia, de variarmos a nossa alimentação e de termos prazer com o que comemos, mas muitas vezes, as combinações que fazemos é que podem não ser as mais corretas. E digo isto porquê? Porque carregar as panquecas com meio quilo de manteiga de amendoim ou com meio pote de mel não é de todo saudável… Ou seja, aquela conversa de ´ah… mas comi panquecas ao pequeno-almoço, saudáveis ainda por cima´… e o resto?! Fica onde? 🙂

Por isso mesmo, resolvi fazer uma tabela para nos ajudar a perceber a composição nutricional de alguns toppings que costumamos colocar nas nossas panquecas (e que não tem mal nenhum, desde que consumido em equilíbrio):

Porque imaginemos o seguinte… se carregarmos as panquecas com todos estes toppings, e apesar de serem mais saudáveis que as panquecas tradicionais, não significa que não tenham calorias, gordura açúcar… hoje em dia o conceito saudável acaba por ser relativo. Apesar de utilizarmos alimentos saudáveis, se exagerarmos na quantidade, não fica igualmente interessante a nível nutricional.

Para a minha base de panquecas costumo sempre utilizar uma farinha a gosto (aveia, coco, amêndoa, arroz), ovos ou claras e depois posso colocar fruta para adoçar. Mas mesmo assim, prefiro até colocar fruta depois por cima do que na massa… ou seja, prefiro apostar mas no acompanhamento para me dar prazer! Claro que isto, fazem consoante o vosso gosto!

Agora… juntar açúcar de coco nas panquecas (que é açúcar!), depois colocam manteiga de amendoim nas panquecas, mais pepitas de cacau, mais fruta e mais um pouco de mel para adoçar… acaba por ficar uma bomba calórica, e é isso que é importante ter em atenção.

E vocês, quais são as vossas panquecas preferidas? De que forma é que gostam de as comer? Contem-me tudo!

Não se esqueçam de subscrever as notificações, na campainha do lado direito em baixo para ficarem a par de todas as publicações novas 🙂

Antes de mais, para quem não sabe, tenho vários e-books:

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal de refeições principais, com receitas (3,0€)

– Ementa mensal de pequenos-almoços e snacks, com receitas (3,0€)

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

, , ,

Panquecas de iogurte e amêndoa

Mais uma receita de panquecas, que ficaram ótimas! Por aqui, adorámos 🙂

Tomem nota:

– 1 banana madura

– 1 iogurte natural

– 80g de farinha de amêndoa

– 20g de farinha de espelta

– 1 ovo

– Canela q.b

– Misturar todos os ingredientes numa tigela grande (começar por esmagar a banana) e envolver bem.

– Numa frigideira antiaderente bem quente colocar a quantidade de preparado que desejam ✌

Depois é só rechear a gosto… por aqui tinha de ter o meu topping preferido, manteiga de amendoim ahah 🤭 Maria, sua gulosa 😅

E para quem não sabe, tenho vários e-books:

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)

– 50 receitas de refeições principais (3,50€)

– Ementa mensal de refeições principais, com receitas (3,0€)

– Ementa mensal de pequenos-almoços e snacks, com receitas (3,0€)

Quem quiser, é só enviar-me mensagem privada ou comprar aqui.

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

, ,

7 dicas ESSENCIAIS para EMAGRECER e NUNCA mais engordar

Malta, como costumo dizer… perder peso toda a gente perde… ! Mas manter esse peso… será que toda a gente o faz?! Vamos lá então fazer sobre isso. Começar uma dieta, seja ela a da alface, do repolho ou da cenoura… toda a gente começa! Está motivado, faz tudo tudo tudo o que é sugerido pelo nutricionista (a), e perde peso. Até aí … tudo bem! E depois…? Depois desse peso perdido consegue mantê-lo?! Percebe porque é que deve fazer algumas escolhas em detrimento de outras?! Na minha consulta digo muitas vezes que, antes de fazerem o que eu ´sugiro´, porque sou eu que sugiro, têm de perceber se isso vos faz sentido ou não… ou seja, pensarem sobre isso e se querem realmente manter isso, SEMPRE! E porquê?! Porque depois de perder 10, 20 ou 30kg, se as coisas que falamos em consulta não vos fazem sentido, vão voltar novamente aos hábitos anteriores, e aí não há milagres! Além disso, e não falando apenas da palavra peso (kg), temos de nos preocupar em prevenir, prevenir a doença e contribuir para a nossa saúde! Porque aquela conversa de ´aííííí que sorte, aquele(a) pode comer tudo o que quer porque é magrinho(a)´, já passou de moda.  Lá porque uma pessoa tem o peso adequado, não significa de todo, que seja saudável.

E antes de mais, para quem não sabe, tenho vários e-books:

– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)
– 50 receitas de refeições principais (3,50€)
– Ementa mensal com receitas (3,0€)

Quem quiser, é só enviar-me mensagem privada ou comprar aqui.

 

Desculpem este discurso todo, mas acho que só assim é que percebem o que eu quero dizer 🙂

Por isso mesmo, vamos lá a alguns hábitos que vocês têm de manter sempre, seja porque querem perder peso, manter o peso ou apenas ser saudáveis:

  • Tomar o pequeno-almoço, e em casa: Por mim poderiam tomar o pequeno-almoço onde quisessem, desde que existissem as opções corretas, o que muitas vezes não acontece. Se depois dos nossos objetivos estarem cumpridos, começarmos novamente a ir ao café tomar o pequeno-almoço e/ou o lanche, vamos novamente começar com os hábitos menos saudáveis. Até me podem dizer que quase nunca optam por um bolo de pastelaria, mas um dia vai acontecer… Além disso, o típico pão com manteiga e o galão… parece-me que existem escolhas alimentares mais saudáveis e que são muito fáceis de fazer, desde que em casa. Já para não falar no que gastam ao fim do mês… Às vezes em consulta faço as contas do dinheiro que é gasto fora, e muitas vezes ninguém se apercebe do dinheirão que gastam! E que poderia ser gasto noutras coisas: viagens, jantar fora, ir ao cinema… tanta coisa!
  • É só hoje: É só hoje, NADA! Vamos lá ver uma coisa: O ´é só hoje´ faz sentido em festas, aniversários, dias especiais… e não só porque sim! Senão, passa a ser a regra e não a excepção! E este discurso é para todos, e não só para quem tem objetivos de perda de peso.
  • Refrigerantes ou sumos: Nem que seja ´light´ou ´zero´faz sentido andar a beber. E porquê? Porque apesar de não ter açúcar, tem outros ingredientes que nada de bom têm para a nossa saúde. Ou seja, o que devemos beber diariamente é agua e nada mais que isso! Caso, de vez em quando queiram variar, começar o dia de uma forma diferente, podem sempre fazer um sumo de laranja natural, por exemplo.
  • Legumes: Quantas vezes se senta à mesa sem uma porção de legumes no seu prato? Ou é porque não gosta de vários legumes, ou porque não tem tempo, ou porque o resto da família não come… E aqui está a grande questão, toda a gente em casa tem de comer legumes (salvo excepções em que não seja aconselhado o consumo de legumes)! Ou seja, é um hábito familiar e não um hábito que tem de ser adquirido apenas por quem quer perder peso… E se não há tempo, há sempre a opção de ter legumes congelados. E se não há tempo, porque é que há sempre tempo para fazer arroz, batata ou massa?! Se há tempo para uma coisa, há tempo para outra. Agora claro… se começamos a comer legumes porque queremos perder peso e depois deixamos este hábito de lado mais uma vez, é óbvio que irá comer mais dos restantes alimentos (e não vale a pena dizer que não).
  • Sopa: Sim Maria, sopa sopa sopa! Estás sempre a falar nisso. Pois estou! E porquê? Porque acho que é um alimento essencial à alimentação saudável e que nos ajuda imenso a controlar a fome e a saciedade. Chego a casa cheia de fome e como logo uma sopa, aguento-me até ao jantar sem problema nenhum. Se chegar a casa e comer outro alimento, não fico satisfeita e continua a apetecer-me comer mais! Já para não falar de que se comer sopa, come menos da refeição principal e controla muito a sua fome após a refeição. Mais um hábito que deve ser familiar, e não individual. E mesmo que seja em restaurante, é para o fazer! E vocês dizem-me:´Mas a sopa do restaurante tem batata´, e eu respondo… secalhar até tem, mas comparado com as entradas ou com os erros alimentares que fará à tarde ou ao fim-da-tarde, é o mal menor.
  • Bolachas e bolachinhas: Quem é seguido por mim sabe que não sou muito a favor de bolachas, apenas como ´escape´quando não há mais nada, ou seja, ter umas bolachas de arroz ou de milho no porta luvas para alguma situação em que não tem mais nada. Não vá em conversas de ´sem açúcar´, ´light´, ´zero´…. porque até pode não ter açúcar, mas em termos de nutrientes existem alimentos muito melhores. Já para não falar de que não fica satisfeito com uma ou duas bolachas, e acaba por comer 1/2 pacote ou o pacote inteiro! Poderá haver excepções em que será uma estratégia levar este tipo de alimentos, mas não andar com bolachas na mala para o lanche da manhã ou da tarde.
  • Exercício: A prática de exercício físico é fundamental para todos nós. Seja para perda de peso, como para manter o peso, como para ser saudável, ter mais energia e vitalidade. E quando ´não conseguimos´praticar exercício físico (claro que a modalidade terá de ser dependente de cada pessoa), é porque não é uma prioridade na nossa vida, e nada mais que isso!

– A prática de exercício não tem de ser um sacrifício e não tem de ser 3h no ginásio, 7 dias por semana. Ou seja, o exercício é que tem de encaixar na vossa vida e não, mudar a vossa vida toda por causa do exercício! De manhã, hora de almoço, assim que sair do trabalho (e leva a roupa para o trabalho), em casa… há imensas opções, e todas viáveis. Pode até existir um dia em que não consegue ir, ou está triste ou chateado e não lhe apetece.. tudo bem, não vai! Mas tem de perceber que no dia seguinte terá que ir, sem desculpas e com compromisso marcado.

– Pode parecer fútil, mas sentirmo-nos bem a praticar exercício é fundamental. E desde que comecei a praticar desporto que percebi isso. Podemos treinar de qualquer maneira e com t-shirts antigas que temos lá para casa. Mas termos roupa que gostamos, com as nossas cores preferidas, os utensílios necessários para levar o telemóvel, ter auriculares para ouvir música, luvas para o frio etc etc é essencial. E é essencial porquê? Porque se vamos desconfortáveis, é mais uma razão para não querermos voltar a fazê-lo!

Não se esqueçam de me seguir no Facebook e Instagram ? Além disso, para estarem sempre a par de todas as publicações, receitas e workshops, subscrevam as notificações no site, que é só carregar na campainha do lado direito em baixo na página principal do site.

Espero que tenham gostado, que comentem e que partilhem ?

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! #poetenalinha

 

,

Ementa de pequenos-almoços e snacks para toda a semana

Pequenos-almoços e snacks para esta semana, ainda vou a tempo?! 🙋‍♀️ Acabei de acabar as minhas sugestões para vocês ✌ Sei que hoje já é segunda-feira, mas dá sempre para aproveitar as receitas para os dias em que vos dá jeito 👌

Como não preparei nada de snacks este fim-de-semana, o que acham de um direto a fazer panquecas e muffins na quarta-feira?! Alinham?! 🙋‍♀️ Por aqui andamos mesmo no mais simples ahah iogurte com aveia e fruta ou cajus … é o que é 😅

O que é que prepararam aí desse lado?! Alguma receita super mega saborosa e rápida para partilharem comigo? 👇

Agora vamos lá trabalhar mais um bocadinho para depois ir 😴😴 e esperar que a noite seja boa… se acordar só 2x ja me dou por contente ahah 🤣 Dormir 5h ou 6h seguidas já é 🔝🔝🔝… O que a maternidade faz 😅

Agora vamos lá organizar a semana e definir os diretos… vamos a dois durante estes dias?! Bora nessa 👌

Quanto aos e-books, para ficarem a saber:
– 50 receitas de pequenos-almoços e snacks (2,50€)
– 50 receitas de refeições principais (3,50€)
– Ementa mensal com receitas (3,0€)

Quem quiser, é só enviar-me mensagem privada ou comprar aqui.

Este slideshow necessita de JavaScript.